História O Filho Da Viúva - Capítulo 30


Escrita por: ~

Postado
Categorias Christopher Uckermann, Dulce María, Rebelde (RBD)
Personagens Christopher Uckermann, Dulce Maria
Tags Christopher Uckermann, Dulce Maria, Máfia, Romance, Segredos, Vondy
Exibições 97
Palavras 473
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Ficção
Avisos: Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 30 - Calada e sinta meu corpo✔


Fanfic / Fanfiction O Filho Da Viúva - Capítulo 30 - Calada e sinta meu corpo✔

👀 Capítulo 28

Narrando Dulce

Acordei com meu celular gritando, Fiz minhas higienes e vesti qualquer roupa de ficar em casa, hoje é domingo mesmo.

Desci as escadas, eram 08:30 da manhã, é cai da cama, Ainda não esqueci aquilo de ontem, preciso contar ao Ucker, mais não sei se é o certo.

Tomei café sozinha mesmo, resolvi ir pra piscina, Fui até meu quarto por um biquíni, que no caso, era com estampa dos Estados Unidos, a parte cima era tomara que caia, eram 09:15 e o sol já estava ralando, dava pra eu me bronzear um pouco, Vesti um short por cima do biquíni e fui.

Assim que cheguei lá, fiquei impressionada, desde quando cheguei não vim aqui ainda, e com certeza é a melhor parte da casa.

Tinha uma piscina enorme, um barzinho pequeno, isso era demais.

Tirei meu short e me sentei numa das espreguiçadeira para pegar um bronzeado, passei protetor solar, até onde eu conseguia passar e me deitei, pus meus óculos, e aproveitei o sol.

~Narrando Ucker

Me acordei com a luz solar batendo no meu rosto, Me levantei fiz minhas higienes, e fui até meu closet, a janela de lá dava pra piscina, e eu não pude deixar de olhar a deusa que estava deitada sobre a espreguiçadeira.

Meu Deus, Fiquei de pau duro só de olhar aquele corpinho, Pus uma bermuda e fiquei sem blusa mesmo, Fui até a cozinha, comi algo e fui até a piscina com um sanduíche em mãos.

- Bom Dia Dulce -Digo sorrindo e ela me olha meia triste.

- Bom Dia Ucker -Diz ela suspirando em seguida, me sento ao seu lado a olhando.

- Tá acontecendo algo? -Perguntei sem deixar de olhar os seios dela mordi os lábios por impulso.

- Além de ter um psicopata gostoso me desejando na maior cara de pau...É tudo bem -Diz ela com tom de brincadeira, e percebo que ela percebeu como eu estava, mais não pude deixar de ouvir a parte que me toca.

- Humm, Então sou um psicopata Gostoso? Bom Saber -Digo me levantando e tirando minha bermuda, ficando apenas com minha cueca box, Fui em direção da Dulce e vi ela mordendo os lábios olhando para meu pênis, Sorri com aquilo, A Peguei no colo.

- Oque Você está fazendo? Eu disse que você é gostoso não um... -A interrompi

- Calada e sinta meu corpo ok? -Disse olhando em seus olhos, e logo em seguida pulo com ela dentro da piscina.

Quando fomos pra borda, ela não parava de rir, me aproximei um pouco dela.

- Você é louco, sério -Disse ela parando um pouco de rir.

- Sentiu meu corpo? -Perguntei a olhando, ela assentiu um pouco sem graça.- Foi melhor do que sentir o do William? -Perguntei sério, e ela ficou calada por uns minutos...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...