História O Gato Que Mudou Minha Vida - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Hoseok, J-hope, Kim Namjoon, Min Yoongi, Namgi, Rap Monster, Suga, Sugamon, Taehyung, Vhope
Exibições 127
Palavras 1.164
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção, Lemon, Romance e Novela, Shonen-Ai, Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Álcool, Cross-dresser, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Vou começar avisando

Primeiro, tem lemon

Segundo, não sei fazer muito bem lemon. Então, talvez não esteja muito bom.

Capítulo 5 - Monnie, me sinto estranho


Fanfic / Fanfiction O Gato Que Mudou Minha Vida - Capítulo 5 - Monnie, me sinto estranho

No dia seguinte Yoongi acordou sozinho na cama, com o grude de sua mão espalhado pelo moletom.

No travesseiro aonde Namjoon havia dormido, tinha um bilhete.

"Volto logo, vou comprar roupas pra você

- Seu Monnie"

Yoongi deu uma leve corada ao ler "Seu Monnie".

O menor se levantou e tirou aquele moletom grudento. Foi pro banheiro e tomou um banho rapido.

Estava com fome então foi na cozinha, comeu um pão que Namjoon havia deixado pra ele e voltou pro quarto.

Yoongi não havia visto o que Namjoon tinha em seu quarto, então foi ser curioso. Olhou nas prateleiras.

– Livros, livros e mais livros.... Nenhuma revista porno.. Todo homem tem que ter uma

O menor já estava ficando frustrado, queria alguma coisa pra se divertir, mas não era fã de leitura.

Yoongi, todo curioso, vasculhou o quarto todo. Quando abriu a gaveta do guarda-roupas, sorriu.

– Parece o paraíso..

Achou pornôs e "brinquedinhos". Logo tirou o sorriso do rosto, pensou que em pouco tempo Namjoon chegaria. Mesmo assim, Yoongi curioso, pegou um vibrador. Deitou na cama o ligando, colocou ao lado próprio membro e segurou os dois.

Em pouco tempo, suas pernas tremiam, sua respiração acelerava e suas bochechas ficavam rosadas de prazer. Estava excitado de novo.

Yoongi estava pensando no toque do maior, suas enormes mãos passando por sua coxa e apertando sua bunda, seu beijo e a ardência que o maior deixou em seu pescoço após chupa-lo.

~Yoongi On~

Estava em meus devaneios enquanto sentia aquele prazer, até que ouço a porta da sala abrir. Droga, Namjoon havia chegado!

Me levanto rapidamente, jogo o vibrador na gaveta e a fecho. Me jogo na cama e fico olhando pro teto.

– Suga.... Cheguei...

Namjoon entra no quarto. Minha respiração ainda não tinha se normalizado e minha bochechas com certeza estavam rosadas.

– O - oi Monnie...

Namjoon colocou algumas sacolas rosas e escrito "Baby Boy" na cama.

"Que isso? Algum tipo de fetiche?"

– São suas roupas..

Ele sorriu pra mim é virou as sacolas na cama. Caíram saias, vestidos e meias na cama.

– Como visto isso?

Namjoon me puxou e me levantou na cama, me fazendo ficar em pé na frente dele.

– Segure nos meus ombros...

Eu segurei em seus ombros e ele começou a vestir uma saia em mim. Namjoon me pôs sentado na cama e colocou uma camisa em mim.

– Por que minhas roupas não parecem com as suas?

– Porque quero que se vista assim...

Ele segurou minha perna e colocou uma meia em mim, fez o mesmo com a outra.

– Pronto..

– É confortável...

Namjoon olha pra mim e ficou me encarando.

– Agora que percebi, suas bochechas estão rosadas... Está com febre?

Ele se aproximou de mim e tocou minha testa com a mão.

"Droga, perto de mais!"

– Está um pouco quente, mas não acho que seja febre...

"Tarde de mais, agora meu coração já estava acelerado."

Ele estava prestes a se afastar, mas minhas pernas pensaram por sí e o seguraram.

– Que foi, Suga? Por que está me segurando?

– Me sinto estranho, Monnie..

– Estranho como?

– Estranho aqui..

Levanto minha saia mostrando meu membro ereto.

"Agora é tarde de mais pra voltar na escolha que eu fiz, só queria sentir as mãos do Namjoon de novo"

~Namjoon On~

Por que Suga estava daquele jeito, eu não sei, mas estava tão vulnerável. Era minha chance de terminar o que eu não havia terminado madrugada passada.

– Monnie da um jeito pra você, Suga

Aproximei minha boca do pescoço do Suga, o chupando, e segurei em seu membro. Fazia movimentos lentos e prazerosos.

Senti a respiração do Suga acelerar, então fui mais rápido com minha mão até que consegui ouvir meu menor gemer manhoso.

– M - Monnie..

Ele segurou meu pulso me fazendo parar, então olhei pra ele.

Seus olhinhos brilhantes e sua boquinha aberta respirando ofegante o deixava incrivelmente sexy.

– M - Monnie... Você está sentindo isso também?

– Não muito..

– T - Tem como eu te fazer sentir isso também?

~Narração On~

Aquelas palavras entraram como música no ouvido de Namjoon.

Yoongi queria ser fudido com força pelo Namjoon, mesmo sendo virgem e sabendo que aquilo iria doer.

– Tem sim, Suga...

– Como?

Namjoon virou o Yoongi, o fazendo ficar praticamente de quatro, pegou o lubrificante que guardava na escrivaninha do lado da cama. Abaixou suas calças e passou lubrificante em seu membro.

O maior logo passou lubrificante na entrada do menor.

"Não posso voltar atrás agora"

Yoongi pensou e logo sentiu o membro do Namjoon encostar em sua entrada.

Namjoon sentiu dificuldade para enfiar o membro no menor, mas logo conseguiu enfiar. O maior ouviu um gemido de dor vindo de Yoongi.

Em alguns segundos, o membro estava inteiro dentro de Yoongi. O mesmo se segurava pra não gritar de dor, mas isso foi por pouco tempo. O maior começou a se movimentar e o menor não se segurou, seu gemido de dor foi alto. O maior não parou, mas tentou aliviar a dor de Yoongi, segurando no membro dele e o masturbando.

– M - Monnie.... I - isso... Dói...

Yoongi gemia manhoso. Então Namjoon aproximou do ouvido do menor e sussurou.

– Não se preocupe...

Yoongi arrepiou com o voz grossa do maior, e gemeu mais alto quando Namjoon aumentou a velocidade dos movimentos.

Os corpos se chocavam e logo Yoongi não sentia tanta dor.

– M - Monnie... Mais forte...

Pediu manhoso e Namjoon concedeu isso a ele.

Logo, no quarto só se ouvia gemidos, mas Namjoon não estava satisfeito com apenas aquilo.

Além de estar quase quebrando a cama de tanta força que estava a foder Yoongi, decidiu bater no mesmo. Deu vários tapas na bunda de Yoongi, e pode ouvir o menor pedir por mais.

Namjoon deu uma última estocada e então se desfez dentro do menor. Mas o menor cheio de luxuria, queria mais. Não estava satisfeito só com aquilo.

Yoongi virou para o Namjoon, que já havia tirado o membro de dentro dele e o olhou com o olhar pidão.

– Monnie.... Quero mais...

O menor havia amado aquilo, só que queria mais. Não estava cansado, mas estava ofegante.

Namjoon não resistiu, deitou na cama e puxou Yoongi pra cima dele.

O menor apoio às mãos no peito de Namjoon, que levantava a bunda do mesmo. Yoongi logo sentiu o membro ser encaixado então foi empurrado pra baixou, sentindo o membro entrar com força.

– Aannhh... M - Moniiiiee...

Namjoon segurou na cintura de Yoongi e o fez quicar, rápido e com força.

O menor estava indo a loucura, aquela sensação estava aquecendo todo seu interior e exterior. Logo ele estava quicando por sí só e movimentando toda a cama.

Yoongi havia chegado ao ápice e Namjoon já estava chegando de novo. O menor não parou de quicar, queria que o maior gozasse dentro dele de novo. E assim foi feito, Namjoon gozou dentro do menor de novo, que caiu em cima do peitoral do maior.

– M - Monnie.... Essa sensação é tão boa..

Namjoon não respondeu, apenas queria curtir aquele momento que lhe foi concedido.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...