História O Guarda Costas - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, D.O, Kai, Sehun
Tags Chansoo, Kaibaek, Kaisoo
Exibições 34
Palavras 2.522
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Lemon, Policial, Romance e Novela, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


voltei pessoal, ontem eu postei aquele cap la corrido por que eu tava escrevendo a tarde,e como eu tava e estou com gripe,saiu aquilo,peço desculpas. mas hoje o cap e mais voltado para o kyungsoo,baekhyun e o dimitri.

espero que gostem, e isso,e tenham uma boa leitura, bjaooo.
Gente eu nao coloco capa porque nao acho uma boa pra por. enfim so isso.

Capítulo 2 - Ameaças de morte


Kyungsoo estava se apresentando no Lincoln Center,seu produtor musical,seu irmão baekhyun,os figurinistas,maquiadores e cabeleireiros,estavam no camarim. Kyungsoo apresentava sua ultima musica. Baek estava com presente de um fã,um boneco replica do kyungsoo,ele pós ao lado da TV que passava a apresentação do Kyung. Cerca de cinco minutos,aquele boneco explodiu junto com a TV,kyungsoo estava a caminho do camarim e ouviu o barulho da explosão,sehun que estava la também pediu para todos saírem e não falarem nada para o kyung. Não queria deixar ele preocupado por causa da explosão. O show terminou e Kyung nem foi levado para o camarim por causa da bagunça,apesar dele ter ouvido o barulho, sehun se ofereceu para investigar o que havia acontecido. Byun e o produtor musical de kyung,levavam ele para a limusine.

 

“Que cara e essa byun? Algum bicho te mordeu? E por que eu não posso ir pro camarim eu quero ver o que aconteceu.” Dizia o menor se ajeitando no banco de sua limusine. Baekhyun realmente estava assustado depois que aquela TV explodiu.

 

“n-nada kyung. E só nervosismo, e que sehun pediu para...para” Byun foi interrompido pelo produtor do rapaz.

 

“Hunnie pediu para você descansar em casa para o ensaio fotográfico que terá depois da manha lembra?” dizia seu produtor musical porem que estava nervoso também.

 

“Hum. Okay se Hunnie pediu eu vou. Mais eu quero uma pizza pra eu e o Dimitri comer por favor...alias que barulho foi aquele que veio do camarim? Por isso não me deixaram entrar?” kyungsoo disse se esticando no estofado do veiculo.

 

“Foi um problema na rede elétrica. Nada demais,e pra sua segurança não deixamos você entrar kyung” O produtor de kyungsoo dizia tentando não dizer sobre a bomba.

 

Kyung estava agoniado,seus fãs estavam passando um pouco dos limites,eles mandavam cada carta estranha,teve um que jurou kyungsoo de morte,mais isso não abalou o rapaz de cabelos escuros,olhos grandes e os lábios rosados em um formato perfeito de coração. O pequeno Kyung estava preocupado era com a segurança de seu filho, que era a coisa mais importante em sua vida. Sehun o convenceu de contratar um guarda costas,kyung achou uma ótima ideia,e pediu para sehun trazer o melhor guarda costas que ele conhece. Sehun tinha em mente de chamar Chanyeol,porem,chanyeol tinha uma personalidade desconfiável, apesar de rolar boatos de que ele matou o próprio amigo. Foi então que ele pensou em seu grande amigo Kai,ele era reservado e sempre estava em trabalhos pequenos para ter um dinheirinho pra passar o mês. Sehun havia falado de jongin para o pequeno kyungsoo,e ele gostou da personalidade do rapaz,e implorou para hunnie trazer o rapaz que ele disse.

 

 

Eram 09:45 da manha,kyung estava fazendo suas fotos para a nova revista que ia sair,sobre seu show e sobre a vida,a imprensa não sabia das cartas ameaçadoras que kyung tinha recebido nos últimos meses. Kyung estava com seus amigos no grande salão de sua mansão, fazendo as fotos,quando sehun o interrompeu para avisar que kai havia chegado.

 

“Kyungsoo, ele esta aqui,jongin esta aqui...o guarda costas” Kyung rosnou mais sem ninguém ouvir. Se virou e olhou o rapaz alto e de uma pele morena,seus olhos pretos escuros e seus cabelos bem penteados e os lábios grossos. Os dois se encaravam ate que sehun apresentou kyung. Os dois apertaram as mãos como cumprimentos. Kyung estava ranceoso,kai realmente não tinha a aparência de guarda costas.

 

“Não tem cara de guarda costas” Jongin tinha um sorriso sem dentes em sua face,kyung olhou de cima a baixo pensando ~E esse cara que vai me proteger? Me poupe né~.

 

“Sim,esperava por mais?” Kai respondeu serio e no mesmo tom de kyung.

 

“Nada,sei la talvez um cara mais forte.” Kyung disse zombando da cara do moreno que abaixou a cabeça e riu,olhando nos olhos do menor a sua frente.

 

“E que estou disfarçado no momento.”kyung riu sínico e olhou sehun e seu irmão baekhyun que se aproximava.

 

“Tem senso de humor pelo visto” Disse kyung vendo seu irmão parar ao seu lado.

 

“Kai esse e Byun Baekhyun,irmão do Kyungsoo, e secretário particular dele.” Sehun apresentava o irmão de kyung,os dois apertaram a mão.

 

“Ola senhor Kim,e um prazer.” Dizia Byun olhando o moreno.

 

“Oi.” Kai disse somente um oi,pois sua atenção estava em kyungsoo que também o olhava. Sehun apresentava os demais amigos do kyung,e seu produtor musical. E ele respondeu com um oi seco.

 

“Você quer beber o que?” kyung perguntou ao kai,que o encarava. Mordeu seus lábios rosados e ajeitou a sua roupa,enquanto jongin,ajeitava sua gravata e seus fios de cabelos,mordendo seus lábios grossos.

 

“Suco de laranja.” Dizia jongin, e kyung o respondeu rindo baixo.

 

“Puro?” Jongin fez um sim com a cabeça e kyung se virou para byun. “baek,pegue um suco pra ele por favor.” Sorriu e kyung foi andando ate sua poltrona. Kyung era meio provocador, e acho que ele foi andando num rebolado sensual ate sua cadeira,somente para provocar o tal guarda costas.

“Essa historia toda de proteção e ideia do hunnie,o Tony sempre cuidou da minha segurança,e eu estava muito bem.” Tony era o gordao com uma rosquinha na boca,um dos chefe de segurança da casa de kyung.

 

“Hunnie esta certo,precisamos tomar precações sobre sua segurança kyung.” Dizia byun entregando o copo de suco para Kai que deu um gole e agradeceu.

 

“Byun,Byun. Eu sei que ele vai confirmar. O numero de cartas explode toda vez que kyungsoo aparece numa capa de revista.” Dizia o produtor do kyungsoo.

 

“Não como está.” Protestou sehun olhando Kai que estava ficando desconfortável com a situação.

 

“calma,eu vou concordar. Se eu disse que vou concordar eu vou,que saco.” Kyung assinava uns papeis dele. Kyung olhou pra trás e olhou Kai. “Não esta vendo que estou concordando?” kyungsoo se virou,e sehun pediu para Kai ouvir a proposta. “estou disposto a continuar com tudo se a gente entrar num acordo. Não vou mudar minha vida de jeito nenhum,nem minhas rotinas,entendeu? “ Kai olhava o tal produtor abraçar kyungsoo,o que deixou Kai envergonhado por estar olhando.

 

“Não será problema.” Dizia sehun,porem kai não estava gostando nem um pouco da proposta,se fosse pra proteger,tinha que ser do jeito do moreno,se não,nada feito. “ ele trata todos como se fosse da família,ele gosta que todos o chame de Kyung.” Sehun dizia tentando mudar a cara de kai que estava entendendo mais nada.

 

“Aqui em casa eu estou seguro,o problema e quando estou fora.” Kyungsoo estava dançando com um coreografo. “ Tony vai explicar tudo,eu não quero você atrás de mim o dia inteiro,e o mais importante, e que não vou admitir que isso afete o Dimitri,com meu filho e diferente.” Kyung teve um filho com uma mulher que queria todo o dinheiro dele,porem quem ganhou foi o rapaz,tendo a guarda de seu amado filho. “ os pátios da casa tem que esta livre, ele não pode saber quem é você, entendeu?”

 

“Senhor D.o” Jongin se aproximava e colocou o copo de suco em cima da mesa e o olhou.

 

“Kyung por favor” kyungsoo o corrigiu.

 

“Deve esta havendo algum engano,eu queria saber a saída para não termos aborrecimentos” Tony apontou pra porta que levava a piscina e kai seguiu saindo do salão. Kyung sorria desafiador,e kai nem sequer o olhou,saiu e sehun foi atrás. “Foi um prazer em conhece-lo” disse antes de sair.

 

“Jongin por favor, eu deveria ter falado mais,queria que vocês chegassem num acordo” sehun disse correndo atrás de kai.

 

“E chegamos num acordo,simples.” Kai dizia seco andando ate que sehun o alcançou e o parou.

 

“Ele não é má pessoa,só não tem ideia que precisa de você. Olha já que você esta aqui eu quero te mostrar uma coisa. So um minuto por favor.” Sehun disse e correu para dentro da mansão. Jongin assentiu e ficou esperando o mesmo voltar,enquanto olhava a piscina e olhou um garotinho se aproximar de barco e Jongin se aproximou.

 

“oi” Dizia o garoto que foi respondido por um “oi” gentil dessa vez, de Kai como sempre. “Como esta hoje moço?” o garoto perguntou e sorriu,ele era parecido demais com Kyung,os olhos grandes e os lábios pequenos em formato de coração,só o nariz e as feições de seu rosto que eram diferentes,provavelmente puxou a mãe dele.

 

“Estou muito bem e você?” kai respondeu pondo as mãos na caça do seu terno preto.

 

“eu to bem.” O menino segurava o barco e olhou o moreno alto e quando viu que ele ia embora ele perguntou. “Você gosta de barcos?” Kai fez que não com a cabeça e olhou o garoto. “por que não?”

 

“Não sei.” Kai estava achando o garotinho muito curioso.

 

“sabe sim,você que não quer me contar o por que.” Kai riu e se abaixou,ficando na pontas dos pés.

 

“Você é um garoto bem esperto pra sua idade” kai riu e assim o olhou.  “ Eu fiquei preso num barco com algumas pessoas.” Kai explicava para o garotinho.

 

“Bote salva vidas?” o menino perguntou.

 

“Não,um barco grande e branco. Um iate. Passei dois meses ate a guarda costeira vim salvar a gente.” Kai sorriu e o menor o olhava com os olhos brilhantes.

 

“Você e o guarda costas não e?” o garoto sorriu e kai o olhou.

 

“O que você sabe sobre isso?” Kai perguntou e o olhou o garoto.

 

“Ah eu sei escutar.” O garoto sorriu e segurou o barco.

 

“E eu vou me lembrar disso.” Kai se levantou e se virou para aonde ele veio,e foi andando ate sehun.

 

 

 

Sehun mostrava as cartas das ameaças de morte mandadas para kyung. O que estava preocupando a todos que trabalhavam em volta dele.

 

“Essas foi as que chegaram nos últimos seis meses.” Sehun dizia,enquanto o produtor do kyung.

 

“Vocês já falou no assunto com profissionais?” olhou sehun e o mesmo fez que não com a cabeça.

 

“Hunnie disse que você trabalhou nas forças especias, e verdade?” o produtor olhou Kai chupando um pirulito,Jongin se afastou e viu as cartas.

 

“E eu trabalhei sim,sou ex militar e agora trabalho no serviço secreto.” Kai respondeu sem olhar o rapaz.

 

“Você já trabalhou para águem especial?” o produtor queria conhecer mais o tal guarda costas.

 

“Eu fiquei dois anos com Kim Jun-Myeon, e quatro anos com Kris Wu.” Kai dizia os nomes,pois eram homens importantes nos negócios e lógico, eles foram ameaçados de morte,e kai protegeu os dois.

 

“Kris foi morto” O produtor disse olhando para kai.

 

“Mas não foi no meu turno” kai respondeu seco vendo os papeis.

 

“E essa carta aqui Sehun.” Kai pós a carta na mesa escrita ‘Kyungsoo sua vadia,você tem tudo e eu nada. Espere e vera seu império cair’.

 

“Acha que foi o mesmo cara? Que colocou a bomba no camarim?” Sehun olhava o produtor e o kai.

 

“O senhor D.o sabe disso?” kai o olhou e sehun pós a mão na nuca e apertou devagar.

 

“Dizemos que foi um problema na parte elétrica.” Kai olhou Dimitri na piscina como irmão de Kyung,Baek. “Esse tipo de preocupação e dispensável pra ele.”

 

“E claro. E a policia?” kai olhou serio para o produtor e cruzou seus braços.

 

“Não precisou de policia,ninguém saiu ferido.” Kai suspirou e ajeitou seu terno olhando sehun.

 

“Vem vou mostrar o quarto pra você.” Sehun disse levando Kai para o quarto de kyung.

 

O quarto era bem grande,parecia maior que o salão de produção de fotos,clipes, etc...

As cortinas,a rede por cima da cama pré no teto,os lençóis e os travesseiros,todos vermelhos e brancos. Lustres por todo o quarto,havia quadros,e algumas fotos de Kyung pequeno,quando estava com sua ex mulher. Teve uma foto que chamou atenção de kai. Uma do rapaz nu,cobrindo somente sua parte intima. Kai notou que o corpo de Kyung era alvo,e cheio de pintinhas, dava pra ver por que,hoje kyung estava com uma camisa simples branca mostrando sua clavícula cheias de manchas de sinais. Kai examinava o quarto todo olhando a cama de casal. E riu baixo pra si mesmo imaginando kyung com uma mulher,ele tinha um jeito diferente. E kai sentiu interesse nisso.

 

“Esse e o quarto dele?” kai perguntou.

 

“sim” o produtor falou rápido.

 

“ Não. O quarto dele e do lado do Dimitri. Ele usa esse para ensaios fotográficos” Kai se sentiu tão esperançoso e riu baixo. Olhando os dois. “Encontramos aquela carta aqui.” Sehun apontava pro meio da cama e kai se aproximou.

 

“Teve mais alguém aqui?” kai perguntou olhando o produtor agir estranho. Kai começava a desconfiar dele.

 

“Sim, e ainda se masturbou na cama.” Sehun dizia e o produtor alisava a cama. Na cabeça de kai,tudo estava bem claro que era o produtor.

 

“Ele também não sabe disso?” kai olhou o produtor que se alterou.

 

“Ta maluco? Ele não pode saber disso.” O rapaz dizia enquanto kai dava uma volta no quarto todo.

 

“E o que você acha?” sehun perguntou a kai.

 

“Eu acho que,alguém subiu aqui,se masturbou na cama e você tem um grande problema.” Kai dizia na maior serenidade possível.

 

“A gente não precisa disso.” Sehun interrompeu o produtor.

 

“Que tipo de problema kai?” sehun foi atrás de Jongin e o mesmo nem o deu atenção. “Jongin.” O moreno se virou e olhou os dois.

 

“A casa esta desprotegida.” Kai dizia.

 

“Como é? Ta me dizendo que ele não esta seguro? Quem você acha que é?” o produtor batia no peito do moreno com o dedo.

 

“Eu fui chamado aqui para proteger ele, e se eu estou dizendo que a casa esta desprotegida, você não me questione.” Kai disse num tom severo e olhou de cima o produtor que se encolheu e se sentou na cama. “ Muito bem. Não posso trabalhar assim, sem ele saber do tamanho da gravidade, seu pessoal não sabe o que é segurança. Se for pra manter ele seguro,vai ser do meu jeito.” Kai disse olhando sehun,ignorando o produtor.

 

“eu falo com ele,ele vai compreender.” O produtor agoniado andando de um lado pro outro.

 

“Hunnie,eu falo com ele.” O produtor disse irritado e saiu.

 

 

Kai estava indo ate seu carro enquanto sehun ia ao seu lado. Kyungsso estava encarando os dois pela janela,o mesmo estava interessado no maior. Kyung queria que ele aceitasse o trabalho. O tom de voz de kai fez kyung tremer,ele podia ter sido casado com uma mulher,mas foi só pra esconder sua homossexualidade e seu constante vicio em drogas e bebidas alcoólicas. O oposto de Kai que preservava sua saúde.

 

“prometo que irei por ele na linha.” Sehun disse brincando com kai.

 

“Assim espero,se não eu mesmo farei isso.” Kyung disse entrando no carro e olhou sehun e sorriu. Deu partida e foi para sua casa,longe da mansão de kyung.

 

“Faça seu trabalho, você e o guarda costas” Sehun disse olhando kai que sorriu antes de ir.

 

Amanha seria o início do trabalho como guarda costas. Enquanto isso kyung estava deitado em sua cama bebendo uma taça de vinho. Estava pensando no encontro dos dois,de como foi apresentados. Kyung não parava de pensar na voz,nos olhos,nos lábios grossos do moreno. Que inclusive  era muito bonito,mas ele estava feliz,pois sehun antes de ir embora,avisou que kai aceitou a proposta. Um sorriso largo foi estampando em seu rosto ao saber da noticia. Mas será que eles vão se entender?

 

     ...Continua.


Notas Finais


Eeee. enfim eu espero que tenham gostado de cap,eu foquei um pouco nos dois,explicar mais sobre o por que kyungsoo precisa da ajuda do kai como guarda costas. das ameaças e tals. por enquanto baek nao e tao focado na historia por varios fatores,ao longo da historia vcs vao entender. e isso pessoinhas lindas bjao pra vcs e se der amanha tem mais cap okay. bjao


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...