História O Legado Continua - Capítulo 3


Escrita por: ~ e ~BabiFlowers

Postado
Categorias Os Vingadores (The Avengers)
Personagens Anthony "Tony" Stark, Billy Kaplan "Wicanno", Clint Barton, Feiticeira Escarlate (Wanda Maximoff), Franklin "Foggy" Nelson, James Rupert "Rhodey" Rhodes, Matt Murdock, Natasha Romanoff, Pantera Negra (T'Challa), Personagens Originais, Peter Parker, Sam Wilson (Falcão), Scott Lang, Steve Rogers, Teddy "Hulkling" Altman, Tia May, Visão
Exibições 23
Palavras 1.786
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Comédia, Famí­lia, Ficção Científica, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


~le eu voltando com a maior cara de pau depois de ter atrasado pakas o capítulo
Então, eu tava com muitos trabalhos da escola pra fazer então não consegui postar
Mas tá aí, finalmente, o capítulo novo!

Capítulo 3 - Esqueceram de mim


Fanfic / Fanfiction O Legado Continua - Capítulo 3 - Esqueceram de mim

-PODE FICAR AÍ! – Peter gritou e lançou uma teia, que deixou Thomas preso na parede.

-Me obriga! – Thomas se desprende da teia e começa a correr em direção ao seu quarto. Incrivelmente, TJ consegue barra-lo com a simples almofada e Peter o prende em uma teia novamente.

-ME DIZ AGORA ONDE VOCÊ FOI! – Peter gritou novamente.

-EU FUI FAZER O TRABALHO DE QUIMICA! – Thomas respondeu, mas Peter pareceu não acreditar.

-FALA A VERDADE, THOMAS! – Peter disse. TJ, Jean e Billy estavam apenas assistindo a cena.

-EU ESTOU FALANDO A VERDADE, CARALHO!

-AHAM. SENTA LÁ, CLÁUDIA!

-QUER PERGUNTAR PROS INTEGRANTES DO MEU GRUPO!? EU POSSO TE PASSAR O NÚMERO DELES SE VOCÊ QUISER! – Thomas estava se esforçando ao máximo para conseguir fazer Peter acreditar nele.

-MAS EU TENHO CERTEZA QUE ELES VÃO ACOBERTAR QUALQUER MERDA QUE VOCÊ FEZ!

-Não é que é verdade? – Jean observou.

-Alguém vai tomar no cuuuu... – Billy começou a cantarolar.

-E não vai ser pouco, nãããooo! – TJ continuou a “musiquinha” de Billy.

-ENTÃO COMO VOCÊ QUER QUE EU PROVE QUE EU ESTOU FALANDO A VERDADE, PETER!?

-EU NÃO QUERO QUE VOCÊ PROVE NADA. EU VOU É FALAR PRA SUA MÃE LOGO!

-Eita porra... – Billy falou. Thomas gelou por um instante, mas depois se lembrou de uma coisa:

-AH É!? POIS SE VOCÊ FALAR PRA MINHA MÃE QUE EU SAÍ, VOCÊ TAMBÉM SE FERRA PORQUE VOCÊ RECEBEU ORDENS DE NÃO DEIXAR NINGUÉM SAIR! – Thomas disse. Peter parou para refletir um instante e teve uma ideia:

-VAMOS FAZER UM ACORDO! Eu não conto que você saiu e você não conta que eu te deixei sair, aí todo mundo sai feliz! – Peter falou.

-Mas a gente também sabe o que aconteceu! – TJ falou.

-Se vocês falarem alguma coisa, vão se ferrar por terem mentido pra Thalia! – Peter disse e todos se calaram.

-Aceito e não falamos mais disso. – Thomas falou.

-Feito. – Peter concordou. – Agora eu quero que todos vocês vão dormir!

-Peter, são 22h00. – TJ lembrou.

-Sim. Mais conhecida como hora de dormir. Agora vão! – Peter dá sua última palavra e todos sobem para seus respectivos quartos, meio que forçados.

No dia seguinte...

-Finalmente! – Peter diz quando todos descem para tomar café da manhã, mas ele percebe que Thomas não desceu com eles. – Cadê o Thomas?

-Não liga pra ele. Ele se arruma, toma café da manhã e vai pra escola em menos de cinco minutos antes do portão da se abrir! – Billy explica.

-Tá bom, então. – Peter disse.

Eles começaram a tomar o café da manhã. Peter estava lendo enquanto eles comiam. Ele parecia mais um pai solteiro criando quatro filhos rebeldes daquele jeito. Quando todos estavam quase terminando, Thomas aparece já sentado à mesa e com o seu prato feito.

-Bom dia. – Ele diz e em alguns segundos seu prato já está vazio.

-Bom dia... – Todos, inclusive Peter, respondem. Em um piscar de olhos, Thomas já estava no sofá, mexendo no celular.

-Você não passa mal comendo rápido desse jeito? – Peter pergunta.

-Não. – Thomas responde na tranquilidade.

Alguns minutos se passam até todos acabarem de comer. Enquanto estavam conferindo seu material, Jean e Billy percebem a ausência de seus celulares.

-Thomas, devolve. – Billy ordena ao seu irmão.

-Devolve o quê? – Thomas se faz de desentendido.

-Nossos celulares. Devolve. – Jean falou.

-Como vocês têm certeza que fui eu que peguei?

-Porque por mais que o TJ seja cretino que nem você, ele não tem motivo pra pegar o celular de ninguém e o Peter tá foda-se pros nossos celulares. –Toma, então! – Thomas tira os dois celulares do bolso e estende para  Jean e Billy pegarem.

-EU NÃO ACREDITO QUE VOCÊ FEZ ISSO! – Billy grita quando vê que Thomas havia mandado uma mensagem do celular dele para Teddy.

-Ou, ou, ou! O que foi agora!? – Peter pergunta.

-Que que tá acontecendo? – TJ chega sem entender nada.

-Você devia me agradecer por ter apressado o seu relacionamento! – Thomas diz.

-ESSE PUTO MANDOU UMA MENSAGEM PRO TEDDY DO MEU CELULAR, COMO SE FOSSE EU! – Billy grita novamente.

-Finalmente vai acontecer alguma coisa! – TJ comemora.

-Deixa eu ver! – Jean nem espera uma resposta e já pega o celular da mão de Billy.  Na mensagem estava escrito:

“Me encontre na entrada da escola, quero te falar uma coisa muito importante que quero te falar há muito tempo.

 Billy Maximoff”

-Eu quero é saber porque você pegou o meu celular também! – Jean fala.

-Porque você tem o número do Teddy e é mais fácil de pegar o celular, porque o TJ não larga o dele! – Thomas explica.

-Depois vocês discutem isso, porque já tá na hora de ir pra escola! – Peter diz e sai empurrando todos para a porta.

Chegando lá, a primeira pessoa que Billy encontra é Teddy.

-O que você quer falar comigo, Billy? – Teddy pergunta. Billy gela e vira o olhar para Thomas, que começa a rir baixo.

-Na verdade, o Thomas que mandou a mensagem só pra zoar... – Billy explicou. Dava para ouvir TJ sussurrando: “Mas é trouxa mesmo” para Thomas e Jean.

-Ah, sem problema. Nos vemos depois! – Teddy pareceu um pouco decepcionado ao falar. Depois, ele se virou e acenou para Billy, que fez a mesma coisa.

-Você podia ter puxado assunto, cara! – Jean fala.

-Me deixa! – Billy fala e vai para sua próxima aula, mesmo que o sinal ainda não tenha batido.

No dia seguinte...

Peter é acordado ás 07h00 da manhã em pleno sábado, por uma mensagem de Tony. Nela estava escrito:

“E aí, pirralho? Passando aqui pra avisar que nós vamos voltar mais cedo da missão (chegamos aí ás 09h00, ao invés de amanhã e de madrugada, alegre-se)! Como você já sabia, a Thalia já ia voltar primeiro que todo mundo, mas ela vai se atrasar um pouco porque tem que ver um velho amigo que está se mudando pra cá.

É só isso. Até logo, Aranha”

-Não acredito... EU VOU ME LIVRAR DE SER BABÁ DE MOLEQUE MAIS CEDO! – Peter comemorou e foi acordar os garotos para eles já irem se arrumando para a chegada de seus pais.

-ACORDA, VIADO! – Ele diz tirando o cobertor de cima de Billy e correndo para o quarto de Jean.

-Ô ITALIANO, LEVANTA DESSA CAMA! – Peter joga uma almofada em Jean e vai acordar TJ.

-LEVANTA ANTES QUE EU TE DERRUBE, SEU PLAYBOYZINHO! – Peter disse e foi acordar Thomas, finalmente.

-SAI DESSA CAMA NA VELOCIDADE DE UM RAIO, AGORA! – Peter saiu correndo para a sala e os garotos vieram atrás.

-VOCÊ TEM PROBLEMA!? – TJ pergunta.

-Cara, são sete da manhã e é sábado! – Jean fala com uma voz cansada e sonolenta.

-Que que tá acontecendo? – Billy, aparentemente, ainda estava dormindo.

-Será possível que vocês não notaram que a calça do pijama dele é da Hello Kitty? – Thomas disse, então todos reparam na calça dele.

-Que é isso, Peter? – TJ pergunta.

-Oxi! – Billy exclamou.

-Por que, Peter? – Jean pergunta.

-Não tinha nada pra eu usar, ok!? É isso que acontece quando você esquece de lavar a sua roupa! – Peter explica.

-Aí você usa o pijama da sua tia. – Thomas provoca.

-Enfim! Eu recebi uma mensagem do Tony que dizia que seus pais vão voltar essa manhã, então eu acordei vocês mais cedo pra arrumarem tudo! – Peter diz, ignorando a provocação de Thomas.

-Ai que ótimo! – Billy exclama.

-Finalmente vou poder ver os meus amigos de Hell´s Kitchen! – Jean fala.

-Vou passar o dia inteiro no meu vídeo game, aleluia! – Thomas disse.

-Saudades da minha mansão! – TJ diz, exibido como sempre.

Duas horas depois...

-A Torre tá arrumada, os garotos já tomaram café da manhã, já se arrumaram e já pegaram as coisas deles. Tá tudo dando tão certo que eu acho que vai acontecer uma merda daqui a pouco. – Peter diz e ouve-se barulhos de pessoas chegando.

-Mamãe chegou! – Billy fala.

-Ok! Ajam normalmente! – Peter fala e vai atender a porta. Ao abrir, todos os Vingadores sorriem para ele.

-Oi, Peter! – Eles falam sincronizados.

-Oi, gente! – Peter responde e todos vão entrando.

-Meu amor! Dá um abraço! – Natasha diz para Jean. Apesar de ser uma espiã mortal, ela é a mãe mais carinhosa de lá.

-Oi, filho! Como estava a vida sem a gente? – Matt fala e também dá um abraço em Jean.

-A mesma coisa, só que ao invés de vocês, era o Peter! – Jean fala e Matt e Nat riem.

-Tommy, Billy! Venham cá! – Wanda diz para seus filhos e dá um abraço neles.

-Sentimos sua falta! – Os gêmeos disseram juntos.

-Eu também! Vamos falar sobre o seu trabalho de química em casa e não adianta colocar a culpa no Peter, Tommy! – Wanda diz e Thomas fica encarando ela por alguns segundos enquanto Billy solta risos baixos. Ele havia se esquecido completamente que sua mãe poderia entrar em sua mente e descobrir tudo.

-Me deem um abraço também! – Visão diz e os gêmeos abraçam o seu pai também.

-Cadê meus pais...? – TJ fala quando percebe que seus pais não estão lá.

-“Esqueceram de Mim” – Thomas brinca.

-Eles estão vindo. O Tony resolveu acompanhar a Thalia na visita do amigo. – Rhodes explica a TJ.

-Que merda, hein? – Billy diz.

-Olha a língua! – Steve adverte.

-Foi mal, tio! – Ele se desculpa e Steve acaba soltando uma risada baixa.

Vinte minutos se passam e Tony e Thalia finalmente chegam acompanhados de uma garota que aparenta ter quase a mesma idade de TJ.

-Quem é ela!? – TJ pergunta espantado.

-Primeiramente: olá, filho! – Tony disse.

-Bom dia, lindinho da mamãe! – Thalia fala num tom bem infantil, mas TJ não liga, pois ele só quer saber o motivo de ter uma garota que ele nunca viu na vida com seus pais.

-Então, essa aqui é a Audra Jade. – Tony falou.

-Ela é a filha do Thomas, o meu amigo que eu fui visitar, ele voltou das Bahamas e trouxe a filha. Inclusive, você perguntou dele quando foi fazer sua redação! – Thalia fala.

-A Audra vai ficar com a gente até o Thomas resolver uns problemas! Nós vamos deixar vocês se conhecendo! – Tony completou a explicação de Thalia e eles dois foram para a cozinha se juntar com o resto do pessoal. Só depois, TJ, Thomas e Jean reparam que Audra era até bonita. Ela tinha um cabelo castanho claro bem longo e olhos cor de caramelo.

-Oi, Audra! Meu nome também é Thomas, mas você pode me chamar de Tommy se você quiser e pra não causar confusão! – Thomas chega falando nela.

-Claro, Tommy! – Audra diz.

-Então você é das Bahamas? Eu já fui lá com meus pais, é muito lindo! E meu nome é Jean! – Jean também começa a falar.

-Sabe, Audra, as Bahamas são lindas que nem você! – TJ fala.

-Obrigada pelos elogios, pessoal! – Audra agradece.

-Parecem um bando de urubus quando encontram carne... – Billy estava somente observando.


Notas Finais


"Esqueceram Jimin"
~parei
Aqui está uma bela imagem do menino Peter com seu pijaminha da Hello Kitty:
http://www.brunopress.nl/frontpage/wp-content/uploads/2016/09/BP_31431543-715x1024.jpg


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...