História O Híbrido {ABO NamJin} - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jin, Rap Monster
Tags Alfa, Bangtan Boys, Beta, Bts, Jikook, Jimin, Jin, Junkook, Namjin, Namjoon, Ômega, Rap Monster, Rapmon, Romance, Shipp, Shipps, Suga, Tae, Taesook, Universo A/b/o, Vhope, Yaoi
Visualizações 147
Palavras 1.171
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 4 - Ficarei coberto com ferimentos, Mas é o meu destino


Um ruído viera de algum lugar em meio a escuridão do cômodo, não sabia ao certo que horas seriam, procurou Namjoon ao seu lado, mas logo percebeu que o mesmo não estava ali, a temperatura do local onde Namjoon antes estava se encontrava fria, indicando que o garoto saira a um bom tempo. O medo já estava a invadi-lo novamente, mais uma vez um ruído soou em alguma parte do comodo, Jin tentara identificar da onde viera, mas não obtera sucesso. Sentiu um calafrio em suas costas, um bafo quente soprou em seu rosto, era a respiração de alguém.

-Namjoon…? -Jin dissera quase a sussurrar.

Mas não obteve resposta, ouviu outro ruído, Jin já estava a ponto de chorar, quando desta vez soou a sua frente, Jin se pôs de pé, já estava cansado de tantas perguntas que rodavam em sua cabeça, talvez fosse somente Namjoon lhe pregando uma peça. Caminhou em meio ao breu até o canto do quarto, ouviu novamente o ruído, estava bem à sua frente, fora quando o quarto iluminou-se por completo, um grito desesperado escapou pelos meus lábios quando o vi, havia um lobo à minha frente, cinza como as nuvens carregadas de chuva. seus olhos, azuis como cristais, lembravam-me algo que não sabia ao certo, já o havia visto?

O lobo pulara em cima de mim, pôs se sobre mim, enquanto pressionava-me contra o chão.

Nossos rostos estavam praticamente colados, o mesmo rosnara para mim, perdi-me em seu olhar, que penetrava-me, parecia estar olhando para dentro de minha alma.

Fora quando o mesmo abriu sua boca em minha direção, gritei desesperado…


-JIN! JIN! ACORDA! JIN! -Ouvi gritos desesperados ao meu lado, fora quando abri meus olhos.

Percebi o garoto suspirar de alívio ao ver meus olhos sobre os seus, senti o suor sobre minha testa, sobre tudo na verdade, Namjoon colocara suas mãos em seus cabelos, afagando-os em uma tentativa de se acalmar.

-O que aconteceu? -Perguntei confuso, a luz estava acesa desta vez, o que me tranquilizava.

-VOCÊ QUE DEVERIA ME DIZER! COMEÇOU A GRITAR E SE DEBATER DO NADA! ESTOU TE CHAMANDO A MAIS DE… -Namjoon praticamente gritou exasperado, mas fora interrompido por meus braços, que o rodearam.

-Eu estou bem… -Sussurrei em seu ouvido, enquanto o mesmo retribuira o abraço, finalmente acalmando-se.

-O que aconteceu, Jin? -Namjoon perguntara após nos separarmos.

-Eu… -Fora quando as imagens de meu suposto sonho surgiram em minha mente. -Hã… Tive um pesadelo, nada de mais.

-O que era? Parecia estar morrendo! -Namjoon perguntara agitado.

-Não lembro. -Menti.

Não estava a fim de revelar ao mesmo o que eu sonhara, fora apenas um sonho, por que perderia meu tempo explicando?

-Pelo amor… Vai tomar um banho… Você está acabado. -Namjoon exclamara sorrindo de canto, eu deveria estar muito pior do que acabado.

Assenti indo em direção ao armário, retirei algumas roupas do mesmo, fora quando Namjoon se aproximou, retirara dali algumas roupas.

-V-Você vai tomar banho? -Perguntei sentindo minhas bochechas queimarem.

-Sim. -Ele respondeu somente, virando-se para me ver. -A verdade… Você nunca teve amigos e não sabe que isso é uma coisa normal entre amigos…

-Ei! Eu não disse nada. -Disse sorrindo, tentando esconder o nervosismo que se instalara em meu estômago.

Pus-me a andar em direção ao banheiro que havia ao lado do quarto do garoto, tentei não ligar quando Namjoon adentrou o cômodo junto a mim, tratei de retirar minha camiseta, expondo meu abdômen aos olhos do garoto, que não ligara para meu ato.

-Seok, se não se importar, pode me ajudar a tirar meu moletom? Eu não deveria tê-lo colocado… -Namjoon dissera chamando minha atenção.

Assenti nervoso, andando em direção ao garoto, tratei de ignorar seu olhar para meu corpo que durara apenas meio segundo. Coloquei minhas mãos na barra de seu moletom, o subi com calma, com medo que o mesmo achasse-me pervertido ou algo do tipo, mas pelo menos não fora eu que dissera que aquilo era normal....

Após retirar totalmente seu moletom afastei-me, tomando a coragem para retirar minha calça e finalmente a cueca.

-Você normalmente demora tanto assim para tirar sua roupa ou está inseguro de eu achar o seu… -Namjoon exclamara rindo, mas eu o interrompi rapidamente.

-Acho que eu deveria lhe dizer isso… -Respondi no mesmo tom, provocando risadas em ambos.

Após ouvir tais palavras, que mais me pareciam um incentivo, tratei de retirar as últimas peças de roupa que me cobriam, e fora ai que minhas bochechas já estavam no ponto para fritar algo, mas no momento em que Namjoon retirara suas peças de roupa que eu realmente estava fervendo, Namjoon Ah não era só bonito como era dotado, tratei de desviar o olhar de seu membro no momento em que o mesmo me pegara no flagra, rapidamente adentrei o box, tentando de todas as formas acalmar meu coração, que estava a ponto de sair pela boca, abri o chuveiro na temperatura mais quente possível, Namjoon adentrou o box em seguida, abrindo o chuveiro que possuía no outro lado do box, era até grande, aliviei-me ao ver que nossos corpos não se encostariam, a menos se quiséssemos.

-Sabe Seok, no momento em que lhe vi, não pensei que você fosse assim. -O mesmo exclamara de costas para mim, mas fora no momento que o mesmo enfatizou a palavra assim que meu estomago se revirara por completo.

-Eu não digo o mesmo. Não fiquei surpreso. -Disse sem pensar, amaldiçoando-me silenciosamente.

-Então já havia parado para pensar? -O mesmo perguntara rindo, fazendo com que eu quase infarta-se.

Tratei de não respondê-lo, mas fora no momento em que o sabonete escorregara que meu dia havia ido de horrível para o pior dia da minha vida.

Namjoon morreu de rir ao perceber.

-Hoje não é seu dia. -O mesmo exclamara rindo até não poder mais.

-Vira! Agora! -Eu praticamente fiz birra, fingindo estar irritado como uma pequena criancinha.

Namjoon rira novamente, mas tratou de obedecer, virou-se para o outro lado, disponibilizando que eu me agacha-se e agarrasse o sabonete, mas fora neste momento que eu escorregara para cima de Namjoon, o prensando contra a parede por trás.

Fiquei totalmente sem reação, não havia processado o que havia acabado de acontecer.

-Cara, você nunca tomou banho em um box antes? Acho melhor você tomar banho na banheira… -Namjoon exclamara rindo sem parar.

Logo me retirei dali, perguntando-me se eu havia… NADA!

Virei-me para o outro lado, escondendo o tomate que meu rosto havia virado.

Após terminar o banho saí do box, vesti-me e tratei de sair o mais rápido possível dali, tentando esquecer o que havia acontecido.

Adentrei o quarto jogando-me na cama, mas fora neste momento que eu sentira um cheiro diferente, aquele cheiro de novo… Levantei-me, seguindo o cheiro, precisava saber da onde estava vindo, mas o rastro seguia até o banheiro, estranhei o fato de Namjoon Ah estar lá dentro, aquele cheiro era dele?

-PARA! EU NÃO QUERO TE OUVIR! -Ouvi a voz de Namjoon Ah soar ameaçadora.

Abri a porta nervoso, e fora quando eu vira uma cena extremamente desconfortável.

Soltei um suspiro surpreso, mas me arrependera rapidamente ao perceber os olhos do garoto sobre os meus, fechei a porta rapidamente, correndo rapidamente dali, descendo as escadas e pondo-me sobre o sofá.

O que levaria Namjoon a ter uma ereção?!



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...