História ♥O Garoto De Cabelo Enrolado♥ - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Seventeen
Personagens Hong Jisoo "Joshua", Lee Jihun "Woozi", Wen Junhui "JUN", Xu Ming Hao "THE8"
Exibições 22
Palavras 855
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Fluffy, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Olá!
Desculpe pela demora!
Minha net ta lerda...
Se eu sumir é por causa dela okay?
Se mais enrolação
Boa leitura!
Qualquer erro me avisem pls

Capítulo 3 - Nuvens E Fofo


Já era a hora do intervalo. Eu estava sozinho, como era normal nos primeiros dias de aula, ficar sem amigos.

Optei ficar em uma mesinha solitária atrás da escola. Era um bom lugar, ar fresco, sombra.

Fiquei olhando as nuvens, contando quantas tinham. Faço isso quando estou com tédio.

Sai de meu transe quando alguem pega no meu ombro, me assustando. O menino do sorriso.

- Oi. - ele disse sorrindo doce.

- Olá. - cumprimento.

- Posso me sentar com você? - indaga.

- Há vontade. - digo.

Ele se senta, e começa a observar as nuvens comigo.

- Aquela parece um gato! - exclama, apontando a o dedo para uma nuvem deformada, que realmente lembrava um gato.

Dou risada.

- Você está em que sala? - perguntou.

- Sala 9, segundo ano e você? 

- Me chame de hyung, saeg. - ele ri. - Sou do terceiro.

- O que? Como te chamarei de hyung se nem sei seu nome?

- Sou Jisoo, Hong Jisoo, mas me chame de Joshua. Amo frango, e coelhos, e to apaixonado por um pigmeu, e você?

- Como se você não saiba meu nome...

- Finge idiota. - ele sorri.

- Web JunHui. Toco piano, e sou chato e mais recentemente, como meu novo amigo me disse, idiota. Ainda sou novo demais para me apaixonar, porém estou tendo um caso com meu travesseiro.

Ele ri, e olha para mim.

- Você é legal.

- Digo o mesmo.

Ficamos um pouco em silêncio.

- Nenhuma garota, ou garoto louco pulou no seu pescoço ainda? - ri com a pergunta. - To tentando puxar assunto. - ele diz, e começo a rir mais.

- N-não. - falo com dificuldade. - Ainda...

- Enfim Jun, tenho que ir. - ele disse se levantando. - Espero sermos grandes amigos. 

- Igualmente.

Eu o vejo surmir, e depois volto minha atenção as nuvens.

É, contar as nuvens até que ficou legal.


               ×•×•×•×•×•×•×•×


Estava no meio do intervalo, quando resolvi andar um pouco.

Eu tinha que entrar em um clube, normas da escola. Então escolhi o mais fácil para mim. Música.

Perguntei onde ficava o clube a uns garotos, que em resposta riram de mim.

- Não ligue para eles. - disse um menino com a cara do DiCaprio do Titanic. - Sala 24, terceiro andar. - agredeci.

Subi as escadas, pensando o porquê daqueles meninos rirem de mim. 

Deixei os pensamentos pala lá.


              ווווווו×


Chegando ao lugar, antes de entrar, ouvi duas pessoas brigando. Virei ninja em ouvir conversas paralelas atrás da porta.

- Qual é o seu problema? - falou... Joshua?

- Você! - gritou a outra pessoa. - Vê se larga do meu pé! Já disse que não gosto de você!

Prestava muita atenção na discussão em que Joshua estava envolvido, até que sinto alguém me cutucar.

Quase gritei, virei para trás, me deparando com MingHao.

- Que coisa feia! Ouvindo as brigas de outras pessoas! - aquilo era para ser um sermão, mas ele não parava de rir.

- Eu an... Não estava... Só queria... - atropelava as palavras. - Ver o clube. - abaixei a cabeça.

A briga cessou, e meu estômago embrulhou.

- MingHao!  E você? - disse um menino baixo loiro. Será o garoto do qual Joshua comentara? - O que querem?

- Meu amiguinho... - Hao apontou para mim. - Quer entras no seu clubinho.

- Pare de diminutivos. - mandou o pigmeu. - Estou ocupado.

- Não mais. - disse Joshua o empurrando, irritado, e indo embora.

- Corrigindo, eu estava. - ele sorri. - Entrem.

Entramos.

"Caramba! Quantos instrumentos" pensei.

- Então, Jun né? - ele perguntou, e o olhei com cara de "sério mesmo".

- Sim. - reviro os olhos

- Desculpe, a diretora nos mandou te tratar como se fosse uma pessoa normal. - explicou. - Sou Jihoon, mas me chame de Woozi. 

- E ele é meu melhor amigo. - acrescentou Hao.

-Enfim, me mostre o que tem. - falou Jihoon.

Procurei um piano (o que não foi difícil de encontrar, porquê é um piano) e comecei a toca-lo.

Os olhos dos dois brilharam, e quando terminei, aplaudiram.

- Uau! Você é incrível! - exclamou Woozi.

- É mesmo! - disse MingHao.

Sorri corado.

- Eu pensava que você era um ator mimadinho, mas me enganei feio. - disse Jihoon, e Hao nos olhou com um ponto de interrogação na cara.

- Estou perdido. - admitiu. - Jun? Ator? Mimado?

Jihoon ri, e agora eu estou perdido também.

- Você não tem TV Ming? -  Woozi indagou rindo.

- Não. - ele falou. - Minha omma está trabalhando duro para comprar uma, mas é alugueu, escola, contas, médico. Ai fica difícil. E meu appa falou que ia comprar arroz e nunca mais voltou, ah tipo... Quatro anos. - ele disse cabisbaixo.

Senti muita pena. Jihoon o abraçou.

Ficamos um tempo em silêncio.

O sinal tocou, e o mais baixo se despediu, e saiu.

- Vamos? - perguntei doce.

Ele apenas assente.

No meio do caminho ele me chama.

- Sim?

- Você... Podemos... Andar... De mãos dadas? - ele pergunta e coro. - Isso me deixa seguro, e minha omma faz isso quando estou triste, e agora estou triste e você é o único presente agora, e achei... - ele se explicava.

- Tudo bem. - o interropi.

Ele sorriu, entrelacei meu dedos nos dele, e andamos assim.

A palavra que realmente define MingHao é fofo.

Xu MingHao o menino de cabelo enrolado que saiu de um anime, eque é extremamente fofo.









Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...