História O filho de Lúcifer (SPN) - Capítulo 25


Escrita por: ~

Postado
Categorias Supernatural
Personagens Balthazar, Castiel, Dean Winchester, Gabriel, John Winchester, Lúcifer, Miguel, Personagens Originais, Rafael, Sam Winchester
Tags Chriscollins, Filhodolucifer, Lucifer, Palmadas, Spanking, Supernatural
Visualizações 81
Palavras 1.226
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Ficção, Romance e Novela, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olha eu aqui de novo. Bom, não vou enrolar muito não, boa leitura e espero que gostem do capítulo.

Capítulo 25 - Capítulo 25 - Desculpas


Castiel POV 


Acordo um pouco dolorido, papai pegou pesado ontem meu traseiro ainda está doendo, ele nem me abraçou depois da surra que ele me deu. Isso doeu mais que a surra!

Me levanto a contragosto de minha cama. Pelo menos papai não usou o cinto, se ele tivesse usado com certeza eu estaria marcado agora.

Tomo meu banho e coloco um calça jeans e uma camiseta azul. Penso em ir até o quarto de Dani, mas ele entra no meu primeiro.

"Cass, você tá bem? Eu não pude te ver ontem. Ele te machucou? Deixou alguma marca?" - fala rapidamente examinando meu corpo.

"Ei Dani, calma. Eu tô bem, ele não me machucou, nem deixou marcas. Só me deixou com a bunda dolorida mesmo!" - sorrio e Dani revira os olhos mas abre um sorriso logo depois.

"Só você pra achar graça nisso tudo!" - ele sorri e nega com a cabeça

"Dani, eu tô com fome, mas eu não quero ver o papai!" - digo cabisbaixo

"Vamos descer logo!" - Dani segura meu pulso e me arrasta até a cozinha. Vimos Melissa preparando o café da manhã assim que entramos.

"O que os pirralhos queriam ontem? Me fazer perder o bebê? Essa criança vai nascer e será irmão ou irmã de vocês!" - fala com um tom arrogante

"Eu não estou com paciência pra você hoje, Melissa!" - Dani revira os olhos e pega uma caneca.

"Olha só pirralhos, eu tenho que sair e vocês avisem o Luci que eu só volto à noite!" - Melissa sai e bate a porta

"Ela vai é trair nosso pai!" - Dani fala parecendo irritado.

Nos sentamos e começamos a tomar nosso café. Eu nunca desejei tanto ir pra escola, eu não quero ver meu pai hoje!

"Bom dia meninos!" - papai fala entrando na cozinha. Depois do que ele fez ontem ele só diz isso? Ele vai mesmo fingir que nada está acontecendo?

Eu e Dani olhamos um para o outro e não respondemos, apenas subimos. Nós levamos uma surra sem direito a carinho depois, tudo por causa de uma mulher.



Dois Dias Depois


Lúcifer POV 


Acordo e Melissa não está do meu lado, ela deve estar na cozinha. Me levanto e tomo um banho, faz dois dias que dei uma surra nos meninos e os mesmos ficaram furiosos. Eles não falam comigo desde esse dia. Eu já estou com saudades dos meus meninos.

Assim que saio do banho vejo que tem um papel encima da cama, me sento sobre a cama e pego o que parecia ser um bilhete.


"Lúcifer, eu cansei de fingir que te amo. Todos os "negócios de trabalho" eram apenas um pretexto para poder encontrar o meu verdadeiro amor, o pai do meu filho. Isso mesmo, essa criança não é sua! Eu não sei como eu consegui te colocar contra os capetas que você chama de filhos, me escolher ao invés deles. Eu sentia amor, mas era pelo seu dinheiro e por tudo que você me proporcionava. Eu gostaria mesmo de ainda estar aí, mas seria só pra fazer seus filhos sentirem mais raiva ainda de você. Isso é um adeus, não me procure mais, e até nunca mais!"

Ah droga! Eu não acredito que troquei meus filhos por essa mulher. E eu ainda maltrate meus filhos. Como eu sou idiota!

Me levanto da cama e corro até o quarto de Castiel, Cass apesar de ser rebelde às vezes, é o meu menininho mais frágil. Ele não passa um dia sem me abraçar, ainda mais depois de uma surra, e eu neguei isso à ele. Entro correndo no quarto de Castiel e ele está ouvindo música no seu celular.

"Cass!" - chamo ele ele me olha mas logo desvia o olhar. Me sento em sua cama.

"Cass olha pra mim!" - pego suavemente seu queixo e levanto seu rosto - "Cass eu fui um idiota! Me desculpe, eu me enganei em relação a Melissa, ela estava me traindo! Me perdoa Cass! Eu sinto muito!" - sinto algumas lágrimas caírem sobre meu rosto. Nesse momento eu deveria levar um surra por ter sido tão idiota.

"Ela foi embora?" - pergunta me encarando

"Sim, Cass!" 

"Isso!" - ele comemora - "Quer dizer, sinto muito!" 

"Não me importo com isso!" - dou de ombros. Eu estava com Melissa, achava que era amor, mas eu acho que estava levando isso quase como uma obrigação depois da notícia do bebê. 

"Então, você me perdoa por ter sido um idiota?" 

"Concordo, você foi um idiota, mas eu te perdoo sim!" - ele sorri

"Posso ganhar um abraço?" - pergunto com um bico proposital nos lábios 

"Claro que pode!" - não perco tempo e o abraço fortemente. Fiquei abraçado a Castiel por um longo tempo.

"Ahm... Pai, eu preciso respirar!" - fala abafado e eu sorrio. Meu menininho voltou! Eu o solto e ele respira fundo e finge estar sem ar.

"Dramático!" - murmuro e bagunço seus cabelos - "Eu vou me desculpar com seu irmão e depois nós saímos para comer fora" - ele assente e eu saio de seu quarto.

Vou até o quarto de Damião. Solto um suspiro antes de entrar. Sei que com o Dani as coisas serão mais difíceis.

"Hey campeão!" - digo assim que entro em seu quarto. Ele revira os olhos.

"Volta pra sua mulher!" - ele fala magoado

"Melissa foi embora! Eu só quero conversar!" 

"Eu não quero conversar com você!" - ele desvia o olhar 

"Dani, eu queria te pedir desculpas! Eu fui um idiota com você e com o Cass!" - abaixei a cabeça

Eu realmente sentia muito pelo que tinha feito com eles. Eu fui um idiota que se deixou levar por uma mulher. E essa mulher disse que não me amava, e ainda mentiu estar esperando um filho meu.

"É você foi mesmo um idiota, imbecil, burro, trouxa, quer que eu continue?" - fala sarcasticamente

"Okay, acho que mereço isso! Mas é sério, me perdoa?" - ele me encarava como se estivesse pensando

"Se você prometer não procurar mais a Melissa eu te desculpo!" - ele arquea a sobrancelha

"Eu nunca mais vou procurá-la, Dani! Me perdoa meu campeão?" - ele assente e eu o abraço. Ficamos abraçados por um tempo até Castiel entrar no quarto.

"Dani!" - ele chama não notando minha presença - "Ah desculpa, achei que vocês já tinham se entendido!" -  ele fala quando percebe minha presença

"Tudo bem, por que está arrumado?" - Dani pergunta

"Papai vai levar a gente pra comer fora!" - Dani se levanta correndo e vai se arruma.

Nós pegamos Trickster e saímos, fomos a um parque que tinha perto de nossa casa. Nossa tarde se resumiu em risadas, corridas com o cachorro - da parte dos meninos -, sorvete, Castiel me abraçando o tempo todo, mais sorvete, Dani querendo cafuné na cabeça e Trickster lambendo minha cara.

Dani começou a conversar com uma menina, perguntei para ele quem era e ele começou a ficar nervoso quando foi me responder.

Não liguei e continuei aproveitando o dia com meus meninos. Eu achei mesmo que para sermos uma família completa nós precisávamos de uma mulher junto a nós,  mas eu me enganei. Minha família já está perfeita assim.

"Eu acho que quero uma menininha na família!" - falei sorrindo e Dani e Cass se desesperaram

"Não pai!" - Dani disse rapidamente

"Nós já temos que dividir tudo entre um e o outro, eu não quero um irmã!" - Cass fala cruzando os braços e fazendo bico.

"Tudo bem, ciumentos!" - bagunço o cabelo dos dois e passamos o resto do dia brincando com Trickster.



Notas Finais


E então, gostaram? Espero que sim. Podem continuar fazendo as perguntas. Eu já tô amando todas. E os que já fizeram perguntas podem fazer de novo. Bom até o próximo. E amanhã sai capítulo novo na minha outra fic.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...