História O Garoto Estúpido - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Karol Sevilla, Ruggero Pasquarelli, Sou Luna
Personagens Luna Valente, Matteo
Exibições 22
Palavras 965
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Ficção Científica, Luta, Mistério, Poesias, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


É isso galerinhaaaaa! Gostem huehue, estou obrigando (deixa in off)

Capítulo 1 - Química ?


Fanfic / Fanfiction O Garoto Estúpido - Capítulo 1 - Química ?

   "Não chefe, não estou dormindo, é que pousou um inseto no meu olho e eu estou tentando matá-lo sufocando!"  (Family Guy).

  Acordei totalmente indisposta, meu despertador ja tocou umas 10 vezes. Pretendia ficar assim até perder a hora de ir pra escola.

- Filha, se levanta. Se não vai se atrasar pra escola! - minha mãe gritou do pé da escada.

- Isso que eu quero - murmurrei.

  Fechei os olhos por alguns instantes, mas minha mãe gritou denovo.

- Não faça eu ir aí em cima e te obrigar a se levantar! - revirei os olhos.

- Que inferno! - abafei o grito com o travesseiro.

  Me levantei parecendo um zumbi e fui em direção ao banheiro. Tomei um banho de 10 minutos e escovei os dentes no chuveiro.
 
  Saindo do banheiro caçei uma roupa dentro do guarda-roupa. Optei por uma calça jeans de cintura alta, um cropped vermelho com um número escrito em branco e calçei meu sapato da adidas, dobrei a barra da calça, dei uma penteada no cabelo e peguei minha mochila.

  Desci as escadas, peguei uma torrada com geleia e bebi um suco. Eu estava atrasada.

- Pegue o dinheiro que ta em cima do balcão e compre algo para comer - minha mãe disse, eu peguei o dinheiro e guardei dentro da mochila.

- Mãe, a senhora viu onde eu coloquei meu celular? - perguntei.

- Deve ta no sofá, onde você sempre deixa - ela disse vindo em minha direção, a mesma vestia umas roupas sociais e calorentas, peguei meu celular e voltei a cozinha.

- Vem cá, como "cê" aguenta ficar com essas roupas o dia inteiro? - perguntei mesmo ja sabendo a resposta.

- Costume - me deu uma piscadela e bebeu um gole de seu café - agora deixe de papo furado e vá logo pra escola! - ela me empurrou até a porta.

- Me expulsando da minha própria casa, Srt.Sevilla? - perguntei arqueando uma sobrancelha.

- Nem vem com essa! - ela fechou a porta em minha cara e eu sorri.

- Melhor me apressar - falei olhando a hora no celular.
 
  Graças a Deus. Eu não cheguei atrasada, todos ainda estavam no pátio da escola. Avistei meu grupinho e fui até eles.

- Eai, suave na nave? - Guilherme me cumprimentou e fizemos nosso toque.

- Tou de boas - falei e ele riu.

- Bom dia! Flor do dia! - Alice disse me abraçando de lado.

- Ta de bom humor, bela aborrecida - tirei uma com a cara dela.

- Cala a boca! Nem você vai tirar essa minha felicidade! - falou brincando.

- Ava! - ri um pouco.

- Pequena, como cê está? - Júlio perguntou.

- Ah seu lindo! Melhor que você - falei brincando e o abracei de lado.

  Ele tinha terminado com a namorada semana passada e a briga foi feia, mas aquela biscate não merecia o Júlio.

- Hahaha! Tenho certeza disso - ele disse soltando uma gargalhada gostosa de se ouvir.

  Ele poderia ta assim por fora, mas por dentro, estava arrasado. Ele gostava muito dela. Que dizer, ele ainda deve gostar.

- Garota, se esqueceu de mim? - Cyntia perguntou fingindo estar ofendida.

- Quem é você? - fresquei com sua cara indo abraçá-la.

- Magoou - ela disse abaixando a cabeça.

- Ah! Não faz essa carinha de cachorro abandonado que eu me derreto toda - falei, fazendo todos rirem.

- Olha só quem chegou - Alice disse olhando para a entrada da escola e eu a segui com o olhar.

- O crush da Gabi! - Guilherme disse e eu bati de leve em seu ombro.

- Ah, vão tomar no cú! - falei e eles soltaram uma gargalhada.

 Ruggero Pasquarelli, eu o olhei e ele me olhou de volta, desviei o olhar para o meu povo.

- Vou lá falar com ele - Júlio disse e o resto dos meninos o acompanharam.

  É duro dividir amigos com aquele panaca!

- Que química foi essa que vi agora entre o Castanhari e a Gabi? - Alice falou.

- A química do teu rabo! - falei e levantei o dedo do meio a mesma retrucou me dando lingua.

- Garotas, vou contar uma coisa pra vocês - Cyntia disse e logo nos viramos para ela.

- Diga, somos todos ouvidos - Alice disse.

- Fiquei com o Maurício- nós três demos uns pulinhos e gritinhos, completamente animadas.

- Já tava mais que na hora - falei, Cyntia gosta dele, desde a nona série. Ou seja. Ano passado.

- Né! Finalmente! Agora conta os detalhes - Alice disse.

Cyntia puxou eu e Alice para mais perto para que ninguém mais ouvisse.

- Ele me chamou pra conversar, ele disse que gostava de mim e talz e eu também falei, aí ficamos uns 5 segundos se olhando e ele me beijou. Foi tão bom - ela contava toda empolgada e fazendo gestos com as mãos.

  Mauricio era um cara atraente, moreno, cabelos lisos e olhos claros. Eu o acho lindo pra dedeu. Ele é do time de futebol e eu o considero gente boa. Ou seja. Eu apoio ele e Cyntia.

Eu e Alice nos entreolhamos e dissemos juntas:

- Será que Matia, finalmente se realizou? - sorrimos uma pra outra.

- Espero que sim! - ela disse extremamente feliz, e nos abraçou fortemente.

  O sinal tocou e fomos em direção a nossa aula. Tinhamos aula de Português. Professor Jack, até que ele é legal.

  Como sempre sentavamos no meio. A turma do fundão só é bonde pesado. Meu bonde é pesado, mas o do fundão é so pra quem não quer assistir aula. E eu tenho que tirar notas boas!

  Ruggero, foi o último a chegar e nesse momento nossos olhares se cruzaram... denovo.


Notas Finais


Foi isso amorecooooos <3
Vou postar outro daqui a alguns dias ou amanhã mesmo! Huehue. Vão na sombra! E voltem na chuva!! Bjkas


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...