História O Insuportável Do Meu "Colega" - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Shadowhunters
Personagens Alexander "Alec" Lightwood, Clary Fairchild (Clary Fray), Isabelle Lightwood, Jace Herondale (Jace Wayland), Magnus Bane, Personagens Originais, Raphael Santiago, Simon Lewis
Tags Alec, Hunters, Magnus, Malec, Shadow, Shadowhunters
Exibições 146
Palavras 615
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Comédia, Escolar, Famí­lia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Desculpa a demora, esses meses tem sido dificil, tanto na escola, tanto em casa, mas eu voltei :))

Capítulo 7 - Eu quero acabar o que a gente começou!


A campainha toca denovo e dessa vez Magnus foi atender, ele abre e um garoto, que parece ser um pouco mais velho que nos aparece. 

-Ragnor, meu querido, o que faz aqui a essa hora? – Magnus pergunta tentando ser gentil

-Eu ia passar a semana aqui, lembra? – O amigo dele responde levantando as malas

-Nossa, verdade – Magnus coloca a mão na testa dando passagem para ele passar.

-Não sabia que trazia garotos para sua casa Mag – Ragnor diz apontando pra mim que fico todo sem jeito

-Só estávamos fazendo um trabalho Rag – Magnus diz tentando esconder.

-E eu já estava de saída – Eu disse tentando sair dali o mais rápido possível

-Nem vai em apresentar o seu colega? –Ragnor diz para Magnus

-Talvez depois – Magnus diz me ajudando a sair dali

Me despeço rápido dos dois e saio, com certeza ele faria um milhão de pergunta a Magnus e eu quero estar fora disso.

~Magnus

-Depois que ele machucar o seu coraçãozinho não vem correndo me pedir ajuda – Ragnor me diz, sempre que eu me machucava por causa de garotos eu corria atrás dele ou de Catarina.

-Não vou, Alexander não é assim – Na verdade eu espero

-Então esse é o nome do garoto – Ele diz com um sorriso vitorioso no rosto por conseguir arrancar alguma informação – Ele que fez isso? – Ele aponta pro meu pescoço

-Isso o que? – Vou no espelho e vejo uma marca enorme –Nem tão grande assim- No meu pescoço – Ragnor você já conhece a casa pega suas coisas e vá arrumar no quarto de hospedes que eu vou pro meu – Deixo ele ali sozinho e vou para o meu quarto.

~Alec

Eu ainda estava tentando raciocinar o que eu acabei de fazer, eu não deveria ter cedido assim, tenho certeza que ele vai enjoar e pegar outro, esse é o Magnus Bane, e minha mãe, ela nunca aceitaria algo do tipo, eu estou tão confuso, acho que a única com quem eu posso desabafar é com a Izzy.

Assim que entro em casa vejo tudo vazio, olho nos quartos, Jace e Max dormindo enquanto Izzy estava no quarto dela escutando musica, eu entro no quarto e fecho a porta se sentando na ponta da cama, assim que ela percebe a minha presença tira fone e abre um sorriso pra mim.

-Izzy, eu posso conversar com você? – Eu falo meio inseguro

-Voce sempre pode irmãozinho

-Eu to com um problema – Falo para ela

-E esse problema tem nome e sobrenome? – Como ela sabe?

-Magnus Bane – Digo dando uma pausa e logo continuo – Eu fui pra casa depois da escola, como de costume, mas eu acabei ficando com ele – Digo meio envergonhado, eu geralmente não converso com ninguém sobre a minha vida

-E qual o problema? – Ela diz como se fosse normal

-Izzy, eu to com medo, de você sabe – Digo sem continuar

-De você ser só mais um na lista dele – Ela completa

-É – Abaixo a cabeça

-Ei – Ela levanta a minha cabeça – Magnus é diferente com você, ele te olha de um jeito diferente, te trata diferente, ele gosta de você, assim como você gosta dele.

Passamos mais um tempo conversando sobre o Magnus, Simon entre outros assuntos, pelo jeito o relacionamento da Izzy com o Simon esta cada vez mais sério, fico feliz por ela.

Fui para o meu quarto, tomei um banho, coloquei uma roupa confortável e me deitei, assim que eu me deitei recebi uma mensagem.

Magnus

Não sabia que o Ragnor vinha para cá hoje.

Alec

Não tem problema.

Magnus

Tem sim, eu quero acabar o que a gente começou.

 

Depois daquela mensagem eu não respondi mais nada, eu não sabia o que responder na verdade.


Notas Finais


Sempre comente o que achou do capitulo e se querem mais! Sua opinião é sempre bem vinda


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...