História O Filho da minha Madrasta - Capítulo 17


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Jikook, Namjin, Taeyoonseok, Vhope
Exibições 671
Palavras 1.048
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Festa, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Heslou pessoas S2
Aqui estou eu com mas um cap.
Não liguem para essa capa não, eu só achei fofinha e fiz ;-;
Boa leitura e desculpem os erros! S2

Capítulo 17 - Seventeen


Fanfic / Fanfiction O Filho da minha Madrasta - Capítulo 17 - Seventeen

~Jungkook Pov's~

 

-Jimin?! Que gemidos são esse?! Esta com alguém ai dentro?!- A mãe do Jimin pergunta e eu olho para ele assustado.

-Eu mereço...-digo já mas calmo e me levantando para vestir minha roupa e  Jimin fez o mesmo.-O que vamos fazer agora?-antes que ele pudesse responder a mãe dele fala novamente.

-Jimin! Abra essa porta! Eu já lhe disse que não devia trazer garotas aqui!

-Desculpe Jungkookie mas eu vou abrir.-falou dando de ombros "Ele realmente vai abrir isso? Ele não ta nem ai pra o que a mãe dele vai pensar?"

-Você ta maluco?-sussurro para ele.

-Minha mãe é insistente e não vai sair da porta, então eu vou abrir!

 

Antes que eu pudesse protestar novamente ou segura-lo ele abre a porta e a Soomin nos olha assustada.

 

-O... que... é isso..?-pergunta meio, não, completamente passada "Claro que ela estaria surpresa, o filho e o enteado estavam transando!"

-Você sabe o que é então não deixe as coisas ainda mas constrangedoras!-Jimin disse como se não tivesse nem ai pra nada daquilo, e eu simplesmente estava com a cabeça baixa e com o rosto muito mais muito vermelho.

-Eu... acho que precisamos conversar...-disse Soomin e só então levantei a cabeça e vi que ela desviava o olhar entre mim e Jimin.-Nós quatro.

-Quatro?! Não esta pensando em incluir o tio Jeon esta?!-Jimin perguntou e só então vi que tinha ficado assustado.

-Sim... Ele precisa sab-foi cortada por Jimin.

-Não! Ele não precisa saber! Você não precisa contar isso a ele... Mãe... você sabe como ele é, sabe como foi quando ele descobriu que além de ficar com garotas eu também ficava com garotos... ele demorou uns três meses para aceitar isso. Como achar que vai reagir ao saber o que aconteceu aqui, e com seu filho?

-De qualquer forma ele precisa saber! A festa acabou e eu mandei os empregados limparem tudo, daqui a uma hora ele chega e então eu chamo vocês dois entenderam?-Fiz que sim com a cabeça e Jimin também.

 

Soomin saiu do quarto e Jimin bateu a porta forte.

 

-Estamos ferrados!

-Adivinha de quem é a culpa?

-Não venha me culpar por algo que não fiz sozinho! Vai dizer que você não gostou?-sorriu de forma maliciosa.

-N-Não! Foi só um presente de aniversário!

-Que presente estranho então!-riu.- Você da esse tipo de presente a todos?

-C-Claro que não, eu só... não sei porque fiz isso...-eu realmente não sei o porque disso, eu só... sinto algo diferente por ele e não vou negar que ele mexe comigo de uma forma inexplicável.-Mas isso não significa que gosto de você, eu só quis fazer isso!

 

~Jimin Pov's~

 

O que ele disse de certa forma me atingiu, mas sei que ele sente alguma coisa por mim nem que seja apenas atração, então vou me vingar usando isso ao meu favor.

 

-Não gosta?-perguntei o encarando.

-N-Não...-respondeu meio hesitante.

 

Em uma ação rápida o empurrei fazendo encostar as costas na parede o lado da porta, morde de leve sua orelha e desci ate seu pescoço dando uma leve mordida no local.

 

-Não gosta disso também?-perguntei e dei um pequeno chupão.

-N-Não...-sua voz saiu quase como um gemido então apertei sua cintura e subi minha mão por debaixo de sua camisa.

-Nem disso?-perguntei enquanto tocava em seu mamilo esquerdo e beijava seu pescoço.

-E-Eu... t-também não gosto d-disso.-praticamente gemeu após dizer essas palavras.

 

Agarrei sua nuca e o beijei, o beijo começou lento com um Jungkook tentando me afastar até que então subiu suas mãos que estavam em meu peito até meus cabelos segurando firme neles, levei minhas mãos ate sua cintura e pedi passagem com a língua que logo ele cedeu, quando menos percebi o beijo ja tinha se tornado algo intenso e meu corpo estava colado ao dele, parei o beijo ao lembrar que minha mãe estava no andar de baixo e não deveríamos continuar com aquilo por mais que eu quisesse muito.

 

-E nem disso?-perguntei me referindo ao beijo.

-Talvez disso eu goste...-disse tentando recuperar o fôlego e então eu sorri o que fez meus olhos se fecharem.

-O que vamos fazer agora?-perguntei.

-Sei la, Kwan é tão preconceituoso assim?

-Não é que ele seja preconceituoso, ele só se importa demais com o que os outros vão dizer...

-Ah ta, eu vou voltar a assistir meus animes até da a hora da conversa.-disse e deitou-se em sua cama.

-Posso assistir com você? Não curto animes mas é melhor que ficar sem fazer nada!-ele assentiu e então me deitei ao seu lado na cama.

 

Depois de uns minutos minha mãe avisou para descermos e então eu e Jungkook fizermos isso e quando chegamos la em baixo minha mãe e o tio Jeon estavam sérios e pensativos "Estamos ferrados!"

 

~Jungkook Pov's~

 

Assim que chegamos la em baixo a Soomin nos mandou sentar de frente para eles no sofá.

 

-Eu... já contei para ele...-ela disse e olhou para nós dois.

-Eu realmente fiquei surpreso com isso. Vocês se conhecem a quantos dias? Três? Vocês estão tendo algo?-perguntou Kwan olhando para nós dois.

-N-Não, nós só...-Jimin tentou falar mas foi interrompido.

-Então quer dizer que Jungkook é só mais uma das meninas e meninos que você leva pra cama, Jimin?

-Não, Não é isso! É que...-novamente foi interrompido.

-Você também tem culpa nisso Jungkook! Poderia explicar o que exatamente aconteceu?-neguei com a cabeça, eu realmente não sei explicar algo nem mesmo eu sei.-Não sei o que faço com os dois, não quero esse tipo de coisa acontecendo aqui, digo, esse relacionamento estranho entre vocês!

-Mas...-Jimin iria falar algo mas Kwan o cortou de novo.

-Eu não terminei!

-Desculpe...-Jimin falou e baixou a cabeça.

-Vocês dois vão receber um pequeno castigo por isso.

-Que castigo?-Perguntou Soomin que até agora se mantinha calada.

-Terão que viver como se fossem casados por um mês!

-O QUE?!-Eu e Jimin dissemos ao mesmo tempo.

-Isso mesmo!Vou mandar meu assistente alugar um apartamento e os dois irão morar la nesse tempo, irão agir exatamente como se fossem casados, dormir na mesma cama pois só ira ter um quarto no apartamento!

-Mas querido...-Soomin tentou protestar  o que Kwan dizia, sabia que aquilo talvez fosse um pouco demais.

-Sem mas! Agora subam e preparem-se, porque a partir de amanhã ja podem começar a viver como "Marido e mulher"!


Notas Finais


E agora? Como vai ser Jimin e Jungkook vivendo como se fossem casado? e.e
E a Sook? ahsuhsuhu
Espero que tenham gostado! Bjus
Até o próximo!

~Momento interação~

De onde vocês são?

Me: Pernambuco, Olinda S2


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...