História O filho do namorado da mamãe - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Ariana Grande, Jacob Whitesides, Justin Bieber, Magcon, Shawn Mendes
Personagens Ariana Grande, Jacob Whitesides, Justin Bieber, Nash Grier, Shawn Mendes
Tags Ariana Grande, Justin Bieber, Magcon Shawn Mendes, Nash, Shawn
Exibições 25
Palavras 1.685
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Lírica, Poesias, Romance e Novela
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá pessoal espero que gostem dessa fanfic que eu acabei de criar

Capítulo 2 - Meu inferno pessoal


Fanfic / Fanfiction O filho do namorado da mamãe - Capítulo 2 - Meu inferno pessoal

Pov. Mary

Acho que tudo nessa vida tem um propósito, igual a minha mãe ter terminado com o meu pai por ele ser um idiota. E a pior parte é que parece que a mamãe ta fazendo a mesma coisa que ele fez, só que dessa vez ela não percebe que ela está ficando cada vez mais distante de mim. E a pior parte de verdade é que ela sabe que não está bem mas fica fingindo estar só pra dar a volta por cima. Mamãe fica o tempo todo com um cara e depois com outro e depois com outro, mas no fundo bem lá no fundo mesmo, eu sei que ela ama o papai. Mesmo ele sendo um idiota.

—filha!? —dizia mamãe La de baixo enquanto eu colocava meus tênis nos pés  —filha!? Assim você se atrasa pro colégio

— mãe se acalme eu não me atrasarei —disse amarrando os cadarços do tênis

— anda logo filha que eu já tenho que ir

—espera mãe eu quero carona —disse correndo pra sala de estar pois mamãe já estava indo e eu não queria ir á pé.

— não vai tomar café da manhã?

—não, na verdade estou sem fome —disse abrindo a porta do carro e entrando

—isso tudo só pra não ir á escola de pé? —disse ela entrando no carro e engatando a chave

— não claro que não! Como a senhora mesmo falou, eu estou atrasada —sorri irônica

— então ta né —ela sorriu e ligou o carro

—então mãe eu tava pensando de a gente sair pra jantar hoje a noite que tal?

—amei a idéia, mas acho que hoje não vai dar —disse ela

—mas por que?

—tenho muita coisa pra fazer

—que tipo de coisa?

— muitas minha filha

— sim eu sei, muitas tipo quanto?

—olha filha, dá pra parar de me interrogar?

—foi mal —disse parando na frente da escola, a escola é bem perto da minha casa

— mas podemos marcar outro dia quem sabe!

—pode ser —disse saindo do carro

—ah ia me esquecendo —disse ela —se arrume bem essa noite, vou elevar um amigo lá pra casa

—amigo? A senhora nunca foi de ter amigos

— mas minha amizade com ele é diferente

— que tipo de amizade?

— para de perguntar tanto filha, você e essa sua mania maluca de ficar perguntando

— ta bem mãe, eu só fiquei um pouco curiosa com o cara que a minha mãe esta saindo

— não estamos saindo, somos apenas amigos

— ta bem, vou fingir que acredito

— já chega, não sou obrigada a ouvir isso —disse ela saindo pro trabalho e eu entrando na escola

Fui andando pra minha sala e com todos aqueles alunos idiotas que estavam pelos corredores era meio impossível não sentir-se desconfortável. Isso se deve ao fato de que eu recusei o convite do cara mais popular da escola O BRAD, ele é capitão do time de futebol e depois ele saiu dizendo por ai que eu tinha transado com ele. esse idiota é mesmo um sem noção, parece que  nunca recebeu um NÃO na vida.

Fui caminhando até chegar na minha sala, e quando cheguei fui me sentar lá no fundo como sempre. E nesse fundo tinha um cara que eu detestava cm todas as minhas forças. O nome dele é Shawn, por que eu detesto ele? simples, ele simplesmente é o pegador e namoradeiro, ele fica falando coisas a meu respeito coisas do tipo “ ela é muito idiota mesmo” ele me barra em qualquer que seja o canto que eu vá só pelo fato de que eu não seja uma “garota,” eu sou meio gótica então ele acha isso, que eu não sei me vestir e que não aproveito a vida como as outras garotas que já namoraram com ele. serio mesmo, eu acho que ele já deve ter AIDS de tantas garotas que ele já COMEU aqui da escola, acho que só umas 5 meninas que ele não comeu ainda. Isso dentro da escola, fora dela eu nem consigo imaginar o numero de loucas/malucas/retardadas/idiotas/burras que ficam com ele. ele me atormenta muito, quando eu vou ao banheiro ele fica me barrando, quando eu vou pegar o lanche ele derruba no chão. Ele é mesmo um ogro.

Mas a minha sorte que não é apenas comigo que ele faz essas coisas, ele faz com todo mundo que ele detesta. Se você olhar assim, até parece pouca gente, mas na verdade são uns 3% da escola, cerca de uns 30 alunos no mínimo. Ele é o melhor amigo do Brad o que me deixa ainda mais furiosa com ele. qualquer pessoa que ande com o Brad pra mim ela é drogada ou então maluca, não gosto dessa gangue que eles têm, chega a dar medo.

Fiquei sentada até o professor entrar e atrás dele vinha o idiota do Peter. 

—droga! —disse em silencio

— o que disse? —disse Shawn vindo sentar-se ao meu lado

—não disse nada

—você disse sim sua imbecil. Professor a Mary me chamou de filho da puta

— O QUE? GAROTO VOCÊ FICOU LOUCO SEU IMBECIL? —disse com raiva dele e elevando o meu tom de voz

—senhorita Clark poderia vir até aqui por favor? —fui com os braços cruzados enquanto o professor anotava em um bilhete a minha passagem pra diretoria —aqui está, vá direto pra secretaria e Depois falaremos ao respeito —eu arqueio a sobrancelha sem falar nada e de braços cruzados

—sério?

—não espere eu falar duas vezes —disse ele me dando o bilhete. Fui pra secretaria e vi a cara do Shawn rindo pelo fato dele ter conseguido me ferrar de vez.

Fui andando pela droga do corredor enorme e ouvi passos a minha frente, suspeitei que era Brad e seu ESQUADRÃO, eu na hora paralisei por que eu detesto todo mundo dessa turma. Fiquei parada olhando pro nada até eles notarem a  minha presença e se rebelarem

—olha só —disse Brad. Eu fechei os olhos com força pra poder me tocar de que aquilo não era um pesadelo.

—droga —disse

— own, parece que alguém vai pra secretaria —disse ele pegando o bilhete que o professor havia me dado

— me devolve —disse tentando pegar de suas mãos

— não —disse ele sorrindo

— me dá é sério

— “ me dá é sério” —eles repetiram o que eu disse

— olha eu não to com palhaçada

—“eu não to com palhaçada” —continuaram a repetir as mesmas coisas que eu

— eu tentei ser educada, mas dessa vez já chega  —eu chutei aquela parte masculina que só eles devem saber  quanto dói levar um chute ali. Peguei meu bilhete e saí correndo pra diretoria, antes que as coisas ficassem feias pro meu rumo.

pega ela —eu ouvi o Brad dizer no chão enquanto eu estava correndo

Nessa hora eu só ouvi o jeito que eles corriam até mim, eu só corri muito e muito até chegar na diretoria. E abri a porta, o diretos estava sentado na cadeira copiando umas coisas até que eu chego e interrompo tudo.

—posso ajudá-la? —disse ele

—sim, na verdade sim —entreguei-lhe o bilhete e ainda ofegante da corrida

— pelo visto alguém tem usado um tipo de linguagem inapropriada na sala de aula —disse ele —você vai ficar depois da aula

— o que? mas diretor, isso quem causou foi o idiota do Shawn e o senhor sabe o quão complicado aquele garoto é não é mesmo?

—isso não importa, o que importa é que foi você quem levou  a reclamação não ele.

—as diretor...

—mas nada, volte pra aula e eu te vejo aqui depois que as aulas acabarem

— ta bem!!! Mas será que o senhor poderia me acompanhar até  a saída?

—se você refere te acompanhar até a porta, e vou sim por que eu tenho que sair mesmo.

Eu e ele saímos juntos da sala dele, e olhei pra todos os lados e nem um sinal dos meninos, então quando o diretor chegou na sala que ele queria eu sai correndo por medo dos meninos fazerem alguma coisa comigo.

Corri, corri, e corri, até chegar na sala, cheguei na frente dela e fiquei encarando pensando na hora de entrar. Penso rapidamente e entro, vou pra minha cadeira de cabeça baixa, e quando eu chego perto dela, eu vejo que aqueles idiotas estão lá.

Então me sento e fico quieta até o horário acabar.

...

As aulas acabaram e nada daqueles idiotas me atormentarem. Fiquei achando estranho isso, mas achei até bom. Fui pra casa depois que eu voltei do castigo e então passo pela rua que estava um pouco escura devido a hora da noite que era aproximadamente umas sete. Fui andando um pouco com pressa e faltando apenas 1 quarteirão pra chegar em casa, eu ouço uma voz.

ora ora ora —disse alguém atrás de mim —achou mesmo que eu ia deixar barato essa? Na hora reconheci que era Brad

—Brad? Olha eu não... —disse apavorada

—xiu —disse ele colocando o dedo na minha boca e alisando o meu cabelo —não fale nada apenas sinta

—sentir o que... —nessa hora eu só senti  um balde de tinta azul e cheiro de ovos estragados sobre o meu corpo

— pense pelo lado positivo! Poderia ser bem pior —disse ele

—você ficou maluco? —disse toda ensopada e ainda de olhos fechados por causa da tinta

— não ele não ficou não —era a voz do Shawn junto a de Brad —olha essa idéia foi minha se você quer saber.

—vocês são mesmo uns panacas —disse saindo com lagrimas nos olhos, porem eles não viram pois estava suja de mais pra isso.

— aproveite o jantar —ouvi um deles debochar e os outros rirem

Fui correndo pra casa mesmo sabendo que era bem ali pertinho, não agüentava essa vida de merda. Fui pro banheiro e minha mãe já estava em casa, eu apenas me joguei no chuveiro e joguei a bolsa pra lá.

—filha tudo bem? —disse a minha mãe preocupada e deixando de fazer o jantar por causa de mim

—mãe me deixa —disse fechando a porta

—tem certeza filha ?

—mãe, volta lá pra sua cozinha, me deixa em paz —disse chorando

—mas filha

—SÓ VAI MÃE


Notas Finais


e aí o que acharam?depois as coisas melhoram tá bem?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...