História O Intercâmbio (JiKook) - Capítulo 25


Escrita por: ~

Postado
Categorias Akdong Musician (AKMU), Bangtan Boys (BTS), Got7
Personagens BamBam, Jackson, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Lee Soo-hyun, Mark, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Exibições 370
Palavras 814
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


PS:PRA QUEM LEU O CAPITULO ANTERIOR LOGO QUANDO EU POSTEI, EU FIZ UMA ALTERAÇÃO LÁ, ACRESCENTEI ALGUMAS COISAS...BEIJOS ^^
OBS: Se você é dessas que chora com fic, cuidado.
Escrevi esse Cap ouvindo Butterfly, You're My e Let me Know. CHOREI...
Se você estiver ouvindo as músicas que dão Bad, Por favor, pausa-lás. Será melhor '-'
Cheguei~

Capítulo 25 - Passado do Jiminie.


Fanfic / Fanfiction O Intercâmbio (JiKook) - Capítulo 25 - Passado do Jiminie.

 

No carro...

 

JK: Pra onde a gente vai Jimin?

JM: Vou te levar pra aquele lugar e depois vamos para um restaurante comer alguma coisa. 

Jimin me leva a esse lugar e a viagem de carro foi silencio total. Chegando lá ele deita no chão olhando as estrelas e vejo que seus olhos brilham e vejo lágrimas nos seus olhos... Deito-me também.

JK: Nossa realmente aqui é lindo.

JM: Realmente. Eu sempre vinha aqui.

JK: Se eu mora-se aqui, sempre vinha também.

JM: Pois é Kookie.  As estrelas daqui são um máximo.

JK: O que você quer dizer com vinha? Não vem mais? 

JM: Não... (Falo chorando)

JK: Por quê? Aqui é tão lindo.

JM: Eu sempre vinha quando era criança. Na maioria das vezes eu estava chorando...

JK: Por quê?

JM: Meus pais brigavam muito, e sempre que eles brigavam eles brigavam comigo por bestagem. Por que eu não joguei o lixo pra fora ou deixei a toalha no chão... Eles me batiam por coisas do tipo. E eu sempre fugia pra cá. Esse lugar me lembra desses tipos de coisa...

JK: Ouh Jimin... (Falei chorando) 

JM: A última vez que eu vim aqui foi eu quase morria, de tanta dor...

JK: Eles te bateram muito forte?  

JM: Naquela noite... Eles morreram... Assassinados... Na minha frente... Eu só tinha 13 anos. (Falava pausando, pois eu estava chorando.) 

JK: Meu Deus Jimin,( Falo o abraçando forte.) Não precisa continuar se não quiser...

JM: Deixa tudo bem... 

Eu estava indo com eles de carro pra casa da minha avó. Ais apareceram ladroes, pedindo dinheiro... Meu pai disse que não tinha nada ali. Os ladroes mandaram todos nós sairmos do carro, Inclusive eu. Eles apontaram uma arma na minha cabeça e falaram “Se vocês não arrumarem alguma coisa agora, ele morre.” 

Meus pais desesperados disseram: “ Leve o carro, tudo o que você quiser mas largue ele.” 

E os ladroes: “Só o carro não é suficiente.” 

 

Eles atiraram na minha mãe e no meu pai e então ouviram o barulho da policia e saíram correndo e eu estava chorando em cima dos meus pais e as ultimam palavras do meu pai foi: “Filho... Me desculpe se eu não fui o melhor pai do mundo. Mas, saiba que eu te amo.” E da minha mãe falou: “Eu te amo filho, seja muito feliz. Eu sempre cuidarei de você” e apagaram... (Falei chorando e o Kookie em abraçava mais forte... chorando.)  Não tive mais ação a não ser chorar e gritar.

A policia chegou e chamaram uma ambulância... Mas o medico disse: “Fizemos todo o possível, mas, eles não resistiram...” 

Os policiais falaram que iam me levar pra casa de algum parente ou algo assim, não me recordo e eu sair correndo... Pra cá... E quase me matava... Eu estava sozinho, não tinha ninguém comigo. Meus parentes eu quase não tinha convivência... Cresci sozinho, nunca tive amigos... Morei com minha avó por 3 anos ... Depois eu não aguentei mais. Comprei uma casa e moro nela até hoje... Comecei conhecendo o Jin no colégio e por isso que o chamo de Omma, ele foi minha mãe quando ela não estava... E o Nam, meu Appa que eu não tive...  Eu era tímido, assim  como você era Kookie... Mas depois, eu mudei...  O Tae, Hobi e o Suga são meus irmãos... Eles me ajudaram a levantar  quando eu cair... Eu também me cortava Kookie, mas eles me ajudaram a parar... Assim como você, me apaixonei por uma garota que me magoou, me traiu pra ficar com outro...  A Lee e o BamBam... Eu e o BamBam nunca fomos amigos, mas ele nunca gostou de mim... E me sentir triste. Frio. Sozinho.  Até que você apareceu, me mudou... E eu te amo... 

JK: Jimin, você não está mais sozinho... Eu estou com você. Nunca vou te abandonar. Pode contar comigo pra tudo... Estou com você e vai ficar tudo bem...

JM: Ficou quando você chegou... Obrigado por existir Kookie... Não me abandona! Nunca! Por favor...

JK: Não vou Jimin! Nunca. 

JM: É uma má hora pra você me beijar?

JK: Talvez...

JM: Não me importo... Kookie, me beija. 

Jungkook puxa Jimin pela cintura o segurando pela nuca o beijando delicadamente e devagar para que ele não se sentisse se desconfortável. JungKook limpava as lágrimas do Jimin e Jimin fazia o mesmo com o Kookie. 

 Jungkook para o beijo.

JM: Eu te amo Kookie, por favor não vai embora..!

JK: Calma Jiminie, eu já disse, não vou! Eu te amo não vou te deixar só...

JM: Não quero que você fique por pena.

JK: Não vou ficar aqui por pena, é por que eu o amo, e faria tudo por você...

Beijo curto...

JM: Vamos mudar de assunto... Tá com fome? 

JK: Um pouco.

JM: Vamos à Pizzaria? 

JK: Pode ser...

JM: Mas antes... Kookie...

JK: Oi Jiminie? 

JM: Namora comigo?


Notas Finais


Taaaaaai. Passado do Jimin. <3
Amo vocês <3
Aproveitem <3
Provavelmente ultimo de hoje. <3
Desculpem os erros ortográficos. <3

Sai~


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...