História O Jogo Das Dimensões (Guerra Entre Dimensões - Vol. 2) - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Doutor Estranho, Michael Jackson, Star Trek
Personagens Dr. Leonard "Magro" McCoy, James T. Kirk, Michael Jackson, Nyota Uhura, Pavel Chekov, Personagens Originais, Spock, Stephen Vincent Strange / Doutor Estranho, Wong
Tags Doutor Estranho, Drama, Ficção Cientifica, Magia, Michael Jackson, Revelaçoes, Star Trek
Visualizações 9
Palavras 1.764
Terminada Não
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Aqui estou eu, com mais um capítulo pra vocês.
Tenha uma boa leitura.

Capítulo 4 - Capítulo Quatro


A Enterprise já viajava para Mustafar, um planeta feito todo de uma floresta, onde algumas árvores pareciam brilhar por conta dos cristais que ficavam nos troncos ou os diamantes que ficavam nas folhas.

Stephen não conhecia muito bem Mustafar, mas tinha ouvido algumas histórias sobre o planeta, como os mitos de que toda pessoa que entrou em Mustafar nunca saiu, ou que Mustafar era o planeta onde ficava o Portal do Véu, um portal para o mundo dos mortos só de ida, mas não de volta.

Michael viu Stephen terminando de se arrumar para sair da nave e pisar no planeta. Era um pouco estranho, naquele meio tempo, ver Stephen sem a Capa Da Levitação e apenas com suas hanituais roupas de luta, mas, na opinião de Stephen, ele deveria parar de voar tanto daquele jeito, pois isso fazia ele se sentir mais... Estranho. Por isso queria se sentir mais comum.

Ao chegarem em Mustafar, Michael, Stephen, Kirk e Spock procurariam algum indício do exército de Arno e, se encontrassem algum soldado de Arno, matariam com a luta mais justa possível.

Os sons eram de animais, porém era indefinido. Em certo momento, Kirk jurou ter ouvido tigres, porém Michael ouvia leões, mas Spock e Stephen não ouviam nada além da brisa.

_ Vocês estão ouvindo esses tigres? _ perguntou Kirk olhando em um arbusto.

_ Eu ouço leões _ respondeu Michael.

Stephen usou a Capa Da Levitação e viu por cima da floresta gigante. Apenas via a imensidão da floresta.

_ Sou só eu que não escuto nada? _ murmurou Spock.

_ Eu também não ouço _ disse Stephen pousando no chão ao lado de Spock. _ O que você acha que é?

_ Parece uma ilusão _ disse Spock olhando ao redor. _ O que você acha que é, Stephen?

_ O mesmo que você _ respondeu Stephen. _ É melhor cuidarmos daqueles dois.

Spock assentiu.

***

Michael andava um pouco mais a frente junto de Kirk. Os dois estavam fascinados com a beleza do planeta e, por alguns momentos, ficaram encantados com as árvores brilhantes e os lagos cristalinos.

_ Agora entendo as histórias que dizem de Mustafar _ disse Spock olhando para o lago no qual os quatro estavam perto. _ Lugares belíssimos que lembravam o Paraíso, mas eu achava que era muita história inventada. Pelo visto, me enganei muito.

_ Todos ficam fascinados pelas belezas aqui e não querem ir embora _ disse Stephen tocando na água e logo percebeu que a água parecia fria. _ Por isso todas as histórias. Só não sei dos sons de animais que eles ouviram, sendo que eu não ouvi nada.

_ Eu também não ouvi nenhum som de animal algum _ disse Spock tocando na água do lago. _ Essa temperatura está muito fria... Facilmente, um humano poderia morrer se ficasse mais de cinco minutos aí dentro.

Stephen fitou Spock.

_ É isso! _ disse Spock segundos depois. _ As pessoas morrem congeladas no lago, pois deve ter alguma coisa no lago que chame a atenção dos seres humanos. Pode ser algo ilógico para mim, mas é o maior tesouro para os humanos como você.

_ Muito bem, Sherlock Holmes _ brincou Stephen.

_ De novo vai ficar me chamando de Sherlock Holmes? _ perguntou Spock fingindo estar ofendido.

_ Quem mandou você ser o meio humano meio vulcano mais inteligente que eu conheço? _ perguntou Stephen.

Spock acabou ouvindo um som estranho vindo atrás de um arbusto e fez um sinal para Stephen ficar em silêncio. Michael e Kirk, que estavam totalmente na beirada do lago, não ouviram o som, pois conversavam sobre qualquer assunto interessante.

_ Ouviu isso? _ perguntou Spock.

Stephen assentiu.

_ O que acha que pode ser? _ perguntou Stephen.

_ Eu não faço a menor ideia do que seja _ respondeu Spock.

O som ficou mais alto. Parecia um raio... Ou até mesmo uma explosão ali perto.

_ Estamos sendo bombardeados! _ gritou Kirk se afastando do lago, assim como Michael também se afastou.

_ Isso é notável _ disse Stephen em tom de voz alto.

Foi quando um grupo de oito pessoas apareceu com armas apontadas para Michael, Stephen, Kirk e Spock.

_ Fiquem parados! _ gritou um homem.

Michael olhou para cada um deles. Dois usavam roupas acizentadas, dois usavam roupas azuis, dois usavam roupas pretas e os outros dois usavam roupas amareladas. Eram seguidores de Arno.

_ São seguidores de Arno _ murmurou Michael para Stephen, que passou para Kirk, que passou para Spock.

_ Ponham as mãos onde possamos ver! _ gritou o mesmo homem.

E assim os quatro fizeram.

_ Oito soldados _ disse Stephen. _ Dois para cada um de nós. O que acham?

_ Topo _ disse Kirk sorrindo.

_ Para mim está ótimo _ disse Michael.

_ Para mim também está ótimo _ afirmou Spock olhando para os dois mais próximos dele.

_ Prontos? _ perguntou Stephen.

Os outros assentiram.

_ AGORA! _ gritou Stephen.

Michael deu um soco certeiro no rosto de um dos homens que usava roupa acizentada e deu um chute no estômago do outro homem. Já Stephen desarmou o chefe daquele grupo e, segurando seu braço com força, se apoiou e deu um chute no queixo do outro homem de roupa preta. Kirk pulou na direção dos homens vestidos de amarelo e jogou um deles em uma árvore, logo trocando socos com o outro. Spock retirou de dentro do cinto e atirou em um dos homens de azul, e começou a dar chutes no outro.

Stephen logo percebeu que apareceram mais 12 homens. Agora, haviam 20 homens _ cinco homens para cada lutador.

Spock deu um tiro certeiro na testa de um dos homens que apareceu, mas acabou sendo agarrado por trás e levou uma pancada na cabeça, mas ficou consciente e continuou lutando mesmo fraco, mas acabou caindo no chão e sentiu os homens quase quebrarem seus ossos.

Kirk sentiu uma pontada em seus ossos. Foi quando percebeu que estava caído no chão e seus braços estavam sendo puxados para trás.

Agora só faltavam Michael e Stephen de pé contra os vinte homens.

_ O que faremos? _ perguntou Michael.

_ O mais óbvio possível _ respondeu Stephen. _ Dez pra você, dez para mim.

Michael assentiu.

Stephen conjurou um chicote e puxou o pé de um homem e puxou o próprio homem para perto de si, logo dando uma joelhada em seu rosto, fazendo-o desmaiar na hora. Stephen aproveitou e lançou um raio de luz escarlate em um homem, que caiu no chão desmaiado.

Michael criou plataformas no ar e, correndo por elas, atacou seus alvos e quase todos caíram no chão já desmaiados. Stephen viu que Michael precisava de ajuda e lhe lançou um bastão conjurado por ele próprio. Michael pegou o bastão no ar e desarmou os outros homens que ainda lhe restavam e começou uma luta corpo a corpo com cada um deles.

Foi quando Michael viu que três lhe atacariam com precisão. Michael viu uma pistola no chão e a pagou e, quando os homens menos esperavam, Michael acabou dando saltos mortais para trás, apenas apoiando uma das mãos no chão, e acertou cada um dos três homens com um tiro certeiro no topo de suas cabeças, enquano Michael ainda estava no ar, e ambos caíram mortos no chão.

Stephen acertava cada um dos homens com precisão, porém um golpe que ele nunca havia pensado em fazer foi o que irritou alguns desses homens. Dois, um à sua frente e outro nas costas, iriam atacá-lo ao mesmo tempo, foi quando Stephen deu um salto e abriu um espacate no ar, acertando os rostos de ambos os homens que lhe atacariam e os fez desmaiar, pois o golpe foi na região do queixo.

Michael seria atacado por trás, porém segurou o braço do homem e o torceu, fazendo o homem gritar, e deu uma cotovelada em seu nariz, que sangrou bruscamente.

Stephen continuava sua luta e viu que seria acertado pelas costas novamente, mas acabou dando uma pirueta para trás e, para a surpresa do homem, Stephen acabou ficando em seus ombros, segurando seu pescoço e apoiou seus pés em seus ombros, tentando sufocá-lo, mas parecia não dar certo.

_ Michael! _ gritou Stephen com força.

Michael deu o último golpe no seu último homem e se aproximou do homem no qual Stephen segurava seu pescoço e que estava tentando não cair.

_ Dê um chute nele! _ gritou Stephen. _ Só quero que seja um chute bem forte!

Michael entendeu o que Stephen iria fazer.

_ Está maluco?! _ perguntou Michael gritando.

_ Só chuta! _ gritou Stephen segurando o pescoço do homem mais forte.

Michael assentiu e, assim como Stephen havia lhe pedido, deu um chute bem forte no estômago do homem.

O homem foi empurrado para trás com o chute e caiu no chão, porém havia algo fatlando nele. A cabeça havia sido arrancada por Stephen com a força do chute e com o puxão que havia dado na cabeça do homem. Stephen, ao arrancar a cabeça do homem, deu um salto mortal e pousou no chão.

Stephen, naquele momento, segurava a cabeça do homens pelos cabelos loiros longos.

_ Nunca mais que eu te ajudo a decapitar um homem _ murmurou Michael.

Stephen apenas deu os ombros e olhou para a cabeça.

_ Acho que vou por ela na minha coleção _ disse Stephen em tom sarcástico, mas acabou jogando a cabeça para perto do corpo do homem.

Michael secou o suor que havia em sua testa e olhou ao redor. Os corpos de todos os soldados de Arno estavam caídos no chão, alguns mortos e outros incoscientes. Kirk já havia se recuperado do que o soldado havia feito em suas mãos, Spock já havia se levantado, porém estava um pouco tonto.

_ Pelo visto _ disse Kirk olhando ao redor e colocando as mãos em sua cintura _, perdemos uma boa guerra.

Stephen deu os ombros e olhou para o corpo decapitado com um sorriso sarcástico nos lábios.

_ Não sei vocês, mas acho que era uma emboscada para nós _ disse Stephen.

_ Com toda certeza, Strange _ disse Spock. _ De alguma forma, eles sabiam que viríamos até esse lago.

_ É melhor irmos embora, então _ disse Michael.

Todos assentiram.

Foi quando Kirk acabou vendo um corpo decapitado e a cabeça há alguns centímetros do corpo.

_ Quem foi que decapitou aquele cara? _ perguntou Kirk apontando para o corpo sem cabeça.

_ Advinha quem foi _ murmurou Michael.

Stephen sorriu sarcástico.


Notas Finais


Mais um capítulo que acabou. Obrigada por ler até aqui.
Até o próximo capítulo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...