História O garoto da porta ao lado! - Capítulo 16


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Exibições 108
Palavras 1.138
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ecchi, Escolar, Lemon, Romance e Novela, Shoujo-Ai, Yaoi
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Gente....

Capítulo 16 - Porque eu não calo a boca?


Fitei os imensos portais sentindo o calor do fogo no cu que eu tava porque puta que me pariu eu to preso na escola com Min Yoongi.

Olhei para o loiro ao meu lado que discava algo no celular.

- Yoongi... – Chamei baixinho e o menino me olhou... Queria mesmo que ele não olhasse, porque eu senti vontade de morder as bochechas deles.

- Que e Jimin? – Pisquei algumas vezes percebendo que eu estava encarando satanás na cara dura.

- Ah! E o Kook ele esta...

- Ah, ele já foi, Mi pediu para vim chamar vocês e eu disse para ele sair pois eu ia atras de você... E olha no que deu. – Ah! Claro agora a culpa e minha, se eles não tivesse me prendido no armário, eu aina seria gay assumido e não estaria aqui com você.

- Ah! – Ótima maneira de terminar uma conversa Jimin... Genti... To nervoso. Olhei mais uma vez para a porta.

- Myu? – Encarei o loiro com o celular na mão.

- Onde vocês estão porra? Se quiserem se pegar faça isso em casa. – A garota soltou irritada do outro lado da linha... Senti meu rosto esquentar... E uma desgraça mesmo.

- Quando quisermos nos pegar, não vamos nos importar se você vai ver ou não mongada. E a gente ta preso dentro da escola porra. – Ouvimos uma risada escandalosa do outro lado me fazendo ao menos tentar ignorar oque ele disse anteriormente... Não que eu queira pegar ele, mas... Agora e definitivamente uma boa ideia, isso sempre acontece em filmes de romance clichê, ou naquela fanfics que o lemon e no chão do corredor, não que eu leia lemon, nem sei oque e isso... Não que eu queria perder as pregar, não mesmo.

- Voces ficaram presos ai? – Suga bufou como resposta. – Ah! E oque a gente faz agora? – No meu ponto de vista ela não parece se importar muito com isso.

- Nos vamos procurar um jeito de sair aqui dentro, vocês procuram ai fora, e se acharem... Me liga! – Eu olhei pros lados achando uma ideia bem inteligente... Tinha que ser cria de satanás pra ser astuto assim.

- Certo vamos tentar. – Yoongi desligou o celular olhando pra mim.

- Onde começamos? – Perguntou.

- Porque eu saberia?

- Porque a escola e sua ne idiota.  – Amigo eu não sei nem onde e as saídas da minha casa... Pudera do inferno.

- Hun... Podemos olhar o ginásio, ele leva pro campo e de la podemos pular o muro. – Foi uma otima ideia, eu ate me senti super inteligente depois dessa... Mas a porta do ginásio esta trancada...

- Tomanocu. – Ouvi satanás rosnar... Me caguei aqui agora.

- Podemos tentar... As janelas do segundo andar? La não tem grade. – Arrisquei.

- E cair e quebrar a cara? Jimin deixa de ser idiota. – Porra... Magoou ai mozão.

- Ah... Então, que tal a cozinha?

- Que, que nos vamos fazer na cozinha Jimin? – Sorri amarelo.

- Eu to com fome. – Murmurei fazendo bico e o menino suspirou.

- Meu deus... Certo, vamos pra cozinha antes que você resolva me comer. – Ah! Na verdade eu sou o Passivo aqui meu amor, mas deixa isso de lado. O loiro passou por mim indo em direção a sei la onde já que a cantina era pro outro lado.

- Hey... Aonde tu vai? A cantina e por aqui. – O garoto me olhou, me deu o dedo do meio que e muito fofo... E aquelas veias senhor? Meu deus. – Vai na frente.

Se satanás manda... Jimin obedece. Fui saltitando na frente como se eu não estivesse presa no inferno com o rei dele.

- Jimin para de saltitar isso e irritante. – O garoto resmungou.

- Olha tu e saltitante e nem por isso te pedi para morrer. – Resmunguei emburrado, que menino chato.

- Ah! Então você quer que eu morra? – Perguntou... Gente eu acabei de dar uma patada linda nele e ele ainda ta com aquela cara de cu... Qual e a desse menino?

- Pra ser sincero... Eu queria que você nem existisse! – Provoquei dando de ombros.

- Hun... – Parei para encarar ele esperando uma expressão de raiva... Ou aquele sorriso sacana que viria com alguma resposta que eu ia sentir a dor la no fundo... Mas nada... Ele passou por mim com uma cara pior que a do Oh Sehun do primeiro ano... E olha que Oh sehun pode ser facilmente confundido com uma porta. – Hey... Me espera!

Corri atras do menino que adentrou a cantina ainda fazendo cosplay de porta... Acho que eu fiz merda... Sera que eu devo dizer que eu queria mesmo e que ele me jogasse na parede e me chamasse de lagartixa... Não que eu queira isso... Não mesmo, e so para ele se sentir bem.

- Yoongi. Hey Yoongi. – Chamei.

- Oque foi dessa vez Jimin? – Ele nem me olhou... Que ultraje.

- Foi uma brincadeira ta. – Larguei olhando para as costas do menino que e um centímetro no Maximo maior que eu. Olhei pros lados caçando algo de bom pra comer naquela cozinha. – Eu não queria que você morresse... Eu ate acho você legal.

- Jimin, cala a boca!

- Ah! Ate acho você bonitinho sabe você e fofo!

-Jimin!

- Pra falar verdade, eu queria mesmo me lembrar como foi meu primeiro beijo... Talvez não tenha sido tão ruim ser com você. – Arregalei os olhos quando o garoto me imprensou na parede entre a geladeira e o freezer.

- Cala. A. Boca! – Prendi a respiração pela proximidade... Eu meio que estou sentindo todo o corpo... Que senhor... Eu quero... Ter... Interpretem como quiser. Senti a respiração dele bater em meu rosto e... Meu deus ele e vesguinho!

- Oh! Que fofo! – Murmurei sem querer,  o menino me olhou de um jeito que jurei que ia morrer ali.

- Oque? – O desgraçado fica bonito ate com a testa enrugada.

- Você e vesgo... Isso e fofo!

- AH! Porra jimin...

- E serio e muito fofo você... – Mano porque eu não calo a boca?

- Jimin cala a porra da boca. – Suspirei, eu não consigo parar de falar quando estou nervoso.

- Desculpa e que quanto eu to nervoso eu...

...

...

...

...

Juro que quando eu senti algo ir contra meus lábios eu imaginei qualquer coisa, menos aquela boca rosinha de Min Yoongi e gente... Desculpa se o momento for gay, mas....

Eu e que não ia recusar um beijo gostoso desses, e quando ele me pediu passagem eu abriria ate minhas pernas pra ele... Desculpem.

Ele foi carinhoso... Meio quente meio fofo, eu realmente não sei muito bem oque fazer. Senti as mãos dele apertar minha cintura e acabei por arfar alto. Ele se afastou de mim me fitando de perto com os olhinhos tortos.

- Eu disse para calar a boca!


Notas Finais


Desculpe por esse beijo... Mas descrever beijo em primeira pessoa na cabeça de Jimin e bem dificil... Mas juro que em um proximo ponho toda a fofura do mundo... Esse não e para ser fofo!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...