História O Lobo e a Menina - Capítulo 23


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Ficção, Lobo, Mistério, Original, Ryla, Sobrenatural, Violencia
Visualizações 23
Palavras 444
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ação, Ficção Científica, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Linguagem Imprópria, Mutilação, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 23 - Capítulo 23


 Dean estava sozinho,as alcatéias,cientes de tudo,estavam divididas:alguns membros procurando Ryla com a liderança de Alex e outros,estavam com Rinn e Thunder. Uma pequena parte estava encarregada de ficar na cidade,misturada a população,procurando qualquer coisa que os levasse à um vampiro ou à Ryla. Dean ficara de fora de tudo,não se sentia bem para participar desse plano de "procurar com calma". 


Era meio-dia e dez,quando uma ideia para reencontrar Ryla. Mas não era certo se daria certo.



Ryla recebeu permissão para sair um pouco,e ela foi no único lugar de que se lembrava: a lanchonete.


Ela se lembrava de estar lá com alguém,mas não sabia quem era. Esse fato tornou a lanchonete importante para ela.


Ela se vestiu com uma calça jeans negra,uma blusa de regata branca e uma jaqueta jeans negra. Colocou tênis all-stars estilo bota e foi à lanchonete.


Ela se sentou numa mesa,que lhe chamava a atenção,mesmo sendo igual as demais mesas do aposento.

_ Vai querer algo,senhorita? - Uma atendente apareceu.


_ Acho que uma rosquinha seria bom,obrigada.


A atendente assentiu e se retirou.



Dean parou,feliz ao notar que tinha acertado: Ryla estava na lanchonete,como ele previu.


Ele entrou,silencioso.


_ Você voltou pra esse lugar. - Ele falou,chamando a atenção dela.


Ela se levantou,mas ele levantou as mãos,num gesto de calmaria,dizendo que não queria brigar. Ela se sentou novamente,receosa. Ele se sentou em sua frente.


_ Por quê veio aqui? - Ela perguntou,ríspida. - O quê quer?


_ Apenas conversar. Por quê você voltou aqui? - Ele retrucou,calmo.


_ Não sei se deveria lhe responder mas...voltei porque quis,esse lugar me dá lembranças.


_ Certo,acho que você...não me vê como amigo,certo?


Ela riu.


_ Você? Um lobisomem,amigo meu? Até parece. - Ela o olhou.


_ Você realmente não se lembra de nada. - Ele falou,quase sussurrando.


_ Lembrar? E do quê você sabe? - Ela perguntou,um tanto rabugenta,ameaçadora. - Você não me conhece. 


Ele quis falar algo,mas ela simplesmente deixou um dinheiro na mesa e saiu.


Dean enterrou a cabeça nas mãos. Uma atendente lhe deixou uma rosquinha e saiu.


Ele estava realmente abalado por Ryla,mas saber que ela ainda tinha lembranças,lhe deu uma faísca de esperança,na qual ele se agarrou,determinado a trazer seu amor de volta ao normal.



Ryla sentiu,de alguma forma,que havia cometodo um erro. Mas não deixou que isso transparecesse.


Ela se escondeu e viu Dean sair e ir embora. Ela suspirou. Seu sentimento confuso de que algo lhe fugia de mente aumentou ainda mais,ela ficou frustrada.


Ryla voltou para os vampiros sem contar o ocorrido. Foi para seu quartinho e se deitou. Quanto mais ela pensava naquilo que havia acontecido,mais frustrada ela ficava. Sua cabeça começou a doer com tudo aquilo,e ela sabia que estava deixando alguma coisa escapar-lhe,mas não conseguia saber o que. Ela só queria respostas,ela só queria a verdade.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...