História O garoto de cabelos escuros... (HunHan) - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Kai, Kris Wu, Lay, Lu Han, Personagens Originais, Sehun, Suho, Tao, Xiumin
Visualizações 36
Palavras 649
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Slash, Sobrenatural, Terror e Horror, Violência
Avisos: Estupro, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oii,gente obg pra todo mundo que favoritou e comentou.Vcs são maravilhosas e por isso eu vou dar paçoca pra quem favorito.
E um obg especial pra Mariih_Ferreira q panfleto a minha fic.❤
Boa leitura,meus amores❤❤
2bjs😙😙
-L

Capítulo 2 - Capítulo dois.


Fanfic / Fanfiction O garoto de cabelos escuros... (HunHan) - Capítulo 2 - Capítulo dois.

"...Não é ódio.É amor.Os sintomas são iguais as vezes..."

No dia seguinte eu não voltei até lá. 

E nem no outro.

E assim se passaram cinco dias.Haviam noites as quais eu não escutará Sehun chorar, o que me fazia pensar que ele poderia ter ido embora,o que faria eu me sentir mal.

Zitao me disse que era melhor eu não voltar,pois geralmente os fantasmas só querem o nosso mal.Mais eu não acho que Sehun irá me fazer mal.A forma que ele me olhou, me dizia o contrário,era como se seus olhos gritassem por ajuda.

E era isso que eu iria fazer,eu iria ajuda-lo,só não sabia como a nem quando.

Todas as vezes que eu passava em frente a porta do porão,eu sentia vontade de abri-la e ver Sehun e lhe pedir descupas.

***

Já se passavam da meia noite,então eu me levantei e calcei meus chinelos,andei em direção a porta e a abri,caminhei pelo corredor chegando a escada,então a desci e fui em direção a porta do porão,parando em frente da mesma.

Eu sentia borboletas no meu estômago.

Pus minha mão direita na maçaneta e a girei,entrei no porão devagar e fechei a porta atrás de mim.

Desci a escada no meio daquela escuridão.

-Sehun?-Chamei pelo garoto de cabelos escuros.-Sou eu,Luhan...

-Eu estou aqui...-Sehun disse em um sussurro.

-Aqui a onde?-Perguntei confuso por não conseguir ver nada.

Então Sehun ligou minha lanterna.Ele estava sentado ao lado de um plano velho e empoeirado.

Andei em direção a ele e me sentei em frente a ele.

Nós ficamos um tempo nos encarando, antes de Sehun quebrar aquele silêncio que havia se instalado.

-O que é isso?-Ele sussurrou apontando para o que havia em minhas mãos.

Segui seu olhar até minhas mãos,então voltei a encara-lo.

-Você não sabe o que é isso?

Sehun negou com a cabeça.E naquele momento eu percebi o quanto esse garoto precisa da minha ajuda.

-O nome disso é "chocolate",é um doce-Falei fazendo o garoto me olhar atento-Você sabe o que é doce,certo?

Ele assentiu com a cabeça.

-Antes de tudo acontecer...-Ele disse baixinho e abaixando a cabeça-Minha mãe me dava bolo.

-Você quer?-Perguntei sem saber se ele podia comer.

Sehun assentiu com a cabeça.

Então o entreguei um pedaço do doce.

Então ele começou a comer e eu fiquei o encarando esperando uma resposta.

Então ele sorriu para mim.

O sorriso dele era lindo,fazia qualquer um se hipnotizar.

-Você gostou?-Perguntei esperando uma resposta positiva.

-Sim...-Ele falou baixinho.

-Porque você fala tão baixinho?-Perguntei curioso.

Sehun se inclinou para frente chegando bem perto de mim,tão perto que eu podia sentir minha respiração bater no rosto morto dele.

-Por causa dos norte-coreanos-Ele disse voltando para trás-Eles podem me ouvir...

-Mas não tem nenhum norte-coreano aqui,apenas nós dois...

-Sempre vai ter um escondido nas sombras...-Ele falou se balançando para frente e para trás.

Então eu fiquei sem saber o que dizer,eu queria poder entende-lo.

-Eu queria...pedir descupas a você-Falei abaixando a cabeça-Eu não deveria ter saído daquele jeito...

-Está tudo bem...-Ele falou um pouco mais alto,então eu levantei a cabeça para poder olha-lo e ele estava sorrindo. 

Eu definitivamente amo o sorriso dele.

-Não é a primeira vez que alguém age assim...-Ele continuou.

Então eu não fui o primeiro a lhe conhecer.

-Antigamente morava um garoto nesta casa...-Sehun disse abaixando a cabeça-O nome dele era Wu Yifan,mais eu o chamava de Kris.Ele era chinês,igual a você...-Sehun deu uma pausa-Ele sempre descia aqui e cantava e tocava piano para mim...-Ele disse voltando seu olhar para o piano que estava ao seu lado-Mas teve um dia que eu contei a ele tudo o que tinha acontecido comigo,mas ele contou para os pais dele.Então os pais dele o levaram para o médico e ele foi diagnosticado com equizofrenia,então o internaram em um sanatório,e eu nunca mais soube sobre ele...

Eu não sabia o que dizer,talvez seja esse o motivo a qual Sehun chorava todas as noites.

Talvez ele se sentia culpado pelo o que aconteceu com Kris.

-E o que foi que aconteceu com você?-Perguntei fazendo ele levantar a cabeça e me encarar,dizendo algo que eu não gostaria de ter escutado.

-A pior coisa que um ser humano poderia fazer...





Notas Finais


Jesus ta pequeno pra caralho.
Tchau meus amores,até o próximo cap.
2bjs😙😙

-L


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...