História O Lugar Que Eu Roubei ( F. S. A .T. S ) - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber, Kylie Jenner
Personagens Jazmyn Bieber, Justin Bieber, Kylie Jenner
Tags Chaz Somers, Christian Beadles, Gigi Hadid, Hailey Baldwin, Justin Bieber, Kylie Jenner, Ryan Butler
Exibições 102
Palavras 1.259
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Drogas, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Gente, eu sei que é chato mas eu preciso que vocês comentem o capítulo, estamos no começo da fanfic e eu quero muito interagir com vocês, quero que comentem mesmo, a Fic está TODA pronta, só falta vocês comentarem e favoritarem para mim postar.
Então eu decidi isso.
A fanfic vai ser movida a comentários, se não tiver 5 ou mais comentários eu não irei postar.
:)
Boa leitura

Capítulo 3 - Kiss Kiss


Fanfic / Fanfiction O Lugar Que Eu Roubei ( F. S. A .T. S ) - Capítulo 3 - Kiss Kiss

 

Seus lábios eram macios, um turbilhão passava por meu corpo, eu tinha apenas 15 anos, esse era meu primeiro beijo. Com ele. Eu estava tão desesperada, eu simplesmente não sabia o que fazer, na verdade minha mãe vivia falando sobre isso comigo mas eu não dava a mínima para ela, droga, eu devia ter ouvido. Tentei ficar menos nervosa e então finalmente cedi e abri minha boca, rapidamente senti sua língua na minha e então eu me esforço ao máximo para fazer tudo certo, é só trabalhar a língua Melanie. E foi isso que fiz, tentei não parecer desengonçada e algum tempo depois eu finalmente estava pegando o jeito. Minhas mãos estavam para trás do meu corpo que estava inclinado, fazendo meus peitos ficarem mais amostra, as mãos de Justin passeavam por todo meu corpo me causando boas sensações que eu nunca, jamais havia sentido em toda minha vida. Justin parou o beijo e então desceu até meus seios, voltei a ficar tensa, soltei um gemido leve quando senti seus beijos naquela região, droga! O que esse garoto queria? Me matar? 

- Chega Justin! – Falei o empurrando. -  Vamos embora agora! 

- Não tente fingir que não gostou. – ele se aproximou mas desviei saindo de cima do balcão e arrumando minha roupa. 

- Você tem ideia do que fez? Você traiu sua namorada! – Praticamente gritei. – Seu idiota! Acha que eu sou o que? Puta? 

- Calma Melanie. – Justin dava risadas. – Sempre nervosinha. 

- Você... Você está bêbado seu idiota! Eu não acredito era só o que me faltava! – Falei destrancando àquela merda de porta. 

- Espera caralho! Vou te levar embora. – Justin veio ao meu lado. 

- Sai de perto de mim! Vou embora com os meninos. – Falei ríspida e Bieber apenas saiu de perto de mim indo pra pista VIP. Voltei a procurar o pessoal que ainda dançava em uma área mais restrita, Jazzy e Chaz mandavam a ver no gingado do rebolado. Ri

- Que horas vamos embora? Eu já peguei muita mina nessa desta, estou cansado! – Chris disse se sentando ao meu lado. 

- Eu também queria ir embora, porém olha aqueles dois ali. – Apontei para os dançarinos Chaz e Jazzy. – Acha que querem? 

- Risos. – Tem razão, cadê o Justin? – Travei o maxilar. – Aconteceu alguma coisa? – Sim, seu amigo traiu a namorada. 

- Não. – Fui grossa. – Não vi ele faz horas. – Completei rápido. 

- Vou procurá-lo, quer vir junto comigo? – Neguei com a cabeça. 

Assim que Chris saiu eu avistei Jazzy e Chaz vindo até mim com uma garrafinha de água nas mãos, por que será em? Os dois se  sentaram mas não paravam de tagarelar, sinceramente eu estava cansada, depois daquele beijo, tudo me deixava irritada demais. 

- Vamos embora? – Chaz pediu e eu assenti logo me levantando. 

- Cadê meu irmão e Chris? – Jazzy disse olhando para os lados. 

- Chris foi achar seu irmão,  vamos indo depois eles encontram a gente no estacionamento. – Falei puxando os dois dali depressa. 

- Que bixo te mordeu em Melanie? – Jazzy disse manhosa, tratei  de apenas ignorar para não me estressar mais do que eu estava. 

Ficamos parados no estacionamento por mais ou menos uma hora! Eu estava a ponto de explodir a qualquer momento, e o pior de tudo era que ninguém podia entrar lá buscar aqueles dois filhos da puta e falando neles... Chaz foi correndo ajudar Chris. 

- Esse palhaço tá caindo de bêbado! Levei mais de uma hora pra tirar esse filho da puta de dentro daquele quarto imundo. – Chris ajudava Justin a andar com brutalidade. – Me ajuda a colocar ele no carro. – Chris pegou as chaves do bolso de Justin que ria. – PARA DE RIR CARALHO! – Ele gritou colocando o amigo no banco. 

- Pra que falar asium amiugo? – Justin dizia atropelando palavras. 

- Meu Deus, a mamãe vai matar ele! Justin nunca ficou bêbado.  – Jazzy já falava desesperada. – Melanie, deixe a gente dormir em sua casa, por favor! – Seus olhos estavam cheios de lágrimas. 

- Tudo bem. – Falei tentando ser durona, mas eu estava com pena da minha amiga, eu via todo seu sofrimento pelos pais. 

- Vamos de uma vez antes que eu jogue esse idiota pela janela. – Chris resmungava do carro do amigo. – Vai pela sombra Chaz. 

O terceiro amigo apenas ria de tudo como se tivesse assistindo um filme, nos despedimos do Chaz e então fomos rumo a casa. Não demorou muito a chegarmos e com muita, dificuldade colocamos Justin no banheiro, que não parava de falar merda. 

- Obrigada  Chris! – Falei enquanto o mesmo arrancava o carro. Voltei para meu quarto e Jazzy estava sentada na cama, chorando. Droga, eu odiava a ver assim, tão triste, e magoada. 

- Para de chorar Jazzy! Não é hora para isso! – Falei irritada. – Sua mãe não vai ficar sabendo, nem Hailey, não tem com o que se preocupar, amanhã seu irmão estará bem. – Completei. 

- Me desculpa tá? Eu não queria te deixar irritada. – Me abraçou. 

- Esquece isso, não vamos mais pensar em coisas ruins, vá dar banho em seu irmão, não está escutando as asneiras que ele está falando? – Pedi rindo, fiquei aliviada ao ver ela sorrindo de novo. 

- Ficou louca? Eu não vou dar banho nele! Vá você! – Gargalhei.

- Nem pensar Jazzy, apenas coloque ele no chuveiro com roupa mesmo, é só pro Justin acordar, deixe a água bem gelada, a hora que você tirar ele me chame que eu ajudo, ok? – Falei e ela assentiu indo até o banheiro, largando os sapatos no caminho. 

Procurei uma roupa leve do Justin e achei, peguei uma toalha e coloquei na porta, tratei de tirar meus sapatos e soltar meu cabelo, tirei minha maquiagem e só faltava tirar o meu vestido. 

- Melanie me ajuda. – Ouvi Jazzy gritar do banheiro. – Toalha!

Fui até a porta e lhe entreguei a toalha sem entrar,  assim que ela o secou eu entrei para ajudar a pega- lo. Bieber já estava melhor mas ainda bêbado, esse filho da mãe quase entrou em coma alcoólico por simplesmente ser um idiota por completo. 

- Por que vocês estão com essas caras de quem comeu e não gostou? – Justin resmungou tentando ficar sentado na cama. 

- Apenas coloque essa roupa. – Falei lhe entregando sua boxer. 

- Seria mais fácil você colocar pra num Mel, não acha? – Ele disse malicioso e sua  irmã tentava colocar sua camiseta, com sucesso. 

- CALA ESSA BOCA! – Gritei sem paciência e o silêncio reinou. 

Justin não disse mais nada, apenas tentava se manter acordado, dei o remédio para ele não acordar com ressaca e então o deixe se deitar, Justin sempre dormia ao nosso meio, mas hoje não. Assim que Jazzy tomou banho foi minha vez, joguei a água no meu corpo e então saí enrolada na toalha, me troquei e então me deitei, Jazzy estava no meio, como uma barreira contra ele. 

- Você só está assim porque eu te beijei. – Apenas respirei fundo. 

- O QUE? – Jazzy levantou. – Eu não acredito nisso que ouvi!

- Jazzy pelo amor de Deus deita, amanhã nós conversamos. – Falei tentando manter a calma. – Sem fazer escândalo Jazzy! 

- Eu não acredito, você traiu a Hailey! – Ela olhou para Justin. Que já tinha caído no sono. – Filho da mãe, que garoto burro! 

- Vou fingir que estou sozinha e dormir, até amanhã. – Falei apagando a luz do abajur. 

Eu estava me controlando para não chorar, eu estava com tanta raiva, droga esse garoto fez questão de foder com tudo.

E o piorde tudo era que eu havia gostado daquelas boas sensações. 


Notas Finais


O próximo cap está bem grande


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...