História O Filho Do Meu Padrasto - Justin Bieber - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Chaz Somers, Christian Beadles, Holland Roden, Justin Bieber, Kylie Jenner, Madison Beer, Ryan Butler
Personagens Chaz Somers, Christian Beadles, Holland Roden, Jeremy Bieber, Justin Bieber, Kylie Jenner, Madison Beer, Nash Grier, Personagens Originais, Ryan Butler
Exibições 508
Palavras 872
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Escolar, Festa, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Ok, ai está o primeiro capítulo, gostaria e dizer que os personagens mudaram, apenas Justin, Angel, Jeremy e a mãe da Angel(Dalilah) continuaram.
Espero que gostem😊❤
(Itálico: português
Sublinhado: Inglês)

Capítulo 2 - 001


Fanfic / Fanfiction O Filho Do Meu Padrasto - Justin Bieber - Capítulo 2 - 001

Dia 3 de Setembro

Angel Lins P.O.V

Nesse momento eu estou na minha cama com minha melhor amiga, Holland, falando sobre a minha mãe e seu novo noivo, eu já conheço seu noivo, Jeremy, ele é legal mas a única diferença é que quando eu o conheci, ele era namorado da minha mãe, eu não sabia que ele tinha um filho da minha idade e muito menos que ele é minha mãe iam se casar e eu teria que morar fora do Brasil longe dos meus amigos.

Você não deve estar entendendo nada, vou explicar o que é que está acontecendo, meu nome e Angel Lins, tenho 17 anos e eu moro no Brasil, minha mãe tem uma empresa que meu pai deixou para ela quando faleceu e a um ano atrás ela foi para Los Angeles resolver algumas coisas com os sócios da empresa que tem lá, um desses sócios era Jeremy, o noivo dela, ele é legal e eu até que gosto dele, eu conheci ele mês passado mas estão hoje veio a grande notícia, minha mãe iria se casar e que vamos morar em Los Angeles com Jeremy e seu filho que eu nem sabia da existência.

-"Angel? Você tá me ouvindo loka?"- a Holland perguntou estralando os dedos perto do meu rosto.

-"Lógico que eu estou escutando"- disse para ela mesmo sabendo que eu não escutei nada.

-"Então repete o que eu disse"- disse ela.

-"ok eu não escutei, mas eu estava pensando sobre toda essa história de mudança, casamento, o filho do Jeremy que eu nem sabia da existência..."- eu disse e suspirei depois depois e falar.

-"Eu estava falando sobre irmos a uma festa que vai ter hoje"-

-"Eu não sei"- eu falei indecisa.

-"Vamos lá Angel, esse vai ser sua última festa no Brasil"- ele disse pulando e me puxando para fora da cama.

-"Tudo bem, eu vou, mas eu ainda tenho que arrumar a mala e pergunta para minha mãe se posso ir"- disse me rendendo dessa conversa, Holland não vai desistir e essa vai ser minha última festa no Brasil, eu vou aproveitar.

(...)

Depois de insistir muito para minha mãe sobre ir para festa ela deixou, depois de muita insistência, e ela falar que eu tenho que arrumar as malas antes e ir pois iríamos para lá amanhã, isso mesmo amanhã, e ela ainda diz que eu não tenho que ficar brava com ela.

-"Ela deixou?"- perguntou Lua quando eu voltei para o quarto.

-"Sim, ela deixou mas eu tenho que arrumar as malas, é para colocar roupas em uma uma e objetos importantes em outra, não esquece de deixar de fora uma roupa para festa, meu pijama e uma roupa para eu viajar"-

(...)

Eu e a Holland já tínhamos terminado as malas e ela já tinha ido embora, nós iríamos nos encontrar lá, eu já estava quase pronta, só faltava o batom, estou usando um vestido colado de mangas comprida um pouco acima da metade da coxa, ele era preto e todo estampado, também tava usando um salto Preto.

Pouco tempo depois que eu terminei de passar o batom escultei o som de uma busina, provavelmente era o Matheus, meu amigo que vai me dar uma carona até a festa, desci as escadas e fui direto para porta gritando um "TCHAU MÃE" e recebendo "TCHAU, NÃO VOLTA TARDE".

-"Oi Oi"- disse para o Matheus assim que entrei no carro.

-"Angel"- ele falou como se estivesse falando OI -"Fiquei Sabendo que você vai se muda, é verdade?"- ele perguntou.

-"Sim, minha mãe está noiva de um dos sócios da empresa de Los Angeles"- disse querendo mudar e assunto, eu não eu não estou muito feliz com essa história , acho que ele percebeu isso pois ele mudou de assunto e o resto do caminho fomos conversando e cantando as músicas da rádio.

Chegando na festa a Holland estava lá na frente nos esperando, ela cumprimentou Matheus timidamente pois tinha um grande penhasco por ele e depois nos arrastou para dentro e casa onde estava acontecendo a festa.

-"VOCÊ ESTAVA A MUITO TEMPO LÁ NA FRENTE?"- eu grito para que ela possa escultar.

-"NÃO, EU ACABEI DE CHEGAR, EU VOU DANÇAR, VOCÊ VEM?"- ela falou também gritando.

-"NÃO, EU VOU NO BAR PEGAR UMA BEBIDA"- eu grito e logo depois ela vai em direção e pista de dança, me virei e fui seguindo em direção do bar mas no meio do caminho acabei esbarrando em um garoto, ele tinha os cabelos morenos com luzes loiras, olhos verdes e um pircieng no canto da boca.

-"Me desculpa"- ele falou em inglês (?)

-"Não, tudo bem, eu que peço desculpas"- respondi para ele também em inglês pois aparentemente ele não fala português.

-"Eu sou Josh"- ele disse me estendendo a mão.

-"Eu sou Angel, você por acaso é do Brasil?"- disse/perguntei e aperdei sua mão logo depois.

-"Não, eu sou de Los Angeles"- ele disse depois de alguns segundo.

-"Aaa, Sem querer ser intrometida, mas já sendo, você está aqui no Brasil porque?"- eu realmente sou curiosa.

-"Eu vim com meus pais, ele estão aqui a trabalho"- ele gritou, é foi ai que eu percebi que estávamos igual dois loucos gritando no meio da festa.

-"Estamos no meio da festa gritando, eu estava indo para o bar pegar uma bebida, você vem?"- eu disse/gritei.

-"Ham, Claro"- ele disse e fomos os dois andando em direção do bar.


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...