História O inverno mais escuro - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Warrior Cats (Gatos Guerreiros)
Personagens Personagens Originais
Tags Clã, Clã Do Inverno, Gatos Guerreiros, Olhar Noturno, Warriors Cats
Visualizações 2
Palavras 1.021
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Ficção, Luta, Mistério, Romance e Novela, Saga, Sobrenatural, Survival, Suspense, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Yo minna! < ♥
Bom, desculpe se escrevi errado, mas cá está o4º capítulo, espero que gostem boa leituraa!

Capítulo 4 - A batalha.


Um miado estridente ecoou na noite, e o gato de olhos azuis parou por um momento.

Não sabia se avisava seus companheiros ou se ia em socorro aos outros.

Logo, Manto De Cacto decidiu fazer ambas as coisas e outro miado foi ouvido, porém saído da garganta do guerreiro alaranjado.

...

Enquanto isso, na fronteira do Clã Vermelho.

Olho De Folha parou de repente o que falava, pois certos odores não o agradaram.

--Gatos de seu clã! Falou para Chama Sombria e Fogo Da Noite, que logo trataram de sair do local.

--Eles não vão nos ajudar?

Perguntou Pelo De Terra enquanto recebia um olhar debochado por parte do irmão, Dente De Espinho.

--Se eles nos ajudarem, vai tudo por água abaixo – falou Olho De Folha.

E então, os 3 guerreiros puseram-se a caminho da batalha.

...

   --Fomos detectados! Falou Olhar Noturno para Olho De Falcão que logo ficou em posição de ataque.

E logo, três guerreiros do Clã Vermelho surgiram por entre as árvores.

Um era grande e de pelo amarelo queimado enquanto outro era da cor de rio barrento.

Já o terceiro, possuía o pelo negro porém com enormes manchas brancas.

--O que fazem aqui em nossa fronteira?

Perguntou desafiador Olho De Folha, e Olhar Noturno o fitou.

--Pelo que eu saiba, Olho De Folha esta também é nossa fronteira...

O gato castanho foi interrompido pelo outro, que sem demora levantou as patas para atacá-lo.

Olhar Noturno apenas desviou-se, rolando para o lado fazendo com que apenas ficasse um leve arranhão em seu rosto.

Em seguida, recuou.

   Enquanto isso, Olho De Falcão e Pelo De Terra rolavam pelo chão, a gata lilás conseguindo morder a pata dianteira direita da oponente.

Pelo De Terra uivou de dor, e Olho De Falcão logo viu-se sendo jogada ao chão por um guerreiro manchado.

Agora, Olho De Falcão estava imobilizada, e com dois guerreiros a atacando.

   Já com Olhar Noturno, a coisa era um pouco diferente.

Ele havia conseguido esquivar-se de Olho De Folha, que soltou um grunhido de frustração.

--Olho De Folha, você ataca rápido demais – falou o guerreiro do Clã Do Inverno.

--Ainda não aprendeu?

Perguntou provocando ainda mais.

Aprendi muito bem. Olho De Folha miou, e em seguida saltou sobre Olhar Noturno.

O gato castanho era menor que o amarelo queimado, porém era mais ágil.

Mas desta vez, sua agilidade não adiantou pois, logo foi atirado ao chão e teve sobre si Olho De Folha que, ao ver o gato debater-se e tentar se soltar riu com satisfação.

--Acho que quem não aprendeu foi você, não aprendeu a baixar a guarda.

--Não. Olhar Noturno sussurrou.

--Você que não aprendeu mesmo.

E com um movimento de pata, arranhou profundamente o focinho de Olho De Folha, que largou o guerreiro.

--Arg! Hora seu...

Olho De Folha foi interrompido por um miado que vinha do outro lado da clareira.

   Ao olharem para o lado, viram mais 3 gatos, que lutavam com Pelo De Terra e Dente De Espinho.

Brilho De Ouro mantinha Pelo De Terra sob suas patas, enquanto apertava-lhe a garganta.

Já Manto De Cacto e Dente De Espinho estavam sentados, um a encarar o outro.

--Você não tem coragem, falou o guerreiro preto e branco.

--Ah pois tenho, disse Manto De Cacto enquanto saltou sobre o outro, o derrubando.

Enquanto isso Leão Negro dirigia-se junto de Olho De Falcão para aonde se encontravam Olhar Noturno e Olho De Folha.

O gato de olhos verdes estava sob o outro, mais uma vez.

E desta vez, não seria um arranhão no focinho que iria impedir o maior de acabar com o menor.

Mas um gato todo negro talvez o poderia...

Leão Negro não esperou duas vezes e saltou sobre Olho De Folha, o mordendo na nuca e o tirando de cima de seu ex aprendiz.

   Olho De Folha olhou por um momento para os gatos lutando e sentou-se.

Uma atitude que, com toda a certeza era arriscada.

Avaliou a situação, eram 3 gatos do Clã Vermelho contra 5 do Clã Do Inverno, ele naquele momento, ao ver Olhar Noturno e Leão Negro o encarando viu que seria burrice continuar naquela luta, ainda mais que Dente De Espinho e Pelo De Terra perdiam para Brilho De Ouro e Manto De Cacto.

--Guerreiros, recuar! Gritou, e no mesmo tempo os gatos pararam a luta.

--Mas... Pelo De Terra ia contestar, porém Dente De Espinho a pegou pela nuca a levando para fora do campo de batalha, ambos sendo seguidos por Olho De Folha, que antes de se retirar lançou para Olhar Noturno e Leão Negro um olhar ameaçador, e que dizia claramente que aquela batalha não havia terminado.

...

Já de volta ao acampamento do Clã Do Inverno, Olhar Noturno e Olho De Falcão haviam ficado mais para trás dos outros.

--Mas afinal, o que deu em você para ficar para trás?

Olho De Falcão levantou as orelhas e arqueou as sobrancelhas.

--Quando estávamos para sair da fronteira do Clã Vermelho, começou ela - --Senti cheiro de gatos de nosso clã, e antes que fale qualquer coisa vinha de outra direção, totalmente contrária a nossa.

--Estranho. Quando a encontrei também senti leves odores De gatos de nosso clã... Olhar Noturno diminuiu a velocidade.

--E isso não é tudo. Olho De Falcão postou-se ao lado do outro.

Estranha, e até mesmo assustadora foi a conversa que ouvi.

--Conversa?

Olhar Noturno parou e se sentou, mas antes que Olho De Falcão pudesse falar qualquer coisa uma voz os interrompeu.

--Então vocês estão aí!

   Era Pelo De Vidoeiro, que vinha trazendo algumas folhas na boca.

--Vamos para minha toca, precisamos cuidar desses machucados.

--Estou bem, falou Olhar Noturno e Olho De Falcão assentiu.

--Não. Pelo De Vidoeiro insistiu.

--Vamos agora para lá.

Vendo que não havia alternativa, ambos seguiram o curandeiro até a toca, aonde Manto De Cacto, Leão Negro e Brilho De Ouro já estavam sentados com curativos no corpo.

..............

Enquanto isso, alguém os observava.

Como um predador que espreita sua presa, apenas esperando a hora certa para atacar.

Na mente do ser apenas um pensamento, a noite seria muito mais longa para um certo gato.


Notas Finais


Genten, estou sentindo falta de comentários nessa fanfic.
E por isso eu peço que comentem favorite se gostarem, e se não gostarem comentem tbm, para que assim eu saiba aonde poça melhorar!
Nos vemos em breve, e haverá mais ação no próximo!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...