História O Jogo Da Vida – Emison - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Pretty Little Liars
Personagens Alison DiLaurentis, Aria Montgomery, Ashley Marin, Bethany Young, Byron Montgomery, Caleb Rivers, Carla Grunwald, Cece Drake, Courtney DiLaurentis, Darren Wilden, Dean Stavros, Dianne Fitzgerald, Dr. Rollins, Ella Montgomery, Emily Fields, Ezra Fitzgerald, Garrett Reynolds, Hanna Marin, Holden Strauss, Ian Thomas, Jason Dilaurentis, Jenna Marshall, Jessica DiLaurentis, Kate Randall, Lorenzo Calderon, Lucas Gottesman, Maya St. Germain, Melissa Hastings, Meredith Sorenson, Mike Montgomery, Mona Vardewaal, Noel Kahn, Paige McCullers, Pam Fields, Peter Hastings, Samara Cook, Sara Harvey, Shana Fring, Spencer Hastings, Sydney Driscoll, Toby Cavanaugh, Tom Marin, Veronica Hastings, Wayne Fields, Wesley Fitzgerald, Wren Kingston, Yvonne Phillips
Tags Emison, Ezria, Haleb, Spoby
Visualizações 253
Palavras 2.145
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Esporte, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Científica, Luta, Mistério, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Terror e Horror
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Bom agradeço a cada um de vocês que tiveram lendo a minha primeira Fanfic, não sei se continuarei mas quero que vocês me ajudem, dando opiniões comentando, quero saber oque vocês estão achando.

Quero agradecer a cada pessoa que faz uma Fanfic baseando na História de Emison, eu acompanho a maioria.Obrigada e desculpa pela enrolação espero que gostem.
Bjs 😘

Capítulo 1 - Bem Vindo A Rosewood


Pov Emily Fields:

Em Londres uma cidade muito movimentada, nasci e cresci aqui.Acabei de ser transferida pra Delegacia de Rosewood, como sempre Spencer sempre esteve ao meu lado em qualquer situação mesmo sendo difícil o meu temperamento que não era assim antigamente. É claro!! Esqueci vou me apresentar meu nome é Emily Fields tenho 22 anos e aqui em Londres sou muito famosa pelo fato de conseguir prender os mais variados e perigosos bandidos a Também casos que nunca tiveram sido desvendados que eu acabei desvendando. Antes de tudo contarei oque Aconteceu comigo pra que eu ser essa pessoa que eu sou hoje. Aos meus 17 anos quando estudava o ensino médio depois de mais um dia de aula que se foi. Como sempre foi direto pra casa mas nesse momento acabei chegando na hora que os meus pais serem mortos Em minha frente e não pode detelos os principalmente que não consegui fazer nada. Ao mesmo tempo eles acabam de me ver a minha presença ali, que acabou sendo muito rápido e em seguida eles me pegaram e me torturavam acabei sendo presa na quele lugar horrível até hoje tenho pesadelos por conta desse trauma e principalmente que eu fiquei mantida como uma escrava.Fiquei 1 ano e meio presa na quele lugar. Não tinha como que comer na quele lugar em sequência eles davam pouco alimentos e principalmente água e o que mais faltava então eu não me alimentava direto. Enquanto isso a maioria do tempo fiquei amarrada mas sempre de alguma forma quando eu não compria ou até mesmo atoa eles usavam qualquer tipo de elementos pra me torturar mas sempre fiquei firme. Por sorte a polícia me encontrou, desabilitada e sem vontade de viver sem aqueles brilho no olhar, fiquei vários dias no hospital. Ao chegar em minha casa era pior coisa sempre via a lembrança daqueles caras todos em capuzados mantando os meus pais.Fiquei bom tempo em depressão não queria sair de casa. Tentei me matar várias vezes mas foi inútil com a ajuda da Spencer e outra pessoa que entrou em minha vida e que está como a minha namorada hoje em dia é sim graças a Maya eu consegui me levantar. Com isso tudo acabei me tornado uma pessoa Fria, ignorante entre outras coisas que eu não quero citar, mas por sede de vingança acabei me tornado uma delegada muito respeitada e todos tem medo principalmente Quando eu passava na delegacia aqui em Londres mas em Rosewood será a mesma coisa sempre colocando medo. Voltando aqui ao nosso tempo atual é estou eu esperando a Spencer em minha casa que não é muita coisa Mesmo que eu tenha um bom emprego e o bom trabalho sempre gostei de coisas simples. Até que alguém bate na porta atrapalhando os meus pensamentos e vou em direção da mesma e abro:

–Hey Spencer! que demorar nem parece aquela Spencer que não gosta de se atrasar– falo irônica e dou espaço pra Spencer passar

Spencer:– Ainda sou aquela, mas tive um imprevisto mas voltando aqui e estava resolvendo algumas coisas jurídicas–revirando os olhos enquanto termina de falar

– Ta bom, mas como tá os preparativos pra viagem? As minhas coisas estão prontas mas eu não tenho notícias da Maya ela irá junto com agente– Falo e voltando pro sofá

Spencer: – Ta tudo pronto, mas a Maya tinha avisado que ia demorar, é nosso voo e daqui 2 horas. Realmente você quer pra la? –preocupada e acaba sentado no meu lado

– Ata, Spencer você sabe muito bem da minha história e realmente quero sair de Londres quero recomeçar tudo de novo. – falo em tom rígido e a olho triste

Spencer: – Eu sei Em, mas acho que você deveria lutar contra isso. Pelo jeito isso é o melhor a se fazer. – fala me abraçando e a Retribui o Abraço.

– Agora vamos deixar isso quieto e vamos fazer oque a gente deveria fazer tar fazendo Agora. – Falo como autoritária e saíndo do abraço

Spencer: – Tudo bem então vamos ao trabalho. – fala e dado um sorriso

Começamos a ler todos aqueles relatórios e principalmente a procura mais sobre os casos em Rosewood. Fazendo um trabalho minucioso que incrívelmente análisando cada caso.

Pov Alison DiLaurentis:

Acordo com o som do despertador , acabo me levanto toda animanda e vejo que também o meu membro Também está "Sempre fica assim da pra mim ajudar" principalmente é tão difícil na hora de fazer minhas necessidades quando eu estou completamente dura e estranho uma garota ter um membro desde ter uma órgão feminino e meio complicado mas o tamanho é bem grande pra falar e

tem uns 20 cm e um pouco complicando. Vou ao banheiro tomo um banho rápido ms visto uma cueca box branca é um top conforme em seguida visto uma calça jeans, uma blusa branca com uma jaqueta vermelha e um tênis da Adidas meu estilo e meio misturado, em seguida desço as escadas e encontro a minha mãe:

– Bom dia mãe!!! – dou um beijo na bochecha dela

Jéssica: – Bom dia filha!! É não vai ser atrasar da escola –Vou em direção a mesa pego uma maçã, dando um mordida

– Já tô indo mãe, bjs – Saiu e vou em direção ao pronto de ônibus eu sempre com os meus óculos de grau fico aguardando o ônibus. A minha família, sempre passou e Continua passando dificuldade principalmente financeiramente mas sempre tento ajudar em alguma forma, eu e o meu irmão sempre nos damos um jeito de ajudar os nossos pais com as despesas. A me desculpa por não ter me apresentando sou Alison DiLaurentis tenho 17 anos a estudo junto com as minhas melhores amigas, Hanna e Aria sempre me acompanhando sempre me ajudando ida mais com essa timidez Minha e deu pra perceber que si eu sou intersexual e so minha amigas sabem como sempre me apoiam e me ajudam da melhor forma possível. Eu nunca namorei nenhuma menina, eu ainda não encontrei a certa, sim exato não achei com eu posso dizer a minha princesa que tomara conta de mim enterna mente. Mas volto a atenção quando vejo o ônibus se aproximando caminho até ele e entro. Depois de poucos horas estou eu entrado na escola com mais uma semana começando e acabo encontro as minhas amigas:

– Bom dia meninas– falo abraçando as duas

Aria: – Bom dia Ali!!!

Hanna: –Bom dia Ali!! Odeio acordar cedo, Tava no meu sonho de beleza – Fala revirando os olhos

– Vamos pra sala antes que a gente nós atrasem, bem que nos temos aula juntas e isso me deixa mais feliz. Hanna daqui apouco você se acostuma e se você acustumar a me esqueci pelo nunca vai – Falo e rio ao mesmo tempo. As duas concordam

Hanna: – Nunca irei me acostumar mesmo com isso Ali – fala rindo

Vamos caminhando até a sala depois de ter passado em nosso armários pegando os nossos materiais necessários fico sempre observando enquanto nós passamos pelo corredor, acabando de chegar na sala sentamos em nossos devido lugar sempre uma do lado da outra.Depois bate o sinal e o Professor entra e passa o conteúdo e depois fizemos Exercícios. Isso foi decorrente em todas as aulas e depois que bateu o sinal acabo vendo as meninas ali me esperando:

Hanna: – Ali vamos ao Brew –fala enquanto chega mais perto

– Vamos, Aria você vai né? – dou um sorriso

Aria: –Vou sim Ali – fala mas quanto o professor de literatura passava em nossa frente ela o olhava e o mesmo fazia o mesmo até que despistaram os olhares . Sei que que eles tão tendo alguma coisa mas a Aria nunca falou sobre o seu namorado secreto com o professor eu sei que algum dela mas ela deveria contar pra gente

– Meninas eu esqueci, não tenho dinheiro pra comprar alguma coisa lá – Falo triste e abaixando a cabeça

Hanna: – Hey não fique assim deixa com agente né gnoma? Tô morrendo de fome – começamos a rir

Aria: – Sim, não se preocupem com isso Ali mas sempre a Hanna tinha que estar com fome – voltamos a rir

– Obrigada meninas eu não sei oque eu seria sem vocês – Dou abraço nelas

Aria: – não precisa agradecer, e Oque seria a gente sem você – fala me abraçando

Hanna: – Eu não consigo pensar como eu viria sem vocês, mas vamos rápido eu tô como fome – Fala e rimos da última frase

Fomos ao Brew e ficamos ali apreciado o café e as doideiras Hanna, falamos de diversas coisas m e outros assuntos Também.Horas depois em casa, Arrumo a casa por interio e depois paro um tempo dedico aos estudos mas me jogo na cama quando término. Fico pensando na vida, Oque será que ela me reserva?

Pov Emily Fields:

Finalmente terminamos parte do nosso trabalho é de ter informações básicas quando chegaramos em Rosewood, até que alguém bate na porta atrapalhando o nosso trabalho a cabo me levando caminhando até a porta quando finalmente abro a porta, dou um sorriso enorme a e beijo a mesma a dando um abraço:

– Oi amor, tava com saudades – dou um espaço pra ela entrar depois que ela entra e fecho a porta

Maya: – Oi, eu Também estava com saudades. Ta tudo pronto pra gente viajar– fala estranhei o jeito que ela falou mas ignorou a dando outro beijo e a aconchego nos meus braço. Ultimamente sinto que o nosso relacionamento não está bem além disso sinto falta de algum coisa, mas também estou desconfiando que está acontecendo alguma coisa mas irei descobrir.

Spencer:–

Gente nos temos que nos apressar não quero atrasar em menos de duas hora – ela encara a Maya, a Spencer Nunca gostou da Maya mesmo ela tenha me ajudado mas eu não sei oque a incomoda mas ultimamente alguma coisa esta me incomodando.

– Quem te viu, quem te ver. Vamos antes que a Spencer tenha uma ataque– Falo e depois disso pegamos a Malas e as levamos até o porta-malas do carro. Lugar novo, cidade nova isso me parece um recomeço. Depois de ajeitar as coisas no porta malas, vamos até aeroporto e lá ficamos eles chamarem o nosso Vôo. Depois de algumas Horas estamos nos aqui dentro do Avião. Olho pela janela do avião me despendido da cidade que eu nasci e cresci e em quanto a Maya em meu Lado dormindo, pelo cansado me entrego fazendo que eu caisse no sono com ela no meu lado.

Pov Alison DiLaurentis:

Jessica: – Filha vem jantar! - me chama

– To indo - Respondo

Desço e pegando um Prato puxo a cadeira e sento. Coloco a comida em meu prato e sorrio em quanto a minha mãe falava animada;

Jéssica: – Tenho uma nova notícia - Fala Animanda

Kenneth: – Qual? - Se pronuncia pela primeira vez

– E mãe fala logo por favor - Falo e fico a Olhando

Jessica: – Consegui o novo emprego, ele é bem melhor e ganho melhor, vou trabalhar ajuntando a nova Delegada e em falar nisso, ela é muito famosa pelas suas ações e todos tem medo.– Fala animada

– Parabéns mãe, ela deve ser da pesada – Falo e olho pro meu pai sei que ele está preocupado com a nossa situação. Pego a mão dele e dou um beijo em seu rosto. – Pai não fica assim vamos conseguir sair dessa situação.

Kenneth: – Boa notícia, parabéns meu amor.Essa Delegada e da boas ela irá colocar jeito nessa cidade.– O mesmo sorri com o meu ato é se emociona com as palavras.– Obrigada filha, você é maravilhosa não tem melhor pessoa como você, nos vamos sair dessa juntos.

Jéssica: – Vamos - fala e Da um beijo no meu pai e sorrio é tão lindo ver os meus pais tão bem mas sei que nossa situação não tá boa, eles sempre lutando com garra.

Depois dessa conversa terminamos de comer mas antes subir pro quarto lavou a louça em subo pro meu quarto. Eu queria poder ter um celular sei que os meus pais não tem condições pra isso eu fico feliz por eles estarem felizes isso que importa. Coloco o meu pijama e deito na cama em meios aos pensamentos meus olhos começa

A fechar até que fecha o totalmente e acabo dormindo.

Pov Emily Fields:

Depois que passa boa parte da hora dentro da quele avião dormindo e alguém me acorda , acabou abrindo os olhos lentamente acabo sorrindo em ver a Maya em meu lado e bem levemente dou um selinho;

Maya: -Chegamos Amor. –olho pela janela

– Vamos então – Falo enquanto, saímos daquele local. Ja dentro no carro fico olhando pra estrada

Spencer: – Em Você tá muito calada não acha?– Fala com um meio sorriso

Maya: – Concordo com você Spencer.

– So to pensando, oque vira pela frente em nossas vidas– Falo e enquanto as duas me olha . Vimos a placa de bem vindo a Rosewood, que finalmente chegamos ao nosso destino. Fomos direto pro nosso apartamento e acabo me jogando na cama e fecho os olhos de tanto cansaço. 


Notas Finais


Obrigado denovo e comentem. Desculpem se tiver alguma erro Ortográfico.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...