História O J da questão - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys, Imagine, Romance
Visualizações 17
Palavras 1.103
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Festa, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Espero que gostem e entendam que as coisas irão acontecer lentamente (nem tão lentamente assim)

Capítulo 1 - O começo de uma História


Lá estava eu mais uma noite sentada no sofá olhando para a televisão, nada do que estava passando me interessava então apenas ia pulando de canal em canal enquanto me encolhia na coberta que já não estava mais fazendo seu papel de me aquecer direito. Meu telefone vibra ao meu lado mostrando me que eu havia recebido uma nova mensagem.


💬Hyeri: Amiga preciso dá sua ajuda, tipo super urgente!

S/N: Não me diz que você perdeu sua apostila de novo, juro que se for isso eu não irei correr a faculdade toda de novo pra achar ela não.

Hyeri: NÃO, Deus me livre perder aquela apostila de novo. O JinWoon me chamou para sair e eu ainda não respondi. Eu pareceria uma desesperada se dissesse sim logo de cara? Talvez seja apenas zoação dele com minha cara, ele é tipo o mais gato dos gatos amiga não pode ser real.

S/N: Calma. Acho que aceitar sair com ele não seria desespero, apenas faça o que achar melhor, não era você que vivia dizendo que queria muito ter a oportunidade de conhecer ele? Aproveite as oportunidades que a vida te dá.

Hyeri: Você tem razão. Eu vou responder ele agora e procurar alguma coisa pra vestir. Te ligo depois contando tudo, beijos.

S/N: Beijos.💬


Realmente Hyeri parecia uma criança que acabou de ser jogada em uma loja de brinquedos, eu poderia facilmente ver ela sorrindo através do celular. Éramos amigas desde que me mudei de Taebaek, uma das cidades menos populosas da Coréia do Sul, para poder fazer uma boa faculdade em Seul, deixei o resto dá família que me restou, um pai e uma avó, para poder seguir meu sonho, que era inteiramente relacionado a Arte, de todas as formas, dança, pintura, escultura, teatro, entre outros, ela me encontrou perdida no meio dá estação de trem e gentilmente me ofereceu ajuda, quem diria que uns dias depois descobriria que ela tem sérios problemas da cabeça, mas eu não fico muito atrás então nos demos muito bem, ela mora apenas duas quadras atrás da minha, estamos sempre juntas e até hoje nunca vi ela com um garoto por mais de 3 meses, ela é uma boa pessoa, apenas não sabe escolher bons companheiros.

Fiquei tão perdida dentro dá minha cabeça que nem vi que o tempo estava passando tão rápido, quando olhei no celular já eram 18h da noite, estamos em janeiro e o frio estava realmente de congelar, tinha que acordar bem cedo amanhã para poder ir a biblioteca antes que começasse a infernal chuva das 9h que durava até sabe se lá quando.

As vezes penso que deveria me divertir mais, sair mais, tenho apenas 18 anos e a única coisa que faço é trabalhar meio período em uma cafeteria durante a noite e estudar incansávelmente durante a manhã e a tarde, eu era bolsista ter notas baixas significava não poder mais ter oportunidade de ter notas nenhuma, então minhas opções eram realmente muito seletas.

Finalmente criei coragem para sair de baixo das cobertas e ir até a cozinha para fazer algo para comer, eu amava japchae então decidi que iria comer pela segunda vez essa dia, pois eu havia almoçado o mesmo.

Tudo feito, limpo e servido, me sento e como aquele macarrão dos deuses em menos de 10 minutos. Saio em direção ao quarto pegando um pijama e roupas íntimas indo até o banheiro tomar um banho super quente pra poder finalmente dormir sem esperar notícias do tão bombástico encontro de Hyeri.

O celular toca umas 4h da madrugada com Bon Voyage (One Ok Rock) tocando em alto e bom som fazendo eu tomar um tremendo susto. Como esperado era minha querida amiga Hyeri que iria morrer no dia seguinte por ter me acordado tão tarde.


📞S/N: Saiba que você é uma pessoa morta. - Disse atendendo o celular.

Hyeri: Tanto faz, eu posso morrer super hiper mega feliz então. - Eu sentia a empolgação dela somente pela voz alta e alterada.

S/N: Tá ok, foi o encontro certo? Me conta como foi sair com o JinWoon então.

Hyeri: Foi maravilhoso senhor que homem.

S/N: Não baba e desembucha.

Hyeri: A gente foi jantar e ele me levou em um restaurante super lindo, mas com certeza ele era a coisa mais bonita na minha frente, voltando o raciocínio, ele foi todo fofo me contando um pouco sobre ele, como foi que escolheu gastronomia, perguntou coisas sobre mim...

S/N: Resumindo se conheceram bem né agora para de enrolar e vai pra parte boa porque esse seu jeito aí indica que aconteceu muita coisa. - Paciência level 0.

Hyeri: Deixa eu terminar e não me interrompe. Comemos, conversamos, blá blá blá, a gente foi caminhar no parque que fica perto daquele café que a gente gosta, aquele francês, enfim, estava um clima super perfeito mas já estava tarde.

S/N: Agora esta tarde.

Hyeri: Eu sei amiga, perdoa minha falta de noção de tempo e não desiste de mim.

S/N: Tudo bem agora eu fiquei curiosa.

Hyeri: Ele veio com o papo de que já tava tarde e que me levaria pra casa, então a gente foi caminhando porque ele queria que a gente passasse bastante tempo juntos, ELE É FOFO PRA CARALHO SOCORRO.

S/N: Meu ouvido praga.

Hyeri: Eu me alterei relembrando da cena sorry. - Ela ri e eu não consigo me segurar e acabo rindo junto. - Enfim chegamos faz pouco tempo estavamos na porta, clima Hollywoodiano e pá, quando eu vi o Deus grego se aproximando de mim, já logo pensei "meu Deus é agora que a gente se pega loucamente no meu apê até o dia amanhecer".

S/N: Eu vou te tacar uma bíblia garota.

Hyeri: Desculpa Santa S/N. Enfim ele foi novamente um fofo e fez uma coisa muito mais significativa.

S/N: Deixa o suspense pra novela e fala logo.

Hyeri: Só faço isso porque sei que você não tem paciência. Ele me deu um beijinho na testa e eu quase tive um ataque do coração, nos despedimos, eu surtei loucamente e te liguei.

S/N: Se casem, nem vi a criatura e já tô shippando.

Hyeri: Eu vou te mandar uma foto dele agorinha mesmo e vou dormir.

S/N: Tá, mas deixe os seus sonhos perturbados para o terceiro encontro se for possível. - Ela ri e desliga sem me dar tchau. 📞


Um dia ainda quebro ela na porrada mesmo ela sendo mais velha, onde já se viu desligar na cara dos outros. Enquanto eu a xingava mentalmente recebi a foto do Senhor Fofo no meu celular, e tenho que admitir, Hyeri se deu super bem nessa.


Notas Finais


Já escutaram One Ok Rock? Se não escutem e jamais se arrependeram
Eu não tenho previsão pra segundo capítulo já que eu não faço ideia se vai agradar as pessoas
Mas vamos vendo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...