História O floresce do amor - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Visualizações 6
Palavras 972
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Fantasia, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Sei que não sou boa escritora
Sei que muita gente achou a história uma bosta e já desistiu de ler mais quero falar para todos os que continuam lendo

*OBRIGADO*

espero que gostem deste capítulo e deixem seus comentários a e se minha história lhes chamou atenção me sigam pois amo escrever histórias assim

Capítulo 4 - O amor


Fanfic / Fanfiction O floresce do amor - Capítulo 4 - O amor

No dia seguinte 
Kaiato On
  Chegando  na escola  mal esperava pra encontrar  com a Luna  esperei , e esperei mais ela não apareceu fui procurar instantaneamente  no local que ela sempre fica mais não encontrei nada ,  espere é a mochila dela e o fone  que isto é sangue , depois disto me um desespero e sai correndo pra procura lá
 Rodei a escola inteira e nada resolvi voltar pra debaixo da árvore Onde se encontra seu material e tenho uma surpresa ela estava com um pano limpando a mochila  não pensei duas vezes e a abracei 
- você me assustou
- eu não fiz nada
- deixou sua mochila aqui e ela estava com suja de algo a semelha do  com sangue
- fica calmo era ketchup eu sem querer sujei minha mochila. Fica calmo aqui ninguém me enxergar ninguém me nota então não farão nada - diz ela retribuindo o Abraço
- eu te noto te enxergo e me preocupo
- Obrigada
Trimmmmm
-vamos pra aula . Espera temos aula com quem ?
- com o Anderson
- então vamos logo ele reclama com quem chega atrasado rápido - pego na mão dela e começo a corre e quando olho pro rosto dela vejo um anjo sorrindo pra mim , nunca a vi sorrindo e pra falar a verdade quero ver ela sempre assim .
- chegamos - entramos pela sala quando todos já estavam se sentando
  E começou a aula e teve teste surpresa
Trimmmmm
-devolvam suas provas no que eu irei corrigir e falarei a nota
Um tempo depois
- falarei da maior nota até a menor
Luna : 10,0
Kaiato 09,9
Usui:09,3
Kanato: 08,7
Ayato : 08,5
Alia  : 08, 3
Etc ....
- Aí Usui deixou de ser o primeiro kkkkk
- nem o segundo foi
- foi vencido por uma Zé ninguém
- mais isto não vai ficar assim
Trimmmmm
- quem aqui se chama Luna!?
- e - eu - disse ela levantando a mão
- vem comigo - disse ele a puxando ela pelo pulso
Kaiato off
Luna On

         Ele me puxa pra um lugar mais afastado por que ele tá falando comigo ?oque ele quer ?
 - você  é a Luna  ?
- sim
- quero te parabenizar
-Obrigada
- ninguém nunca tirou nota mais alta que eu , e também quero te                   pa-parabenizar  você é muito bonita - disse ele passando a mão no meu rosto ele era um nerd bonito por incrível que pareça - não sei como nunca te vi lá na sala
- é o - Obrigado
- e vejo que também é tímida haha linda ,tímida, inteligente tudo que eu quero pra mim um dia. Espera eu me lembro de você, você era aquela que participou de todas as facções sempre fui seu fã - disse ele se aproximando
 Ele me prendeu contra parede e foi chegando mais perto até seu corpo está quase colado no meu
- e - é eu tenho que ir - disse empurrando ele mais foi em  vão ele era muito mais forte que eu
- aonde vai tão cedo , e o por que da pressa - diz ele aproximando seu rosto do meu
  Por mas que eu o empurra se ele não se mexia um milímetro me deixando nervosa sinto uma lágrima cair fazendo uma linha reta na minha face 
- está com medo de mim princesa?
  Me sinto tremer enquanto ele me tortura  com seu rosto perto do meu decidindo se vai me beijar ou não  até que o Kaiato chega e o tira de cima de mim
- TIRA AS MÃOS DELA- diz ele 
- o que você pensa que está fazendo , quem você pensa que é ?
- alguém que você deveria temer
- hahahahhahahahahahahahahaha eu temer vc por que só pelo fato de está pegando uma garota e vc não
- na verdade não é nada vitoriano forçar uma dama o beija
- dama haha ela tá mais pra uma qualquer que ninguém nota mais
  Ao dizer estas palavras kaiato da um soco no seu nariz quebrando o mesmo e o fazendo sangrar  quando vejo que ele não ia para por aí e digo :
- Kaiato para - ele para é me olha com um olhar de tristeza - ele só disse a verdade eu não sou ninguém  muitas pessoas não me vêem eu sou uma falha deste mundo não deveria existir.
 - Luna ...- saio correndo o deixando pra trás  
  Para perto de um parque o qual minha família vivia fazendo piquenique, lembro do meu pai brincando comigo no balanço e me jogando no ar, sento me num dos balanços olhando pro chão 

    lágrimas não param de escorrer pela minha face e com elas minhas lembranças vem, me sinto sozinha a muito tempo não falo com minha mãe que nem se lembra que eu existo e realmente não fui feita pra ser feliz...

Em quanto eu pensava na merda de vida que eu tenho sinto um abraço inesperado quando olho pra cima vejo kaiato que me levanta  do balanço  segura na minha cintura, levanta meu rosto me fazendo olhar pra ele e me beija , sinto- me corar ele pede passagem com a sua linguau e eu a permito . 

Foi um beijo demorado e sua boca tinha gosto de hortelã ,  não sei quanto tempo ficamos ali mais sei que a falta de ar nos impediu de continuar 

Ele sai do beijo e me olha nossas testas estavam grudadas sinto minhas lágrimas continuarem a sair será que este Beijo foi porealizada pena antes que eu pudesse falar algo ele fala :

- eu te amo ... Por favor não me deixe não sei quando foi mais me apaixonei por vc ,pelo seu olhar sua força e por mais estranho que pareça sua frieza.  

CONTINUA 




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...