História O idiota cor de rosa . - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Aventura, Colegial, Drama, Jake, Julie
Visualizações 21
Palavras 2.260
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Ficção, Mistério, Romance e Novela, Saga, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Oi meus kookies 😍 blz ? Então aqui está um novo capitulo pra vocês . ficou um pouco grande , me desculpem sou muito detalhista kkkk vou tentar corrigir isso .
Mas bora pro capitulo
Boa leitura .

Capítulo 3 - Novos amigos , e antigos inimigos ?


Estava recolhendo minhas coisas do chão quando um garoto começou a me ajudar , e particularmente ele é lindo ,o cabelo dele é azul no estilo bagunçado , ele usa um brinco preto na orelha esquerda , os seus olhos são castanhos avermelhados ( N/A o mesmo que o meu)

Ele é alto forte e tem músculos definidos , mas não exagerados.


Eu - obrigada .


Digo levantando do chão , e senti meu tornozelo latejar . E ele me entrega uns papéis lá .


*** - de nada . 


Ele disse sorrindo e eu retribuo .


*** - Novata ?


Eu - é , como sabe ?


*** - nunca te vi por aqui antes . Prazer meu nome é Kevin .


Ele disse estendendo a mão e eu aperto a mão do mesmo . 


Eu - o meu é Julie e o prazer é todo meu .


Digo dando um belo de um sorriso .

Kevin - mas então Novata em que ano está ?


Eu - 2° .


Respondo ignorando o fato dele me chamar de Novata .


Kevin - eu também .


Ele disse sorrindo . E eu retribuo tímida , me controlei pra não fazer careta , meu tornozelo está latejando de dor e estou quase perdendo o apoio da perna direita .


Kevin - tá tudo bem ?


Ele me pergunta , acho que notou que estou me sentindo um pouco encomodada .


Eu - tá .


Respondo .


Kevin - certeza ? você tá machucada .


Ele disse notando que meu tornozelo estava começando a inchar.


Eu - não foi nada .


Digo tentando andar , mas como a anta aqui tá machucada não consegui e quase caí pra trás mas o Kevin me segurou .


Kevin - nada ?


Eu rio sem graça, e do nada pá .... ele me pega no colo.


Eu - o que c tá fazendo me coloca no chão !!


Digo dando tapinhas no seu ombro .


Kevin - você prefere ir andando com o tornozelo ferrado desse jeito ? BLZ .

Ele disse ameaçando me colocar no chão .


Eu - não , não , espera .


Digo desesperada , meu tornozelo está doendo muito e se eu andar vai piorar com certeza .

 

Eu - Td bem hoje eu deixo , mais só hoje .


Digo irônica e sorrindo , ele retribui o sorriso e começamos a andar pelo colégio , descobri que Kevin é uma pessoa bem legal , ao contrário do que eu esperava encontrar por aqui .


 fomos conversando até que passamos pela quadra de basquete onde a peste rosa estava , aquele garoto de hoje mais cedo , aff , Kevin fez um sinal com a cabeça pra ele e o mesmo retribui mas nos encara com raiva .

Eu - quem é ?

Kevin - o rosinha ? É só o Jake o cara mais popular do colégio e o mais Otário também .


Eu - vcs são amigos ?


Espero que a resposta seja um não bem grande .


Kevin - sim somos .


Fiquei decepcionada agora .


Kevin - até porque ele é meu primo e tenho que aguentar .


Disse sem dar muita importância , dou de ombros e continuamos o caminho até a infermaria.


***


Quando chegamos na infermaria Kevin me colocou em cima do balcão e chamou a infermaria.


Kevin - Kamerom !


Kamerom - já vou !


Ela gritou de dentro de uma sala ali perto , onde guardava os curativos , seringas , bandeids ataduras e todas essas coisas .


Quando a infermeira saiu da sala vi que era uma mulher loira que aparentava ter os seus 25 anos , ela era alta tinha olhos castanho claro e usava um daqueles jalecos de médico , com ela também saiu uma garota de cabelos longos castanhos e lisos que chegavam a cintura , tinha olhos verdes safira , era alta e seu corpo de uma típica adolescente de 17 anos .


Kamerom - o que foi dessa vez ?


Ela perguntou com uma voz de cansada , deve ter sido um dia agitado , e olha que esse foi só o primeiro. 


Kevin - essa louca aqui caiu do skate .


Ele disse apontando pra mim .


Eu - não foi bem assim , mas digamos que houve um acidente automobilístico em que o meu skate atropelou uma mula muito chata .


Kevin riu .


Kamerom - kkk ok , mas deixem eu cuidar da kessie primeiro .


Ela disse enquanto enfaixava o pulso da tal de kessie.


Kevin - você por aqui de novo kessie ?


Disse irônico. 


Kessie - kala boca.


Ela disse revirando os olhos .


Kevin - mas o que foi que aconteceu ? .


Kessie - a Mary tentou me ensinar a andar de patins e , não deu muito certo .


Eu - dia dos desastres tamo junto .


Digo sendo simpática . 

e ela sorriu .


Kessie - qual é o seu nome ?


Eu - Julie , e você é a Kessie a desastrada do patins.


Kevin - e você a maluca do skate .


Eu - cala a boca , cabeça de smurf .


Digo dando um tapa de leve na cabeça dele .

Ele riu .


 como ficamos amigos tão próximos em tão pouco tempo ? , estava pensando nisso enquanto kamerom enfaixava o pulso de kessie , até que ela terminou. 


Kamerom - então Julie , o que há de errado ?


Eu - o tornozelo .


Ela se aproximou e cutucou meu tornozelo.


Eu - aí.


Reclamo , poxa eu avisei que tava doendo .


Kamerom - não foi nada , talvez tenha torcido o pé ou , só deve estar um pouco inchado por causa do tombo , é só colocar um pouco de gelo e jájá melhora .


Ela disse e foi buscar uma comprensa com gelo pra mim .


Kamerom voltou e colocou gelo no meu tornozelo e uns 10 minutos depois ela disse :


Kamerom - pronto você já pode ir, mas vê se não faz esforço com esse pé , e não esqueça de fazer um raio x.


Eu - não acho que seja algo tão grave assim , só está um pouco inchado .


Kamerom - nada disso , é melhor prevenir do que remediar .


Eu - tá bom .


digo e já ia levantar, mas não posso fazer esforço né .


Eu - Kevin , amigo do meu coração , me ajuda a levantar ?


Kevin - c é folgada hein ?.


Ele disse irônico e eu revirei os olhos , 

em seguida ele veio me ajudar , então kessie Kevin e eu , fomos andando pelo corredor .


kessie - então Julie em que sala está ?


Eu - e eu sei ? esse colégio é muito grande .


kessie - aff , deixa eu ver .


ela disse pegando meus papeis do grêmio .


kessie - você está na minha sala ! 2° ano F.


Kevin - droga , Estou no 2° D .


ele disse fazendo biquinho e

Eu ri .

Kevin me companhou até a sala . ele ficou insistindo que eu não podia fazer esforço com o pé e bla bla bla .

chegamos na minha sala , Kevin bateu na porta 4 vezes , e um professor ruivo e de óculos nos recebeu com uma cara de bravo , mas notou que kessie e eu estávamos machucadas . e deu um sorriso amigável .


proff - nossa o que foi que houve ?


kessie - um acidente automobilístico .

proff - kkk .

Então seus olhos castanho escuro me encontraram .


proff - deve ser a aluna nova , transferida do Brasil , Julie não é ?

Eu - sim sou eu .

proff - entrem , e você senhor Kevin vá logo pra sua sala antes que a professora janete venha te buscar pelas orelhas .


Kevin - tô indo .


ele disse tirando o meu braço que estava ao redor do seu pescoço .


Kevin - Tchau meninas .


kessie e eu - Tchau .


Então Ele sumiu pelo corredor .


proff - entrem . E Julie na hora da chamada lhe apresento a classe .


Eu - ok


Proff - agora sentem - se pois a aula já vai começar .

 


eu e kessie nos dirigimos até a última fileira do lado esquerdo onde ficam as janelas de vidro , sentei na antepenúltima cadeira da fila e kessie sentouse na minha frente .


Então o professor começou a dar aquele típico sermão de começo de ano : - sejam bem vindos espero que suas férias tenham sido agradáveis e bla bla bla .


Proff - bom classe nesta unidade iremos aprender sobre equação de segundo grau com números elevados ao cub...


Ele foi interrompido por barulhos de batidas na porta .


Quando o professor abriu a porta , foi como se eu tivesse acabado de entrar no inferno e o capeta tava ali na porta . 

Não sei porque mas tem alguma coisa naquele garoto que é muito familiar e que me deixa com medo , é  isso mesmo que voce esta pensando , quem estava ali na porta era o Jake , mas ele não estava sozinho , ele estava com um garoto moreno que me lembra o Jacob do filme crepúsculo e a única diferença são os olhos verdes e também com uma garota pálida de olhos castanho e com o cabelo loiro platinado quase branco e tingido com rosa nas pontas , eles também pareciam familiares , que coisa estranha será que tive pesadelo com eles alguma vez ?. 

Proff - está atrasado senhor draggnel .

Jake - é eu sei . Mas é que ocorreu um problema .


Proff - é eu sei que tipo de problema .

Ele disse oolhando fixamente pra garota . e reparando bem , da pra ver queo batom rosa quase nude dela esta borrado , agora eu sei que tipo de problema .

Proff -  entrem.

Eles entraram e se sentaram lá na turma do fundão , os 3 começaram a me encarar com desprezo .

Pensamento Jake - então é verdade que você voltou .

Pensamento John - é baixinha se prepara pois vamos transformar sua vida num inferno .

Eles entraram e durante as 3 primeiras aulas ficaram me encarando como se eu fosse um monstro , e isso tá me incomodando .

As primeiras aulas foram do mesmo professor .

Ele começou a fazer a chamada normalmente .

E chegou minha vez .

Proff - Julie Sofia .

- presente . 

Respondo rápido .

Proff - Kes...

Jake - ei professor , não vai nos apresentar a aluna nova ? .

Virei pra fitalo , que garoto chato do cara ...

Proff - ah sim claro .

Ele disse cortando meu pensamento .

Proff - Julie pode vir aqui pfv ?

Eu - claro .

digo com um lindo sorriso falso .e Me dirigi até o biro do professor .

Proff - bom classe , já que todos aqui presente com exceção da Julie , são a mesma turma do ano passado não tem necessidade de apresentalos , mas eu gostaria que conhecesse a Julie , ela veio transferida do Brasil e espero que todos a recebam bem . Gostaria de acrescentar mais alguma coisa ?

Eu - não obg .

Respondo sem dar importância .

Proff - ok pode sentar .

Voltei pro meu canto e o intervalo tocou ( 3 primeiras aulas foi do mesmo professor 2 de matemática e 1 de física) .

Kessie - Julie , vem comigo quero de apresentar aos meus amigos .

Eu - tá bom só vou guardar minhas coisas .

Quando terminei de guardar meu material kessie me levou pra conhecer seus amigos , na hora do intervalo Kessie me apresentou aos seus amigos, conheci o Marc o jony a Mary e a Mei eles são da nossa sala também .

Ficamos conversando até o sinal bater e voltamos pra classe .  

2 aulas de bioquímica muito chatas depois  , eu estava no meu armário guardando algumas coisas quando alguém fecha meu armário com força e me empurram contra o mesmo .

Seguraram meus pulsos e reconheci quem eram , Jake e seus amigos a garota segurava um pulso e o outro que acho que se chama John segura o outro .


John - Olá pirralha . Como vai ?


Não respondo apenas tento soltar um dos meus pulsos que ele estava segurando .


John -  que maneira mas rude de tratar os velhos amigos .


Ele disse enquanto prendia meu braço com muito mais força , com certeza vai ficar roxo .


Eu - do que é que você tá falando ?


Jessica - ownt que fofa , quer dizer que não lembra da gente ?


Eu - não , mas já fez algum filme de terror por acaso ? Porque você parece muito com a Anabelle .


Jessica - sua vadia !


Ela disse e me deu um tapa com a mão livre já que uma estava segurando meu braço . Mas ... ESPERA AE ! ELA ME DEU UM TAPA ? Ah vagabunda ! , ah como eu quero arrancar esses cabelos de água oxigenada . 


Eu ri , é estranho rir depois de levar um tapa ? É talvez .


Eu - é só isso que você tem ?


Ela ia dar outro tapa em mim , fechei os olhos esperando receber o golpe mas isso não aconteceu , quando abri os olhos Jake estava segurando o braço dela e disse .


Jake - já chega Jessica . Já É o suficiente por hoje .


John - mas estava tão interessante esse showzinho .


Jessica - só mais um tapa .


Ela disse tentando soltar o braço que ele estava segurando .


Jake - JÁ CHEGA .


Ele disse com autoridade e de um jeito .... sexy ? Aí Julie que idiota que você é  .

Depois disso Jake se aproximou e segurou meu rosto com uma mão apertando minha bochecha  .


Jake - e você baixinha acho bom ficar ligada , porque vamos fazer da sua vida um inferno .


Ele disse , depois empurrou minha cabeça contra o armário e saiu andando normalmente com seus amigos , me deixando ali processando tudo o que tinha acontecido até que cheguei a uma conclusão : EU TÔ FERRADA .














    



Notas Finais


Oi gente , eu sei o capítulo tá enorme e também tá chato eu sei , vou tentar melhorar , prometo que juro 😂🙅😂
até o próximo capitulo .


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...