História O Máfioso ( Jikook ) - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Hentai, Jikook, Namjin, Vhope, Yaoi
Exibições 238
Palavras 543
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 11 - CAP 11


Fanfic / Fanfiction O Máfioso ( Jikook ) - Capítulo 11 - CAP 11

Jungkook desceu para o andar de baixo e encontrou Suho e seus aliados de Busan com mais 15 homens armados. 

- hora hora hora ...estava dormindo? Desculpe se te acordei , mas precisamos tratar de um assunto urgente - diz Suho com ironia 


Suho era como jungkook  , filho único que herda os negócios do pai , mas diferente de kook ele é mil vezes mais cruel e principalmente não sabe lidar com os negócios do pai.


- o que você quer? - kook diz descendo as escada, tentava parecer o mais tranquilo possível, mas por dentro estava extremamente nervoso, tinha medo de não cumpri a promessa de voltar jimin. 

-  primeiro: quero mais um distrito, segundo: quero o que nunca devia ter saído da minha posse, onde está jimin?- jungkook se assusta - o quê?  Pensou que eu não descobriria que ele veio parar aqui? Sei que nos temos muitas desavenças, mas se podermos resolver isso na paz, seria bom.

- primeiro: você não terá outro distrito, você não consegue nem cuidar dos três que tem e, segundo : jimin não voltará pra você 

-  eu paguei por ele , você tem que devolver. 

- eu compro jimin de você - 

- ele é inegociável, a não ser que queira fazer uma troca , eu te dou jimin e você me da  o seu distrito. 

- só por cima do meu cadáver - yoongi diz entrando na sala e se pondo ao lado de kook  com uns 25  homens tirando os que estavam do lado de fora, fortemente armados. 

- vai ser assim então? Terei mesmo que te matar ? Se é assim que você quer - Suho manda e todos apontam suas armas pra jungkook que também tem seus empregados mirando em Suho. 

- é assim mesmo - jungkook saca uma arma de sua cintura  e as armas começam a disparar uns contra os outros .

Kook desvia das balas e se esconde junto com yoongui. 

Parecia uma guerra, um barulho ensurdecedor de tiros , pessoas sendo atingidas .

Eles olham e Suho desapareceu .

- eu vou ver se o jimin está bem - kook avisa a yoongui 

- eu te dou cobertura 

Kook corre pelas escadas mas é atingindo por uma bala em sua perna que o faz cair na hora , recebe mais três tiros , um no braço, tórax e na cabeça. 

- JUNGKOOK - yoongui grita vendo seu amigo no chão,correu até ele. 

- yoongi cuide de jimin pra mim - e apagou 

Vendo que muitos já estavam mortos , yoongui se arrisca e puxa jungkook e o esconde até o tiroteio acabar.

Todas as janelas foram destruídas, os moveis a vidraça da mão de kook, tudo que estava no meio foi destruído .


Yoongi conseguiu tirar kook do fogo cruzado,  o pós no carro e o levou imediatamente ao hospital. 


Na quela madrugada, muitos do que serviam a jungkook morreram , muitos não tinha família ou eram homens que só se importavam com trabalho, mas kook não os esqueceriam. 


Kook foi atendido rapidamente, podendo assim salvar sua vida , mas kook não acordou mais.


Jungkook avia entrado em  coma por três anos ,  pela bala na cabeça que tinha recebido , mas sua  mente nuca o  deixou esquecer jimin.  






Três anos depois 


continua...


Notas Finais


Não me matem .
Suho meu Bias !
Desculpem os erros.
♡♡♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...