História O Lado Obscuro De Marinette - Capítulo 1


Escrita por: ~

Exibições 73
Palavras 450
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Ficção, Hentai, Mistério, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Canibalismo, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Gente esse é o primeiro cap da fic e bem eu não sou muito boa com histórias no estilo "Monster",mas vou me esforçar!!

Bjs!!Espero que gostem

BOA LEITURA!!

Capítulo 1 - O Lado Obscuro



Paris,a cidade das luzes e a cidade do amor!A tarde estava calma e o sol começava a baixar.Marinette tinha acabado de voltar de um passeio no parque com Alya sua melhor amiga.
                                                 Marinette
Eu voltei pra casa depois de um passeio no parque junto com a Alya,eu estava sem inspiração para desenhar e ela queria sair caso um akuma atacasse e Ladybug aparecesse.Entro em casa e dou um beijo em meus pais,como já estava tarde quase na hora do jantar eu disse aos meus pais que não iria jantar.
Peguei discretamente alguns cookies para Tikki e um café pra mim,subo para meu quarto e deixo os cookies com Tikki e me sento para desenhar enquanto tomo meu café.
-Mari você gosta mesmo de café não é?A dias que a bebida que você mais toma é café-Comentou com a boca cheia de gotas de chocolate dos cookies.
-É eu realmente gosto de café da energia para o dia-a-dia pesado, tanto como Ladybug quanto como Marinette.
Tikki terminou os seus cookies e foi para a gaveta de retalhos para dormir,já estava tarde era 1:00 da manhã e meus pais já estavam dormindo.Peguei um casaco preto com capuz e um óculos escuro e pulei a janela,eu estava com fome e precisava me alimentar.
*
Eram 6:45 eu tinha voltado pra casa depois da minha "caçada" por volta das 3:30 da manhã,ou seja,eu estava com muito sono.Com muito custo me levantei e fui me arrumar.Desçi e tomei café,indo correndo pra escola,eu cheguei e não eram nem 7:00 ainda então sentei em um banco e fiquei desenhando enquanto ouvia minhas músicas em japonês.
-"tooku de tori ga naiteta
yuki no kishimu ashioto
uketomenai no wa
uketometakunai kara"
(Noite Branca
Longínquo, os pássaros foram cantando
O som de pisadas na neve
Eu não reagi
Porque eu não quero reagir)
-"kaze ga toorisugiteku
matsuge nurasu konayuki
nanimo mienai no wa
nanimo mitakunai kara"
(O vento passando direto
A neve empoeirada umidece os olhos
Eu não posso ver nada
Porque eu não quero ver qualquer coisa)
-Você canta muito bem em japonês hein Mari!!!-Eu reconhecia aquela doce voz de longe:Adrien.
-O-Obrigada-Agradeci corando um pouco.
-E eu queria agradecer,por ontem que você me acobertou por não ter trazido o trabalho da aula de ciências-Disse e me abraçou gentilmente.
Quando ele me abraçou eu senti o cheiro de seu pescoço,era doce e eu me perguntava qual seria o gosto dele.Aquela "fragrância" que Adrien emitia era muita boa e eu não estava aguentando quando eu iria morde-lo eu me toquei do que estava fazendo e me soltei rapidamente dele.
-N-Não foi nada.Bem o s-sinal já b-bateu!V-Vamos?-Perguntei envergonhada.
-Claro-Disse e pegou na minha mão me puxando em direção da sala de aula.
 


Notas Finais


Se vcs acharam que falta algo me notifiquem nos comentários!!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...