História O Filho do Pastor - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Cameron Dallas, Camila Cabello, Nash Grier, Shawn Mendes
Personagens Cameron Dallas, Camila Cabello, Nash Grier, Shawn Mendes
Tags Shameron
Visualizações 353
Palavras 980
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Lemon, Romance e Novela, Violência, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá galera, morram de amor por esse capítulo, boa leitura babes

Capítulo 7 - 7 - Sky


Fanfic / Fanfiction O Filho do Pastor - Capítulo 7 - 7 - Sky

Mendes:

Eu não sei quanto tempo eu estava dentro daquele carro com Cameron, sendo levado para um lugar que eu nem sabia onde era. Se eu estava com medo dele fazer algo comigo? Só um pouco, talvez muito. Mas meu Deus é maior que todas as coisas, e naquele ponto eu já havia rezado todas as orações que eu me lembrava

Depois de meia hora ele finalmente estacionou o carro e desceu, vindo em minha direção e abrindo a porta

— Vai ficar aí? — Ele perguntou, esperando eu descer do veículo. Eu apenas balancei a cabeça positivamente e cruzei os braços na altura do peito — Ah Shawn, qual é?! Eu dirigi por não sei quantos minutos e fui até cavalheiro pra você ficar aí emburrado?

— Eu não sei onde eu estou! — Eu estava claramente falando a verdade, porque ao redor só tinha mato e árvores grandes, não tinha nenhuma casa e nenhum poste de iluminação por perto. A única luz que tinha era a da lua

— Estamos na estrada rumo a cidade vizinha — Ele bufou — Satisfeito?

— O que estamos fazendo aqui?

— Venha e você vai descobrir — Ele estava claramente impaciente

— Não

— Eu prometo que não vou te estuprar ou fazer algo que você não queira — Ele revirou os olhos

— Promete de mindinho? — Fiz bico, estendendo meu dedo mindinho em sua direção

— Ah Shawnie, sério? Eu não vou fazer essa criancice — Cameron revirou os olhos novamente

— Então nada feito — Disse rapidamente, Cameron se virou impaciente, entrelaçando seu dedo mindinho no meu — Você não cruzou os dedos não é?

— Não, Shawn — Ele disse revirando os olhos

— Ótimo — Disse saindo do carro, ignorando sua ajuda

— Tá indo pra onde? — Ele disse assim que eu comecei a andar em direção oposta ao carro — Eu vou ficar aqui — Ele disse se encostando ao carro, mas ele foi novamente ignorado — Shawn

— Eu já tô indo, impaciente — Respondi, indo em direção ao carro

Ele sorriu pra mim e foi até a parte traseira do carro, tirando a manta que cobria o porta-voz da revelando um colchão cortado, provavelmente porque ele não cabia inteiro ali, cinco almofadas grandes e três lençóis, tudo jogado em cima do colchão

— Pra quê isso? — Perguntei curioso, analisando tudo

— Para nós ficarmos olhando as estrelas ué, acho que isso tá na cara

— Pra nós dois nos deitamos? Sozinhos? Nesse colchão?

— Não querido, vou entrar ali naquele monte de mato e vou procurar uma cobra ou algo do tipo pra deitar aí com você — Cameron provocou, me fazendo abrir a boca por um milésimo de segundo

— Pra mim tanto faz, qualquer animal seria melhor que a sua companhia — Retruquei, subindo em cima do porta-coisa e me deitando vendo Cameron fazendo o mesmo

E wow, que coisa incrível. Como na estrada não tem iluminação alguma, o brilho das estrelas aumentou 3x. Era lindo, dava pra ver todas, até as menores. O céu estava incrivelmente iluminado o que me deixou encantado

— Lindo né? — Cameron se virou, sorrindo

— Incrível — Respondi, não deixando de olhar as estrelas por um minuto

— Minha constelação preferida é a de escorpião — Ele disse apontando para a constelação

— Não faz isso! Minha mãe dizia que cresce verruga no dedo — Bati na sua mão e ele riu — Mas por que?

— Porque, eu gosto de escorpião, os acho interessantes. Porque se você pensar bem, eles são tão pequenos e frágeis, mas são capazes de matar alguém com uma simples picada

Fiquei refletindo sobre suas palavras, ele tinha razão. Como um ser tão pequeno é capaz de causar tanto mal a alguém?

— Tá vendo aquela estrela ali? — Ele apontou para uma bem brilhante, a mais brilhante do céu

— Sim

— Eu costumava dizer que era meu pai — Ele sorriu triste

— Seu pai está morto?

— Não sei, ele saiu de casa quando eu era bem novo. Eu não convivi muito com ele, então não me lembro dele, mas eu achava que ele estava morto. Então eu dizia que a estrela mais brilhante do céu era ele

— Ele deve está no céu uma hora dessas, com Deus

— Acho difícil — Cameron riu amargo — Meu pai era ateu também, ele batia na minha mãe por ela colocar Deus à frente de tudo sempre

— Mas então por que você acha que ele virou uma estrela?

— Na verdade, eu não sei. Quando eu era mais novo achava que todas as pessoas quando morriam viravam estrelas brilhantes. E meu pai, bem, não sei se ele está morto, mas se tiver é um alívio. Mesmo não conhecendo sei que ele era uma péssima pessoa, daquelas que você deseja que vá pro inferno, você já sentiu isso?

— Nunca desejaria a uma pessoa que ela vá pro inferno, nem a uma pessoa que só deseja o meu mal — Balancei a cabeça negativamente — O inferno é um lugar muito ruim, e sombrio

— Claro que é — Cameron riu — Mas meu pai era a pior pessoa que você poderia querer conhecer. Ele era digno de nojo e pena

— Você é filho dele, não fale isso sobre ele

— Estou falando a verdade Shawn — Ele se virou pra mim — Existem muitas pessoas ruins no mundo, você fica surpreso com isso por que não conhece nada. Pra você o mundo é perfeito, mas ele não é, ele é horrível, as pessoas são horríveis

— Espero um dia nunca conhecer esse "lado" do mundo

— Nós não podemos adiar as coisas Shawn, um dia você irá ver tudo o que eu estou te falando

Fiquei quieto, refletindo sobre tudo o que ele disse. O que será que ele quis dizer com isso? Bom, espero que não seja nada de mal. Eu sinto que ele está falando isso pro meu bem, como se ele quisesse me proteger de algo


Notas Finais


Uuuuuuu bem casalsinho romântico né?!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...