História O filho da lua - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias TazerCraft
Personagens Mike, Pac, Personagens Originais
Tags Abo, Mike, Mitw, Pac, Romance, Yaoi
Exibições 21
Palavras 643
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Fluffy, Harem, Hentai, Lemon, Luta, Magia, Mistério, Musical (Songfic), Orange, Poesias, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Sobrenatural, Super Power, Survival, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Visual Novel, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Cross-dresser, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Leiam as notas finais.


Nos vemos la embaixo.

Boa leitura ;3.

Capítulo 8 - Juntos por um longo tempo.


P.O.V. Pac

Eu estava assustado,oque ele quis dizer com aquilo,ele não tem cheiro,como assim? Todos tem cheiros,mas ele não tem.

-Oque você é?-Perguntei receoso

-Ora,vejo que ja percebeu que eu não tenho cheiro,mas é meio obvio a resposta aqueles que não tem cheiro estão...-O interrompi

-...mortos-Falei em um sussuro.-Mas oque você quer de mim?-Perguntei novamente.

-Bom acho que ja percebeu que somos parecidos,mas parando de enrrolar,eu preciso de seu corpo para ressucitar,então vou usar seu corpo para voltar a vida e terminar oque começei a um tempo atras-Deu um sorriso malvado.

-O-oque? Isso é impossivel-Falei me afastando.

-Claro que não,mas chega de enrrolação,vamos começar.-Dois homens seguraram meus braços,eu tentava me soltar mas era impossivel.-Eu disse para seu namoradinho que nunca mais iria te ver,mas acho que vou brincar um pouquinho naquele internato com seu namorado,seus irmãos e seus amigos hahahaha*risada maligna*-

-Não ouse machucalos!!!Haaa me solta!!!- Falei me debatendo.

-Não vou machucalos,só vou brincar um pouquinho-Alecxander

Depois disso apagei.

¤¤¤¤¤¤¤¤¤¤¤¤¤¤¤¤¤¤¤¤¤¤

Quando acordei estava amarrado naquele negocio de sacrificios(N.A/nao sei o nome daquilo),meus braços,pernas e meus pescoço estavam presos com correntes,eu estava usando um quimono preto com desenhos de flores em vermelho. Não tentei me soltar pois sabia que era inutil. Olhei pro lado e la estava Alecxande,com as roupas iguais as minhas,só que ele não estava preso.

Pude perceber que a lua estava diferente,ela estava vermelha,o ceu estava tão negro,e não tinha estrelas. Depois de um tempo quatro pessoas apareceram,eram as mesmas de quando foi a festa. Eles ficaram cada um em um canto,até que entrou uma outra pessoa,seu manto não era preto,ele era roxo,a pessoa foi até o meio,com uma taça nas mãos,mergulhou dois dedos,e ai eu percebi que o que tinha na taça era sangue. Ela(a pessoa é uma mulher) fez um simbolo na minha testa e na do Alcxander,era o simbolo de uma lua minguante. 

-Euq a amla seled majes amu ós,e euq majes so siam setrof ed aus megahnil-Ela juntou as mãos e eu apaguei depois disso.

P.O.V. Alecsander

Depois que ela disse aquilo eu apaguei. Quando acordei estava em meu quarto. Até ai tudo bem,mas senti um enjoou e corri pro banheiro,e vomitei,oque foi isso? Não me diga que.. Não isso não estava nos meus planos,se bem que isso vai ser muito util.

Fui no espelho e me olhei. Agora eu tenho um corpo finalmente depois de tanto tempo hahahahahahaha. 

Bom é hora de por meu plano em ação. Chamei meus capangas e pedi para me levarem de volta ao internato.

-Como assim chefinho? Pensei que iriamos...-

-Cale-se Tayler,não me desobedeça-Interrompi,Tayler é o mais lerdo e burro,sempre fica por ultimo a entender.

¤¤¤¤¤¤¤¤¤¤¤¤¤¤¤¤¤¤¤¤¤¤¤¤¤

P.O.V. Mike

Estava na minha cama,olhando pro teto,depois que o Pac foi raptado,se passou uma semana,e eu o procurei em todos os lugares,mas não o encontrei e agora estou aqui chorando igual a uma criança. 

Estava pensando no Pac quando Cellbit entra no quarto com cara de quem viu um fantasma.

-M-mi-mike o...oo.o.o-Parece que ele estava tão assustado que não consegue falar.

-Desembucha Rafael,eu não to te intendendo.-Falei estressado.

-Ele quer dizer que*respira fundo* O PAC TA NA IMFERMARIA-Felps gritou interrompendo Cellbit.

Depois de ouvir isso sai correndo até a infermaria. Quando chegei vi ele,ele estava la deitado olhando pra tudo confuso.

-PAC!!!- Empurrei todo mundo e o abraçei.

-M-mike? O-oque aconteceu?-devolvel o abraço meio fraco.

-Quem tem que te perguntar isso sou eu,oque aconteceu? Você esta bem? O bebe esta bem?- Perguntei preocupado.

-BEBE?!!??!!-Todos.

-Depois nós explicamos,mas respondendo suas perguntas,eu não sei,só lembro de ter sido pego e quando acordei estava aqui,e sim eu e o bebe estamos bem-Deu um sorriso.

-Ainda bem,vamos,vou te levar pro quarto pra você descansar-O peguei pela mão,e o levei até o quarto.

Estou tão feliz que ele esteja bem. Espero que não tenha acontecido nada de ruim com ele e o bebe.

Mas oque sera que aconteceu???

Continua...


Notas Finais


Muahahahaha,não me matem please ;-;.

Oque sera que o Alec vai fazer em ?

Sera que o bebe Mitw é menino,menina ou gemeos em?

Veja tudo isso,hoje a noite no globo reporter.hahahah

Ta voltando a realidade,eu tava pensando,eu vou fazer outra fic mitw,e pensei que tal pedir opnioes


Votem
1 para incesto

E

Votem
2 para anjos.

So isso mesmo.

Escrevi e sai correndo,beijo pra quem ta lendo ;3

Beijis da Saiko *3*.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...