História O irmão da minha melhor amiga - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fairy Tail
Personagens Lucy Heartfilia, Natsu Dragneel
Tags Gale, Gruvia, Jerza, Miraxus, Nalu
Visualizações 535
Palavras 2.053
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Festa, Hentai, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oieeee <3 Eu acabei nem postando na terça porque eu estava muito ocupada, então decidi postar na sexta, mas só deu para postar no sábado. Eu percebi que coloquei o capítulo 2 como capítulo 3, eu sou muito lesada. Eu vou deixar esse cap como o 4 só que ele é o 3. Isso está tão confuso, estou bugando. Então é isso pessoal, espero que vocês gostem. Boa leitura <3
*** Não liguem para os erros ortográficos, estou trabalhando para corrigi-los***

Capítulo 3 - Capítulo 3


- O que você está fazendo aqui ? – perguntei tentando me manter firme

- Oras – riu me fazendo arrepiar – Vim te ver – se aproximou e eu recuei

- S-Sai daqui – gaguejei encostando na parede. Ele continuou vindo em minha direção

- Não precisa ter medo gatinha – sorriu malicioso – Nós só vamos brincar um pouco – falou e eu estremeci

- Está acontecendo algo aí ? – suspirei aliviada ao ver o rosado encostado no corrimão da escada com uma mão no bolso e outra segurando uma taça

- Natsu! – corri em sua direção, mas fui empedida  por Loke, que segurou o meu pulso – M-Me solta – falei tentando se livrar do mesmo

- Ainda não acabamos de conversar bebê – apertou ainda mais o meu pulso me fazendo gemer de dor. Foi tudo tão rápido, quando me dei por mim, Loke já estava no chão e Natsu o encarava com raiva. Abracei o rosado que logo retribuiu.

- Ele te machucou ? – perguntou visivelmente preocupado e eu neguei – Quem é esse babaca ? – encarou Loke novamente, que já estava se levantando

- Ora ora – riu sarcástico – Natsu Dragneel está bancando o cavalheiro

- Ninguém toca no que é meu – disse friamente enquanto encarava o meu pulso avermelhado – Loke não é? Fica esperto cara – o olhar do Natsu estava me deixando com medo, o burro do Loke ainda devolveu o mesmo olhar, ferrou.

- Vamos Natsu – o puxei – Não vale a pena – Natsu não disse nada, apenas me acompanhou para dentro da mansão

- Quem é aquele cara ? – perguntou me encarando

- Meu ex-namorado obsessivo – suspirei

- Você é ótima em escolher namorados – debochou me abraçando pela cintura

- Concordo com você – ri

- Eu prometo que ele nunca mais vai encostar em você – falou confiante

- Eu sei disso – sorri bobamente

- Vamos lá no pessoal  - falou e eu assenti com a cabeça

Caminhamos até eles que estavam conversando animadamente. Comprimentei o Gajeel, o Gray e o Jellal e me sentei ao lado de Erza. Natsu só sorriu e se sentou ao meu lado ainda sério. Suspirei

- Não precisa ficar assim – falei segurando sua mão

- Ok – disse ele suspirando

Lucy Pov´s Off

Natsu Pov´s On

Sai do banheiro com a toalha amarrada na cintura e com os cabelos molhados. Me vesti rapidamente já que não tenho frescura para me arrumar. Só faltava a gravata, o relógio e o perfume, além do sapato. Calcei meu sapato social, se eu não fosse com ele, Grandine iria me matar. Coloquei a gravata, o relógio e passei o perfume. Dei uma olhadinha no espelho, peguei o meu celular e desci as escadas. Luce estava de costas para mim, esse vestido vermelho marca suas curvas e seu bumbum empinado, mordi meus lábios inferiores. Essa mulher ainda vai me matar. Erza usava um vestido branco com manga rodado. Nenhuma das duas notou a minha presença, então resolvi me pronunciar.

- Prontas ? – falei enquanto descia os últimos degraus da escada 

Luce se virou rapidamente e ficou me encarando por um tempão. Desci o meu olhar para o seu decote, essa mulher literalmente quer me matar. Ela ficou tão sexy e atraente nesse vestido. Eu estava começando a ficar sem graça com ela me encarando dessa forma.

- Chega Luce – falei tirando ela do transe – Eu sei que eu sou lindo, mas não é pra tanto – sorri safado ao ter pensamentos impuros com a mesma

- Convencido – inflou suas bochechas corada. Se eu pudesse morder ela, faria isso agora.

- Vocês estão lindas – pisquei e elas agradeceram

- Ah Luce – me aproximei – Mais tarde a gente termina o que o Sting atrapalhou – sussurrei em seu ouvido fazendo ela ficar toda arrepiada e corada. Ela não é tão santa quanto parece.

- Chega de namorar – falou Erza bufando – Vamos logo – eu esqueci completamente dela

~~ 20 Minutos depois ~~

Assim que descemos do carro, fomos cercados por vários paparazzi. Eles me irritam muito, ainda mais com aquele maldito flash ligado. Erza apertou o passo, Luce e eu fizemos o mesmo. Logo entramos na mansão ‘’Dragneel’’ e fomos recebidos pela minha mãe, que estava radiante.

- Que bom que vieram – abraçou a Erza e a Luce primeiro, depois veio me abraçar

- Não tive muita opção – ri sem humor pegando uma taça de champanhe da bandeja do garçom

- Não liga para ele Mãe – falou Erza com cara de poucos amigos – Ele está assim porque a Luce não deu um trato nele – falou e eu engasguei, minha mãe arregalou os olhos e Luce corou.

- M-Meu filho e a Lucy ? – perguntou incrédula

Eu vou matar a Erza. Natsu é hora da sua escapada de mestre.Olhei ao meu redor e vi o Gray e o Gajeel conversando.

- Olha o Gray e o Gajeel – sorri forçado – Eles estão me chamando – caminhei até eles, deixando as três para trás.

Eu não iria falar sobre isso para minha mãe. Do jeito que ela é, vai espalhar para todos da família que eu estou namorando.

- Fala foguinho – disse Gray ao apertar minha mão me fazendo rir

- Salamander – apertei a mão do Gajeel dessa vez

- Como vai a Lucy ? – perguntou Gray maliciosamente

- Como vai a Juvia ? – rebati e ele revirou os olhos

- É Gray, como vai a Juvia? – disse Gajeel rindo

- Ela está brava comigo – suspirou – Gemi o nome da Kagura e ainda falei merda para ela no momento do desespero – afrouxou sua gravata. Gajeel o encarou incrédulo e eu balancei a cabeça negativamente.

- Você deu mancada cara – falou Gajeel e eu concordei

- Eu sei disso ! Só não sei como me desculpar – puxou seu cabelo para cima

- Diz a ela o que você sente – dei de ombros e eles arregalaram os olhos

- Natsu dando esse tipo de conselho ? O mundo está acabando – ironizou Gajeel

- Cala boca – revirei os olhos

- Boa ideia – disse Gray pensativo – Vou fazer isso – saiu a procura de Juvia

- Vou tomar um drink e procurar os meus amigos – falou Gajeel me fazendo rir

Dei uma olhada pela casa e encontrei Luce conversando com Zeref, sua noiva e o meu pai. Vixi! Vou ter que ir lá, senão meu pai me mata. Peguei mais uma taça de champanhe, peguei meu celular e comecei a olhar publicações alheias no Facebook. Guardei o mesmo assim que vi Lisanna entrar pela maldita porta e Luce a encarar com uma cara nada boa. Tentei me esconder, mas foi inútil. Quando me viu, correu e me abraçou. Pude sentir seus seios serem apertados contra o meu peitoral, de tão forte que ela me abraçou. Vi Luce revirar os olhos, já que eu estava de frente para ela. Lisanna começou a falar e eu só concordava, fingindo estar interessado. Cadê o viado do Gajeel nesse momento ? Lisanna não calava a boca, eu já estava ficando irritado. Comecei a prestar atenção nas caretas que a Luce fazia, até a Levy chamar sua atenção. Lisanna se aproximou de mim e sussurrou “ A Lucy não para de te encarar, estou começando a ficar irritada já que você me pertence “ ri. Essa aí é trouxa. Para finalizar, ela tentou me beijar, desviei encarando a Luce. A mesma estava com a cabeça abaixada, disse algo para suas amigas e saiu.

- Tchau Lis – forcei o sorriso e ela me encarou sem entender nada. Sai de lá o mais rápido que eu pude. Notei que a Luce foi para o Jardim, não demorou muito, um cara que eu não conheço foi atrás dela. Estranho, muito estranho. Antes de ir atrás deles, fui falar com Zeref.

- Parabéns mano – o abracei dando tapinhas em suas costas

- Obrigada irmãozinho – sorriu

- Você deve ser a Mavis, não é ? – sorri mostrando minhas covinhas – Me chamo Natsu – beijei sua mão direita e ela sorriu

- É um prazer em conhecê-lo – disse a mesma

- Vou ter que ir ali – falei e eles acentiram – Ah Mavis, quando você se cansar do mané do meu irmão, é só me ligar – pisquei para ela que estava corada. Zeref me encarava mortalmente. Ri e sai de lá, indo para o jardim. Ao chegar lá, arregalei os meus olhos. Aquele tal cara estava se aproximando cada vez mais da Luce, que estava assustada. Me encostei no corrimão, com uma mão no bolso e outra segurando uma taça.

- Está acontecendo algo aí ? – perguntei e a Luce suspirou aliviada

- Natsu ! – correu em minha direção, mas foi empedida por aquele desgraçado – M-Me solta Loke – falou tentando se soltar

- Ainda não acabamos de conversar bebê – apertou o pulso da Luce que gemeu de dor. Depois disso, eu não consegui me controlar. Tentei me acalmar, mas não deu certo. Desci aquelas escadas rapidamente e soquei a cara do tal de Loke com força, o coitado foi parar no chão. Continuei o encarando com raiva, até a Luce me abraçar.

- Ele te machucou ? – perguntei preocupado e ela negou – Quem é esse babaca? – encarei Loke, que estava se levantando.

- Ora ora – riu sarcástico – Natsu Dragneel está bancando o cavalheiro ?

- Ninguém toca no que é meu – falei friamente encarando o pulso avermelhado de Luce – Loke não é ? Fica esperto cara – o encarei mortalmente. O mesmo me devolveu o olhar, esse cara está pedindo para apanhar feio.

- Vamos Natsu – me puxou – Não vale a pena – ela tem razão. Fiquei calado e a acompanhei para dentro da mansão.

- Quem é esse cara ? –   perguntei a encarando

- Meu ex-namorado obsessivo – suspirou

- Você é muito boa para escolher namorados – debochei enquanto a abraçava pela cintura

- Concordo com você – riu

- Eu prometo que ele nunca mais vai encostar em você – falei confiante

- Eu sei disso – sorriu bobamente

- Vamos lá no pessoal – falei e ela assentiu

Caminhamos até eles, oh povo animado. Luce cumprimentou o Gray, o Gajeel e o Jellal, se sentando ao lado da Erza. Sorri e me sentei ao seu lado ainda sério., vendo a mesma suspirar.

- Não precisa ficar assim – segurou minha mão

- Ok – suspirei

[...]

O resto do jantar foi tranquilo, por incrível que pareça. Agora Zeref e Mavis são oficialmente noivos. Agora são exatamente 03h10 da manhã, chegamos ás 01h30, porém, não consegui dormir. Assim que chegamos, Luce foi direto para o seu quarto, assim como Erza. Me sentei no sofá com uma xícara de chá nas mãos. Olhei pela janela, a chuva caia com mais força agora, até trovejava. Liguei a Tv e diminui o volume para não acordar as meninas. Abri a netflix e dei play em Dr.House, a única série que eu venho acompanhando ultimamente. Ouço passos e olho para escada. Lá estava ela com seus cabelos loiros bagunçados, usava um conjunto de moletom cinza, meias e sua pantufa nos pés. Tinha em seus braços seu travesseiro e sua coberta.

- Natsu ? – me chamou enquanto coçava seus olhos

- Oi Luce – falei e ela sorriu, vindo em minha direção

- Posso ficar aqui com você? – pediu – Não estou conseguindo dormir, tenho medo de trovões – falou envergonhada me fazendo rir

- Claro, vem cá – coloquei a xícara na mesinha e abri meus braços. Ela correu para o sofá e deitou  em meu peitoral. Se cobriu com a coberta e eu comecei a afagar seus fios loiros.

- Assim eu não resisto – murmurou e eu ri -  Além de ser lindo, educado, ainda é carinhoso mesmo quando está concentrado na televisão – falou

- Claro, eu sou o Natsu Dragneel – me gabei

- Você é incrível – sussurrou

- Você está me deixando sem graça – falei e ela riu – É melhor você dormir hein – ela concordou e se alinhou mais em meu peitoral, pegando no sono logo em seguida.

Terminei de assistir aquele episodio e desliguei a Tv. Deitei a Luce no sofá, que resmungou, mas não acordou. Peguei a xícara que estava em cima da mesinha e levei para a cozinha, colocando na pia. Voltei para sala e peguei a Luce com cuidado, subi as escadas devagar.  Abri a porta do meu quarto, caminhei até a cama e deitei a mesma delicadamente. Coloquei o meu moletom e me deitei na cama. Puxei a coberta e nos cobri. Abracei ela e peguei no sono logo em seguida.

Natsu Pov´s Off

 


Notas Finais


Esse Gray é muito burro >< tadinha da Ju
Natsu carinhoso ? acho que alguém está mudando
No próximo capítulo o Gray vai contar como foi com a Juvia haha
Tenho a leve impressão de que esse tal de Loke é pior que a Lisanna e vai acabar estragando algo uahahsau
** Erza ainda vai contar o que rolou com o Jellal **
Então pessoal, eu vou ficando por aqui. Até o próximo capítulo <3
Mas antes disso, o que vocês acharam??


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...