História O garoto de cabelos escuros... (HunHan) - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Kai, Kris Wu, Lay, Lu Han, Personagens Originais, Sehun, Suho, Tao, Xiumin
Visualizações 55
Palavras 886
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Slash, Sobrenatural, Terror e Horror, Violência
Avisos: Estupro, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oii♡~
Voltei,agora com um assunto q eu acho meio pesado e tal,mais eu espero que vcs gostem!!😊😊
Relevem os erros.

Capítulo 1 - Capítulo um.


Fanfic / Fanfiction O garoto de cabelos escuros... (HunHan) - Capítulo 1 - Capítulo um.

"...Eu não estou vivo.Você sabe disto..."

Já fazia algumas semanas que eu e a minha família havíamos nos mudado para Seul na Coréia do Sul.

E a casa a qual estou morando atualmente tem aparência de ter sido construída à muito tempo,a casa é muito velha,tão velha que eu tenho medo de trocar um móvel de lugar e a casa desmoronar.Mas mesmo assim eu acho ela bonita e aconchegante,pois eu sempre gostei de casas antigas,sabe?

E por ela ser velha,eu acho que o Tao sempre esteve certo sobre essas coisas de fantasma.

Porque desde que eu dormi aqui pela primeira vez,eu escuto alguém chorando a noite.No começo eu achei que fosse o meu irmão mais velho ou um dos meus pais então eu deixei o assunto morrer,mas o choro se tornou algo constante,e até agora mais pais não questionaram e meu irmão não disse nada.Então eu decidi que esta noite irei descobrir a origem deste barulho,que vem tirando meu sono.

*** 

Já se  passava da meia noite quando o barulho começou,eu estava deitado na minha cama então me levantei a tatiei o criado-mudo atrás da lanterna que eu havia separado mais cedo,a encontrei então me levantei,a ascendi e procurei meus chinelos,após os encontrar os calcei e andei em direção a porta da minha casa.

Parei por um momento para poder ouvir o barulho melhor e descobrir de qual direção vinha,cheguei a conclusão que vinha da direita,então comecei a caminhar pelo corredor e parei em frente a escada.O barulho vinha do andar de baixo,então desci as escadas e virão para a esquerda parando em frente a porta do porão.

O barulho vinha de lá,o que fez com que eu pensasse que poderia ter alguém invadindo a minha casa,mas se isso fosse verdade porque estaria escondido no porão?E porque estaria chorando todas as noites?

Mas também tem a hipótese de um fantasma,mais é uma hipótese bem ridícula.

Desliguei a lanterna e pus minha mão na maçaneta,hesitei por um momento em gira-la mas logo me pus em abrir aquela porta com todo o cuidado do mundo para não fazer barulho,abri a porta e me deparei com uma escuridão,então comecei a descer a escada as cegas.

Então quando eu estava quase no final da escadaeu,esbarrei em algo,para ser mais preciso eu esbarrei em alguém.

Tanto eu quanto esse alguém levamos um susto.

Liguei a lanterna rapidamente e a apontei para a pessoa que estava a minha frente e me deparei com um garoto de cabelos escuros.Ele estava encolhindo no chão e abraçava seus joelhos,ele vestia um pijama listrado nas cores branco e azul claro,mas seu pijama estava sujo de terra e de sangue,e estava um pouco rasgado.Ele tinha uma bandeira da Coréia do Sul no lado esquerdo do peito,e seu rosto,bem...Ele carregava um semblante de tristez e dor,e praticamente estava escrito "morte" no meio da sua testa.

Como alguém poderia ser tão magro?

Mesmo tendo uma aparência desprezível,eu achei ele...um pouco...bonito.

-Garoto!-Sussurrei para o garoto tentando o chamar,mais não tive sucesso,então o chamei mais uma vez-Garoto,está tudo bem!Eu prometo que não vou te machucar!-Falei tentando o alcamar.

Então ele levantou a cabeça lentamente e olhou para mim.

-Qual o seu nome?-Comecei uma conversa para tentar entender o do porque ele estaria no meu porão e do porque ele estaria chorando.

O garoto de cabelos escuros abriu a boca maisa fechou antes de me responder, então ele a abriu novamente e disse algo que eu não consegui escutar.

-Como?Eu não consegui entender,você poderia repitir novamente,por favor?-Falei me sentando em frente a ele e colocando a lanterna no nosso meio.

-Sehun,Oh Sehun...-Ele disse em um sussurro.

-Ok Sehun,meu nome é Xiao LuHan-Falei fazendo o garoto me encarar-Você poderia ficar aqui?Para mim poder chamar os meus pais,assim eles poderão te ajudar-Falei me levantando e indo em direção a escada,mas a mão de Sehun me puxou pelo braço fazendo eu parar.Como alguém poderia ser tão frio?Parecia até que estava congelado.

-Por favor,não os chames!Eles...eles-O goroto de cabelos escuros fez uma pausa e hesitou em continuar a falar-Eles não podem me ver...-Sehun falou em um sussurro.

Como assim?

-Eu não entendi...Como eles não podem te ver se eu posso?-Perguntei curioso.

-Eu...e-eu to morto!-Ele disse desviando o seu olhar de mim para um canto qualquer,então ele me soltou.

-Vo-você tá morto?Mais como?-Perguntei a mim mesmo,então o garoto do cabelos escuros voltou a chorar.

Droga,eu odiava ver alguém chorar.

-Você é um fantasma?!

Sehun assentiu com a cabeça de leve.

Sai correndo e fechei a porta,fui em direção a escada e a subi,caminhei pelo corredor e cheguei ao meu quarto,adentrei no mesmo e fechei a porta.Fui até o criado-mudo e peguei meu celular,disquei o número de Tao,o mesmo não demorou muito a atender.


-Zitao,até que fim que você atendeu essa merda!-Falei já irritado.

-Nossa,oi pra você também LuHan-Ouvi a voz de sono do garoto platinado se pronunciar.-Afinal,porque você está me ligando no meio da madrugada mesmo?

-Porque tem um fantasma no meu porão!

-Como?Tem um fantasma na sua casa?Agora mesmo que eu nunca foi aí-Tao disse com medo.

-Mais eu não to pedindo para você vim aqui,eu estou pedindo a sua ajuda,eu não sei o que fazer!-Disse me sentando na cama.

-Ele falou com você?-Finalmente Taoresolveu me ajudar.

-Sim...-Então eu contei para ele o que aconteceu.-Mas eu sinto que devo voltar até lá e ajudar ele.-Falei por fim.

-Então volta lá e amanhã você me liga e diz o que aconteceu-Tao disse irritado e desligou.Nossa grande amigo eu tenho.

Fiquei um tempo pensando se deveria ou não voltar até lá.E acabei por decidir que iria amanhã.


Notas Finais


Eu sei q tápequeno,mas é só o primeiro capitulo.
Eu acho q vcs já tem mais ou menos uma noção do q se trata a fic e tals,e eu sei q o primeiro capítulo ta meio bosta mais é só pra vcs saberem como eles se conheceram.
2bjs!!
-L


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...