História O Fim e o Começo de tudo. - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias The Walking Dead
Personagens Aaron, Abraham Ford, Beth Greene, Carl Grimes, Carol Peletier, Daryl Dixon, Enid, Eugene Porter, Glenn Rhee, Hershel Greene, Maggie Greene, Merle Dixon, Michonne, Morgan Jones, Negan, O Governador, Paul "Jesus" Monroe, Personagens Originais, Rick Grimes, Rosita Espinosa, Sasha, Tyreese
Tags The Walking Dead
Visualizações 13
Palavras 2.432
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Ficção Científica, Romance e Novela, Survival, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Canibalismo, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Boa leitura mores!😘

Capítulo 2 - "Darly Dixon"


"DARLY DIXON"

06/11/2016

07:24th


*MIA COOPER*

Mia: (Chegamos em frente e vários zumbis vem em nossa direção, eu me encolho toda segurando firme a jaqueta de Darly)

Mia: (Logo depois um garoto de cabelos um pouco compridos abre o grande portão para nós e finalmente saímos do meio daquele monte de zumbis)

Mia: (O carro de Rick entra primeiro e logo depois somos nós)

Mia: (Darly para a moto eu eu saio dela meio tontinha)

Mia: (Depois Emma juntamente com Amy saem do carro e elas vem em minha direção)

Emma: “Eu disse que acharíamos um lugar”

Mia: (Emma fala com um sorriso lindo no rosto)

Mia: “Sim, você disse!” (falo dando meu melhor sorriso a ela)

Mia: (Vejo várias pessoas chegando, algumas nos olham sorrindo e outras com desdém)

Mia: (Eu apenas ignoro)

Mia: (Mas Emma me cutuca um pouco)

Emma: *Cochicho* “Está vendo essas pessoas?”

Mia: *cochicho* “Não pude evitar”

Emma: *Cochicho* “Aff...nem conheço e já odeio!”

Mia: (Ela fala séria e abraça Amy por trás cochichando algo em seu ouvido quando Rick se aproxima de nós)

Rick: “Espero que gostem do lugar e das pessoas”

Mia: “É com certeza o melhor lugar que já vi, depois disto tudo”

Mia: “E aposto que as pessoas são boas também”

Rick: “Não duvide”

Mia: (Ele fala com um ar brincalhão)

Rick: “Vocês de primeira ficarão em um bloco diferente do nosso...mas quando ganharem a nossa confiança, oque tenho certeza que será rápido...vocês virão para o nosso bloco!”

Mia: “Tudo bem, e para qualquer coisa que precisar estou disponível”

Mia: (falo e ele concorda com um sorriso depois se vai e o perco de vista)

Mia: (Depois que ele se vai sinto algo gelado nas costas e rapidamente me viro dando de cara com Darly)

Darly: “Tome, acho que precisará disto!”

Mia: (Ele fala me entregando minha faca e minha arma)

Mia: “O-Obrigada!” (Falo pegando as duas e colocando cada uma no seu canto)

Mia: (ele não diz nada apenas se vira e vai embora)

Mia: (eu fico ali plantada feito trouxa olhando ele ir embora)

???: “Não se preucupe, não é nada pessoal ele é assim com todo mundo”

Mia: (Uma linda mulher de olhos verdes e cabelos curtos interrompe minha observação)

Mia: “Ah...Que bom...eu acho!”

???: “Sou Meggie, e seja bem-vinda ao lar!”

Mia: (Ela diz com um sorriso no rosto)

Mia: “Obrigada Maggie.”

Meggie: “Agora vem, vou te apresentar para a Beth ela vai te amar eu aposto, Ah...e quando você ver Judith...você vai se apaixo...”

Mia: “Judith?”

Meggie: “Sim, a filha de Rick, é um bebê como todos os outros, mas ela tem algo de especial”

Mia: “E o que seria?”

Meggie: “Sorte”

Mia: (ela diz com um sorriso no rosto e me leva para dentro para conhecer as duas)

Mia: (Quando chegamos lá, vejo oque parece ser um refeitório ou algo assim...Vejo Emma conversando com uma mulher já com um pouco de cabelos brancos, e Amy está com uma mulher com um bebê no colo, aposto que aquela é Judith)

Mia: (Meggie me leva até a loira, e ela imediatamente sorri quando me vê)

???: “Ah...então está é a tão falada Mia, você é linda! Meu Deus é a primeira Ruiva com quem converso!”

Mia: Obrigada! (Falo tímida)

???: Sou Beth e está é Judith!

Mia: (ela fala olhando para a linda bebezinha em seu colo)

Mia: Olá Judith! (Falo fazendo um carinho em sua cabeça e ela parece gostar)

Beth: Haha ela gostou de você!

Mia: (Beth fala a balançando como agrado)

Mia: “eu nunca mais tinha visto um bebê depois de tudo isso!”

Meggie: “É por isso disse que ela tem sorte!”

Mia: (Eu, Meggie, Beth e Judith passamos a tarde toda, e tive a chance de segura-la, foi bem legal nunca tinha me divertido tanto, eu e Meggie não parávamos de conversar um momento)

Mia: (ela perguntou se já tinha namorado antes, eu disse que só uma vez e me arrependi amargamente depois disto nunca mais me interessei de novo)

Mia: (Descobri também que Meggie e Glenn são casados, ou sei lá...Noivos talvez)

Mia: (E depois de um dia exaustivo andando de um lado para o outro com Meggie me mostrando a prisão, eu chego a minha cela)

Mia: (Com toda certeza é melhor que uma barraca montada no meio do nada)

Mia: (Tem um beliche e isso é bom, só o travesseiro que não é muito confortável mas, acabo me acostumando, melhor do que nada)

Mia: (Arrumo um jeito de me aconchegar na cama e boto minha arma ao meu lado e a faca na grade do meu beliche)

Mia: (não demora muito tempo e eu desabo)

*NO OUTRO DIA*

Mia: (Acordo bem cedinho no outro dia, o sol ainda nem se pôs)

Mia: (Pego minha arma e minha faca, calço meus sapatos, ajeito minha roupa, amarro o cabelo com um elástico qualquer que acabei trazendo e saio)

Mia: (Tem apenas umas 3 ou 4 pessoas acordadas)

Mia: (De longe vejo o tal Darly sentado na escada, equipando sua besta)

Mia: (Sigo em direção a escada para explorar o andar de cima)

Mia: (Mas quando passo por ele, o próprio me chama)

Mia: (Eu de primeira fico paralisada como de costume em sua presença, depois me viro e olho)

Mia: (ele faz um sinal para que eu sente e eu o faço)

Darly: “Seu acampamento...foi tomado, não?”

Mia: “Sim...”

Darly: “Pois bem, é boa em matar zumbis?”

Mia: “Sim...quer dizer, pelo menos pra mim, assim...”

Darly: “Que bom! Pois quero que me guie até o seu tal acampamento!”

Mia: “Ok, o acampamento tem muitos suprimentos e preciso recuperar algumas coisa mesmo, eu vou falar...”

Darly: “Não, não quero que fale sobre essa saída com ninguém! Ok?”

Mia: “Ok mas, por quê? “

Darly: “O inverno está chegando e como as formigas fazem, temos que guardar tudo oque formos precisar, Rick pensa que o que achamos será o suficiente para o inverno inteiro, mas eu penso totalmente diferente por isso quero que me leve até lá, e se for mesmo boa como estou pensando, até posso pensar em te colocar em mais buscas como essa!”

Mia: (Ele fala tudo de uma vez, eu sei que estou aqui a apenas um dia mas, ele não parece uma pessoa que fala muito e cuspir essas palavras tudo de uma vez deve ser muito...)

Darly: “Sairemos daqui a pouco, arrume-se rápido, estou lá fora!”

Mia: (Eu apenas concordo com a cabeça e ele sai)

Mia: (Quando me viro vejo Emma me observando, Merda...a quanto tempo ela está ai?)

Mia: (Me aproximo dela com um sorriso enorme no rosto, só pra disfarçar mas sei que nessa ela não cai)

Mia: “Bom dia, ainda está cedo, não?”

Emma: “Sim...”

Mia: (ela fala com um sorriso desconfiado no rosto)

Mia: “O que foi?” (Falo me olhando)

Emma: “Eu vi, não pense que eu não vi porque eu vi tudo!”

Mia: (Merda...)

Mia: “Viu oque? não tô entendendo!” (Tento disfarçar)

Emma: “Vai conta!”

Mia: “Ah...” *suspiro*

Mia: “Não aconteceu nada, ele apenas me deu alguns avisos sobre a prisão, como as regras a serem cumpridas!”

Emma: “Hum...Ok!”

Mia: (ela fala desanimada, YES EU CONSEGUI)

Mia: “Bem...agora eu vou indo, qualquer coisa é só me chamar vou estar lá fora, dá um beijo na Amy por mim ok?”

Emma: “Ok!”

Mia: (ela fala isso e eu saio em direção a saída)

Mia: (Vejo Darly de longe e vou até ele)

Mia: (quando ele me vê parece aliviado com minha chegada)

Darly: “Achei que nunca viria!”

Mia: (ele reclama e abre uma pequena passagem na grade e faz um sinal para eu sair na frente)

Mia: (Eu faço oque ele me pede e saio)

Mia: (Felizmente tem algumas pessoas matando ao zumbis e chamando sua atenção para longe, acho que não é para acumularem e acabarem derrubando as grades, por mais forte que sejam)

Mia: (Quando me dou conta Darly já está fechando o rasgo na grade e depois que termina me puxa para a floresta)

Mia: (Eu o levo até o acampamento, ele não fala muito mas dá pra bater um pequenino papo, cruzamos apenas com uns 7 zumbis por ai, mas chegamos em segurança e é isso que importa agora)

Mia: (Eu pego tudo oque preciso e boto nas grandes mochilas que peguei na minha barraca com algumas roupas)

Mia: (Enquanto Darly recolhe alguns suprimentos e mata alguns zumbis também)

Mia: (Vejo dois livros jogados dentro de uma barraca e sem hesitar eu os pego)

Mia: (Vou até uma barraca que está entre aberta, dou uma última olhada em Darly que parece estar ocupado e então abro a barraca)

Mia: (Só vejo uma daquelas merdas de zumbi pular em mim, ele me derruba no chão e fica sobre mim tentando me morder mas eu seguro seu peitoral ou oque um dia foi um peitoral e o impeço)

Mia: (Até que minha mão vara a sua pele completamente Podre, eu vejo minha mão por cima de sua cabeça, QUE NOJO MERDA)

Mia: (Eu tento pegar a minha faca, mas não consigo então de repente o zumbi cai sobre mim com uma flecha na cabeça)

Mia: (Darly...)

Mia: (Eu tiro o zumbi de cima de mim com nojo e Darly se aproxima de mim)

Mia: (Ele fica parado me olhando e então estende sua grande mão para me ajudar a levantar)

Mia: (Eu a pego e então ele me puxa com força colando nossos corpos)

Mia: (Eu fico encarando aquelas Íris azuis, ficamos assim um bom tempo, um olhando para o outro)

Mia: (Ele me encara e seus olhos estão diferentes estão escuros)

Mia: (Até que ouvimos gemidos pela floresta...e isso só pode ser uma coisa...Zumbis, muitos zumbis pela quantidade de gemidos)

Mia: (Isso acaba cortando o clima que eu nem sabia que existia entre nós, ele arma a sua besta e pega as mochilas juntamente com a flecha que estava na cabeça do zumbi que matou)

Mia: (Eu preenchi no total 2 mochilas e as pego rapidamente juntamente com minha pistola)

Darly: “Sem tiros! São muitos para lutarmos! Vamos embora!”

Mia: (ele fala isso e eu o sigo para longe daquela horda que nem sei dá onde veio)

Mia: (depois um tempo correndo nós paramos e respiramos ofegantes)

Darly: “Acho que os despistamos!”

Mia: (Darly fala se sentando em um pedaço de tronco que está caído)

Mia: (Eu sento ao seu lado e tento recuperar minha respiração)

Mia: (Nós ficamos em silêncio por alguns instantes, até que eu tento quebrar o silêncio)

Mia: “Bem...por quê nós não...”

Darly: “Cala a boca...”

Mia: (Ele fala isso se aproximando de mim, e toma meus lábios com sua boca)

Mia: (Eu só retribuo, esqueço que estamos rodeados de zumbis que podem nos devorar a qualquer momento)

Mia: (Ele me beija como se estivesse esperando por isso a muito tempo, sinto que a qualquer momento ele irá me devorar como um zumbi)

Mia: (Depois de um tempo nós nos separamos pela falta de ar)

Mia: (Seu rosto continua perto do meu)

Mia: (mas logo depois seu rosto fica com uma expressão preocupante)

Darly:” Temos que ir embora! Eles podem aparecer a qualquer momento!”

Mia: (eu apenas concordo com a cabeça e nós seguimos um tipo de trilho)

Mia: (Querendo ou não, não paro de pensar no que aconteceu)

Mia: (Ele está ocupado de mais, focado no trilho e para onde ele nos leva)

Mia: “Como sabe tão bem o caminho da prisão de qualquer lugar?

Darly: “Sou Rastreador”

Mia: “Nossa...legal” (Nunca conheci ninguém que era Rastreador antes, e admiro muito este tipo de atividade, queria muito aprender a faze-lo mas...)

Darly: “Não haja como se nada tivesse acontecido!”

Mia: “Ahm?”

Darly: “Quer que eu te lembre?”

Mia: (Claro...o beijo!)

Mia: “Eu sei...Desculpe eu...”

Darly: “Fui eu que beijei você, e não me arrependo!”

Mia: (Eu paraliso na hora, como ele não se arrepende?)

Mia: (É...eu também não me arrependo de ter aceitado mas ele?)

Mia: (Sem falar mais nada, ele se vira e vem em minha direção determinado como sempre...Puta que pariu!)

Mia: (Ele se pônhe em minha frente e logo eu me perco novamente naqueles lindos olhos azuis)

Mia: (Ele beija meus lábios de leve, com uma calma que nunca tinha visto antes, é inacreditável que o momento que estou passando com ele nunca passei com ninguém, nem mesmo com Brian, meu ex-namorado, ele era um completo babaca)

Mia: (Darly me beija mais intensamente, e o calor começa a subir entre nós, suas mãos exploram meu corpo, e eu pego em sua nuca)

Mia: (Ele desvia os beijo para o meu pescoço)

Mia: (Passo minha mão por debaixo de sua camisa quadriculada explorando seu abdômen definido)

Mia: (Ele para de explorar meu corpo e volta a beijar minha boca)

Mia: (Então ele passa a mão por debaixo da minha camisa quase tocando meus enormes peitos, confesso que eles são bem grandes)

Mia: (Mas então do nada ele para)

Mia: (Eu o olho pasma, sério que ele faz isso comigo e depois me deixa? Assim do nada?)

Darly: “Não podemos fazer isso aqui!”

Mia: (Ele fala com um sorriso no rosto)

Mia: “É claro que não!” (Falo seguindo a trilha e o deixando para trás, Que Raiva)

Mia: (Mas eu querendo ou não ele tem razão, além do mais nunca fiz isso na minha vida e não será agora...muito menos no meio da floresta com um monte de zumbis)

Mia: (Ele corre até mim, me fazendo parar)

Darly: “O que foi? O que fiz de errado?”

Mia: “Não é oque você fez errado, é oque você fez certo!”

Darly: “Então por quê está brava?”

Mia: “Porque você está certo, não podemos fazer isso”

Darly: "Não podemos fazer isso...aqui."

Mia: (Ele fala me dando uma piscadela que faria qualquer uma ir a loucura e segue caminho comigo atrás dele)

Mia: (Nós caminhamos pouco tempo até chegar na prisão, no caminho ele roubava uns beijinhos de mim me deixando furiosa, por fora é claro)

Mia: (Nós entramos pelo mesmo lugar que saímos e por sorte ninguém vê)

Mia: (Nos despedimos cada um levando suas coisas e eu entro)

Mia: (quando entro todos me olham preocupados, incluindo Maggie, Beth e Emma)

Mia: (Emma está quase chorando quando vem até mim pisando firme)

Emma: “Aonde você estava? Eu fiquei feito doida te procurando!”

Mia: “Calma Emma...”

Emma: “Como você quer que eu me acalme, você some por Horas e quer que eu fique calma? Fala sério!”

Mia: “Se eu te contar um babado fortíssimo você promete me perdoar?”

Emma: “Hum...Tá ok! Mas não vai me enganar!”

Mia: “Tudo bem, agora vem que vou te contar tudo!”


Notas Finais


Beijos!😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...