História O Imperador Dragão e A Donzela da Chuva - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fairy Tail, High School DxD
Personagens Issei Hyoudou, Juvia Lockser
Tags Issei X Juvia
Exibições 133
Palavras 1.420
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Bishoujo, Bishounen, Colegial, Crossover, Hentai, Lemon, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 1 - One Shot


Issei Hyoudou rosnou enquanto caminhava pela sua cidade. Já passavam da meia noite e chovia fortemente. Mas então por que Issei Hyoudou não estava em casa debaixo de cobertas quentes e dormindo?

O moreno na verdade era um meio demônio e dragão no serviço de Rias Gremory do clã Gremory. A alguns meses uma menina chamada Yuuma Amano havia convidado ele para sair e ele havia aceitado cometendo um dos piores erros, de sua vida. No fim do encontro Yuuma se revelou um anjo caído chamada de Raynare que o matou por causa de sua Sacred Gear.

Depois dele morrer Rias surgiu e o reencarnou como um demônio. Por um tempo Issei ficou feliz com a segunda chance... ou pelo menos até duas perguntas surgirem em sua mente. Como Rias sabia que ele havia morrido?

E por que ela o reencarnou em demônio? Ele havia descoberto as respostas para as suas perguntas a duas horas atrás. Rias tinha o péssimo costume de dormir nua com ele sem a sua permissão.

Ela até tinha levado vários pertences dela para o seu quarto mesmo que Issei tivesse protestado contra. Seus colegas de nobreza também estavam irritados com as ações da ruiva. Horas atrás Issei estava arrumando o quarto, e retirando as coisas de Rias de lá, quando ele encontrou o diário da Gremory.

O que ele havia lido nele o deixou furioso. Rias havia contratado Raynare para matar ele e Asia por causa de suas Sacred Gears, mandado assassinar a mãe de Akeno, assassinado Kiba e tirado essas memórias dele e Gasper enganado. Ela também havia enfeitiçado Rossweisse e Xenovia para aceitar a proposta de entrar na nobreza dela.

Depois disso ele começou a andar sem rumo pela cidade. A chuva começou a cair depois que ele saiu de casa. Enquanto ele caminhava o moreno entrou num bar onde encontrou uma jovem de cabelos azuis longos e olhos de mesma cor, pele pálida e usava uma roupa no estilo russo. Ela estava sentada num banco com lágrimas nos olhos.

Issei se sentiu ligado a ela e se sentou do lado da azulada que olhou para ele curiosa.

Issei: Sou Issei Hyoudou. Quem é você?

Jovem (triste): Juvia Lockser.

Issei: Por que está chorando?

Juvia: Por que quer saber Issei-san?

Issei: Eu sei como é ter o coração partido.

Nisso azulada e moreno começaram a conversar sobre os seus azares no amor. Juvia disse que o seu namorado havia traído ela naquele dia e então ela havia decidido afogar suas magoás naquele bar. Issei acabou contando os seus azares com Raynare tentando não revelar ser um demônio, mas Juvia revelou que ela própria também era uma que usava magia de água, e sua tristeza era o motivo da chuva.

Só então Issei notou que aquele bar tinha ambos demônio e anjos caídos bebendo como se não houvesse manhã. A azulada ofereceu dividir a sua bebida com o Sekiryuutei que aceitou. Sem eles saberem Ddraig estava pensativo.

Desde que Issei havia despertado a Boosted Gear o dragão vermelho sempre desconfiou que Rias tivesse planejado, o assassinato de seu parceiro. E o diário que Issei tinha achado era a prova viva. Mas não era sobre aquilo que Ddraig estava pensando agora.

Ddraig notou que a jovem que Issei havia acabado de conhecer era a companheira do rapaz. Os dois possuíam a chamada "ligação verdadeira" ou como os humanos chamavam eles eram "almas gêmeas". Depois que o dragão percebeu isso ele fez um pequeno plano aproveitando-se que ambos Issei e Juvia estavam bebendo.

A primeira coisa que ele fez foi aumentar a aura de feromônios de Issei fazendo Juvia corar enquanto observava, o seu parceiro. A segunda coisa foi diminuir a resistência de Issei a alcóol para permitir que ele ficasse tão bebâdo quanto Juvia. Algum tempo mais tarde a azulada ofereceu a Issei para ambos irem ao apartamento dela.

Quando os dois entraram e ela fechou a porta o moreno a agarrou a abraçando, com ela o retribuindo. Os dois aproximaram os seus lábios e se beijaram. Issei e Juvia sabiam ou melhor achavam que não estavam fazendo aquilo por amor e sim só porque naquele momento, queriam ser amados.

Nisso os dois despiram-se e se olharam amorosamente. Uma coisa levou a outra. O Imperador Dragão então começa a acariciar o corpo da maga da água que estremece, com o prazer. Issei então levou suas mão ao fecho de seu sutiã abrindo-o e deixando seus seios livres.

O ar frio do quarto bateu os seios recém expostos de Juvia fazendo-os endurecerem. Issei levou sua mão esquerda ao seio correspondente e começou a aperta-lo fazendo Juvia gemer. Ele então a beija levando sua outra mão a sua feminilidade e começa a brincar com ela, até a azulada gozar.

A mulher chuva o abraça para não cair de surpresa e os dois riem. Ela então se abaixa e puxa sua cueca boxer para baixo e cora se surpreendendo com o tamanho. Ela começa a acaricia-lo e o leva a boca chupando ele, fazendo o Sekiryuutei gemer.

Ela sorri e coloca o membro dele entre seus seios esfregando-os nele, ao mesmo tempo que o chupava. Issei goza em sua boca e Juvia engole tudo com um sorriso timído. O meio demônio e dragão a levanta e a leva para a cama e os dois se olham nos olhos.

Eles sabiam que não havia mais como voltar atrás agora. Ele colocou seu pénis na vagina dela fazendo ambos gemerem de prazer. O meio demônio e dragão começa a penetrar e as batidas fazem os seios da maga da água "saltarem" um pouco.

A azulada goza enquanto o moreno mantém as penetrações e coloca uma de suas pernas, em seu ombro para chegar mais fundo. Os gemidos de Juvia aumentaram nessa posição. Finalmente o meio demônio e dragão gozou e os dois deitaram na cama.

No dia seguinte quando despertaram os dois ficaram corados com o ocorrido. Issei pediu desculpas a Juvia mas esta disse que gostou do que ambos haviam feito. Os dois decidiram se conhecer melhor afim de descobrir se aquela relação daria certo.

Mais tarde:

Ddraig: Como foi o acasalamento parceiro? (divertido)

Issei (corado): Cale-se Ddraig!

Ddraig: Bem podemos falar da jovem de cabelo azul depois. Agora vamos falar de outros assuntos.

Issei: Tipo?

Ddraig: Como vamos nos livrar da vaca ruiva e conseguir a justiça que você e os seus amigos merecem.

Issei: E como faremos isso?

Ddraig: Uma das minhas hospedeiras tinha um amigo demônio que ficou numa situação parecida com a sua. Deixe-me dizer o que ele fez: o jovem demônio pediu ao Maou daquela época para poder participar do exame que o permitiria subir da classe Baixa para a Alta, por meio de um combate.

Issei: Continue...

Alguns dias mais tarde:

Rias Gremory sentia que algo estava errado. Os membros de sua nobreza andavam dando-lhe um ombro frio e ela podia jurar que viu Akeno, se contendo para não atacá-la. Seu irmão o Maou Sirzechs chamou-lhe para uma reunião.

Ela ficou surpresa ao ver seus pais, os outros Maous, Sona e Sairaorg Bael seu primo olhando-a decepcionados. Quanto a sua nobreza eles também estavam lá. Rias ficou surpresa ao ver Issei junto de uma jovem de cabelos azulados e o fato dele ter um tapa olho, sobre o olho direito.

Sirzechs então anunciou que Rias estava sendo acusada por ter planejado as circustâncias infelizes que levaram aos membros, de sua nobreza se juntarem a ela. Rias é claro negou... até Issei mostrar o seu diário como prova. Depois disso ela foi forçada a tomar uma poção da verdade que a forçou contar tudo.

Depois que isso ocorreu a sentença foi dada. Rias foi deserdada por seus pais, perdeu sua nobreza e foi presa numa prisão dos anjos caídos. O motivo disso foi porque Barakiel o pai de Akeno merecia sua vingança. Ele e sua filha passaram semanas torturando a ex-Gremory sem dó.

Depois disso os dois a castraram (dolorosamente é claro) e a jogaram para monstros demônios, com "ferramentas" aterradoras. Quanto a Issei que havia sido promovido a Classe Alta ele recebeu todos os seus amigos em sua nobreza, de braços abertos. Depois disso a relação dele e Juvia só melhorou com o passar do tempo.

Os dois se casaram e tiveram vários filhos. Anos mais tarde perguntaram ao Sekiryuutei se ele tinha algum arrependimento em ter se tornado um demônio, o moreno olhou para a sua esposa e o seus gêmeos mais novos, Belzard e Elsha. Ele sorriu e respondeu que não.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...