História O Instituto Le Rosey - Capítulo 5


Escrita por: ~ e ~ShawnMendes_98

Postado
Categorias Aaron Carpenter, Cameron Dallas, Carter Reynolds, Hayes Grier, Jack & Jack, Magcon, Matthew Espinosa, Nash Grier, Shawn Mendes, Taylor Caniff
Personagens Aaron Carpenter, Cameron Dallas, Carter Reynolds, Hayes Grier, Jack Gilinsky, Jack Johnson, Mahogany LOX, Matthew Espinosa, Nash Grier, Personagens Originais, Shawn Mendes, Taylor Caniff
Tags Amizade, Amor, Comedia, Escolar, Festa, Magcon, Romance, Shawn Mendes
Visualizações 30
Palavras 985
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Esporte, Famí­lia, Festa, Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 5 - Cap 5




« Angel »


Nesse exato momento estou na salinha do zelador me escondendo dele... Isso mesmo, estou me escondendo do Shawn... Já faz uma semana que eu estou me escondendo do dele, eu sei que é uma atitude infantil e idiota, mas eu não faço a mínima ideia do que está acontecendo comigo esses dias... Toda vez que eu vejo ele eu fujo, não sei o porquê, mas minha pernas simplesmente ganhão vida e vão o mais rápido possível pra longe dele... O pior é que ele vive atrás de mim pra querer saber o porquê deu está fugindo dele, mas felizmente ele não conseguio.... Eu disse não conseguio?! Eu queria dizer ainda não tinha conseguido...


— Pode pelo amor de Deus me falar por que está na salinha do zelador se escondendo de mim?— Shawn pergunta assim que entra.


—Porque eu não quero escutar da sua boca que você transou com a puta da Ashley!!! Sério Shawn?! De todas as putas do mundo você foi trasar logo com ela?! E eu te odeio, mas não o porquê que eu te odeio, afinal eu e você não temos nada e nem nunca vamos ter... Eu pensei que você era diferente dos outros garotos, mas eu me enganei, porque você é igual a todos eles... E eu te odeio TE ODEIO SHAWN!!!! — pensei.


— Eu?! Me escondendo de você?! Ah ah ah, claro que não Shawn, eu não me escondo das pessoas, muito menos de você!— falei.


— Então por que está na salinha do zelador?— ele pergunta.


— Aqui me acalma!— sério Angel?! De todas as desculpas do mundo você foi escolher logo essa... E o prêmio de idiota do mundo vai para Angel Baker.


— Aqui te acalma?— Shawn pergunta com uma cara de convencido.


— Sim Shawn. Por que? Eu não posso ser uma menina comum na salinha do zelador? Você tem alguma coisa contra a salinha do zelador?


— Me fala a verdade Angel— ele fala se aproximando. QUE PORRA ESTA ACONTECENDO?!!


— E-eu estou falando— esse lugar é pequeno né?! Eu não tinha percebido isso.


— Tá é?— ele fica mais perto fazendo eu dá dois passos pra trás e bater minhas costas em um armário com produtos de limpeza— E por que eu não acredito?— ele pergunta e chega mais perto, nossos rostos estão muito, MUITO perto um do outro.


— Não sei— falo com o mínimo de voz que me restava.


— Já falei que você é muito linda?


— Sh-shawn...


— Por que foge de mim? Por que se esconde?


— Você transou com a Ashley?— pergunto em um sussurro, mas ele escuta e olha nos meus olhos.


— O que? Por que tá me perguntando isso?— ele se afasta um pouco.


— Não sei. Esse é o grande problema. Eu não sei— falo rápido, nem mesmo me entendendo.


— Eu...— ele começa a falar mas eu o interompo.


— Não, não Shawn não fala nada. Porque nem eu tô me entendendo mesmo... Eu tô ficando louca, só pode ser isso. Eu tô enlouquecendo, tô ficando doida... Por quê que eu tô te perguntando isso quer dizer, nem é da minha conta se você transou ou não com ela. A vida é sua você faz o que quiser com quem quiser e eu não devo me meter, na verdade eu nem sei porque eu tô falando tudo isso eu só vou calar a boca, isso mesmo vou calar minha boca porque só sai merda dela. Eu já devia ter parado de falar né?! É eu já devia, mas eu não sei porque eu não consigo quer dizer eu....— paro de fala ao sentir os lábios do Shawn colado aos meus em um beijo carinhoso— E-eu... Err... Isso foi... Bom... muito bom.


— Desculpa... Desculpa Angel... Eu... Eu só vi você e a sua boca, e eu fiquei com muita vontade de fazer isso— ele para e olha pra mim— E eu quero fazer de novo— ele não me deixa nem raciocínar direito e me beija de novo, mas dessa vez com mais vontade e pegada. Sua língua pede passagem e eu sedo sem nem pensar. É como se meu corpo fosse controlado por ele, como se eu fosse uma boneca de pano nas mãos dele. Eu nunca sentir isso.


Estávamos nos beijando ferozmente, como se o nosso corpo estivesse a vida toda esperando por isso. Como se fosse nosso primeiro e último beijo. Como se meu sangue fosse larva fervente em minhas veias.


Paramos o beijo por falta de ar... Maldito ar....


— Nunca transei a Ashley. Nunca nem sair com ela— ele falou sorrindo de lado.


— Err... Ok— falo.


— Ok.


— É... Ok— falo e saio o mais rápido possível de lá.


Saio correndo em direção ao meu dormitório, entro no mesmo e encontro Mari e Sof.


— Viu um fantasma foi?— Mari pergunta.


— Shawn— é só o que eu consigo falar.


— O Shawn é seu fantasma? Ok, eu concordo que o garoto é mais branco do que um urso polar no meio da neve comendo sorvete e assistindo Frozen, mas ele não chega ao ponto de ser transparente né?!


— Beijei— falei quase sem voz.


— O que você beijou— Mari pergunta com um sorriso malicioso.


— Shawn, meu Deus... Eu beijei o SHAWN— falei entrando em pânico.


Como eu pude beijar ele, eu disse que jamais ficaria com ele, e o que eu acabei de fazer?! Fiquei com ele...


— VOCÊ BEIJOU O MENDES?!— Sophia grita.


— Cala a porra da boca merda!— falo.


— Foi mal, mas eu não tô acreditando, você beijou o Bambi... Cara você beijou o virgão do Shawn— Sophia fala.


— Caralho... Por essa eu não esperava— Mariana fala— Você tirou o BV do Bambi.


— Parem de chamar ele de Bambi— falo me jogando na minha cama e gritando contra o travesseiro.


— Mas ele é o Bambi, o nosso Bambi, ele é virgem, nunca vimos ele com nenhuma menina, ele é doce e gentil... Ele é o Bambi... Cara.... Você tirou a inocência do nosso Bambi— Sof fala rindo.


— Arrrrg Calem a boca— falo.















Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...