História O fim da guerra. - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Harry Potter
Personagens Draco Malfoy, Hermione Granger
Tags Batalha, Derrota, Draco Malfoy, Harry Potter, Hermione Granger, Luta, Mentira, Passado, Segredo
Exibições 120
Palavras 358
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Magia, Mistério, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Olá olá olá lindezas,
Mais um desafio que me foi feito:

Draco/Hermione - um segredo - final alternativo.

Espero que gostem, ficou curtinha.

Capítulo 1 - Capítulo Único.


O depois da guerra.

A guerra terminou em um gemido, em vez de um estrondo, deixando todos os Comensais da Morte lutando em torno de um olhar muito parecido com ratos em um navio em chamas. Hermione pensou em ser algo imaginário, em vez propósito, considerando que vários deles pareciam manter os olhos voltados para Peter Pettigrew por algum tipo de garantia. Ela ainda ouviu alguém sussurrando sobre como Peter era o melhor amigo do pai de Harry e como ele conseguiu pavimentar o caminho para sua liberdade.

Ela ficou maravilhada com o nível de desespero necessário para que fosse preciso olhar para Peter Pettigrew e desesperadamente encontrar algum grau de esperança. Era quase o final da noite para ela, Tonks chegaria a qualquer momento para alivia-lá da obrigação de vigiar as massas reunidas, demandar e desmoralizar as pequenas células.  

Ela se virou para baixo, ao último corredor, surpresa com a tigela de comida ainda fora de uma das portas fechadas. Ela parou do lado de fora e olhou dentro, balançando a cabeça em entendimento.

"O que você está olhando, sangue-ruim?"

"Derrota". Hermione afirmou categoricamente. "O tipo mais perigoso."

"Nós não estamos derrotados. Você verá. Os exércitos se levantarão e ... "

"E nós vamos derrotá-lo novamente. Harry vai derrotar você de novo." A voz de Hermione nunca subindo, sempre calma e controlada. "Acabou."

"Eu não posso esperar para vê-la deitada aos meus pés, se contorcendo de dor, sua estúpida sangue-ruim. Em breve você vai ver que a única coisa que uma desculpa imunda como você é boa, é para ser usada para limpar meus pés ".

"Engraçado," Hermione agarrou as barras de ferro e apertou as mãos, com os olhos brilhantes de emoção, o sorriso forçado e apertado. "Isso não é o que você dizia quando você costumava me foder." Ela sorriu para valer então, a emoção em seus olhos escuros com a loucura. "Devo dizer a todos os seus amigos, Draco? Deixá-los o comer vivo em toda sua hipocrisia de puro sangue?" 

"Hermione?"

"Por aqui, Tonks." Ela acenou com os dedos para Draco e voltou-se para o salão principal. "Coma, Malfoy. Você pode precisar de força." 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...