História O fisiculturista e dançarina ( Marichat ) - Capítulo 62


Escrita por: ~

Visualizações 81
Palavras 1.168
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Esporte, Famí­lia, Fantasia, Festa, Policial, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência, Visual Novel
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá,meus queridos leitores, antes de começar o capítulo de hoje.
Primeiro , quero agradecer os comentários de vocês nos capítulos anteriores, muito obrigada de coração.

Então, eu andei pensando em fazer a Aurora de vilã principal nesta história , ao invés da Lila, porque eu a uso de vilã em todas as minhas outras histórias.

O que acharam á respeito disto da minha ideia ? Por favor, comentem o que acham.


Então eu agradeço a atenção de vocês , espero que gostem do capítulo de hoje.

Uma boa leitura.

Capítulo 62 - O desejo de Vingança de Aurora.



___    Mas, mas, mas ...   -   Aurora tentando a argumentar á seu favor para a madame Iorque , porém faltava palavras certas para  o seu argumento e ficando sem saída.
___   Olha, Aurora , eu não te culpo ter inveja da Marinette,  qualquer pode ter inveja  de alguém  ,  mas ao invés de ficar com inveja da Marinette, quer saber o que você deve fazer , Aurora ?  -   Madame Iorque tentando manter uma conversa com a sua aluna invejosa e querendo dar uma dica valiosa á Aurora.

___    Não quero mesmo   -   Aurora ignorando a dica da madame Iorque , se virando de costas para as duas e cruzando os seus braços em sinal de desgosto.

___   (   Meu Deus, me ajude com essa menina )   -  Madame Iorque pedindo o auxilío de Deus em mente  e rezando para o Senhor em sua mente.

___   Aurora, por favor, se vire   -  Madame Iorque pedindo calmamente para a loura se vire de frente á eles  e tentando manter  sua paciência com a aluna teimosa á sua frente.

___   O que a senhora quer ,madame Iorque  ?    -   Aurora se virando para frente, com os seus braços cruzados em sinal de rebeldia e perguntando com grosseira para  a sua professora.

__   Seja mais educada, Aurora, pare com essa rebeldia e descruze os seus braços  agora , mocinha  -   Madame Iorque exigindo para que a Aurora seja educada e  mandando que ela pare de ser rebelde com ela.

__   Está bem  , madame Iorque  -   Aurora  aceitando as exigência com desgosto e bufando de impaciência para ela.


__   Não me provoque , Aurora, pare de ser assim   -    Madame Iorque começando a perder a sua paciência com Aurora e  exigindo  para que ela pare com aquilo.


___    Ah é, eu não gosto da Marinette, ponto final  -  Aurora agindo como uma criança de 5 anos para a sua professora e confessando que nunca gostou da azulada.

___   Eu não nasci para agradar ninguém  , Aurora   -   Marinette dando uma resposta digna para Aurora  e achando que as atitudes  da Aurora muito infantis.

___   Marinette,não se estresse por causa de sua gravidez, deixa eu resolvo isso   -  Madame Iorque para a azulada não se estresse com aquilo por causa de sua gravidez e dizendo que ia resolver por conta própria.

___   Você defendeu a Marinette,  não é justo comigo !   -  Aurora ficando magoada  com a professora de dança  e argumentando que ela defendia a azulada ao invés dela.

___    Está delirando ,Aurora ?!   -  Madame Iorque ficando espantada com a Aurora  e perguntando se a aluna ficou delirante por causa do seu ciúme excessivo pela Marinette.

___   Você me odeia !!   -  Aurora começando a chorar para a senhora e acreditando que ela a odiava por aquilo .

___   Ai,meu Deus, eu acho que eu pequei com o Senhor , para ter uma aluna tão teimosa com a Aurora   -  Madame Iorque implorando para o Senhor e acreditando tinha pecado contra o Senhor para ter uma aluna teimosa como a Aurora.


__    Você não pecou contra ninguém, madame Iorque , a Aurora está chorando falsamente , para ela tenha mais atenção sua com ela do que com qualquer outra aluna -   Marinette defendendo a professora  e acreditando que  a Aurora só fingia chorar para ter a atenção da professora somente para ela.

___    Fica quieta, Marinette  -  Aurora chorando lágrimas de raiva da azulada   e exigindo para que a azulada ficasse calada.

___   Escuta aqui, Aurora , pare de chorar agora  e aja com uma adulta  -  Madame Aurora não gostando novamente da falta de educação da Aurora com a Marinette e repreendendo a aluna mais uma vez.


___  Querem saber de uma coisa ?   -  Aurora chorando de raiva mais ainda  e olhando para as duas na frente na mesma intensidade das suas lágrimas.

___   Sabia bem , como escolher as suas palavras ,  Aurora   -  Madame Iorque aconselhando á Aurora para que ela use as palavras com cautela e aguardando a explosão de raiva de Aurora.


___   EU ODEIO TODOS , VOCÊS NÃO PASSAM DE PESSOAS FALSAS PARA MIM, ODEIO PRINCIPALMENTE VOCÊ, MARINETTE DUPAIN CHENG!! -  Aurora gritando de raiva, com lágrimas de raiva pesadas em seu rosto e saio correndo  para fora da sala.

___   Mas que coisa, o que eu fiz para merecer isso ?   -  Madame Iorque vendo a aluna correndo da sua sala e se questionado por ter uma aluna como aquela.

___   Não fez nada, Madame Iorque , ela gosta de chamar a atenção   -   Marinette argumentando ao defender a sua professora  e falando que a Aurora gostava de ser o centro das atenções .

____   Obrigada por me ajudar, Marinette, eu lamento sobre isso, como você e o seu bebê ?   -  Madame Iorque agradecendo a gentileza da aluna ao defender ela de Aurora  e perguntou em tom de preocupação sobre a saúde de sua aluna e do bebê dela.

___   Estamos bem, apenas eu tenho que ignorar a Aurora  -   Marinette respondendo a preocupação de sua professora e se convencendo que tinha que ignorar a rival para o seu bem e do bebê dela com Chat Noir.

___    Ah,por falar nele   ,  como está o pai do bebê ?  -   Madame Iorque querendo mudar de assunto para ás águas menos perigosas para se esquecer de Aurora e querendo saber novidades sobre o pai do bebê da Marinette.

___  Ele está bem, anda malhando muito para se preparar para o concurso de fisiculturismo que vai acontecer no sábado  -    Marinette respondendo sobre o Chat Noir para ela e contando da preparação dele para o concurso.

___    Que bom, ele já ganhou alguma vez ?   -  Madame Iorque aceitando a resposta da aluna  e perguntando curiosamente se o namorado da aluna já tinha ganhado alguma vez o concurso de fisiculturismo na vida dele.

___   Ele já ganhou 15 vezes,  eu acho que vai ganhar o 16 título, mesmo se ele não ganhar , eu vou continuar amado ele  -   Marinette respondendo á pergunta   e confessando que vai amar o Chat Noir mesmo que ele perca a competição.


___  Isso é bom,minha querida  -  Madame Iorque satisfeita com a aluna  e sorrindo para ela.

- x  Narradora Online  -   Na academia de dança  -   Nos corredores -  Durante a corrida de Aurora.

Assim que deixou  a sala de aula de dança,  Aurora estava chorando de raiva por causa de sua professora que amava e respeitava  e também da sua rival.
Enquanto ela corria pelos corredores da academia de dança , na direção da academia de musculação  para se encontrar com o seu aliado, o Ilustrador do Mal.
Nasceu dentro do coração de Aurora, um sentimento de vingança,  durante a sua corrida em direção á academia de musculação para se encontrar com o Ilustrador do Mal.

Aurora jurou em mente , acabar com tudo com aquilo que a sua rival mais amava ,  não ia descansar até que sua vingança seja realizada contra a Marinette.
 


Notas Finais


Espero que tenham gostado.
Um beijo no coração de vocês


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...