História O Lugar Que Eu Roubei ( F. S. A .T. S ) - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber, Kylie Jenner
Personagens Jazmyn Bieber, Justin Bieber, Kylie Jenner
Tags Chaz Somers, Christian Beadles, Gigi Hadid, Hailey Baldwin, Justin Bieber, Kylie Jenner, Ryan Butler
Exibições 70
Palavras 1.188
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Drogas, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Desculpem a demora!!!!

Capítulo 7 - Left


Fanfic / Fanfiction O Lugar Que Eu Roubei ( F. S. A .T. S ) - Capítulo 7 - Left

 

[ Melanie POV, Foster’s House’s, UM MÊS  DEPOIS, Canadá. ] 

- Vai ser legal  filha! – Minha mãe dizia pela milésima vez a mesma coisa. – É só uma breve viajem, conhecer o Brasil. – Rolei os olhos. – Eu vou te levar a um psicólogo, você está com depressão! Só pode ser isso. – Ela disse se jogando na cama. 

- Olha mãe, eu to de boas, só não quero ir para outro país! – Bati o pé no chão. – Tenho aula. – Me joguei na cama ao seu lado. 

- Eu sei que você está mudando por causa do Justin, e que vocês estão ficando. – Olhei para minha mãe com os olhos arregalados. – Chaz me contou, nem brigue com Jazzy. – Abri a boca incrédula

- Chaz me paga... – Falei pasma. – É verdade mamãe, isso está me deixando péssima, ele mudou como vocês todos viram, de forma alguma quer deixar Hailey, isso me magoa sabe? – Bufei. 

- Por Deus Melanie, se afaste! Sabe os problemas que irá trazer pra sua vida, não sabe? O Justin não é mais o príncipe encantado dessa história. – Assenti triste. – O meu bem, eu sempre quis que vocês ficassem juntos, mas infelizmente eu não te aconselho mais, você vai sair machucada nisso se persistir, entende amor? 

- Eu sei mãe... Mas ele é tão, ele. Não sei explicar, já tem quase três meses que tudo está acontecendo, eu estou muito ferrada! 

- Você não pode se deixar levar pelo coração e emoção, e sim pela racionalidade minha filha, só não quero te ver sofrendo, entendeu? Promete que vai conversar comigo? – Dei um sorriso. 

- Tudo bem. – Falei e a abracei. – Prometo conversar com você. 

Eu e minha mãe não éramos tão amigas assim, apenas as vezes, eu me esforçava para ser mais compreensiva e amorosa com ela, porém era complicado essas coisas. Da mesma forma com meu pai, porém ele tinha as manhas para me fazer mais próxima de si. De um jeito ou outro eu era filha deles, e os amava muitíssimo. 

 

Já tinha dois meses que eu e o Justin estávamos ficando, porém apenas beijos, o que o deixava muito irritado comigo trazendo brigas, e até mesmo ameaças de agressão. Nesse mês eu estava aterrorizada, o Justin havia se tornado outra pessoa por completo, todos os dias eram dias de drogas, sexo, e brigas para ele. E nós ficávamos como? Desesperados. Ninguém conseguia mais controlar Justin, apenas Hailey e muito raramente eu. Seus pais estavam mais que perto de se separar e eu estava ficando completamente louca, era muita pressão para ambas das  famílias, éramos como um só, o que complicava mais ainda a situação.

Mas estávamos aguentando, ou pelo menos tentando. 

- Melanie, tem gente aqui. – Meu pai veio me dar um abraço. – Estamos saindo ok? Se cuida, te amo. – Disse indo na garagem. 

- Oi, aconteceu alguma coisa? – Pedi assustada ao ver Hailey ali. 

- Oi Melanie, aconteceu, posso entrar? – Assenti dando espaço. 

- Pode se sentar. – Falei e Hailey se sentou de frente para mim. 

- Eu vou ser bem direta e sincera com você ok? Eu estou confiando em ti pra me ajudar Melanie. – Ela disse simples. – Eu sei que você e o Justin estão ficando. – Minha respiração ficou pesada. – Melanie, eu não aguento mais isso, entende? Não sei mais lidar com o que está acontecendo, Justin e eu estamos indo para caminhos diferentes, e eu não quero isso pra minha vida, doeu demais ver tudo isso. Há alguns dias eu conheci um amigo, que mora longe, e eu estive falando com minha mãe e decidimos ir embora, ela disse que seria o melhor, e iremos logo amanhã. – Senti meu coração pular para fora com tudo o que ela disse. – Estou dizendo isso a você, por que sei que vai compreender, e sei que vai me ajudar, eu só te peço que avise ao Justin, porque eu não quero mais vê-lo! Não quero que doa mais ainda. – Suspirei. – Eu sei que você ocupará o meu lugar, e sei que ele ficará com você, então é isso, eu vou embora e nunca mais irei voltar. 

- N- N- N- Não! NÃO! Você não pode fazer isso com ele Hailey! NÃO PODE MAGOA- LO DESSA FORMA. ELE PRECISA DE VOCÊ MAIS DO QUE TUDO AGORA, NÃO FAÇA ISSO! POR FAVOR! – Surtei desesperada. – Ele te ama muito, muito mesmo Hailey! 

- Ele me traiu, me trai, mente, acabou com todo nosso amor se metendo com essas coisas, ele me destruiu por dentro primeiro! Eu cansei de sofrer, eu cansei Melanie! Aviso dado, eu não volto mais. – Hailey disse se levantando depressa. – Se cuida Melanie. 

- Hailey você vai se arrepender, não faça isso! VOCÊ NÃO PODE ME DEIXAR DESAMPARADA ASSIM! – Eu gritava feito uma louca. 

- Você vai se dar bem, ele vai te amar um dia não sei preocupe. – Hailey andava quase correndo até o carro. – Não me procure! 

- DESGRAÇADA! VADIA! – Comecei a gritar na rua mesmo, enquanto eu via o carro se afastar depressa. – MERDA! DROGA! – Eu chorava e gritava ao mesmo tempo.

Ela havia ido embora. 

Eu sem dúvidas deveria estar feliz e com TODA a certeza estou é muito. Agora ele seria meu. Mas é claro que não! Eu estava desesperada, a pessoa que o Justin mais amava estava indo embora e o deixando sem nem um mísero adeus, pelo menos! Isso era covardia. E o que eu faria agora? Eu estava muito ciente de que um inferno estava começando em minha vida, agora eu iria pagar pelos meus erros cometidos com ele. Justin estava definitivamente perdendo, todo ao seu redor, e eu não sabia lidar com isso de forma alguma. Hailey era uma vagabunda! Era impossível de acreditar que ela simplesmente foi embora, assim do nada, ela o amava! Era a sua obrigação estar aqui e ficar ao seu lado. Merda, eu estava totalmente desesperada e perdida. 

 

Já tinham se passado mais de três horas que Hailey veio aqui, e eu ainda estava andando de um lado para o outro pensando em como eu iria contar ao Justin que sua amada estava indo embora, porra! Como falar olhando ao seus olhos? Impossível! 

- Alô? Justin! – Falei transmitindo calma, ou pelo menos tentando. – Meus pais foram viajar novamente, preciso que você venha aqui na minha casa, temos que conversar, traz a Jazzy. – Falei e desliguei sem ao menos deixar ele me responder. 

Enquanto eu os esperava, liguei para meus pais que já se encontravam no aeroporto junto com os dos Bieber’s, dei graças a Deus, era menos pessoas para fazer perguntas e piorar a coisa.

Tomei um banho rápido e desci, Justin  e Jazzy já estavam aqui. 

- O  que aconteceu? Que cara é essa Melanie? – Jazzy pediu divertida, mas era o que menos iria ficar a situação. 

- É- É-  É... É sobre ela. – Olhei para Justin. – Sobre Hailey. – Falei. 

- O que aconteceu com ela? Está tudo bem? Responde Melanie! – Justin automaticamente ficou nervoso. – RESPONDE MENINA! 

Respirei fundo, eu tinha que contar de uma vez por todas logo. 

- Ela está indo embora. – Cuspi palavras. – Mandou t- te avisar. 

- O- o que? – Ouvi sua voz em um sussurro.





Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...