História O jardineiro - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Got7, TWICE
Personagens BamBam, Chaeyoung, Jackson, JB, Mark, Mina, Momo, Nayeon, Youngjae
Tags Got7, Novela, Romance, Twice
Visualizações 8
Palavras 620
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Adultério, Homossexualidade, Nudez, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Nesse capítulo, terá muitas emoções. Correção, terá um barraco bultaoreune (queimando). Nayeon conta da gravidez pra Jackson, mas Mark ouve também. Como ele vai reagir? Ele vai contar pra mais alguém?

Capítulo 6 - Gravidez positiva


Fanfic / Fanfiction O jardineiro - Capítulo 6 - Gravidez positiva

04/08/1934

Havia dois meses desde a volta de Nayeon e Mark da lua de mel, mas o apartamento foi queimado de repente na véspera da entrega. Logo, Nayeon e Mark tiveram que ficar na mesma casa. Mas tinha algo estranho, Nayeon andava pensativa. Pensava coisas como “por que o Mark me deu um contrato de divórcio? ”, “por que ele me olha assim? ”. Essas perguntas permaneciam sem respostas, entretanto uma coisa era certa: Mark é meu marido, ainda que seja divorciado. É fácil entender, preste atenção: Nayeon se divorciou de Mark, ainda que fosse por engano, mas ela não podia falar nada, porque ela sabia que isso afetaria o pai. Por mais que ela estivesse separada, ela não podia se pronunciar. É estranho, mas fazer o quê? Nossa donzela não quer admitir que está errada em ter relações com um ex-marido. Mas como a vida é cheia de surpresas, aconteceu o seguinte. Nayeon passou a sentir algumas dores constantes e enjoos frequentes, ela decidiu ir ao médico e ele disse que era pra Nayeon esperar por uma semana.

11/08/1934

Uma semana depois, Nayeon volta para casa e Jackson está sentado no sofá. Ela abre o envelope e se enche de felicidade.

Jc: o que foi?

N: Jackson...

Jc: o que foi?

N: eu estou grávida.

Jc: que bom, seu Mark vai ficar feliz.

N: eu estou grávida de você.

M: COMO É QUE É?

Jc e N: Mark?

M: Nayeon? Você me traiu?

N: Mark, você me deu...

M: eu não te satisfaço e você foi se satisfazer com essa merda de jardineiro?

N: Mark...

M: vadia!

N: ei, você está na minha casa!

M: então, ele sai.

E Mark expulsa Jackson puxando o macacão dele e joga Jackson na rua. Ele sai dali inconsolado e desaparece por algum tempo.

Naquela noite, a família estava junta e Nayeon estava quieta demais e o pai percebe.

Jb: filha, por que você está quieta? E por que seu marido está apreensivo?

Mi: filho, por que você está assim?

Y: meu filho!

M: bem...

N: eu te proíbo!

M: como se você mandasse em mim.

Y: não seja grosso, Mark.

M: ela me trai e eu que sou grosso.

Todos: o quê?

M: sim, Nayeon está grávida e eu não sou o pai.

Y: então, quem é?

M: o jardineiro!

Jb: Jackson? Ele não faria isso, eu o conheço bem.

M: era o que você pensava, porque agora ele é um pervertido.

N: ele não fez nada. Eu nunca fui nada sua, e aproveitei pra assumir meu amor por ele.

Jb: ainda se confessa adúltera. Pelo menos ela foi honesta, mas não escapa da surra. Pro seu quarto!

Nayeon sai chorando e Jaebum sai tirando o cinto.

Y: ô filho, por que não nos disse nada?

M: descobri hoje.

Mi: filho, ela vai pagar caro.

M: já começou, mas não vou parar por isso. Vou criar como se fosse meu, porque esse idiota sumiu, e ainda bem espero que ele nunca mais apareça, senão eu mato ele.

Nayeon estava no quarto chorando por causa das cintadas. Ela não teve coragem de assumir que ela estava divorciada, mas também a raiva do pai não deixou. Só restava saber se ela poderia encontrar Mark, pois sabia que seria vergonhoso sair com um filho e ter que dizer pra todos que não tinha pai, seria algo constrangedor, sem contar que todos iam maltratá-la, chamariam de oferecida, mal educada e a culpa seria do prefeito. Nayeon põe a mão na barriga e diz.

N: pode vir, meu filho. Venha sossegado, seu pai aparece, mais dia menos dia ele reaparece. Deus, me ajude, você sabe de tudo e quero que me ajude.

Nayeon chora mais e adormece.


Notas Finais


No próximo capítulo, Nayeon tem o filho. Será menino ou menina? Jackson vai reaparecer? Mark disse que se Jackson aparecesse, ele o matava, ele fará isso? Sugestões são sempre bem-vindas, afinal quero a opinião de todos.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...