História O Híbrido ~ Yoonseok / Sope - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jungkook, Suga, V
Tags Híbrido, Hoseok, J-hope, Lemon, Sope, Suga, Yoongi, Yoonseok
Visualizações 385
Palavras 5.620
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Hentai, Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 11 - Eleven


Fanfic / Fanfiction O Híbrido ~ Yoonseok / Sope - Capítulo 11 - Eleven

- Dá tempo de cancelar se não quiser Min Suga - Hobi olhava o garoto a comer de seu Kimbap - (Alga Arroz, que é acompanhada de: peixe, carne, ovo, e vegetais). - analisando da marca avermelhada que sua coxa mostrava, deixando Hope a desejar. Estava bem exposta, era inevitável não olhar e tentar se conter, era algo atrativo para Hoseok. 

- Hoseok, quem decide é você - o olhava austero.

- Eu não queria ter que deixar você - ajeitava a gola de sua camisa.

- Como você mesmo disse, é só um dia, e não um ano - desfrutou do riso - eu não quero que se preocupe - levantou de sua cadeira, indo até a pia com seu prato e copo, assim, colocando-os para lavar.

Hoseok estava adorando a visão que tinha do Híbrido, até se escorou na parede apreciando mais daquilo, olhando-o com domínio. Hoseok estava contendo tantos pensamentos dissimulados, aquelas pernas branquinhas como a neve e frágil, aquelas redondas bundas marcadas pela camisa em que vestia, aquele corpinho bem esculpido fazia com que Hobi ficasse vesano. Hoseok pegou-se a morder do lábio vagarosamente forte.

Yoongi se dirigiu até Hobi, ficando frente a frente com o mesmo, sorrindo ladino. 

-  Prometa se divertir - colocou suas duas mãos em cada bochecha de Hoseok, vendo-o fazer um biquinho - O que foi? - ria doce.

- Como é bom ouvir sua risada - seus dois braços abraçavam as cinturas de Suga, selando os lábios lentamente, tendo Yoongi a deixar um rubor dominar suas bochechas - desculpa - sorriu acanhado. 

- Eu tenho que me acostumar com isso - sorriu sem a exposição dos dentes, afundando seu rosto no peitoral de Hoseok.

Hobi acariciava os macios fios de cabelos de Yoongi, enquanto a esse apenas se submetia a sorrir felicitado com a aproximação e afinidade que ambos continham.

- Você precisa ir se trocar, daqui a pouco está dando o horário de ir para a casa do Jeon - beijou dos fios de cabelo, o dando um abraço esmagador. 

Yoongi até parecia uma dessas cenas de filme em que a garota encontra seu ''príncipe perfeito'' e se acolhe no abraço protetor que o ''galã'' transmite, a reconfortando. Era tão fofo ver Hoseok e Yoongi interagirem daquela forma, sempre tendo amor, e evidente, uma pitada de malícia. 

- Certo - sorriu mínimo, assentindo para Hobi, desfazendo do abraço em que ali estavam em um conchego.

Hope apenas retribuiu do sorriso, tendo o garoto a correr para o quarto de Hoseok, enquanto a esse lavaria da pequena louça que estava exposta a pia. 

A louça nem era tanta, pós cinco minutos tudo estava organizado, assim como Hobi costumava deixar. Apenas se sentou no sofá esperando por Yoongi, tendo seu celular a vibrar freneticamente no bolso da calça de couro em que estava vestindo. Pegou do aparelho, e viu ser um numero desconhecido, poderia ser Tae. Hoseok fez um semblante a questionar sobre o tal numero, atendendo da chamada, aproximando o celular em sua orelha.

- Vai poder ir, não é?! - sua voz estava receosa.

- Vou sim... logo estou ai...

- Estou feliz que sua presença está confirmada - Dava para se ouvir pulinhos e aplausos no fundo - Nem estou acreditando que aceitou - gritava baixinho de tamanha felicidade.

- Não é nada demais - riu inaudível. 

- NADA DEMAIS? - gritava, Hobi teve até que distanciar o aparelho de seus ouvidos - Hobi, é a ''primeira vez'' em que vamos sair só eu e você desde que terminamos. 

- É, eu sei... - proferia as palavras secamente. Estava sendo rude sem perceber.

- E-eu te espero então.. - Hobi pôde ter a audição do garoto a beijar o próprio celular, apenas disse um ''tchau'' sem muito interesse, e assim, desligou. Salvou do numero de Tae, logo bloqueando a tela de seu celular, levando o mesmo aos bolsos da calça novamente.

- Vamos? - Yoongi descia os degraus com muita cautela. Estava a usar sua calça apertadinha pela primeira vez desde que comprou. Hoseok ficou boquiaberto, aquelas calças combinavam com o Híbrido, estava realmente venusto. O preto da vestimenta - assim como de seus cabelos - realmente enalteciam sua pele clara. 

- Vamos então - Os olhos de Hoseok brilhavam pela beleza em pessoa que via, se levantando do sofá, e assim se dirigindo até a porta, esperando por Min Suga. 

Assim que Yoongi se aproximou, Hobi girou a maçaneta a abrir da porta, tendo a visão do garoto a sair de casa, e assim Hoseok saiu porta a fora, fechando as mesmas. 

- Se certifique de que pegou tudo o que precisa para sair - sorriu de canto.

Hobi passou suas mãos pelos bolsos de suas calças, sentiu sua carteira e seu celular, estava tudo certo. 

- Tenho tudo que preciso - sorriu brevemente.  

Passou os braços pelos ombros de Yoongi, fazendo do garoto a seguras das cinturas de Hobi, e assim saiu andando pela cidade, rumo a casa de Jeon.

- Está ansioso? - Hobi questionou para o Híbrido, não podendo o olhar por estar atento as ruas bem movimentadas. 

- Um pouco nervoso - brincava com as próprias mãos, estava realmente sem jeito.

- Vai dar tudo certo, eles são de confiança - sorriu amigável.

- Eu espero - desviava o olhar.

Yoongi poderá estar inseguro, sabia que Jeon e Jimin fossem pessoas um tanto legais, até porque já foi a praia com ambos, o que foi suficiente para ter uma base do jeito que são. No entanto, Min Suga queria alguém com quem tivesse intimidade para falar abertamente, ele tinha consciência de que com os amigos de Hobi não seria a mesma coisa, não seria tão mimado - algo que ele negava gostar, porém fosse o oposto do que dizia - Suga apenas pensou em ficar quieto, sem dizer e nem fazer  tantas coisas, talvez ajudaria Jimin e Jeon, não fazendo-os passarem por problemas já que tomariam conta do gatinho. Afinal, nem todos tem a mesma paciência que Jung Hoseok.

Por mais que Yoongi não quisesse sair de perto de sua paixão, ele queria o vê-lo se divertir, afinal, uma coisa que Jeon estava com convicção era que Hobi não se ''divertia'' mais. Todavia não sabiam que Hobi gostava das responsabilidades que tinha, e no pensamento dele, se fosse para se divertir, que seja com o Híbrido, não estava ''cansado'' do gatinho, pelo contrário, ele adorava ter que mimar e cuidar de alguém.

- O que tanto pensa huh? - Hope olhou para o Híbrido interessado.

- Eu apenas quero que se divirta - o olhou apreensivo. 

- Por que tanto teima para que eu me divirta? - arqueou da sobrancelha esquerda, proferindo as palavras com um jeito sério. 

- Eu devo esgotar você... eu só quero que se divirta - se encolheu.

- Você não me causa cansaço - o olhou aguçado - eu adoro cuidar de você - sorriu de forma enigmático - pode ficar tranquilo, você me trás equilíbrio. 

- Está sendo franco? - o interrogou.

- Por que eu não séria? - lançou um sorriso bem feito - Você sabe que eu sempre sou, não tem do porque simular, não acha?! - reparava nos carros a andar em uma velocidade inigualável. 

- Melhor pessoa - deu um conchego para sua cabeça no peitoral de Hobi.

Mal haviam chegado e já poderiam ver Taehyung na porta da casa de Jeon, haviam andado muito para chegar até tal localidade, Jungkook realmente morava longe

. Ao se aproximarem da casa, Tae colocou em exposição um lindo sorriso quadrado, mostrando estar aprezível.

- Eu realmente estou feliz que pôde vir - bateu leves palminhas quase saltitando.

Yoongi bufou a revirar os olhos assim que viu tais atos citados que Taehyung terá feito - Hobi, dá para desistir em ultima hora? - olhou para o mesmo.

- Pare! - soltou um riso baixo, adentrando a casa de seu amigo assim que Tae o deu espaço.

Ao adentrar a casa já davam de cara com a enorme sala que Jeon obtinha. Jimin e esse estavam sentados no sofá, provavelmente esperavam do Híbrido.

- Oi pessoal - Hobi riu ao ver os dois jovens olharem para trás em sincronização, logo Jimin a fazer um sorriso escaldante.

- Oi coisinha - praticamente pulou do sofá a se posicionar até Yoongi, apertando breve suas bochechas.

Jeon apenas se levantou lentamente, sorrindo para o garoto em que Jimin apertará as bochechas. 

- Vai ser fácil cuidar dele - observava Min  - não se acanhe se quiser comer algo uh? Iremos fazer muitas coisas hoje - afagou o cabelo bem cuidado do garoto.

Hoseok olhou para Tae, que ainda se encontrava na porta. Estava o esperando, então decidiu ir. 

- Eu tenho que ir agora - olhou para o gatinho que continha uma feição fofa - Não se intimide com eles, são pessoas boas - sussurrou em seu ouvido assim que o abraçou de forma esmagador.

Ambos desfizeram do abraço, e assim trocaram olhares por mais alguns segundos tendo ambos a sorrirem bobos. 

Aqueles olhares em que trocavam, um mais intenso que o outro. Era como se ambos se comunicassem apenas com o olhar, como se passassem conforto, amor, desejo... Se sentiam tão seguros de si quando faziam aquilo. Achavam tão bobo e ao mesmo tempo bom, por isso ficavam sem jeito. Transmitam qualquer tipo de sentimento relevante apenas com um único olhar, era como se dessem um abraço apertado enquanto diziam coisas belas, era tão boa a química que continham juntos, tão única e especial.

- Tchau Hobbi-ah - o olhou seguro de si.

- Cuidem dele direitinho - olhou para Jeon e Park determinado.

- Cuidaremos - ambos falaram com simultaneidade.

Hoseok acariciou as mãos do baixinho, deixando um selar em sua testa, e assim andando até a porta. Antes de sair, olhou para trás dando um breve sorriso, sendo retribuído com Yoongi fofamente sem estruturas, estava corado. Saiu da grande casa com Taehyung, tendo o mesmo a fechar a porta, e assim caminharem novamente pelas ruas.

- Você já tem em mente tudo que vamos fazer né?! - Hobi o conhecia bem, o garoto sempre era assim.

-  Sim - deu um breve riso - Olha, antes, eu quero que você se solte. Eu sei que está com receio, você não é tão ''fechado'' assim, eu lembro no dia da praia, você se soltou bastante. E bem, você só se fecha comigo. Eu conheço seu jeito de ser, é bem alegre e extrovertido.

- Mas eu estou normal com você. Estou sendo assim como sou com todos - disse sem entender.

- Parece ter insegurança - confirmou.

- Insegurança? Por que eu teria? - o perguntou entre risos.

- Esquece - riu alto - vamos apenas nos divertir como nos velhos tempos. Está bem carregado hoje?

- Eu sempre estou - sorriu abertamente.

Hoseok realmente estava bem ''fechado'' assim como Tae havia dito, e logicamente Hobi sabia bem como falava e se comportava com as pessoas a sua volta. Apenas decidiu deixar tudo para trás, e dar uma nova ''chance'' para Tae, até porque Hoseok não conseguia não ser ele, ser tão ''fechado'' com Taehyung estava se tornando impertinente para Hoseok. Hobi não era daquela forma com ninguém, apenas queria se ''segurar'' um pouco com Tae e não lhe dar tanta liberdade, mas como hoje Tae dizia ser um dia de diversão, Hoseok iria ser ele mesmo, afinal, o que é diversão não sendo você mesmo? Por mais que seja peculiar ou até mesmo bizarro, seja você e que seja feliz. 

- Eu sei, eu queria ter certeza de que o meu Hobi voltou - ria alegre pela interação - Vamos ir ao Rio Han primeiro. Quero andar de bicicleta, o que acha? - perguntou.

- Só se apostarmos corrida - disse totalmente animado.

Quando animado, Hoseok costumava saltitar e sorrir incondicionalmente, e era isso o que estava fazendo agora. Tae pensou que Hobi demoraria para ceder a ideia de voltar a ser ele mesmo, porém agora estava mais animado que o próprio Tae quando Jung deu a ideia, esta gostando dessa aproximação.

- Onde seu amigo está? Aquele em que esbarrou na praia.

- Ele está descansando, tem sido dias muito difíceis para ele - suspirou.

- Eu acho que ele gosta de você, eu observava como ele te olhava todo apaixonado. Era do mesmo jeito qu... - Hoseok decidiu se calar ao analisar bem o que iria falar.

- Quando eu olhava para você? - o olhou sorridente, tendo Hobi a deixar um rubor enaltecer suas bochechas - Não tem nada demais entre a gente, só somos amigos - decidiu mudar de assunto para que Hoseok não começasse a brincar com os próprios dedos de forma abobada.

- Eu percebo quando alguém está apaixonado Tae. Vindo dele nem é tão difícil, ele deixa bem nítido isso. Eu até achava que você começaria a gostar dele.

- Não tem como, eu te disse gostar de você - fez novamente Hobi corar - Desculpa, mas desse jeito nem parece ser o Alfa - riu alto, recebendo um tapa fraco de Hobi.

Taehyung gemeu da dor em que sentiu ao receber o tapa. Mesmo que o tapa foi praticamente fraco, Hobi tinha muita força em suas mãos.

- Desculpa - riu a acariciar do local ''agredido'' - Eu não sei como consegue falar isso sem ter vergonha. 

- Eu estou dizendo o que eu sinto... não é tão complexo assim - deu de ombros.

-  Sabe Tae, eu acho que você apenas sente uma pequena saudade, não tem como começar a gostar de mim do nada - disse sério.

- Eu até iria argumentar algo sobre o que você acabou de falar, só que eu percebi que o nome ''Taehyung'' ou até mesmo ''Kim Taehyung'', não foi utilizado não é? Me chamou pelo meu apelido e, isso é muito gratificante para mim - realmente se sentia feliz, por Hobi o ter chamado por seu apelido. Ao seu ver significava um ''conforto'' da parte de Hobi por estar com Taehyung, e isso para o Ômega era uma enorme satisfação, em sua consciência dizia estar progredindo com Hoseok.

- A-aé? Eu nem havia percebido... - coçava a nuca fazendo expressões inexplicáveis com seu próprio rosto.

- Enfim Hobi, não é apenas saudade - agarrou o garoto inerte em seus devaneios pela cintura, o fazendo se assustar, dando um breve pulinho.

- Você não pode negar uma coisa que está bem estampada na cara da sociedade - riu alto mais uma vez.

- É serio Hope, eu comecei a sentir as mesmas coisas novamente, as mesmas em que eu senti a primeira vez... - arfou - E eu te prometo que se em alguma hipótese ficarmos, eu não vou vacilar novamente. Sei que é muito sensível com esse assunto, mas eu quero que saiba como eu me sinto em relação a você. 

Hoseok apenas se calou, ficou em silêncio. Ele não queria ter que se ''iludir'' nas frases de Tae, não queria ter que se ''apaixonar'' novamente, ele estava progredindo com Yoongi, e estava feliz desse jeito.

- Não vai dizer nada? - Tae perguntou olhando para Hoseok, um garoto que se encontrava totalmente fora de si no momento. 

Taehyung apenas forá o caminho todo a subir e descer suas mãos pelas cinturas de Hoseok, tendo em base a caricia. Mesmo que aquele silêncio incomodasse ambos, Taehyung pelo menos sabia que Hoseok poderia estar pensando em algo que incluísse os dois.

[...]

Ao chegarem no local onde desejavam, alugaram as bicicletas e assim as montaram. Seria uma repercussão de apenas minutos, então iriam aproveitar cada segundo possível e o torna-lo divertido.

O Rio Hun não era apenas para andar de bicicleta. Podiam praticar esportes aquáticos, correrem, fazerem piqueniques, ou até mesmo observarem da bela paisagem que o lugar continha. Tinha muitas coisas diferentes para serem feitas naquele local, mas como Hoseok e Tae tinham muitas coisas comum, decidiram andar de bicicleta, o que já se tornava uma competição severa entre ambos. Tinham um local escolhido para quem chegasse primeiro, estavam fazendo aquilo por pura diversão entre si. 

- Vai perder em! - Hobi debochou, a pedalar o mais rápido possível.

Tudo estava ocorrendo muito bem. Hoseok as vezes ficava a frente de Tae, em outras Tae passava Hoseok, e com isso um zombava do outro quando estavam ''vitoriosos'', estava em um clima muito bom, talvez fosse porque juntos ambos sabiam se divertir, e como se conheciam em geral, se tornava bem mais aventurado. Já havia passado um bom tempo com os dois a andarem na bicicleta.

- H-H-hos-hoseo e-espera! - Tae estava perdendo o controle de sua bicicleta, se encontrava desesperado tendo o objeto a percorrer frenético e acelerado por onde ia.

Quando Hobi pôde olhar para trás, avistou Taehyung no chão. Havia caído com a bicicleta, e por mais doloroso que fosse, o garoto estava rindo de tudo. Hoseok deu meia volta, e foi até o ferido. 

Saiu da bicicleta assim que alcançou o mesmo, se ajoelhando no chão, vendo o garoto entrar em gargalhadas.

- Está bem? - tentou conter o riso. Não que a situação fosse engraçada, era preocupante de qualquer forma, mas Hobi tinha uma imensa vontade de rir pela risada de Tae. 

- E-estou - passou as mãos lesto pelo joelho ralado, com a intenção de parar a dor.

- Não foi tão grave, ainda bem - se preocupou, passando suas mãos delicadamente pelo local machucado.

Tae podendo ter a admiração de seu antigo Alfa a acariciar do local em que machucou era tão adorável, olhar para a perfeição que estava ajoelhada a sua frente era inexplicável. Taehyung realmente sentia falta de Hoseok a cuidar tão bem de si, a ponto de ficar atribulado.

Hoseok se levantou, e assim estendeu sua mão,  Tae pôde ficar de pé com a ajuda do alfa.

- Me desculpe - riu baixo - melhor irmos devolver as bicicletas, já deve ter dado a hora.

- Tudo bem - soltou um ultimo riso, e assim levantou da bicicleta.

Ambos montaram suas bicicletas, indo para o local em que havia as pego. Dessa vez Hobi estava ao lado de Tae, andando na mesma linha. Queria ter a certeza de que Taehyung estava bem, e Tae adorava ter Hobi daquela forma.

Ao entregarem da bicicleta, saíram do Rio Hun, Tae murmurava algumas vezes pela dor obtida em seu joelho, vendo as expressões tensas que Hobi transmitia. 

Tae hesitou em dar um selar na bochecha de Hobi, estava a reconforta-lo de toda a angustia e aflição que o garoto havia dominado.

- Não fique desassossegado, só foi um joelho ralado Ok? - Inquiriu enquanto andava abraçava o mesmo.

- Tudo bem - sorriu fraquejado - Onde iremos agora?! - demandou. 

- Eu queria passar um tempo contigo na Montanha Halla. - o encarou.

- E você vai conseguir escalar a montanha? - olhou para o machucado.

- Meu deus Hobi, só foi uma raladinha, eu não quebrei a perna - riu alto. 

- Por mim tudo bem - acompanhou a risada de Taehyung.

- É um pouquinho longe, acho que teremos chances de chegar lá ao entardecer - transmitiu um sorriso dócil - ainda bem que gosta de caminhadas.

- Sorte sua - brincou.

- Ainda temos tempo para ir no Pohang internacional Fireworks. Eu iria ir na Buyeo Seodong Lotus, eu sei que ama a beleza natural da natureza, mas eu quero muito ir na montanha. É muito bonito lá também, você vai gostar.

- Uou, você planeja tudo mesmo - envolveu seu braço passando pelo pescoço e assim apoiando no ombro de Taehyung sem perceber - de fato era um dos costumes e manias que Hoseok tinha -  Pareciam até um casal para quem olhasse, agarrados daquela forma, não tinha como não pensar.

- Até os mínimos detalhes - sorriu ladino - eu quero tirar algumas fotos contigo.

- Não as trema - caçoou, tendo algumas nostalgias de sempre que Hoseok e Tae iriam tirar alguma foto, acabava saindo tremida por conta de Tae.

- Ei! - o tapeou fraco, rindo alto ao se lembrar de algumas nostalgias vivenciadas com Hoseok - eu me aperfeiçoei nisso.

- Eu espero - radiou-se junto a TaeTae.

[...]

Hoseok nem percebia a aproximação de ambos. Enquanto se divertiam cada vez mais, Hobi deixará na cara que estavam tendo uma intimidade - afinal, Hobi era uma pessoa fácil para se conquistar, e Tae sabia ter conseguido. - Eles simplesmente estavam como antes. Sorrindo e felicitados.

Não tinham palavras exatas para descrever da paisagem que viam, aquela montanha possuía uma característica muito bonita, era uma tamanha perfeição para um só lugar.
Mesmo estando de tarde dava para ver os céus reluzentes, deixando bem destacado de toda a bela vista em que continham diante a seus olhos. O céu estava belo, o tempo estava fresco, Hobi nunca terá visto aquela Montanha por sua vida inteira, e alegou que os imensos minutos de caminhadas valeram a pena para verem dessa obra linda. Hoseok estava totalmente incrédulo pelo local belo, era deslumbrante, um lugar invejável. Era tão encantador, pulcro, formoso, venusto, airoso, maravilhoso, que, até mesmo todas essas palavras ditas eram incapazes de definir tamanho absoluto.

Do nada, na mente de Hoseok veio Yoongi. Hobi queria o levar para aquele lugar, relaxar diante as montanhas entre amores e caricias. Não que Tae estivesse sendo insuficiente, mas esse mostrou lugares que nem se passava na mente de Hobi existir. Yoongi com certeza adoraria ver da beleza, e apenas reagiria em expressões para enunciar e ponderar inconformado de que aquele lugar espetácular e elegante realmente existe, assim como Hobi estava. 

Haviam tirado inúmeras fotos no meio do caminho - Hoseok sendo Hoseok, algumas sérias e belas, outras com caretas e engraçadas, mas não deixavam de serem boas. Hobi a caminho estava a gritar e cantar de tamanha felicidade, até dançava em movimentos estranhos, como costumava fazer. ''Esse sim é o Hobi que eu conheço'' o Ômega sempre pensava ao ver cada ação doida feita por Hoseok, e que para complementar, ia na onda. -  Tae com certeza as guardaria para marcar do momento especial em que teve com Hobi. Lembraria até dos mínimos detalhes.

- Eu realmente estou agradecido por ter me mostrado esses locais Tae, são tão imprevisíveis, eu nunca poderia imaginar que era tão lindo - proferiu as palavras ditas sem tirar o olhar da bela paisagem - me sinto maravilhadamente realizado. 

- De nada, eu sabia que ia gostar - o olhou - essa paisagem parece você, tão indescritível. 

Hoseok teve um breve coramento, e assim suspirou.

- Pare com isso! - o tapeou sorrindo sem jeito. 

- Mas é verdade Hobi, você é tão belo - se aproximava vagarosamente do garoto.

- Você também é bonito Tae - coçou a nuca constrangido. 

- Sabe, eu sempre sonhei em vir aqui um dia com você, obrigado por ter aceito sair comigo, é significante. 

- Eu até que gostei - sorriu fraco - por que se aproxima tanto? - seu semblante ficou indecifrável. 

- Eu estava aqui pensando e... você deve beijar melhor do que antes - caçoou a escarnecer, ria muito alto. 

- Nem vem com essa Taehyung - gargalhou. 

- É que você mudou em tantas coisas desde anos, foi tipo, da água para o vinho - começou a aprazer-se.

- Eu digo o mesmo de você - fez-se um de seus melhores sorrisos.

- Ah, esse sorriso - suspirou profundo - tão belo.

- Para, eu estou ficando sem jeito  - brincou com os próprios dedos.

- Não podemos tardar para o Pohang Internacional Fireworks - colou ambas testas, sentindo seu coração acelerar.

- Só mais alguns minutos, eu prometo - soltou um breve sorriso, deitando na montanha a encarar os céus.

Tae apenas fez do mesmo ato, vendo Hobi apontar para as nuvens bem formadas. 

- Oh, aquilo ali parece um coração não acha? - riu consigo mesmo, lembrava fazer isso em sua infância. 

- Aquelas ali? - Apontou para a mesma direção que Hobi estava anteriormente, entrelaçando as mãos que já estavam um tanto juntos, vendo Hobi a olha-lo.

Dessa vez Tae foi quem corou, Hoseok o olhava com tanta submissão, se tornava dominador.

- Sim - riu da fragilidade do garoto, vendo esse desviar o olhar por ruborizar. 

Estava tudo perfeito naquele exato momento, tanto o clima entre os dois, como a paisagem que o local transmitia. Tanta afinidade que Tae havia  conquistado, estava com uma auto-satisfação de si mesmo.

Jeon e Jimin estavam a tentar fazer o Híbrido se divertir,  e depois de muito tempo eles conseguiram. O tratavam feito criança, chegaram até a mima-lo, deram a ele até do leite que Suga tanto gostava, todavia, segundo a Yoongi, não chegavam nem aos pés de Hoseok.
Ele não poderia negar, gostava do esforço em que Park e Jungkook estavam fazendo, então acabou cedendo uma das brincadeiras deixando de ser ''chato'', a se divertir junto a eles. Com isso, todos assistiram muitos filmes, brincaram de diversas brincadeiras possíveis, e comeram todos os tipos de besteiras que continham na casa de Jeon. 

Hoseok para sair da linda montanha teve de ser puxado por Taehyung, ele realmente havia sido atraído pela mesma, porém acabou indo para o ultimo lugar que Tae queria mostrar, depois de muitas manhas. 

- Oh, esses fogos - Hoseok se sentia completo com o dia que teve. 

- Viu, nem era tão ruim sair da montanha - riu novamente, observando os fogos de artificio surgirem pelos céus, um mais chamativo que o outro. 

- Foi um grande zelo, aquela montanha realmente se tornou muito significativa - deixou um riso singelo a sair de seus lábios - Eu te agradeço por tudo mesmo Tae.

Ambos haviam gastado todo seus dinheiros que continham na carteira com dois pratos de comida (Lamen), e com a localidade para verem os fogo pelos céus.

- Eu que agradeço por te vindo comigo - acariciou brevemente das mãos de Hobi, voltando a comer de seu alimento.

Os dois se sentiam contentemente agradados, total satisfação. Haviam saciado tudo daquilo em que tinham vontade. 

Aqueles fogos a brilharem pelos céus, cada um com sua cor e seu objetivo de explodir de diversas formas diferentes deixavam com que os visitantes ficassem a admirar daquilo, parecia ser uma data comemorativa de tantos fogos que continham em uma só noite. 

- Olha só - apontou para um dos fogos no céu, tendo Hobi a abrir sua boca em forma de um ''O'', ficando sem reação com a beleza daquelas explosões.

Estavam exaustos, entretanto realizados. O dia estava ganho. Foram tantas risadas e conversas jogadas foras em um dia só, foi uma lembrança marcante para os dois.

- Já está acabando - olhava para os céus, vendo poucos fogos. 

- Temos que voltar para casa agora, não é?! - o olhou - passou tão rápido - pegou dos pratos e tarelhes descartáveis, se levantando a jogar no lixo.

- Foi muitos fogos, duraram bastante minutos - seguiu Hobi.

- Realmente... - concordou, limpando suas mãos, e assim caminhando para as ruas novamente, iriam voltar para a casa felicitados - eu só tenho de agradecer por hoje Tae... 

- Não precisa - o abraçou - meu dia foi completo.

- Eu também achei - riu, pegando sua carteira novamente, tirando algumas moedas dali.

- O que está a fazer? - interrogou.

- Você merece ao menos um ursinho, certo?! - sorriu exaltante, indo até a maquina que havia avistado, e assim colocando as moedas na mesma.

- Isso nunca funciona, eu sou azarado - riu envergonhado consigo mesmo.

- Eu tenho esperança - falou com firmeza no que dizia, e assim mexia nos botões da maquina para poder ganhar do prémio.

''Esse otimismo'' - Tae sorria enquanto olhava Hobi tentar pegar do bichinho.

- CONSEGUI! - gritou cantando várias musicas aleatórias pulando e batendo palmas todo feliz, mesmo com todos olhando o garoto sorridente e dançante, Tae fez o mesmo que Hobi. Era como se fossem dois loucos por um bicho de pelúcia. 

Ambos fizeram um toque com as mãos, e pegaram do objeto.

- Obrigado Hobi-ah - o abraçou apertadamente com sua pelúcia em mãos.

- Não foi nada - ria pelo ''escândalo de felicidade'' que havia acabado de dar - já decidiu o nome? - desfez do abraço, tendo Tae a olhar para o Animalzinho, era uma raposa.

- Xurumela - abraçou da pelúcia fofamente - você é a melhor pessoa, sério. - começou a caminhar plausível ao lado de Hobi.

- Como conseguiu esse nome?! Eu nunca iria pensar tão rápido assim - sorriu.

- Eu não sei também - abraçava do animal - obrigado mesmo - começou a dar selares espalhados pelo rosto de Hobi, estava a contagiar a alegria que ambos tinham. Tae foi até capaz de pular no colo de Hoseok com tamanha felicidade que tinha, e assim Hoseok teve que carrega-lo rindo de toda a situação.

- Parece uma criancinha feliz - ainda ria alto.

- Eu sou uma criança feliz - o encarou sério.

- Desculpa ai Bebê - caçoou ainda rindo.

- Esse seu senso de humor nunca mudou, que bom - acariciou a bochecha de Hobi. Apenas as beijou pós muitas vezes, saindo de seu colo.

Ambos teriam que percorrer uma grande e demorada estrada para chegarem em casa, mas nem por conta do cansaço deixou o clima feliz morrer, assim como os assuntos.

[...]

Hoseok havia levado Tae para a casa de Jeon, e assim pegou do Híbrido. Tae e Hoseok estavam bem felizes, foi um dia especial para os dois. Eles se aproximaram bastante, e se divertiram juntos, como nos velhos tempos.

Claro que Jeon, Jimin e Yoongi não deixariam de perguntar como foi o dia dos dois, e assim explicaram, ainda conversaram do que Park, Jeon e Min Suga fizeram, por isso Hobi e o Híbrido havia chegado tarde em casa.

- Fico feliz que tenha se divertido bastante - sentou na cama.

- Eu estou tão esgotado. Foi um dia realmente exaustivo, minhas pernas doem por eu ter escalado a grande montanha até chegar no topo - suspirou profundo, a apagar a luz já com ambos banhados, a se jogar na cama.

- Eu realmente vejo, está morto - o Híbrido riu baixo - aonde doe? - fez o favor de apertar as coxas doloridas do Alfa, o ouvindo gemer manhosamente inaudível.

- Ai mesmo - murmurou ao sentir o garoto apalpar suas coxas - g-gostou de Jeon e Jimin? - mordia os lábios com potencia lentamente.

- Eu prefiro você - o olhava malicioso pelos barulhos reproduzidos pelo Ativo, segundo a Yoongi era tão bom de se ouvir, ainda manhoso do jeito em que estava.

- N-não so-sobe - referia as mãos do garoto, estavam indo mais acima, e Hobi poderia entrar em lapsos a qualquer momento se chegasse em seus ''países baixos'' não se conteria. 

- Por que Uh?! - fez-se de desentendido.

- Para de provocar - suspirou audivelmente prolongado.

E mais um gemido saiu dos lábios de J-hope por conta do Híbrido ter subido mais acima suas más mãos.

- Que ousado! - o olhou dominador, estava sexy daquela forma.

Hoseok apenas puxou Yoongi pelas cinturas, e assim o fez sentar em seus colos. Suga se curvou para frente, colando as testas nas de Hobi, o encarando.

- Audacioso - lambeu os próprios lábios - eu já sei o que quer - sorriu pervertido, aproximando ambos lábios, mas não moveu os seus - eu também sei provocar - deixou Yoongi com certa vontade, e assim mordeu os lábios do Híbrido, o fazendo grunhir pelo furor que Hobi utilizou.

Yoongi fez um biquinho, roubando um selar rápido do Alfa, esse que só sorriu saliente, a aproximar os lábios dos de Yoongi, começando um beijo provocante e lento. Os lábios e os barulhos em que forá transmitidos excitavam ambos.

Hoseok segurou nas cinturas do menor, favorecendo-as com ponderação, sentindo o Híbrido afagar os fios de cabelos do Alfa.
Hoseok o puxou para cima uma única vez, tendo suas mãos agora nas bundas do Híbrido por cima da camisa enorme em que esse usava, Contudo, Hoseok subiu um pouco da camisa em milímetros, podendo tocar na macia e delicada pele de Yoongi, tapeando da bunda nua e exposta, o fazendo lastimar pelo tapa que estralou a ecoar alto. Ainda se beijavam quentemente, Hoseok forá subindo suas mãos, até encontrar da peça intima do garoto, e o provoca-lo, ameaçando a puxa-la para baixo, tendo o garoto provocado a sorrir ladino.
Assim que as mãos de Hoseok voltou para as bundas do Híbrido, as apertou com muita força, as tapeando uma ultima vez naquela noite, massageando da carne macia que ali era sentida.

Separaram os lábios, e assim Yoongi corou ao ver o rosto perversor que Hobi continha pelo momento.

Hobi os cobriu, e Yoongi permaneceu ali, deitado no peitoral de seu desejado, com as mãos entrelaçadas.

- Boa noite Min Suga - beijou a nuca do garoto, acariciando dos fios de cabelos em que alcançavam, assim como fazia com a cintura do mesmo.

- Boa noite Hobi - se continha com um sorriso ladino pela maliciolidade que o ar exalava depois do beijo simples, porém desejado, quente, e com pegada.

Enquanto a Hoseok pensava no que acabará de ocorrer, por mais audacioso que pareça, apertar e tapear as bundas de Yoongi era o que vinha em sua mente, por isso mordia os lábios diversas vezes enquanto o acariciava. 
O dia com Tae também havia sido espetacular para Hoseok, mas nada superava estar com quem amava depois de um dia divertido, porém exaustivo. 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Notas Finais


AAAA
Me perdoem pelo capitulo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...