História O fogo conhece a dinamite - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Naruto Uzumaki, Sai, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara, Temari
Tags Anime, Drama, Hino, Inata, Naruhina, Narusaku, Naruto, Naruto Uzumaki, Romance, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha, Sasusaku
Visualizações 494
Palavras 3.124
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Fantasia, Hentai, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência, Visual Novel
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


"Tenho que lhe achar, dizer que preciso de você e te dizer que eu escolhi você. Ninguém disse que era fácil. É uma pena nós nos separarmos. Ninguém jamais disse que seria tão difícil assim....Oh me leve de volta ao começo!" --'The Scientist-Cosplay'

Capítulo 1 - ( PRIMEIRA TEMPORADA ) Me leve de volta ao começo


Fanfic / Fanfiction O fogo conhece a dinamite - Capítulo 1 - ( PRIMEIRA TEMPORADA ) Me leve de volta ao começo

Sakura:

 

Olá. Aqui é Sakura Haruno. Bem, o que eu posso dizer sobre mim? Tenho altura mediana,olhos grandes e verdes,cabelo curto rosado, pernas finas, testuda e sem peito. Mas não pense que pela minha descrição eu sou uma Taubaté...eu tenho lá o meu charme! Os meus pontos fortes são a minha inteligência,força e flexibilidade(que me ajuda na luta). Sim,sou médica e agente da CIA.

Não sou nenhuma super garota com poderes e nem nada mas eu devo admitir que tenho uma força monstruosa comparado a garota magra que sou. Minha força se compara a de um homem musculoso. Desde pequena mostrei interesse em me exercitar o que me proporcionou flexibilidade. Sou amante de livros, o que me proporcionou um vasto conhecimento. Devido as minhas habilidades,meus pais me colocaram em uma escola para crianças superdotadas quando eu tinha apenas 3 anos. Então posso dizer que nunca frequentei uma escola normal. A maioria das crianças estavam ali por sua inteligência ou habilidades. Eram raros os que estavam ali por sua estranheza ( como o caso do Naruto ).

Eu fiquei na escola apenas até os 12 anos. Foram os piores anos da minha vida. Eu era a garotinha mais insegura que vocês poderiam conhecer, talvez fosse por causa do Bullying que faziam comigo ou talvez o problema fosse comigo...com a minha insegurança em mim mesma.

Bendita seja a minha enorme testa! Aos ¾ anos eu a odiava tanto que usava uma franja para tentar tampar. Usei até os 7 anos. Mas como viram que eu estava tentando escondê-la, as crianças tiraram mais sarro de mim. Elas riam de mim e eu me sentia excluída sem amigos. Até que eu a conheci, a maravilhosa Ino Yamanaka ( Deus abençoe o seu rosto perfeito e suas curvas desenhadas! ). Bem,na época ela era apenas uma criança então não era tão perfeita assim como é hoje. Ino é loira e tem olhos azuis penetrantes. Eu estava colhendo flores e ela veio falar comigo. Por um instante senti vontade de sair correndo já achando que ela também zombaria de mim quando ela começou a me chamar de testuda.

 

Ino: “-Hey testuda!” –eu olhei para ela apenas querendo sumir dali.

 

Sakura: “-O que foi?” –eu disse tímida.

 

Ino: “-Você é da mesma sala que eu né? Vi aqueles garotos idiotas caçoando você por causa da sua testa. Não ligue para eles! Sabe, você não deve ligar para o que acham de você!”

 

Sakura: “-Mas como eu posso não me afetar?”

 

Ino: “-Olha só, da próxima vez que eu ver eles perto de você dizendo alguma besteira eles terão que se ver comigo!”

 

Eu estava apenas parada a encarando, pensando: Será que eu fiz uma amiga? Ino havia entrado na escola por causa de sua família, eram todos médium e desde pequena ela consegue ver dentro da mente das pessoas. Eu chamaria mais como um dom.

As crianças vem em minha direção novamente e me chamam de esquisita,testuda,nerd e várias outras coisas até a Ino entrar na minha frente e com raiva dar um sermão neles.

 

Ino: “-Quem vocês pensam que são para falar assim com a Sakura? Talvez quando vocês tiverem a capacidade de tirar uma nota maior do que a dela tenham o mínimo de dignidade para falar com ela! Me diga um de vocês que não tem um defeito sequer? Ninguém é perfeito! A Sakura tem uma testa de marquise mas mesmo assim consegue ser bonita! Vocês conseguiriam ser bonitos com uma testa dessas? Digamos que não é pra todos!” –ela diz com um sorrisinho no rosto.

 

Eu não entendi muito bem se ela estava me defendendo ou me defendendo e zuando ao mesmo tempo mas eu gostei disso e me senti agradecida. Logo sorri para ela e levantei do chão.  A partir desse dia nos tornamos amigas e começamos a passar nosso tempo juntas. No dia seguinte,ela me deu um laço vermelho e colocou a minha franja para trás exibindo a minha testa em 3D mas ela disse que o primeiro passo para a superação é a aceitação. Devido a minha solidão,meus pais ficaram felizes quando souberam que eu fiz uma amiga.

Infelizmente,nossa alegria juntas não durou por muito tempo...acabamos nos afastando por um amor não correspondido. Estávamos apaixonadas pelo mesmo garoto...não que fôssemos diferentes das outras garotas que também estavam caidinhas por ele,mas nós duas éramos amigas. Depois disso resolvemos cuidar mais da nossa aparência conforme fomos crescendo. Deixamos o cabelo crescer ( já que haviam rumores de que ele gostava de garotas com cabelo longo) e nos vestimos melhor, tudo para impressioná-lo. Tudo o que nós duas e o resto das garotas da academia queriam eram ser notados por ele, Sasuke Uchiha. Mas ainda não é hora de falar sobre ele então vamos para o próximo nome.

 

Naruto Uzumaki, o garoto demônio. Garoto,idiota,loiro,e olhos azuis. Sou religiosa por isso acredito em tudo o que dizem sobre a história dele.

Seus pais eram católicos e por um “talvez” a sua hora de nascer foi justamente quando seus pais estavam na igreja. Como havia informação de que estava um engarrafamento infernal nas ruas de Nova York , Kushina (sua mãe) o teve dentro da igreja, em um quarto onde somente as freiras tinham acesso. No pequeno quarto estavam seus pais, 3 freiras e o padre....mas infelizmente não estavam somente eles. Assim que o bebê estava prestes a nascer um “espírito maligno” entrou no corpo do pai dele. Com os gritos, 5 homens vieram para segurar o Minato(seu pai).O padre imediatamente começou o exorcismo enquanto as freiras tiravam o Naruto de dentro da Kushina mas infelizmente o padre conseguiu tirar o demônio do Minato que logo pulou para o corpo do Naruto. O padre fez de tudo mas a entidade nunca mais saiu. Depois o padre viu que enquanto possuído, Minato havia cortado sua garganta e Kushina não resistiu ao parto. Logo Naruto foi entregue ao orfanato.

Desde novo o demônio começou a aparecer quando Naruto se sentia ameaçado e isso o fez ter uma ótima habilidade para luta. Vendo que era diferente das outras crianças o menino demônio foi enviado a escola para crianças super dotadas. Entretanto, assim como eu, ele foi excluído...porém de uma maneira pior. Todos achavam que ele era uma aberração. Mas ele nunca se deixou abater. Com os passar dos anos nas escola, inclusive fez amizades com o Shikamaru e o Chouji. Com o passar dos anos também foi conhecido pela sua idiotice. Todos sabíamos que ele estava ali apenas por ser estranho.

Agora o nome principal que está na minha mente e no meu coração eternamente... Sasuke Uchiha com seus perfeitos traços asiáticos.

 

Sasuke Uchiha também teve um passado sombrio. Infelizmente o seu passado começou a ser sombrio quando ele já estava na escola ao qual ele entrou pela sua excelente habilidade em combate e armas (que puxou de sua família, inclusive de seu irmão mais velho que era o prodígio da escola ). Sasuke não ligava para ninguém e nem falava com ninguém mas mesmo assim era popular. Nenhuma garota resistia ao seu jeito de ‘sou melhor do que todos’. Mas eu era diferente delas...eu sabia que não havia me apaixonado apenas pela sua beleza. Era ele por completo!

Um dia ele começou a faltar as aulas e as noticias logo vieram a tona...a notícia da morte de sua família.

Em um dia normal antes do Sasuke chegar da escola, seu irmão mais velho e prodígio Itachi Uchiha havia assassinado os seus pais a sangue frio. Foi um choque para todos pois todos sabiam o quanto Sasuke e Itachi eram próximos e o Itachi era alguém normal que parecia amar a família. Mas você sabe o que dizem....os psicopatas são ótimos atores.

Quando Sasuke chegou em casa, Itachi estava sobre os seus pais com uma espada enfiada em seus peitos. Depois disso Itachi foi embora e nunca mais foi visto.

Eu sabia...eu sabia o quanto o coração do garoto que eu amava estava partido. Ele estava órfão,traumatizado e com um irmão assassino desaparecido.

Se antes seria difícil dele notar alguém...agora seria impossível.

 

Eu ainda lembro do primeiro dia em que eu o vi. Eu estava na sala de aula lendo um livro e esperando as aulas começarem até prestar atenção no que as outras crianças estavam falando. “Ele é da famosa família Uchiha!” “Ele é lindo!” “Ele é um metido!” Eu ouvi vários comentários sobre ele e quando me virei lá estava ele entrando na sala. O meu coração automaticamente começou a bater mais forte,senti uma leve coloração em minhas bochechas e eu não conseguia me mexer. Mas o que era isso que eu estava sentindo? Era pela beleza dele? Seus traços asiáticos pareciam ter sido esculpidos por anjos tamanha formosura. Não! Não era só isso! Era ele! Era ele por completo! Eu nunca liguei para aparência até porque eu não sou linda. Claro que o fato dele ser lindo ajudava mas não era só isso.

Poderia alguém tão jovem se apaixonar?

Quando todos fizemos 12 anos a CIA foi até a nossa escola em busca de jovens prodígios qualificados em seus requisitos. Jovens que serviriam com missões ao país. Eu era jovem e não entendi muito bem sobre o que era mas quando vi o Sasuke se inscrever eu também quis.

Foram aplicados testes práticos e manuscritos para testar nossas habilidades e conhecimento. Eu e algumas crianças da escola passamos,logo fomos transferidos para a Academia Konoha onde eles nos treinariam tanto educadamente quanto em lutas ou em táticas. Eles nos dividiram em 3 e formaram times. Eu cai no time 7 com o Sasuke e o Naruto. Eu adorei pois poderia ficar mais perto dele e teria a chance dele me conhecer melhor. Um homem misterioso de cabelos platinados chamado Kakashi foi designado como nosso professor. Conforme a nossa idade,eles aumentavam o grau de missão. Fomos criando laços de amizade uns com os outros ao decorrer do tempo. Protegíamos um ao outro.

Eu,Sasuke e Naruto éramos um time perfeito. Aos 15 decidi que gostaria de ter habilidades médicas e não sei como consegui arrumar tempo para a faculdade.

Sasuke foi se apegando a mim também devido a convivência, eu sei disso. Eu percebia por causa de seus gestos.  Estávamos em uma missão de tentar conseguir informações dos Russos e numa noite quando todos nós estávamos dormindo sobre o chão ele se deitou atrás de mim colado ao meu corpo e me abraçando. Ele deve ter achado que todos estavam dormindo mas eu estava acordada. Eu permaneci imóvel sem querer estragar aquele precioso momento.

No dia seguinte eu o vi saindo em direção a pequena parte do bosque  que havia no local em que estávamos hospedados e fui atrás dele.

Percebendo a minha presença ele não parece surpreso.

 

Sasuke: “-Sakura...o que você está fazendo aqui?”

 

Sakura: “-Bem, eu queria um pouco de ar...vi você saindo e quis te acompanhar.”

 

Sasuke: “-Não preciso de companhia.” –ele sempre com seu ar de inferioridade.

 

Sakura: “-Ok. Então eu não estou te fazendo companhia, estou apenas andando na mesma direção que você.”

 

Sasuke: “-Pare com isso.”

 

Sakura: “-Por que? Você já está interessado em alguém? É a Ino porca né?” –eu coloquei tudo para fora. A Ino sendo tão perfeita não teria como se interessar por ela. Ou até mesmo pela Hinata, a garota tímida de peitões.

 

Sasuke: “-Não! Não é isso! É que eu não posso. Não posso desviar a minha mente com coisas tão boas e sem importância.”

 

Sakura: “-Do que você está falando?” –eu pergunto confusa.

 

Sasuke: “- Itachi. Um dia eu irei encontrá-lo e vou matá-lo pelo que ele fez aos nossos pais.”

 

Sakura: “-Sasuke o que está dizendo? Não pode matar o seu próprio irmão, você não é como ele! Além disso, você seria preso! Seria um criminoso!”

 

Sasuke: “-Eu não ligo! Por que acha que eu estou aqui? Estou tentando melhorar minhas habilidades e encontrá-lo. Só eu posso vingar a minha família.”

 

Sakura: “-Não Sasuke. Isso é errado. Eu não suportaria ver você preso, sendo um assassino.”

 

Ele olha seriamente para o meu rosto e diz como se fosse a coisa mais normal do mundo:

Sasuke: “-Então simplesmente não se importe comigo.”

 

Eu iria responder ele dizendo que era impossível porque quem ama cuida e se importa mas ai eu teria que falar para ele o quanto eu era perdidamente apaixonada por ele. O quanto eu o amava. Paro meus pensamentos quando ouço 2 homens vindo em nossa direção. Eles seguravam facas nas mãos. Eram bandidos. E um deles se aproximou dizendo: “-Não se mexam! Nós só queremos toda a grana que tiverem!” ,já o outro complementou: “-Olha parceiro, a garota é bonitinha. Acho que vou me divertir um pouco com ela.” Meu olhar ficou feroz e rapidamente eu e Sasuke começamos a lutar com eles. Eu estava dando o meu melhor mas infelizmente o bandido era mil vezes mais alto e mais forte do que eu. Eu olhei para o lado tentando achar o Sasuke mas ele e o outro bandido não estavam mais a vista.

Pronta,eu estava sozinha. Eu precisava me virar. Ele deu um chute na minha barriga e eu cai longe gritando alto devido a dor.

 

Sasuke: “-Sakura!” –eu pude ouvir o Sasuke gritar o meu nome mas eu não conseguia abrir os olhos.

 Eu ouvi um barulho de como se alguém tivesse derrubado alguém e em seguida senti uma mão sobre mim. Abri os meus olhos assustada achando que poderia ser o bandido mas ao invés dele vi o Sasuke olhando preocupado para mim.

 

Sasuke: “-Parece que você não está ferida.”

 

Sakura: “-Sasuke! Você veio me salvar!” –eu disse feliz e animada como uma garotinha de 12 anos que sonha do príncipe encantado a salvar da torre do dragão.

 

Sasuke: “-Era a sua voz, era o seu grito...eu logo pensei que estava em perigo então eu vim.”

 

Eu estava corada,eu sabia disso. E ele estava tão perto de mim ali no chão,ainda estava tocando as minhas costas com sua mão. Eu sentia fervorosamente o calor daquele toque. Ele estava me olhando também, ele estava me olhando intensamente com desejo. Eu percebi até ele se aproximar do meu rosto e me beijar. Aquele toque, aquele choque entre os nossos lábios fez o meu corpo inteiro se acender. Foi como se tivesse disparado uma bomba que estava prestes a explodir. Depois de uns instantes (os instantes mais preciosos da minha vida) ele se afastou me olhou sério,fechou os olhos,virou as costas e foi embora. Foi embora sem dizer uma única palavra ou expressar qualquer emoção. Nós dois agimos como se aquele beijo não tivesse acontecido.

Meses depois, o time 7 foi separado para missões diferentes. Naruto continuou nos Estados Unidos, eu fui enviada a Europa e o Sasuke foi enviado ao Japão. Nós três tínhamos a missão de conseguir informações para chegar ao nome do líder do maior tráfico internacional de drogas. Eu havia acabado de dar uma surra em um cara quando um agente que trabalhava conosco correu em minha direção para me dar a notícia.

 

Sasuke estava preso. Ele havia encontrado o seu irmão e o matado. O agente disse que a policia mencionou que ele estava completamente louco,perverso e fora de si. Por isso foi trancado sobre camisas de forças e com os olhos tampados para não planejar sua fuga.

O que eu mais temia havia acontecido...Sasuke era um criminoso. Pior, ele havia enlouquecido.

 

Depois da minha viagem de avião de volta aos Estados Unidos,fui direto a cela em que ele se encontrava e pedi permissão para passar a noite lá dentro com ele, jurando a todos que ele nunca seria capaz de me fazer algum mal. Eu entrei e logo o policial fechou a cela. Então, eu tirei a camisa de força do Sasuke e desvendei os seus olhos.

 

Sasuke: “-Sakura o que está fazendo aqui?”

 

Sakura: “-Eu vou ficar do seu lado.”

 

Sasuke: “-Me esqueça.”

 

Sakura: “-Não Sasuke! Eu te amo! Sou apaixonada por você desde a primeira vez que eu te vi então você não pode me pedir para eu te esquecer.”

 

Sasuke: “-Faça como quiser. Se quer dormir em uma cela então durma.” –ele deita na pequena cama que havia lá e vira para o lado. Eu me deito ao seu lado, a cama é pequena mas eu sou magricela.

 

Sakura: “-Sasuke não esqueça que eu te amo ok? Não sei se você sente algo por mim embora você tenha me beijado mas eu sei que mesmo assim eu te amo. Não importa que você não seja mais o garoto da família famosa que acabou de chegar na escola, eu continuo te amando.”

 

Sasuke: “-Para de falar.”

 

Sakura: “-Não! Você precisa saber que alguém te ama. Você não está sozinho. Você tem a mim, tem ao Naruto também!”

 

Sasuke: “-Você está me irritando.”

 

Sakura: “-Por favor,só não se afaste de nós!” –eu digo chorando.

 

Ótimo Sakura, como se já não bastasse sofrer por não ser o suficiente para fazê-lo te amar, agora também sofre por ele ser um criminoso assassino.

Eu sinto o corpo dele se encostando ao meu e o braço dele ao meu redor. Ele virou, estávamos deitado meio que de “conchinha”. Meu coração parece que vai saltar pela boca e eu só tenho forças para dizer uma coisa.

 

Sakura: “-Sasuke...”

 

Sasuke: “-Sakura...obrigado.”

 

~~

 

Acordo com alguém me chamando,era a polícia. Já havia amanhecido. Eu esfrego o meu rosto com a minha mão e bocejo.

 

Sakura: “-O que está acontecendo?”

 

Policial: “-O Uchiha! Ele fugiu!”

 

Sakura: “-O queeee???!!!”- eu dou um pulo da cama olhando para todos os lados na esperança de vê-lo.

 

Policial: “-Você foi cúmplice disso? Nas câmeras depois que a moça ruiva abriu a cela para ele, ele fugiu com o seu carro!”

 

Sakura: “-Meu carro?! Não é possível! É claro que eu não tenho nada haver com isso!” –eu digo praguejando.

 

Coloco a mão no meu bolso e pego o meu chaveiro. Todas as chaves estão lá, exceto uma...a do meu carro.

E é assim...essa foi a última vez em que vi Sasuke Uchiha. O badboy criminoso que possui o meu coração fugiu da cadeia e roubou o meu carro.

Quem era a mulher ruiva que o libertou? Eles estariam juntos? Eu e Naruto gastamos todo o nosso tempo o procurando mas nós nunca o encontramos.

Bem...pelo menos, não até agora.

A dona da Academia Konoha substitui como membro do time 7 o Sasuke pelo Sai (um garoto estranho em que eu e Naruto não nos dávamos bem).

Ele não fazia parte do time 7. Era um absurdo tentarem colocar alguém no lugar do Sasuke...ele é insubstituível.

E eu sei do fundo do meu coração que um dia nós três estaremos juntos novamente. Mas essa história já é para outro capítulo.

                                                  

                                                             ~ continua ~

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Notas Finais


Realmente espero que tenham gostado da sinopse e do primeiro capítulo <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...