História O filho da minha madrasta - Capítulo 38


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Álcool, Amizade, Badboy, Briga, Bullying, Comedia, Escolar, Felicidade, Festa, Fofa, Inocencia, Irmãos, Kpop, Personagens Originais, Romance, Tristeza, Violencia
Visualizações 352
Palavras 969
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 38 - Namorados?


Fanfic / Fanfiction O filho da minha madrasta - Capítulo 38 - Namorados?

POV ZOE:

-O-oque?

-Você quer ser minha namorada ou não?

Eu fico olhando pro Caio sem resposta, oque eu mais queria era dizer sim mas e os nossos pais? e...E...

-Olha pela sua cara eu acho que você não quer não é? então esqueci tudo o que eu...

Sem pensar eu me jogo no seu pescoço e lasco um maior beijo...Não importava quem o que iriam falar por que eu sabia que aquele menino é a pessoa que eu mais amo.

1 Mês depois:

-Eu que vou jogar primeiro.

-Eu! 

-NÃO EU SUA IDIOTA PIRRALHA AZEDA!

-Ah idiota? pirralha? azeda?

-Sim sua pirralha!

Eu dou um grande empurrão nele fazendo ele cair no chão e pegando o controle do video game, ah se ele acha que só porque é mais velho vai ser o primeiro em tudo está muito enganado!

Eu começo a jogar e ele se levanta do chão com muita pressa e tira o controle da minha mão.

-Agora você vai ver!

-AHHHH!

Em seguida ele me pega no colo pelo ombro e começa a correr em direção a piscina.

-ME SOLTA! ME SOLTA! POR QUE NÃO LIGA PRO ZACK, ALEC E AQUELAS MENINAS E NÃO VAI ENCHER O SACO!

-Porque eu quero ficar com a pessoa que eu amo!

Em seguida ele chega perto da piscina comigo em seu ombro.

-Eu vou jogar!

-NÃO PARA CAIO É SÉRIO!

-Não tem problema amorzinho eu te salvo! se eu quiser!

-CAIO!

-1,2

-CAIO PARA!

-3,4

Em seguida ele me desce de seus ombro e me da um beijo.

Ele estava em cima de mim, hoje o papai estava trabalhando e a Olivia estava fazendo compras...A única que sabia da gente era ela, eu só estava esperando o momento certo pra contar pro papai.A Brenda? bom simplesmente sumiu do mapa, só espero que não esteja tramando algo fora do colégio já que ela foi expulsa....Sim expulsa! e aquele colégio nunca vi tanta paz!...Fiz mais amizade e fiquei mais próxima do Alan e da Mia eles são realmente uns bons amigos....Claro que sinto muita falta do Brasil até porque fiz muitas amizades lá! mas a vida é assim sempre encontramos coisas novas.

Caio estava me beijando tensamente enquanto passava as suas mãos em minhas pernas, eu tirava muitas vezes, mas ele voltava a colocar.

Eu me afasto do beijo e falo:

-Tá de castigo!

-Porque?

-Lugares inapropriados.

-Você nem viu eu colocando a minha mão em lugares inapropriados em Zoe!

Eu arregalo os olhos e ele começa a dar gargalhadas, eu faço cara de brava e Caio tenta me dar um beijo.

-Eu quero um beijo!

Eu mexo a cabeça com um não e começo a desviar o rosto.

-Não!

Eu tento sair de baixo dele mas Caio prende os meus braços.

-Me da um beijo.

-N-ã-o...V-o-u  t-e  d-a-r u-m  b-e-i-j-o! eu falava soletrando.

-Quer saber dane-se!

Em seguida ele segura os meus braços com muita força e me da um beijo muito quente e tenso, ele explorava cada lugar pela minha boca até que alguém dá um um grito:

-ZOE E CAIO OQUE ESTÃO FAZENDO!?

Caio levanta com tudo em cima de mim e olha pra ele.

O PAPAI!

Eu começo a sentir uma tremedeira enorme no meu corpo e sinto que não posso mais me mexer! Olivia estava no lado de papai tentando acalma-lo, e meu pai estava com uma cara que eu nunca tinha visto na vida. Fúria.

-COMO SE ATREVE A TER ACESSO A MINHA FILHA!-Papai vem em direção ao Caio pegando ele pela gola de sua camiseta.

-E-eu ia contar só estava esperando o momento certo.

-MOMENTO CERTO?

-PAPAI PARA!

Papai solta Caio e olha pra mim com um olhar que dava muito medo. Eu já estava com os olhos cheios de lágrimas, e ele vem em minha direção, ele me pega pelo braço com muita força.

-Me solta.

-AMOR PARA!-Fala Olivia, papai olha pra Olivia  e fala- Você sabia não é?

-e-eu...ELES SE GOSTAM DAVID!

Papai me solta e olha pra Olivia.

-Se gostam? ELES SÃO IRMÃOS OLIVIA!

-ELES NÃO SÃO TODOS NÓS TEMOS DIREITO DE AMAR-NOS QUEM QUISER-NOS! DEIXE ELES!

Papai fica olhando pra Caio e Olivia, e em seguida eu vou pro lado de Caio.

-Chega isso eu não suporto.

Papai vem em minha direção e me pega pelo braço.

-ME SOLTA ESTÁ ME MACHUCANDO!

Caio vem em minha direção mas Olivia o segura tentando impedir.

-Amor deixe...

-Não me chame de amor!

Papai me puxa com muita força pelo braço em direção a sala.

-VOCÊ VAI VER O QUE É UMA SURRA! VOCÊ NUNCA APANHOU! EU ACHEI QUE PODERIAMOS MONTAR UMA FAMÍLIA ZOE!

-Papai não!-Eu falo entre soluços.

Ele leva a sua mão em direção a calça e tira a cinta.

-PAPAI!

-PARA DAVID ISSO NÃO!-Falava Olivia.

-PARA!-Gritou Caio.

Eu saiu correndo pra escada e papai vem em minha direção.Eu vou para o meu quarto e ele entra e fecha a porta.

-NUNCA MAIS FAÇAM ISSO!

Minha pele ardia como fogo, as minhas lágrimas que antes eram finas estavam mas grossa e entre soluços, a minha pele estava vermelha de tanto que ele batia e Olivia e Caio tentava bater na porta tentando impedir mas só piorava, até que ele para de me bater.

Eu estava incolida enquanto chorava no chão, até que papai abre a porta do quarto, Olivia olha pra mim com cara de assustada e depois olha pra papai.

-Como pode FAZER ISSO COM UMA MENINA DAVID!

-MENINA? QUE MENINA É ESSA? ELA NÃO É  A MINHA FILHA!

-VOCÊ ESTÁ EXAGERANDO! EU NÃO VEJO PROBLEMA ALGUM ELES TEREM UM RELACIONAMENTO!

Os dois ficavam discutindo e Caio estava no meu lado me abraçando e tentando me acalmar, Olivia estava chorando e gritando, eu nunca a tinha visto deste jeito. Agora eu não sei o que aconteceria daqui em diante.

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...