História O Idiota Do Meu Tutor - ChanBaek - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Kai, Kris Wu, Lay, Lu Han, Personagens Originais, Sehun, Tao, Xiumin
Exibições 374
Palavras 1.266
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Olá pessoal, gente muito obrigada por todo amor que vocês tem dado a fic sz vocês são incriveis.
como sempre perdoem os erros ashuashua
espero que gostem, ~boa leitura

Capítulo 10 - Namoradinhos


Baekhyun passou a noite inteira pensando em Chanyeol, pensando no quanto ele podia ser fofo, e o quão sortudo ele era de tê-lo como namorado.

Ele havia terminado de tomar seu café e viu que Chanyeol ainda não tinha acordado e resolveu ir chamá-lo.

Abriu a porta levemente e encontrou o namorado entre as cobertas, era uma manhã fria de domingo.

– Yeollie hora de acordar. – O menor disse após se aproximar, mas o mais novo apenas se afundou em seu travesseiro.

Baekhyun sobe na cama ficando em cima de Chanyeol.

– Acorda dorminhoco. – Sussurrou em seu ouvindo podendo ver Chanyeol se arrepiar.

– Eu to com sono Baekkie. – O maior fala com uma voz abafada.

– Já são oito horas Chanyeol. – O menor responde.

– O que? Você vem me acordar às oito horas da madrugada.

– Nunca tinha percebido que você dorme tanto assim Yeollie. – Ele falou puxando o lençol de Chanyeol, mas logo sentiu o seu rosto esquentar ao ver que o maior dormia apenas com uma boxer preta.

Chanyeol riu ao ver o rosto do mais velho e levantou-se ficando sentado de frente pra ele na cama.

– Bom dia, Baekkie. – Ele diz com tom de malicia.

– B-bom dia, eu vou te esperar no sofá. – O menor diz dando um rápido selinho no maior e saindo rapidamente.

Baekhyun já havia visto o corpo de outro homem desprovido de roupa antes, e já havia chegado a cometer tal ato, mas com Chanyeol era diferente, ele ficava com vergonha e não entendia porque, já que ele já tinha uma experiência considerável.

Ele se dirigiu para o sofá onde ficou aguardando o namorado, que não demorou muito.

– A comida da sua casa é maravilhosa Baek. – O maior diz dando um abraço de costas no menor.

– Nunca prestei atenção nisso. – O mais velho fala, e Chanyeol senta ao seu lado no enorme sofá. – Bem que a gente poderia sair com os meninos hoje. – Completa.

– É mesmo, eu falo com o Kyungsoo e você fala com o Luhan. – O mais novo responde pegando o celular.

– Prontinho. – Chanyeol fala após trocar algumas mensagens. – Fala pro Luhan trazer o Sehun porque o Soo vai vim com o Jongin.

– Ok. – O mais velho diz pegando em seguida o seu celular.

– Ah, e por acaso Luhan tem carro? – O mais novo falou enquanto Baekhyun digitava.

– Ele tem, por quê? – Responde olhando para o maior.

– O mande trazer, e ficou combinado pras nove e meia, vamos pra balada o que acha?

– Nunca havia conhecido esse seu lado Chanyeol. – Baek diz em um sorriso enquanto voltava a digitar com seus dedos habilidosos.

– Podemos dizer que eu gosto de ser apenas um adolescente normal às vezes. – Ele diz retribuindo o sorriso que o menor dera.

– Mas, Chanyeol, nos dois somos menores de idade como poderíamos entrar? – O menor pergunta.

– Eu tenho uns contatos Baekhyun. – Ele responde.

– Uau depois você me passa que eu to precisando. – O mais velho diz rindo.

– Não vai precisar se andar comigo. – Chanyeol responde.

– Ah isso é verdade. - O menor diz. – Prontinho. – Ele fala bloqueando o celular e jogando de lado.

– O que podemos fazer enquanto isso? – Chanyeol pergunta.

– Só fica aqui comigo que está ótimo. – O mais velho diz e deita a cabeça sobre o ombro no maior.

– Baek... Você acha que o seu pai aceitaria a gente? – Chanyeol fala de repente.

– Eu sinceramente não sei Chanyeol, não vamos pensar nisso, de qualquer forma eu não vou desistir de você. – Baek fala segurando as mãos do maior.

Chanyeol sorri ao ouvir aquelas palavras, e dá um beijo na bochecha do mais velho.

– É tão bom te ter aqui. – O maior diz em seguida.

Baek apenas retribui com um sorriso.

– Chanyeol, eu quero saber a senha do seu celular. – O mais velho diz pegando o aparelho que estava ao lado do maior.

– Por acaso tem ciúmes Baekkie? – O mais novo diz sorrindo. – Também quero saber a sua.

Ambos ensinaram a senha um para o outro e assim começaram a mexer nos celulares.

– Own que fofo meu contado ta salvo como “Marido” gostei. – Chanyeol diz.

– Ah enquanto o meu tá “Cara que eu beijei” – Baekhyun protesta.

– Me dá aqui. – Chanyeol pega o celular e digita algo e o devolve para Baekhyun.

– Ain “namoradinho” cheio de emoji de coração, que gay. – Baekhyun diz rindo.

– Baekhyun, nos somos gays. – Chanyeol responde.

– Errado, você é Baekhyunsexual e eu sou Chanyeolsexual.

– Dá quase na mesma, mas ok. – Chanyeol fala rindo.

“Namoradinho” aquelas palavra soava muito fofinha ao ser dita por Baekhyun.

– Pelo jeito você gosta muito de 2ne1 Channie. – Baek diz rindo.

– E você de Girl’s Generation né. – O maior responde.

– Somos inimigos então Channie.

– Você é muito fofinho pra ser meu inimigo Baekkie, é melhor te ter como meu namorado. – Ele fala dando um selinho no menor. – Ah, e você não iria se importar se eu tivesse apagado algumas fotos da Taeyeon né?

– CHANNIE VOCÊ É UM GAROTO MORTO! – Baek diz soltando um pulo em cima do namorado tentando roubar o seu celular enquanto o outro apenas o impedia de pegar, assim eles começaram uma guerrinha, Baekhyun fazia de tudo para alcançar as mãos de Chanyeol, mas era muito baixo comparado com o mais novo.

Ambos caíram do sofá, Baekhyun ficando em cima de Chanyeol no chão. Estavam próximos demais um do outro e suas respirações como uma só.

– Aqui, ta aqui Baekkie. – Chanyeol diz colocando o celular do menor na frente de seu rosto.

Baekhyun o pegou e jogou de lado, assim tomando os lábios de Chanyeol aos seus.

Eles passaram o resto da manhã assim, um do lado do outro, falando sobre musicas que gostavam, e Baekhyun dando murrinhos em Chanyeol ao ver que ele realmente apagou o álbum que ele tinha de fotos da Taeyeon.

– Senhores o almoço está pronto. – A empregada disse.

Chegando à mesa lá estava o pai de Baekhyun.

– Olá senhor Byun, nem te vi chegar. – Chanyeol diz dando uma breve reverencia.

– Olá Park Chanyeol, o que faz aqui em pleno domingo? – O mais velho responde com o típico tom grosso.

– Ah, estou apenas fazendo companhia para Baekhyun.

– Chanyeol vamos comer lá em cima? – Baekhyun diz pegando dois pratos e saindo rapidamente.

– Ah, com licença senhor Byun. – Chanyeol deu mais uma reverencia e saiu rapidamente acompanhando Baekhyun.

Eles entraram no quarto do mais velho e sentaram-se nos pufes que haviam ali.

– Por que saiu assim Baekkie? – Chanyeol diz quebrando o silencio que estava desde que saíram da cozinha.

– Não quero que ele fique te interrogando. – Ele responde entregando o prato para Baekhyun.

– Baekhyun você esqueceu os hashis. – Chanyeol diz observando o prato.

 Baekhyun não respondeu nada e logo desceu para buscá-los, chegando lá pode ouvir seu pai conversando com a empregada.

– Esses dois estão muito estranhos você não acha Maristella? – Falava ainda sentado à mesa.

– Eu também acho senhor, será que estão juntos? – Ela responde com uma voz doce.

– Como assim Maristella?

– N-nada senhor. – Ela responde.

Baekhyun de repente entra na cozinha e pega os hashis sem falar nada, o pai de Baekhyun não fazia idéia da opção por rapazes que Baekhyun tinha, sentiu-se aliviado pela empregada não ter afundado no assunto, ele sabia que deveria manter aquilo em segredo, pois não sabia como seu pai lidaria com aquilo, ele desejava fortemente que fosse igual o pai de Chanyeol.

Voltou ao quarto entregando os hashis para Chanyeol e assim eles atacaram o Kimchi que estava delicioso.

Chanyeol via o quão lindo Baekhyun era ate comendo, ele sabia o motivo do menor agir assim frente ao pai, ele queria poder fazer algo para melhorar o relacionamento entre eles, mas realmente não sabia o que fazer.


Notas Finais


Bem apartir de agora a fic ta entrando em uma nova fase :3
Esse capitulo foi um pouco mais parado, masok.

E eu tenho uma duvida, vocês acham que eu deveria escrever capítulos maiores? A media aqui é de mil palavras mas sempre fico na duvida se vocês gostam assim ou não, então comentem ai o que acham :3

~Kissus de Leite Condesado da tia Mey.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...