História O Lugar Que Eu Roubei ( F. S. A .T. S ) - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber, Kylie Jenner
Personagens Jazmyn Bieber, Justin Bieber, Kylie Jenner
Tags Chaz Somers, Christian Beadles, Gigi Hadid, Hailey Baldwin, Justin Bieber, Kylie Jenner, Ryan Butler
Exibições 150
Palavras 1.624
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Drogas, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


👉 Melanie - Kylie Jenner
👉 Jazzy ( 15 anos na fic) - Gigi Hadid
Boa leitura!!!!!
Comentem
Favoritem

Capítulo 2 - White Dress


Fanfic / Fanfiction O Lugar Que Eu Roubei ( F. S. A .T. S ) - Capítulo 2 - White Dress

 

 [ Justin POV, Bieber’s House’s, 13:04pm, Canadá ] 

Acordei assustado ouvindo barulho de coisas sendo quebradas, olhei para o lado e Hailey dormia como uma pedra. Me vesti rapidamente e desci correndo me deparando com a sala toda acabada, Jazzy chorava sem parar assim como minha mãe Pattie. 

- PAREM DE BRIGAR POR FAVOR! – Jazmyn soluçava alto. – Para. 

- Viu o que você faz? É tudo sua culpa seu imundo! – Minha mãe partiu pra cima do meu pai na brutalidade. –  SEU DESGRAÇADO!  

- PARA COM ISSO MALUCA! CHEGA EU NÃO TENHO MAIS PACIÊNCIA PRA SUAS LOUCURAS PATRÍCIA! – Meu pai disse a jogando no sofá. – É! Isso! Eu cansei! Vou embora! – Ele disse saindo de encontro até a porta. – Eu volto pegar minhas coisas. 

- Não... Pai calma, não precisa ir embora. – Me meti na hora. 

- É papai! Por favor, deixe isso pra lá, fica aqui com nós. – Jazzy ainda dizia chorando. – Por favor. – Meu coração doía ao ver isso

- Me desculpem crianças, mas eu preciso ir embora, não dá mais. – Assim que ele disse, saiu batendo a porta. 

- ISSO É TUDO SUA CULPA! VOCÊS VIVEM BRIGANDO POR IMPLICÂNCIA SUA PATTIE! POR QUE FAZ ISSO? EU TE ODEIO. – Explodi. – Eu to cansado dessa merda, eu não aguento mais isso! 

- VOCÊ NÃO TEM O DIREITO DE FALAR ASSIM COMIGO, VOCÊ NÃO SABE O PORQUÊ! NÃO SE META JUSTIN. – Minha mãe apontava o dedo para mim falando  alto. – Ele vai voltar. – Falou baixo. – Não se preocupem crianças. – Disse contendo o choro. 

- Eu to com medo! – Jazzy veio até mim me abraçando forte. 

- Vai ficar tudo bem Jazzy, ouviu a mãe? – Tentei acalma- lá. 

- Vou preparar algo para vocês comerem. – Pattie saiu da sala rapidamente, eu sabia que ela não queria chorar na nossa frente. 

- O que aconteceu? Mais uma briga? – Hailey pediu assim que me viu chegando no quarto novamente, apenas assenti cansado. – Você não pode ficar tomando as dores deles Justin, são adultos casados, eles sabem o que tem que se fazer. – Ela disse calma. 

- Eles são meus pais Hailey! Estão se separando, acha mesmo que eu vou ficar quieto? – Falei irritado. – Acorda pra vida garota

- Você não precisa ser grosso assim! Eu só estou tentando ajudar! – Disse ela batendo seus pés no chão e praticamente gritando. – Quer saber, fique aí sozinho. - Completou saindo. 

- Espera aí, ficou louca? Acha que é assim? Você não tem o direito de falar o que quiser e apenas sair rebolando como se nada tivesse acontecido Hailey. – Falei segurando seu braço forte.

- Tá me machucando! – Ela tentava se soltar. – Só estou dizendo que eu também cansei disso Justin! As coisas estão ficando ruins até para nós dois, será que você não vê isso? QUE DROGA!  - Gritou. – Me perdoe, mas eu estou chegando no limite Justin. 

- Prometemos passar pelos tempos difíceis juntos! – Falei nervoso. – Você precisa ter um pouco de paciência comigo Hails. 

- Acontece que eu não sou a Melanie droga! – A olhei sem entender. – Que foi? Acha que eu não percebo? A forma como ela trata vocês? Como você olha para ela? Eu não sou idiota Justin! – Dessa vez ela estava falando coisas com coisas. – Se está achando ruim a forma que eu te trato, vá com ela então caralho! 

- Você enlouqueceu? Eu não tenho nada a ver com Melanie, ela apenas é nossa amiga Hailey! Para se ser louca, é você quem eu amo. – Falei olhando fixamente para seus belos olhos escuros.

- Ultimamente eu venho duvidando muito disso! – Por fim ela se soltou dos meus braços. – Vou indo, depois nós conversarmos. 

Apenas assenti, não valia a pena brigar por isso, mais uma vez. 

[ Melanie POV, Foster’s House’s, 13:56pm, Canadá ]

Hoje finalmente era sábado, o que significava que eu podia dormir a manhã e tarde toda sem se preocupar com nada, meus pais ficavam fora de casa praticamente a semana toda, só voltavam na terça e quarta, então eu tinha a casa toda em paz. Me levantei e fui tomar um banho, fiz minhas higienes e sequei meu cabelo, coloquei um shorts preto e uma regata branca, resolvi não me maquiar, na verdade eu não ficava sem, mas hoje era sábado e então eu apenas queria ficar naturalmente de boas.

Desci e fui reto para a cozinha, até que eu cozinhava bem, mas nada como minha amada empregada que hoje não estava aqui. 

- Chegamos! – Levei um susto ao ouvir Jazzy e Justin na cozinha.

- Puta que pariu! Nunca mais façam isso, vocês me assustaram! 

- Desculpa, você quem deu uma cópia das chaves, ué. – Rimos. 

- Você tem razão Jazzy, sentem, já tomaram café? – Pedi risonha. 

- Contando que são duas horas da tarde, sim, já tomei. – Jazzy disse irônica e seu irmão apenas ria de tudo, ele estava estranho. 

- Eu não tomei, vai fazer café pra mim também? – Justin pediu. 

- Vou sim. – Sorri. – Vocês só precisa pegar os ovos na geladeira. 

- Ok. – Justin disse se virando e pegando que estavam atrás dele. 

Peguei as coisas e comecei a fazer o café, optei por fazer omelete com bacon e um suco natural de abacaxi com hortelã, apetitoso. 

- Eu adoro comer sua comida. – Bieber dizia tomando seu suco. 

- Obrigada, eu sei que sou maravilhosa. – Me gabei ao máximo. 

- Além de maravilhosa é convencida. – Justin me olhou por a alguns instantes e eu corei. – Que tal irmos a alguma festa hoje? 

- Finalmente falou algo que preste! – Jazzy disse animada rindo. 

- Acho uma boa ideia. – Falei olhando para Jazzy que faltava sair pulando de alegria por toda a casa. – Chame os meninos. – Digo. 

- Ryan está viajando, apenas Chris e Chaz estão aqui. – Justin lembrou. – Mas vou falar com eles. – Completou com um sorriso. 

Passamos o resto da tarde juntos, nós sempre fazíamos isso era algo tão gostoso, eles eram minha família, depois que nossos pais começaram a trabalhar juntos, nós viramos uma na verdade. 

[ Algumas horas depois... ] 

Eu estava parada na frente do espelho olhando minha roupa, eu definitivamente estava com mais corpo que o normal. Coloquei um vestido branco de regata com um V nos peitos deixando eles bem a mostra infelizmente, vesti uma bota até o joelho cor esverdeada e fiz um rabo em meu cabelo, passei uma maquiagem leve e meu perfume, logo eu estava pronta para ir. Fiquei mais uns minutos esperando Jazzy se arrumar, ela estava aqui em casa assim como Justin, às vezes eles passavam a semana comigo tanto que ambos ganharam um espaço em meu guarda roupas e em minha king cama, sim, dormíamos juntos. 

- Caramba vocês demoram demais em! – Justin apareceu no quarto com uma calça jeans, tênis e uma camisa cinza. Lindo. 

- Desculpa maninho, já estamos prontas. – Jazzy disse pegando sua bolsa, ela usava uma saia jeans e uma blusa colada manhã comprida com uma renda em toda a extensão dos peitos. Linda. 

- Hailey não vai ir? – Jazzy pediu enquanto estávamos a caminho da boate de hoje.

Justin apenas negou sem falar nada sobre ela. Sinceramente eu fiquei feliz, já tinha um ano que eu era apaixonada por esse garoto, mas era claro que ele não ficaria comigo, sendo que ele tinha ela, que era linda e da sua idade, popular e desejada por todos, Hailey era a típica modelo bonita.  E ele o amado por todas, porém ele nunca dava bola a ninguém. 

Chegamos na boate que estava lotada, mas tinha um problema, ela era totalmente diferente das que nós costumávamos ir, na verdade era a 4° vez que eu e Jazzy estávamos em uma boate. Estava parecendo mais uma zona, tinha várias mulheres semi nuas ali, se esfregando em uns filhinhos de papai todos cobertos por correntes de ouro e  sem camisa, achando que estavam abalando. Levei um susto ao ver duas mulheres se beijando e um garoto parado, passando a mão em ambas como se fossem carne

- Que lugar é esse? – Pedi olhando seria fixamente para Justin.

- Uma boate diferente das que vocês foram, não subam para o segundo andar. – Bieber disse pegando uma bebida para nós. 

- Jazzy está com os meninos? – Pedi e ele assentiu. – Vou lá. 

- Espera. – Justin segurou meu braço. – Você está linda hoje. 

Senti minhas pernas amolecerem e meu coração disparar, não acredito que ele tinha dito isso pra mim. Eu estava em choque. 

[ Horas depois... ] 

Sentada no bar era onde eu estava, meus pés doíam de tanto dançar, confesso, esse lugar era muito animado e legal, fora as baixarias que aconteciam no meio de todos nós, mas faz parte. Eu queria muito ir embora porém eu tinha perdido o Justin de vista a horas, mas para minha alegria meu chofer tinha chegado. 

- Quero ir embora. – Falei parada ao seu lado. – Está ouvindo? 

- Eu estou Melanie! Vem. – Justin me puxou para um lugar em que eu não tinha ido antes, apenas iluminado por uma luz roxa bem baixa, tinha alguns casais ali se pegando, na verdade tinha muita gente se pegando ali. – Quero fazer uma coisa. – Disse ele. 

- O- o que você quer fazer? – Falei ficando cada vez mais trêmula 

- Entra. – Justin abriu uma porta para um local mais fechado.

 Tinha apenas uma bancada com uma flor e um enorme espelho, deduzi que esse lugar era para retocar a maquiagem ou algo do tipo. 

- Justin você está me assustando, vamos embora! – Falei tentando sair mas foi impossível com a porta trancada. 

- Não vamos embora agora. – Assim que Bieber disse senti seus braços fortes tocaram meu corpo. Suas mãos chegaram até minha cintura e então ele me colocou sentada na bancada.

- Apenas aproveite. – Justin disse e então colocou nossos lábios


Notas Finais


COMENTEMMMM


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...