História O Inicio da fama - Capítulo 16


Escrita por: ~

Visualizações 86
Palavras 2.842
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Escolar, Esporte, Famí­lia, Festa, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Olha eu aqui novamente com mais um capítulo. Gente eu terminei de ler uma fanfic incrível, e eu fiquei triste com o fim dela, e agora eu sei como algumas pessoas se sentem quando eu não posto fic

Capítulo 16 - Parece que o jogo virou


Fanfic / Fanfiction O Inicio da fama - Capítulo 16 - Parece que o jogo virou

Pov Ana Beatriz

Cellbit - ANA?!

Ana Beatriz - oi *olha pra tráz* cellbit?!

Cellbit - ué você estuda aqui *chega perto de mim*

Ana Beatriz - Sim né *levanto a mochila*

Cellbit - Caraca *ele me pegou no colo e começou a girar* que sorte ,vou estudar com você... Eu acho *disse me colocando no chão*

Ana Beatriz - *sorri* tomara que sim,você nem sabe qual é a minha sala

Cellbit - Oitavo ano C?

Ana Beatriz - Ai você descobriu *falei colocando a mão na cabeça*

Cellbit - Vou estudar lá, não esta feliz *disse desanimando*

Ana Beatriz - Não... *falo baixo pra assustá-lo* Eu estou super feliz *dou um grito*

Cellbit - Acho bom. A primeira aula e de que?

Ana Beatriz - Como hoje é quinta-feira temos só aula boa ou seja, não temos matemática

Cellbit - é a primeira aula é de que? *disse ancioso*

Ana Beatriz - Vou falar as duas primeiras, a primeira e de música e a outra é de espanhol

Cellbit - realmente as aulas de hoje vão ser boa, mas eae como vai a vida? Arrumou um boy *riu*

Ana Beatriz - Sim arrumei *falei cruzando os braços* e você Rafael Langeri

Cellbit - Não me chame assim *disse fazendo carinho no meu queixo e depois riu* pera você arrumou um namorado *começou rir alto*

Ana Beatriz - Sim.... *interrompida*

Brian - Falei que eu iria trocar de escola por você *falou atras de mim*

Ana Beatriz - *levantei a sombrancelha pro Cellbit e depois virei para o Brian* Nossa que bom meu amor *dou um beijo na bochecha dele*

O Cellbit ficou em silêncio

Brian - Quem é esse?

Ana Beatriz - Meu melhor amigo

Cellbit - VOCÊ TA BRINCANDO, VOCÊ.... VOCÊ TA NAMORANDO O SYNYSTER GATES?! *Gritou e chamou a atenção de todos na escola e com isso veio várias meninas pra cima do Brian*

Katia - BRIAN ,BRIAN, BRIAN,  BRIAN.

Ana Beatriz - Ah não *peguei na mão do Brian e empurrei ele para atrás de mim*

Katia - Brian, sai de perto dela vai pegar sangue de cobra

Brian - Ela é a minha namorada *falou colocando a mão na minha cintura*

Eu olhei pro Cellbit e ele já sabia o que fazer.. Gritamos

Cellbit e Ana - PARECE QUE O JOGO VIROU *começamos rir*

Katia - o o que?!

Ana Beatriz - Você e surda ou que um real

Cellbit - eu gostaria do um real

Katia - Olha, eu aceitaria seu um real, mas não preciso como você já sabe.. Meu pai e dono de três pizzaria aqui de Londrina e a minha mãe e advogada e então...

Ana Beatriz - CALA A BOCA GAROTA SUA VOZ ME IRRITA! prefiro você quieta como era antes

Katia - Não fico *cruzou os braços* eu quero que você prove para mim que ele é o seu "namorado"

Ana Beatriz - Ok *viro pro Brian*

Brian - Não deixa que eu te beijo *ele me beija*

Cellbit - Viu piranha Briana é real

Ana Beatriz - Briana?  *rio*

Cellbit - e uai

Brian - Gostei do seu amigo, ele parece ser legal

Cellbit por dentro estava muito alegre, ele é muito fã dele

Katia - AFF *ela sai do local*

Todos riam dela

Cellbit - Brian vai estudar em qual sala?

Brian - Oitavo ano C

Cellbit - Sério

Brian - Sim sério por que?  *falou botando a mão na minha cintura*

Cellbit - Por que eu e a Ana somos dessa sala

Ana Beatriz - Cellbit nem fique surpreso, se aparece um ano novo vai ser da nossa sala com certeza ,antes de vocês chegarem só tinha 8 pessoas só hoje vai entrar 4 pessoas... Eu acho *falei chegando perto do Brian*

Cellbit - Que.. *chega uma pessoa gritando*

Michelle - Oi Amorzinho *falou chegando perto do Brian*

Ana Beatriz - ah não

Brian - Amorzinho? Eu terminei com você ontem garota, lembra não

Michelle - Mas eu não terminei com você

Brian - Foda - se eu não te quero mais *ele estava ficando nervoso*

Eu e o Cellbit demos distância fomos sentar no banco que a vía ali perto, queremos treta

Michelle - Hum sei *ela beija ele*

No momento que vi aquilo, mano, Levantei com tudo e o cellbit me segurou pois ele sabia que eu era capaz de matar, eu não sabia desse segredo ainda. Mas eu era forte, consegui sair do braço dele e ir até o Brian

Brian - Ta doida *disse andando pra tras*

Michelle - Eu sou doida por vo... 

Dei um soco nela

Ana Beatriz - Eu sou doida por bater em piranha *a Michelle cai no chão*

Michelle - SUA VA@#!

Ana Beatriz - Você me chamou de que? *falei me abaixando*

Michelle - Isso mesmo que você ouviu
Brian - Ana para

Cellbit - ANA PARA *chegou correndo*

Ana Beatriz - vou parar *nem dei ouvidos a eles . Peguei os cabelos loiros de Michelle levantei ela pelo cabelo mesmo e fui puxando até ela cair no chão novamente* As va@#!s cai sempre primeiro na luta

Michelle - Me aguarde *disse levantando do chão e deixando o local*

Olhei pro Cellbit e pro Brian com o olho normal que depois ficou vermelho e deixe eles ali sozinhos

Pov Brian

Brian - Ana espera! *falei tentando pegar o braço dela, mas ela e rápida* Caraca Cellbit! Viu o olho dela

Cellbit - vi *respirou fundo* vou explicar oque era aquilo *ele explicou tudo* é ela e imortal também, só morre com uma facada no coração, por favor não conta pra ela os pais dela pediram pra deixar em segredo até ela ter 18 anos

Brian - ok não vou contar, Que massa!
Cellbit - Que massa mas toma cuidado , ela pode te matar

Brian - vou tomar cuidado,vamos atrás dela

Cellbit - Ok

Pov Ana Beatriz

Bateu o sinal e eu fui a primeira a chegar na sala de música, depois o Brian e o Cellbit chegaram e sentaram la trás comigo

Ana Beatriz - Desculpe eu estava nervosa *meu olho já estava normal*

Brian - Tudo bem amor *sorri*

Ana Beatriz - EAE CELLBITA E A SUA NAMORADA, VOCÊ NÃO ME RESPONDEU *Falei batendo na perna dele*

Cellbit - aí Ana, isso dói, não to namorando só fiquei com uma guria de são paulo

Ana Beatriz - Mas tem o contato dela?
Cellbit - Sim tenho é muito ainda

Ana Beatriz - Que bom daqui a pouco vocês estão *Brian colocou a mão na minha perna e o professor chega na hora*

Professor - Bom dia Classe, temos alunos novos ,por favor , Brian , Rafael , Mikhael e Tarik

Eles foram na frente e se apresentaram,quando o Brian acabou de se apresentar todas as meninas aplaudiram ele, mas ele nem deu bola e foi até onde eu estava

Brian - Calma

Ana Beatriz - Eu to calma *falei olhando pra ele*

Brian - Ok

Professor - Então turma hoje vamos cantar

Ficamos la cantando até bater o sinal para a aula de Espalhou ,bateu o sinal e fomos para a sala

Professor - Bom dia classe teremos hoje teste surpresa de espalhou, Calma ta fácil vocês só vão traduzir algumas coisinhas

Ana Beatriz - Ferrou *falei abaixando a cabeça olhando pro Cellbit, ele fez a mesma coisa*

Professor entregou as provas e começamos a fazer, o Brian foi o primeiro a acaba, depois foi o meu irmão

Ana Beatriz - COMO ASSIM?! *Falei ao ver meu irmão sendo o segundo a acabar*

Pedro Rezende - Eu estudo, diferente de você

Professor - SILÊNCIO!

Cellbit - Acabei finalmente

Ana Beatriz - Ai já e zoa *falei baixo*

Todos acabaram, menos eu. O professor foi ver onde eu estava

Professor - AINDA NA TERCEIRA ATIVIDADE?! *gritou*

Ana Beatriz - O senhor acha que sou o que? Eu nasci no Brasil *falei encarando ele*

Professor - NOSSA SÉRIO?! MENOS UM PONTO NESSA PROVA,  E RÁPIDO VOU PEGAR ELA DAQUI 5 MINUTOS

Ana Beatriz - Mas sua aula acaba daqui 20

Professor - ninguém mandou me avisar que mora no Brasil *virou e começou a andar até a mesa*

Ana Beatriz - que vontade de jogar esse estojo na sua cabeça

Professor - O que disse

Ana Beatriz - vou estudar mais

Professor - Acho bom mesmo *sentou na cadeira olhando pra baixo*

Ana Beatriz - Também acho *jogo a minha borracha nova na cabeça dele*

Cellbit começa a rir. Só quem assite ele sabe como a risada e bem alta

Professor - QUEM JOGOU ISSO?!  RAFAEL?

cellbit - Não foi eu juro *parou de rir na hora*

Professor - Foi quem?! Ninguém que falar?  Ninguém tem recreio

Ana Beatriz - Quem vai impedir?  Você? Coitado como se a terceira aula fosse a última *falei e voltei a fazer a prova*

Professor - ... E.. Na próxima aula minha vocês ficam

Ana Beatriz - próxima aula? Até onde eu sei só temos uma aula sua na semana *falei apontando pro calendário de aulas*

Professor - Então essa borracha e minha *foi até a mim e pegou a prova* acabou

Bate o sinal

Ana Beatriz - Parece que alguem não percebeu os minutos passando, consegui fazer a prova toda

Professor - boa sorte vai precisar, demorou tanto que eu acho que vai tirar um dois menos um , lembra vou tirar um ponto

Ana Beatriz - Ta ok tchau

Ele sai e entra o professor de artes, ele e mais legal sempre deixa todos formarem duplas de quantos quiser..

Professor - Bom dia turma.. Ana senta *disse entrando com roupa de palhaço e maquiagem de palhaço, as meninas começaram a gritar*

Ana Beatriz - gente e só o professor

Ashiley - Dani -se apartir do momento que a pessoa vira um palhaço ele automaticamente vira um palhaço *falou em cima da cadeira*

Professor - DESCEM DA CADEIRA OU MATO TODOS VOCÊS

Ana Beatriz - Vou aplaudir o senhor *aplaudi ele*

Professor - obrigado, podem fazer as duplas

Brian - Amor como você apronta *ele levantou falando*

Ana Beatriz - Ninguém manda o professor de história ser chato *levantei empurrando minha cadeira na dele, o cellbit ficou com o rezende (estranho hoje em dia estão brigados)*

Brian também foi empurrando a cadeira até chegamos bem perto do outro, ficamos nos encarando nem percebemos que o nosso rosto foi chegando um perto do outro

Professor - Que casal lindo *falou perto da gente*

Brian - Desculpa professor *falou se destanciando o rosto*

Professor - Beijam, quero ver vocês se beijando

Ana Beatriz - não professor

Professor - Vai *disse pulando* faz aquela cena novamente

Brian - Melhor não profe... *puxei é beijei ele, eu vi que a Ashiley está nos observando*

Professor - QUE FOFIS, agora sentem *ele riu e volto pra mesa* hoje eu quero que vocês usem a tinta para desenhar o Sul, sabe o mapa então desenha isso

Ana Beatriz - Nossa

Brian - O que amor *disse beijando minha bochecha*

Ana Beatriz - Se desenhar com lápis e difícil, imagina com pincel

Brian - É verdade

Ana Beatriz - pera já sei o que posso fazer *desenhei no papel com o lápis mais ou menos certo o sul* faz isso também amor ai quando acabar passa a tinta por cima

Brian - Ta vou olhar do seu, eu esqueci o formato do Sul

Ana Beatriz - Ok *falei passando tinta por cima do desenho*

Acabamos e mostramos pro professor e bateu o sinal, fomos pro recreio, comprei meu lanche e quando eu estava chegando perto dos meninos a Katia joga refrigerante de cola me mim

Ana Beatriz - ... Você não fez isso *falei olhando pra baixo*

Katia - Ah desculpa queridinha não queria te magoar

Cellbit já pegou meu lanche, ele sabia que eu já estava quando atacando ela mas também eu precisava me alimentar

Ana Beatriz - Magoar? Magoada eu fico como pessoas como você, ridícula sem noção precisa crescer mais *ela era maior que eu* na maturidade, aprede garota ser patricinha não e o certo, para de ir pela cabeça de Ashiley e seja você *falei chegando perto dela quase batendo até que o Brian me pega no colo por trás com um braço*

Brian - Calma amor

Katia - Ana por que você não cuida de você, olha pra você é acha que pode falar assim comigo? Eu sou a mais popular da escola, a terceira na verdade *disse com a mão pra cima que nem aquelas patricinhas fazem* se eu quiser que dois garotos de quebrem na porrada eu posso ta linda então se coloque no seu

Ana Beatriz - ENTÃO CHAMA ELES AQUI AGORA, VAI CHAMA ELES SUA VA@#! QUERO VER SE VEM ALGUÉM VEM ME ENFRENTAR... ME SOLTA BRIAN!  *gritei batendo no braço do Brian*

Brian - Não vou! Fica calma Beatriz! Ninguém vai te bater, não vou deixar *ele era muito forte vivia malhando*

Katia - *Começou a RI* GUILHERME, JOÃO PEDRO!! *IRMÃOS DELA*

Ana Beatriz - Solta Brian eles são fácil de machucar

Brian - Já disse que não

João Pedro - Que foi maninha

Katia - A Ana me xingou.. Pode mater nelas?  *falou com uma voz de bebe e mudou a cara quando mostrei a língua pra ela*

Gabriel Wolff - Posso saber o que está acontecendo aqui?  *Wolff era grande e forte, todos tinham medo dele*

Guilherme - Nada não Wolff

Gabriel Wolff - Quem vai bater na minha amiga?

João Pedro - ninguém

Katia - Anda vira homem e machuque essa garota

Gabriel Wolff - Brian, Solta a fera

Ana Beatriz - Oba *ele me solta* quem ia me bater mesmo *falei chegando perto de Katia*

Katia - Anda meninos

Eles correram

Ana Beatriz - Ta falando sozinha?

Katia - Aff que homens... Pera ANA ANA OQUE VAI FAZER

Ana Beatriz - Para de gritar garota *falei apertando o braço dela* acho bom você não chegar perto de ninguém do meu bonde, ou seja meus amigos e meu irmão, principalmente do Brian *apertei mais o braço dela quando falei do Brian*

Katia - Nossa que medo de você, até parece que você vai

Ana Beatriz - Vou *puxei o cabelo dela até ela encostar no chão, amo fazer isso eu puxo com muita força e até ela chegar no chão demora então, sofra até lá*

Katia - Ai ai ta bom *levantou correndo até as amigas*

Brian - Bruta

Gabriel Wolff - falei, essa daí quando fica nervosa bate na escola toda, menos em alguns meninos

Brian - Nossa fortona

Ana Beatriz - Perdi a fome cellbit

Cellbit - Você tem que comer ou beber um café *se ela não comer ela vai sentir fome de carne humana*

Ana Beatriz - Não Quero

Brian - Amor, só um pouquinho, como você que arrebentar a cara das pessoas sem comer?

Ana Beatriz - tem razão *ela pega e come*

Brian - Isso, já acabou?  *falou surpreso*

Ana Beatriz - Era uma mini coxinha e um chocolate

Brian - Ata.. E esse sinal que não

Sinal bate, todos riram e foram pra sala, era aula de história é sempre e vídeo aula sobre a mitologia grega ,amo história
POSSO DORMIR!!!!

Ana Beatriz - Adoro as aulas dele

Brian - Por que?

Cellbit - você não vai dormir

Ana Beatriz - Vou sim

Cellbit - Se e boba, um homem lindo como seu namorado e você nem vai ficar abraçado com ele, vai dormir?, credo moça *ele riu*

Ana Beatriz - Ta bom *falei colocando a cadeira mais perto da do Brian e ele me abraçou, eu deitei a cabeça no peitoral dele, sim eu era muito pequena*

Cellbit - Eu que ensinei, estou emocionado

Pedro Rezende - Anaaaaaa

Ana Beatriz - Que foi Pedro

Pedro Rezende - Mamãe e papai só vai voltar semana que vem pra casa, é agora?

Ana Beatriz - é agora o que?

Pedro Rezende - Vamos ficar naquela casa sozinhos?!

Ana Beatriz - Sim

Pedro Rezende - Não! Eu não sei você mais vou chamar alguns amigos para dormir lá em casa

Cellbit já olhou pra mim

Ana Beatriz - Acho que também vou

Brian - Acho bom ser menina, e o cellbit ele e gente boa

Ana Beatriz - Se vai cellbit?

Cellbit - Vou, tenho certeza que minha mãe vai deixar, somos do mesmo prédio mesmo então não tem por que ela me levar de carro

Ana Beatriz - Ok

Professor - Silêncio!!!

Ana Beatriz - Quer ir também amor? *falei baixo*

Brian - posso ir?

Ana Beatriz - Pode, se seu pai deixar

Brian - Ok hoje?

Ana Beatriz - sim

Brian - Já to la, meu pai deixa tudo

Ana Beatriz - Ok *comecei a fazer carinho no rosto dele*

Foram duas aulas de história e uma vaga, então fomos embora, Cellbit já tava la em casa com a coisas no meu quarto, transformei a minha cama em cama de casal (ela vira de casal) mas eu chamei três pessoas... Será que o Rezende vai ficar na sala?


Notas Finais


Grande né? Mas é bom capítulo assim.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...