História O legado da Linhagem. - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Caçador, Legado
Exibições 2
Palavras 773
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Drama (Tragédia), Famí­lia, Luta, Policial, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 9 - Mãe...


Eu e meus amigos voltamos , meu Professor digo , Albertt veio correndo ate mim e me puxou pelo braço .
- Ei oque houve?
- É uma mensagem do nosso inimigo
- Sobre?
- Sua Mãe
- Minha...mãe...?
- apenas...assista.
Ele iniciou um video , la estava uma mulher sentada numa cadeira , ela estava com um saco na cabeça e um homem chega com um bastao de baseball , olha pra camera .- Ola David...é uma honra conhecer você e...sua querida Mamãe...ela tem sido uma garota levada...e eu tive que dar uma lição nela...- ele tirou o saco da cabeça dela , eu mal vi e começei a chorar vendo aquilo , seu rosto estava muito machucado , com feridas abertas. - Quer ver sua Mãe? Ou o cadaver dela novamente ? Me envie o codex garoto...ou voce vai sofrer....- ele desligou a camera , olhei pro meu professor.
-O-oque podemos fazer?
- ... Eu não sei meu filho...e muito arriscado..
- M-mas é minha mae que esta la!
- eu sei mas...se formos la acabaremos morrendo..escute , precisamos do Codex...se tivermos o codex poderemos bolar um plano para engana-lo...melhor do que chegar de mãos vazias...ele matará ela..e voce logo depois garoto...foco na sua missão.
Eu tremia de odio , olhei pra Albertt tentando me acalmar , respirei fundo . - Ok....o-o senhor esta certo...
- Eu sei garoto...agora descanse...voce precisa de energia para amanha...a Memorium consome muito da pessoa..
- Tudo bem...- Fui ate me quarto...percebi em minutos que nao iria dormir facilmente...resolvi tomar alguns remedios para dormir, Acordei horas depois , calado fui me trocar e tomar café , fui direto pra sala da Memorium , esperei Albertt entrar .
- Ah...acordou cedo garoto.
-Vamos logo com isso...preciso salvar minha Mãe.
- Nossa...tudo bem...se deite ..ja irei ligar a maquina.
-....- Suspirei - olha...desculpa eu nao queria ser grosso...e que...eu nao queria que ela estivesse...envolvida..
- Ela ja sabia que isso podia acontecer ..agora mostre que pode salva-la.
- Eu farei...- Me deitei e a maquina iniciou a Memoria...- La vamos nos...
                   - Memoria de Francis  -
Marchei ate a sala do interrogatorio , entrei e la estava o nosso prisioneiro , pedi que apenas 2 homens mais confiaveis ficassem comigo na sala , aproximei-me do prisioneiro e lhe acertei 2 tapas seguidos no rosto .
- Oque voces estavam fazendo se aproximando das cidades mais proximas?
- ...
- Eu vou perguntar de novo..oque voces faziam perto das cidades mais proximas daqui?
- Oque Importa?
Lhe dei um soco no estomago , puxei uma banquinho e me sentei .
- Podemos ficar brincando de mentiu levou a noite toda parceiro.
- Por que eu contaria a você?
- Tem valor a vida? Então você dirá..
- Você nao vai me matar Altory....hahaha...
- Talvez Mate...
- E oque você vai fazer?
- Seu irmão...é um cara bem jovem não é?...seria pessimo pra sua Mãe se eu trouxesse o seu corpo e o dele para ela ver.
- Você nao ousaria!
- E por que não? Oque você vai fazer? Olha parceiro isso aqui são negocios..me ajude a conseguir oque eu quero , e eu lhe soltarei e não mexerei com sua familia...Mas...caso contrario.- Estalei os dedos , os guardas trouxeram o Irmão dele , ele me olhou com furia tentando se soltar das cordas , eu nao faria nada do que falei , precisava ser mal para que ele me falasse a verdade .
- Então ..  - Peguei uma Bastao e coloquei no braço do irmao dele , se eu batesse com força com certeza quebraria.- Oque estavam fazendo nas cidades proximas daqui?
- Nao Ouse!
- 3 ...2...
- Iriamos Cercar as cidades!
- Por que?
- Por que queriamos !
- Errado . - Acertei o braço do homem o quebrando , deu para ouvir os ossos se partindo , seu irmao Berrou de raiva tentando se soltar, coloquei o Bastao no outro braço .
- Iriamos Saquear e Queimar as cidades!
- Meu Deus...Isso ia ser um massacre....vocês sao loucos?!
- ...
- Onde Sua tropa vai esta amanha?
- Proxima...a Jerusalem...
- ...  Otimo , Soldado.
- Sim senhor?
- Amarre esses dois em uma arvore e os executem .
- Sim senhor.
- Oque?! Voce falou que iria nos Soltar!
Sai da sala sendo acompanhado do meu Braço direito Alvic.
- Era realmente necessario executa-los?
- Alvic....como meu melhor amigo e vice-lider desta fortaleza deveria saber que se nos os soltassemos eles iriam denunciar nossos planos.
- ah...o senhor esta certo...
- Otimo...prepare as tropas...amanha nossas espadas se mancharam com sangue novamente.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...