História O legado de Robin - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Asa Noturna, Batman, Gotham
Personagens Alfred Pennyworth, Barbara Gordon, Bruce Wayne (Batman), Comissário James "Jim" Gordon, Coringa (Jack Napier), Damian Wayne, Dick Grayson, Jason Todd, Lucius Fox, Selina Kyle (Mulher-Gato), Timothy "Tim" Drake
Tags Asa Noturna, Batman, Dc Comics, Robin
Exibições 11
Palavras 579
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 10 ANOS
Gêneros: Artes Marciais, Aventura, Crossover, Mistério, Policial

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Esta fanfic de minha autoria foi publicada no meu perfil em um outro aplicativo, que se trata de quadrinhos e cultura pop na qual os membros podem escrever fanfics. A capa também foi pot feita para esta fanfic.

Capítulo 1 - Início


Fanfic / Fanfiction O legado de Robin - Capítulo 1 - Início

 Gotham nunca foi um lugar tão controlado como nos últimos anos, Batman está um pouco mais velho, mas continua firme dando conta do recado, A corporação Batman está mais treinada do que nunca e os aliados sempre estão prontos para ajudar, depois de muitos anos o velho morcego tem pelo menos alguns dias de folga...

Na mansão Wayne, Bruce começa a observar alguns objetos usados por ele e por Robin a algum tempo atrás, vê também algumas fotos e jornais na qual estavam estampados ele e o menino prodígio, não o atual, mas o primeiro deles, "Dick Grayson".

Logo Alfred chega intrigado e pergunta:

Alfred: Patrão Bruce, está recordando o passado? 

Bruce: Isso mesmo Alfred, olhando isso vejo que estou mesmo ficando velho, foram tempos difíceis aqueles, os crimes em Gotham eram os piores, mas com Dick ao meu lado, as coisas pareciam mais alegres, não acha Alfred?

Alfred: claro patrão Bruce, foi uma boa época, sinto falta do jovem Grayson por aqui.

Bruce guarda as coisas e vai para seu escritório onde quer descansar um pouco em sua poltrona ao lado de uma lareira. 

Damian chega no escritório acompanhado de Alfred, apesar de não ter se dado bem com Bruce no início, hoje até que eles tem uma relação boa, não uma normal de pai e filho, mas, sabem como é né...

Damian: Alfred me disse que você estava falando sobre o Dick, me conte um pouco mais sobre ele. 

Bruce: você me pedindo isso? Bom se quer saber por mim tudo bem, junte-se a nos Alfred e me ajude a contar os fatos com mais clareza.

Alfred: claro patrão Wayne.

N.T. : A partir de agora a narração será feita por Bruce Wayne, contando sobre Dick Grayson o primeiro Robin, poderá ter alguma intromissão de Damian ou da parte de Alfred, espero que entendam. 

Bom... pelo que sei Dick e sua família eram todos acrobatas e eram uma das atrações principais de um circo.

Ah então por isso vem a facilidade dele com saltos e a aqueles golpes f@#$.(Damian)

Continuando... Tinha um gangster que estava extorquindo o o proprietário do circo e a mando dele a família de Dick foi assassinada, Quando comecei a investigar o caso acabei simpatizando pelo garoto e passei a ser tutor dele, logo ele mostrou incríveis habilidades, sabendo que eu poderia precisar de um parceiro e futuramente de um substituto, começa assim a nascer o primeiro Robin.

Algum tempo depois eu o adotei de fato e comecei a treinar o garoto.

Não se esqueça que ele descobriu a batcaverna sozinho patrão Bruce (Alfred)

Claro Alfred estava esquecendo dessa parte rsrs, Dick mostrou grande potencial e começou a trabalhar comigo sendo meu ajudante, ele não ia em todas as missões de inicio, mas com o tempo foi ficando muito melhor e assim podendo participar de todas as missões. Lembro de quando ele usou o uniforme pela primeira vez, ficou todo entusiasmado rsrs, apesar de ter perdido os pais assim como eu ele não demonstrava tristeza perante as outras pessoas e pra piorar ele não tinha ninguém, eu pelo menos tive o Alfred e ele era sozinho, depois que foi adotado ele pode ser mais feliz um pouco com uma nova família, eu e Alfred.

Cada confronto era um mais difícil que o outro, mas a gente dava conta do recado, com o tempo ele foi só melhorando cada vez mais, sempre com aquele jeito alegre pra quebrar o gelo, já que meu humor nunca foi alto, assim eram aqueles dias...



Notas Finais


Esse foi o primeiro capítulo espero que tenham gostado... Continuo?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...