História O maravilhoso mundo das histórias - Capítulo 2


Escrita por: ~

Visualizações 262
Palavras 7.042
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Crossover, Famí­lia, Festa, Romance e Novela

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


O jeito que você se mexe enquanto dorme, o jeito que você olha antes de se mover, as estranhas decepções que você guarda, você não percebe mas estou notando.

Inspirada no filme Nick e Norah - Uma noite de amor e música.

Capítulo 2 - Infinite playlist - S.M


Era mais um dia normal em Pine Ridge School, os alunos em suas salas, o corredor sem zoadas e eu sem prestar atenção na aula da Srª White que falava sobre a Segunda Guerra Mundial pela terceira vez em uma semana. Vamos dizer que não preciso prestar muita atenção no que ela diz, eu amo história, sei explicar a Segunda Guerra de trás para frente.

O sinal tocou e todos levantaram de suas cadeiras com uma velocidade extraordinária. Poderia até compara-los ao Barry Allen.

- Srtª Martinez. - a doce professora chamou antes que eu conseguisse sair da sala

- Srª White, posso ajudar?

- Sim, pode ajudar começando a prestar atenção em minhas aulas. 

- Ok, prometo que na próxima irei me concentrar. - ela assentiu e eu sai de lá o mais rápido que consegui

Os corredores antes sossegados agora estavam cheios e barulhentos, alunos animados com o final de semana que estava chegando. Guardei alguns livros e cadernos em meu armário e peguei outros para próxima aula depois do intervalo, coloquei em minha mochila e sai indo em direção ao refeitório com meus fones de ouvidos tocando minhas músicas favoritas. Já no refeitório avistei meus amigos sentados em uma mesa no canto, Lisa lendo algum livro como sempre, Caroline entretida com alguma bobagem no celular, Nick e Shawn conversando alguma coisa animadamente. 

- Laura, você não vai acreditar no que eu encontrei na internet. - Caroline disse quando sentei ao seu lado 

- O que você encontrou na internet? - peguei a maçã que estava em minha mochila e mordi

- Vai ter um show, amanhã, da sua banda preferida em Toronto.

- Espera, isso é sério? - olhei o celular onde tinha algumas poucas informações sobre o show - Caroline é um show secreto, ninguém sabe onde vai ser.

- Ainda, Laura. - Nick disse - Temos que descobrir onde vai ser, temos que ir.

- Não sei não. - disse ressentida - Se a gente não conseguir achar.

- Nós vamos achar Lau. - Shawn disse e eu sorri

Ele é o único que nunca percebe que eu sou completamente apaixonada por ele desde a quinta série. Se ele soubesse como meu coração fica todas as vezes que ele sorri.

- Então, vamos procurar. Por favor. - Lisa disse fechando o livro e me olhando quase como um imploro

- Vamos. - sorri largo.

[...]

Nossas aulas tinham acabado e eu estava no armário pegando mais alguns cadernos para fazer algumas atividades pendentes.

- Oi Laura. - Shawn parou do meu lado sorrindo 

- Olá Shawn. - retribui o sorriso

- Preciso da sua ajuda.

- Minha ajuda?

- Sim, talvez meus pais não me deixe ir com vocês amanhã. - ele disse - Mas se você estiver comigo quando eu pedir eles irão deixar. Por favor.

- Eles nunca deixariam se soubessem que tem a possibilidade de Nick dirigir não é? - ele assentiu rindo - Ok Shawn, eu te ajudo

Fechei o armário e sai da escola acompanhada de Shawn que falava como amanhã seria um dia legal. Lisa estava me esperando encostada no carro lendo outro livro. 

- Vamos? - ela assentiu e eu destranquei o carro entrando e Lisa e Shawn fizeram o mesmo.

Todos os dias eu dava carona a eles, somos vizinhos desde que me entendo por gente. Lisa é a pessoa mais fofa que alguém pode conhecer, ela é super tímida e quase nunca conversa com ninguém ou quase nunca topa sair para lugar nenhum, fiquei até assustada quando ela ficou animada para procurar o Where's fluffly?*

[...]

- Mãe, quero te pedir uma coisa. 

Eu estava na casa de Shawn esperando a mãe dele voltar do trabalho para ele pedir a ela para ir no show.

- O que meu bem? 

- Posso ir no show da where's fluffly? amanhã? A Laura também vai. Por favor.

- Não é o Nick que vai levar vocês não é? - Karen perguntou receosa - Se for ele pode tirar as esperanças do seu coração

- Não mãe, a Laura vai dirigir, ela é responsável lembra?

- Eu sei que a Laura é responsável. - ela sentou ao meu lado e soltou a respiração profundamente - OK, pode ir.

- Obrigado mãe. - ele abraçou ela e beijou seu rosto - Laura, você é a melhor - e me abraçou me pegando de surpresa e eu fiquei imóvel 

- Obrigada?

[...]

Estou animada para achar a Where's fluffly? amanhã mas preciso dizer isso a minha mãe que iria falar um monte mas no final deixaria. Agora só preciso me concentrar nessa atividade de matemática ou posso dar adeus ao show.

- Querida, ainda estudando? - minha mãe entrou no quarto 

- Sim, tenho que terminar ainda hoje. - ela sentou na minha cama e eu virei para ela - Mãe, amanhã a where's fluffly? vai fazer um show em Toronto, deixa eu ir? 

- Where's fluffly? não é aquela banda que ninguém nunca sabe onde vai ser o show e vocês tem que ficar procurando por eles?

- Essa mesmo. - respondi - Por favor, a Caroline, Lisa, Nick e Shawn vão também. 

- Certo. Pode ir. - levantou e beijou o topo da minha cabeça, saiu do quarto e fechou a porta.

Where's fluffly?, ai vou eu. 
          

 {Dia seguinte...}

- Você tem que dizer a ele. - Caroline chegou cedo em minha casa para  show, o que era desnecessário já que só iriamos mais tarde

- Caroline, Shawn é meu melhor amigo e eu não vou estragar nossa amizade por causa de uma paixonite.

- Paixonite aguda. Você é louca pelo Shawn desde a quinta série. - ela se jogou em minha cama enquanto eu procurava alguma coisa para vestir mais tarde - Ele nunca percebeu porque é lerdo demais. Hoje é o dia de você se declarar pra ele. 

- Caroline Dickens, eu não vou me declarar para o meu melhor amigo. - dei enfase no amigo 

- Você que sabe. - ela deu de ombros
 

{Há três casas de distância...}{ P.O.V Shawn Mendes}

- Shawn já passou da hora de contar a Laura o que sente por ela.

- Nick, não começa. 

Tem exatas duas semanas que Nick só fala nesse assunto de me declarar para Laura.

- Ela é minha melhor amiga desde sempre, o máximo que ia conseguir falando o que sinto é perder a nossa amizade.

- E você prefere ser só amigo dela para sempre? - Nick dizia rodando a cadeira onde tava sentado - Shawn, em duas semanas as aulas acabam e você vai dizer adeus a ela? Ela vai para Yale, Shawn, em Nova York. E isso tudo que você sente por ela vai ter sido em vão já que pretende nunca dizer o que sente. Hoje é o dia perfeito para fazer isso, o show da banda preferida de vocês dois, da gente também mas mais de vocês, a adrenalina de encontrar a where's fluffly? vai ser perfeito.

- Não sei não, Nick. Melhor não arriscar perde-la.

- Shawn, deixa eu te mandar a real, você vai perde-la, principalmente se você não contar. 

O que os separava não eram apenas três casas, eram a confusão de sentimentos, os medos de decepção mas o que realmente os separavam era o medo de perderem um ao outro.

 

{P.O.V Laura}

- Fico besta com a capacidade do Shawn de demorar horas para se arrumar e sai com a mesma cara. - eu disse quando Shawn e Nick entraram no carro 

- Nem demorei tanto, Laura.

- Imagina se tivesse demorado. - Caroline esbravejou ligando o rádio para ouvir informações da where's fluffly?

Depois de pegar Lisa que já esperava a gente na frente da porta de sua casa e assim que parei o carro entrou animada e falante, o que era muito bom e sempre uma novidade.

"Jimmy, é verdade que temos noticias fresquinhas sobre o show da Where's Fluffly? hoje?" - um dos locutores da rádio disse 

- Aumenta o volume. - Nick disse e Caroline aumentou

"Sim Scott, tivemos a noticia de onde será o show de hoje a noite, já que a banda é conhecida por seus enigmas de localização, tive o prazer de falar com um dos empresários que é um amigo de longa data e ele me disse que seria no melhor pub da Queen Street West"

" Então para você, fã da banda mais misteriosa do mundo, fica essa dica quente de onde será o grande show de hoje. Agora fiquem com uma música do Jesse McCartney"

- O melhor pub da Queen Street West, essa é a grande pista? - Lisa comentou - Sabe quantos pubs maravilhosos tem na Queen Street West? 

- A gente precisa de mais pistas que isso. - disse - Caroline olha na internet, no site de fãs dos fluffly

- Calma, Laura. Nos vamos acha-los. - Shawn disse pondo a mão em meu ombro 

- Posso ligar pro meu pai se quiserem. - Lisa disse e negamos 

- Não mesmo, séria trapaça, já é legal demais poder entrar nos clubes sem pegar filas. - Nick disse batendo a cabeça no banco da frente onde Caroline estava sentada

- Achei uma coisa que pode ajudar. O proprietário do site tweetou "Te vejo no 1546 peixes"

- 1546 peixes? 

- Mezzrow's. - gritei fazendo uma curva - É no mezzrow's. Fica no Queen Street West. E na placa tem um peixe 1546 outro peixe Mezzrow's.

- Você é um gênio, Laura.

[...]

Demorou um pouco para chegar  no local onde provavelmente seria o show dos W'sF?. Estacionei o carro ali na frente e descemos para entrar no lugar.

- Isso não é meio pequeno? - Nick disse fazendo carreta 

- Também acho. - Lisa concordou

- Só vamos saber se entrarmos. - Caroline segurou minha mão e me puxou com ela para atravessar a rua.

Entramos no bar que era muito estreito por dentro. Tem um palco armado, ponto um; tem pessoas com camisas do W'sF?, ponto dois; tem pessoas interagindo e falando dos W'sF?, ponto três. 

- Tudo indica que é aqui mesmo. - Shawn comentou olhando ao redor

- Não sei não. - disse em dúvida - Tem pontos positivos mas o lugar é muito pequeno.

- Vamos dá uma chance. - Caroline disse e dei de ombros

Sentamos em uma mesa perto do "palco" e Caroline e Lisa foram pegar bebidas no bar.

- Então Laura, duas semanas para o fim das aulas. Animada para Yale? - Nick me perguntou e eu sorri 

- Muito, nunca pensei que iria ser aceita. - respondi - Eu vou morar em Nova York, conseguem acreditar?

- Não, não consigo acreditar. - Shawn disse - Quer mesmo ir?

- Claro que quero, Shawn. Que pergunta. 

Parte de mim queria ir, parte de mim queria ficar. Por ele. Mas do que ia valer eu ficar se ele não sabia o que eu sentia? Não podia deixar meus sonhos por um sentimento que não era recíproco e ainda era capaz de perder o meu melhor amigo.

- Vamos no banheiro? - Lisa perguntou e assenti levantando

Lisa, Caroline e eu estávamos no banheiro e senti que minha querida Caroline já está ficando bêbada. 

- Você deveria falar. - Lisa concordava com Caroline

- Lisa, não vou arriscar perder a amizade dele. - abri a torneira e lavei as mãos - Por que vocês não entendem? 

{P.O.V Shawn Mendes}

- Eu vou contar. - disse a Nick quando as meninas saíram para o banheiro

- Contar o que? - ele respondeu distraído olhando para uma menina que passava

- Vou contar a Laura o que eu sinto. - respondi e ele olhou para mim sorriu dando um tapinha no meu braço 

- Isso ai cara, tiro as meninas daqui e você fala. 

- Não assim Nick, quando o show do fluffly começar e tocar closing in time*, eu digo a ela. 

- Quanto tempo levou pra planejar isso?

- Minutos. - respondi e dei de ombros - Não vou deixar ela ir. 

- Isso ai. Esse é meu amigo. 

Vi as meninas voltando do banheiro e mudei de assunto. 

- O show do fluffly não é aqui. - Laura disse e sentou em sua cadeira - Não tem a marca deles no banheiro. 

- Não tem? - perguntei e ela negou - E agora?

- Vou olhar no site do fã clube do fluffly. - Caroline disse pegando o celular do bolso - Vamos vê... aqui, atualização. "Não acreditem em noticias de qualquer lugar, eles estão na Queen Street West mas esqueçam os peixes". 

- Ou seja, não é aqui. - Lisa disse decepcionada 

- Não desanimem, nós vamos achar os fluffly e eu tô falando porque agora é questão de honra. - Nick disse e levantou batendo na mesa - Vamos sair daqui. 

{P.O.V Laura}

Não entendi muito essa questão de honra do Nick, mas gostei dessa atitude do meu querido amigo. 

- Vamos lá, Carol, precisamos de mais informações. - Nick disse quando entramos no carro - E você Laura, faz o favor de dirigir direito porque você é meio lerda.

- Me respeita garoto.

- Sem briga gente. - Lisa disse sem muita paciência - Temos que encontrar o flufly.

- Atualização. - Caroline gritou - "Não se preocupem se demorar para nos achar só vamos começar à meia noite. Mas lembrem-se gostamos de espaço."

- Espaço na Queen Street West? Sabe quantos espaços tem na Queen Street West? To começando a ficar irritada com W'sF? - gritei e bati a cabeça no volante 

- Vocês não deixam eu ligar pro meu pai, seria mais fácil. - Lisa esbravejou 

- Não Lisa, nos vamos achar, sem precisar do seu pai. - Shawn respondeu - Questão de honra. 

- Que merda é essa de questão de honra? - Caroline perguntou e ninguém respondeu 

Ninguém sabia o que fazer. Ninguém sabia o que dizer. Não podíamos pedir ajuda ao pai da Lisa, ele já era legal demais com a gente pra pedir isso. Where's fluffly? é minha banda favorita e eu ficaria decepcionada se não descobrisse onde eles estariam. 

Já tem mais de vinte minutos que estamos no carro sem falar nada, apenas respirando quando o celular da Caroline começou a apitar e ela pegou para vê o que era.

- OMG, OMG, OMG. - ela gritava desesperadamente - Vai para 314 Queen St W, M5V 2A4.

- Que? Por que? - perguntei 

- Tem marca do W'sF? lá. - ela gritou e eu liguei o carro e dei partida - Tris me mandou agora. - fiz uma cara feia quando ouvi aquele nome

- O que a vagaTris ta fazendo lá? - Lisa disse provavelmente sem pensar muito - Ops, desculpinha Shawn.

Beatrice Vega, mais conhecida como Tris ou vagaTris, é ex namorada do Shawn, completamente insuportável, e não digo isso porque eu sou apaixonada por ele, ela é realmente insuportável. 

- Sejamos realistas, ela nem é fã do W'sF. - Lisa continuou 

- Ela até gosta. - Shawn defendeu - Mas não sei o que ela tá fazendo lá.

- Deve ta fazendo o que faz de melhor. - murmurei 

- O que você disse?

- Nada. Não disse nada.

Continuei dirigindo sob pressão do Nick para ir mais rápido, mas eu sou boazinha demais para bolar as leis a essa hora do dia porém não demoramos a chegar.

- Chegamos. - estacionei - Cube? Aqui? Sério?

- Foi o que a Tris disse. - revirei os olhos e sai do carro 

Travei as portas do carro quando todo mundo saiu e Caroline veio pro meu lado e murmurou "Relaxa, ignora ela." 

Não era fácil quando uma das suas melhores amigas é amiga da ex do cara que você é apaixonada, eu já fingia que a Tris não existia todos os dias na aula de biologia já que ela é minha parceira. 

Eu a odiava, com todas as forças, quem namora um cara maravilhoso como o Shawn e traí ele todo santo dia? E o pior é que o idiota ainda tem um tombo desgraçado pela vagaTris, como a Lisa apelidou ela carinhosamente. 

{P.O.V Shawn Mendes}

A Tris estaria lá. Eu já não tinha certeza se seria uma boa ideia falar para a Laura o que sinto. Não posso negar que ainda sentia algo pela Tris, fiquei uma boa parte da minha vida vivendo minha vida com a Tris. Ela era incrível, eu não podia mentir sobre isso, os cabelos ruivos e as sardas em seu rosto me deixava feliz toda vez que a via.

- Vocês vinheram. - Tris veio em nossa direção e abraçou Caroline e vi Laura bufar e revirar os olhos - Lisa saindo de casa é uma novidade.

- Né menina, a unica coisa que não é novidade é você vagabundando por Toronto no final de semana. - Lisa respondeu e Laura segurou o riso 

- Tá andando muito com a Laura. 

- Melhor com ela do que com você né?

- Chega. - eu disse parando o que poderia virar uma confusão. 

- Vem Lisa, vamos beber. - Laura puxou Lisa pela mão indo para o bar 

{P.O.V Laura}

Sai dali com Lisa, sinto que se ficasse ali pegaria a vagabundice dela. 

- Odeio ela. - Lisa fez careta e eu ri - Será que o W'sF? vão esta aqui mesmo? 

- Não sei Lisa, vamos vê no banheiro.

Passamos pelas pessoas indo para o banheiro e ficando na fila que estava grande, Lisa falava quão mais fácil seria se o pai dela ajudasse e eu repreendia ela por querer que fosse fácil. 

Chegou nossa vez e entramos com mais outras mulheres e entrei em uma das cabines, fiz xixi com o melhor artifício criado pela humanidade chamado urinol feminino, você não precisa sentar nessas privadas que todo mundo usa e faz xixi feito hominho. Terminei meu xixizinho e olhei em volta da cabine e tinha varias marcas do fluffly, parece que vai ser aqui mesmo. Sai de lá e lavei as mãos e o urinol na pia guardando no potinho e pondo no bolso novamente, esperei Lisa e saímos do banheiro. 

- Onde vocês estavam? - Caroline perguntou quando voltamos 

- Sua amiguinha já te largou? - respondi 

- Não comece Laura, você e a Lisa são minhas melhores amigas. A Tris é a capitã das líderes de torcida e isso faz a gente ser próxima. 

- Ela é parceira de biologia da Lau e elas não são amigas. - Lisa respondeu e pegou a caneca de cerveja que ela tinha pedido

- Lisa, não incentiva o ódio que habita esse coração. - ela colocou a mão no meu peito esquerdo e eu bati na mão dela

- Nem vem. 

Um homem subiu no palco e todos olharam para ele 

- Vocês estão prontos para os fluffly? - ele gritou e a galera gritou um coro de "sim" de volta para ele - Vocês estão prontos? - "sim", peguei meu celular e olhei as horas 09:54p, entortei a boca - Vem ai Where's Fluffly? - ele gritou animado e uma banda que não tinha nada a vê com o W'sF? subiu no palco e todo mundo começou a vaiar

- Qual é - eu gritei -, ninguém merece esses Devil Child's, sempre fazendo isso nos shows do fuffly no Canadá.

Devil Child's é uma banda de rock muito ruim que pega cola nos shows de bandas como a W'sF? que fazem mistérios em seus locais de show. 

- Não acredito nesses filhos da puta. - Nick disse chegando perto da gente - Vamos embora. 

Saímos da casa noturna com muita dificuldade já que todo mundo tava saindo de lá de uma vez, quando conseguimos sair eu e Lisa estávamos rindo muito com um cara muito bêbado que falava mal da DC. 

- E agora? - encostei no poste e vi Shawn saindo de dentro da Cube conversando com Tris - Acho que desisto. 

- Você desiste muito fácil Laura. - Tris disse parando perto de mim - Lisa é uma péssima amiga, podia perguntar onde os fluffly estão ao seu pai. 

- Não sou sua amiga, Tris. - Lisa sorria irônica. 

- Vem, vamos pro carro. - puxei Lisa para o outro lado da rua e Caroline veio atrás da gente 

{P.O.V Shawn}

- Você é um idiota. - Nick falou quando Tris saiu de perto da gente depois de as meninas terem sido grossas com ela - A Tris te chifrava todo dia e você fica que nem um idiota atrás dela. Achei que fosse apaixonado pela Lau.

- Eu sou, eu amo a Lau. - respondi - Mas não sei o que acontece quando eu fico perto da Tris eu fico diferente.

- Você tem que começar a esquecer esse tesão que tu ainda tem na Tris e focar no seu amor pela Lau. Shawn, a Lau não vai ficar para sempre.

- Eu sei, Nick. Duas semanas ela vai para Yale em Nova York e eu vou perde-la. 

- Exatamente. Foca na Laura e esquece a vagaTris. 

Já eram 10:37pm, a gente parou em um Mc Donalds depois de a Lau ter dado um ataque estérico porque ainda a gente ainda não sabia onde os flufflys estavam.

- É minha ultima chance de ir no show do fluffly com vocês. - choramingou 

- A gente vai achar eles Lau. - eu disse tentando acalma-la

- Você já disse isso umas mil vezes e até agora já fomos em dois lugares e não achamos eles. 

- Mas nós vamos - continuei -, confia em mim. Eles vão dá uma pista boa.

- Acho bom, ou eu me mato. - ri fraco do seu exagero - Não ri não, estou falando sério. 

- Eu sei. - puxei ela para perto de mim e a abracei ela sorriu e retribuiu o abraço - Não sei o que vai ser de mim sem você Lau.

- Também não sei o que vai ser de você sem mim Shawn. - ela riu - Quem vai te livrar das vagaTris da vida - eu ri pelo nariz 

- Estou falando sério. - separamos o abraço e ela me olhou nos olhos - Acho que minha vida não vai mais fazer sentido quando você me deixar. 

- Para Shawn, - ela bateu em meu braço - você vai ser um cantor famoso e eu vou dirigir todos os seus videoclipes. 

- Lau, promete que sempre seremos amigos? 

- Prometo Shawn, sempre vamos ser amigos. - ela sorriu 

Fizemos os pedidos e pegamos voltando para o carro onde Nick, Carol e Lisa nos esperavam. 

- Chegamos. - Laura disse entrando no carro e entregando os pedidos deles - Vou comer para esquecer meus problemas.

{P.O.V Laura}

Amigos. Sempre vamos ser amigos. Sabe como é ruim ouvir isso de uma pessoa que você quer ser mais que amigos? Sim, muito ruim. E o oscar de trouxa do ano vai para Laura Martinez. 

A gente tava no carro comendo, a unica coisa que me acalma é comida, principalmente fast food, principalmente mc donald's. 

- Gente, - Caroline disse olhando o celular - notícia fresquinha vindo direto da fonte. 

- Que? Fala logo. - gritei

- "Poucas pessoas acharam a gente até agora, falta pouco para começar. Minha ultima dica é, já nos encontramos aqui antes Toronto. Vem reviver nosso dia especial. Abraços, where's fluffly?"

- Já nos encontramos aqui antes? - Shawn disse pensando e eu pensei também mordendo meu hambúrguer quando uma luz acendeu na minha mente

- Vem reviver nosso dia especial - eu gritei  

- Terraço Downtown. - Shawn e eu falamos juntos. 

- Eles estão no Downtown. Meu Deus como eu fui burra. - liguei o carro e dei partida saindo dali

- Vai com calma Laura, queremos chegar lá vivos. - Nick disse e eu rolei os olhos

Estava concentrada em comer e dirigir e ficar animada e acertar o caminho do terraço. Eu estava feliz, Terraço Downtown não era no queen street west, era par ao lado contrário e isso fazia o caminho ficar maior, e isso não era tão bom. 

Caroline cantarolava uma música do w'sf? e eu ficava cada vez mais ansiosa, o celular dela começou a tocar e ela atendeu.

- Alô? Ah oi Tris. - ela me olhou - É a gente viu. Uhum já sabemos. Você já ta ai? Com quem? Jacob? Qual Jacob? Jacob Blank. Ah tá. É, até mais.

- O que a vagaTris queria? - Nick perguntou 

- Dizer que já tinha achado os fluffly e que já tá la com o namorado dela. - ela disse e olhou para Shawn - Namorado dela.

- Que bom né? - ele respondeu - Não desejo o mal da Tris, vocês que são más demais para isso. 

Como se as coisas não pudesse ficar pior a gasolina do carro acabou faltando pouco para chegar no show.

- Não acredito. - eu esmurrava o volante - Sua grande merda sem gasolina. - gritei e senti lágrimas molharem minhas bochechas

- Tem um posto aqui perto, eu e o Shawn vamos lá pegar gasolina. - Nick disse e abriu a porta - Abri o fundo para eu pegar o galão lá na mala. - e eu abri

Eu ainda estava encostada com a cabeça no volante chorando, já tinham dois minutos que os meninos tinham saído e que as meninas diziam para eu ficar calma que daria certo.

- Nada vai da certo - disse em soluços -, eu vou embora em duas semanas, vou ficar longe de vocês, é o nosso ultimo show dos fluffly juntos, a vagaTris vai tá lá e nada dá certo. 

- Amiga, para! Se tá falando do Shawn você sabe o que fazer. 

- Não tô falando do Shawn. Tô falando de nós cinco, como vai ser depois. Eu vou para Nova York, a milhares de km de distância. 

- Vamos nos falar todo dia. Tecnologia tá ai pra isso. - Lisa disse passando a mão em minhas costas

[...]

Depois de encher o tanque do carro, voltei a dirigir até o terraço downtown. Esse show não seria facil, com certeza eu ia chorar mais ainda, só de pensar meus olhos enchiam de água.

- Laura, o que foi? - Caroline colocou a mão em meu ombro 

- Nada. - abanei a mão e sequei uma lágrima que caia - Não é nada. Só to feliz por achar o where's fluffly?

- Tem certeza? - ela continuou 

- Tenho. Tenho certeza.

Chegamos ao terraço downtown, estacionei o carro tão rápido como nunca antes, tirei o cinto de segurança e sai do carro, meus amigos fizeram o mesmo travei as portas respirei fundo e olhei no relógio.

- Faltam quinze minutos para meia noite. - Carol disse - Vamos vê os fluffly. 

- tweet -
@wheresflufflyoficial: "Sim galera. Estamos no terraço downtown, vocês conseguem chegar aqui? Quinze minutos x"

- Agora esses filhos da mãe falam onde estão. - Lisa disse - Vamos entrar.

Entramos no prédio downtown e mandaram a gente para a escada de incêndio então começamos a subir para ter acesso ao terraço, dava para ouvir a animação das escadas. Caroline, Lisa e Nick iam na minha frente Shawn vinha depois de mim, senti sua mão pegar na minha e olhei para trás.

- Conseguimos. - ele disse 

- Conseguimos. - eu sorria largamente - Vamos. - continuamos subindo ainda com as mãos dadas.

Era uma sensação incrivelmente estranha está de mãos dadas com Shawn. Entramos no terraço e tinha até muita gente lá. 

{Shawn P.O.V}

- Vocês chegaram. - Tris veio até a gente de novo - Shawn vem comigo, preciso te falar uma coisa. - ela pegou em meu braço e me puxou de leve, puxei meu braço das mãos dela e meus amigos me olharam curiosos 

- Não, obrigado. Vou ficar aqui. - Lau apertou minha mão e sorriu 

- O que, para Shawn, vem logo. 

- Não Tris. Vou ficar aqui. Não tenho nada pra falar com você e nem quero saber o que quer comigo.

- Não se arrependa depois. - e saiu

- OMG, temos um progresso aqui com o menino Mendes. - Carol disse e me abraçou - Vamos pegar bebida, vem Lau. 

Ela puxou Laura que soltou minha mão e foi com Carol e Lisa.

- Isso cara - Nick bateu em minhas costas -, agora tem que dizer a verdade.

- Vou dizer, espera a música certa tocar e conto a ela. 

- Você é um romântico a moda antiga mesmo, eu nunca ia pensar em fazer isso. - eu ri 

- Voltamos. - Caroline e as meninas entregaram as bebidas a gente 

{Laura P.O.V}

Faltavam dois minutos para o W'rF? tocar, eu estava ansiosa, sentia que alguma coisa ia mudar depois desse show, na verdade ia mudar porque minha vida ia mudar, a vida dos meus amigos ia mudar, tudo estava mudando nós estávamos crescendo. 

- Vocês estão prontos para agitar? - o produtor do fluffly disse gritando no microfone - Vocês estão prontos para mudar suas vidas a partir de hoje? - sim, estou pronta - Vocês estão prontos para o WHERE'S FLUFFLY. - todo mundo começou a gritar quando a banda subiu no palco e começou a tomar seus lugares e os primeiros acordes da primeira música começou a tocar

- Lau. - Shawn me chamou e o olhei - Vamos lá para frente.

{Narrador}

Naquele momento Laura não sabia o que iria acontecer dali em diante, quando sua mão tocou a mão gelada de Shawn ela sentiu sua espinha gelar, a menina não sabia se aquilo era bom, mas com ele, ela aceitaria até ir para o inferno. 

Shawn passava na frente abrindo espaço para ele e Laura passarem, conseguiram um lugar bom na frente, quase no canto do palco. 

A menina cantava alto todas as letras das músicas que a banda tocava e o rapaz acompanhava. Eles dançavam, pulavam, gritavam, cantavam e se divertiam, como se o where's fluffly estivesse ali só para eles. 

Muitas músicas depois, os acordes que Shawn estava esperando começaram a preencher o local do show.


Closing time, open all the doors
(Hora de fechar, abra todas as portas)
And let you out into the world
(E caia no mundo)
Closing time, turn all of the lights on
(Hora de Fechar, ligue todas as luzes)
Over every boy and every girl
(Em todo garoto e toda garota)
Closing time, one last call for alcohol
(Hora de fechar, última chamada para o álcool)
So finish your whiskey or beer
(Então termine seu uisque ou cerveja)
Closing time, you don't have to go home
(Hora de fechar, você não tem que ir pra casa)
But you can't stay here
(Mas você não pode ficar aqui)
 

Laura cantava a letra da música e Shawn apenas apreciava a menina fazer o que amava fazer. 

- Lau, preciso te falar uma coisa. - Shawn colocou uma mão na cintura dela e começou a dançar com Laura como se estivessem em um baile da escola


I know who I want to take me home
(Eu sei quem eu quero que me leve pra casa)
I know who I want to take me home
(Eu sei quem eu quero que me leve pra casa)
I know who I want to take me home
(Eu sei quem eu quero que me leve pra casa)
Take me home
(Me leve pra casa)
 

- O que? Você parece preocupado. - Laura passou os braços em volta do pescoço dele e deixou que ele a guiasse na dança


Closing time, time for you to go out
(Hora de fechar, tempo para você ir embora)
To the places you will be from
(Para os lugares de onde você veio)
Closing time, this room won't be open
(Hora de fechar, este quarto não abrirá)
Till your brothers or your sisters come
(Até seus irmãos ou irmãs chegarem)
So gather up your jackets, move into the exits
(Então apanhe sua jaqueta e se mova 9para a saída)
I hope you have found a friend
(Eu espero que você tenha achado um amigo)
Closing time, every new beginning
(Hora de fechar, todo novo começo)
Comes from some other beginning's end
(Nasce do fim de outro começo)
 

- Eu sei que em duas semanas você vai embora, vai viver seus sonhos. - ele disse olhando nos olhos dela que se entristeceram - E eu não quero que vá sem saber o que eu sinto por você. - Lau arregalou levemente os olhos em surpresa pelas palavras que saia da boca do amigo - Laura, eu te amo. Sempre te amei. Você não faz ideia de como foi difícil guardar esse sentimento por anos com medo que você me reijete e se fizer isso vai ser mais fácil porqu você prometeu que sempre vai ser minha amiga e não vai deixar de ser independente do que aconteça. Laura Martinez, eu sou completamente apaixonado por você.



I know who I want to take me home
(Eu sei quem eu quero que me leve pra casa)
I know who I want to take me home
(Eu sei quem eu quero que me leve pra casa)
I know who I want to take me home
(Eu sei quem eu quero que me leve pra casa)
Take me home
(Me leve pra casa)
Closing time, time for you to go out
(Hora de fechar, tempo para você ir embora)
To the places you will be from
(Para os lugares de onde você veio)
 

- Shawn, - as palavras não conseguia sair da boca de Laura, ela tentava digerir o que tinha acabado de ouvir e um sorriso brotou em seus lábios - Shawn, eu te amo. Sou completamente louca por você desde a quinta série e...


I know who I want to take me home
(Eu sei quem eu quero que me leve pra casa)
I know who I want to take me home
(Eu sei quem eu quero que me leve pra casa)
I know who I want to take me home
(Eu sei quem eu quero que me leve pra casa)
Take me home
(Me leve pra casa)
Closing time, every new beginning
(Hora de fechar, todo novo começo)
Comes from some other beginning's end
(Nasce do fim de outro começo)

O rapaz não conseguiu conter a felicidade em ouvir o que Laura tinha acabado de falar e a interrompeu juntando seu lábio no dela que se assustou no inicio mas logo se acostumou com a ideia de está beijando os lábios macios de seu melhor amigo e amor secreto que agora não era mais tão secreto assim.

De longe em um canto do shown, Caroline, Lisa e Nick vibravam de felicidade por verem que finalmente um sabia do outro, coisa que eles já sabiam a anos mas nunca contaram, guardaram aquele segredo dos amigos para si. 

Do lado oposto, Tris via a mesma cena que Caroline, Lisa e Nick e sentia raiva de si mesma por ter deixado Shawn, sentia raiva de si mesma por ter feito o que fez com ele e raiva de vê que agora ele estaria bem. 

E no meio desses pensamentos a única coisa que Shawn e Laura pensavam era em como tinham demorado para dizer o que sentia um pelo outro e pensavam também em como está ali, abraçados um com o outro sem serem apenas amigos era bom.

{15 dias depois...}{Laura P.O.V}

Hoje é o dia da formatura, em dois dias eu me mudo para Nova York meu quarto está cheio de caixas, mal tenho espaço para me mexer aqui dentro. Meu pai faz questão que eu leve tudo que vá me fazer sentir-se em casa e eu nem sou indecisa para escolher as coisas e acabei pegando coisas demais. 

- Filha, posso entrar? - meu pai me chamou da porta do quarto

- Claro. - respondi e ele entrou me olhando da cabeça aos pés

- Você está linda. - sorri - Sua mãe já está nos esperando. 

Saímos do quarto indo para o andar de baixo onde minha mãe nos esperava com a beca em cima do sofá. Ela me ajudou a vestir e fomos para o carro. 

[...]

Todos os alunos com suas famílias felizes e animados para continuar a jornada que se iniciava ali. Eu sou a oradora da turma, estou nervosa, tão nervosa que não consigo nem respirar direito. 

- Nós vamos indo para o auditório. - minha mãe disse - Até mais querida. - beijou minha testa e foi andando com meu pai para o auditório. 

Todos os alunos foram orientados a entrar no colégio e esperar nos corredores até serem chamados para o auditório. Ainda não encontrei meus amigos, então resolvi ficar no meu armário como uma despedida.

- Lau, ai tá você. - Caroline gritou quando me viu e veio rápido com Lisa para meu lado e nos abraçamos - Nervosa?

- Muito. - respondi 

- Você viu Nick e Shawn? - Lisa perguntou e neguei - Não sei se eles já chegaram, ainda não os vi. 

"Todos os formandos, por favor, se apresentem no auditório."

Fizemos o que a diretora mandou, seguimos juntas para o auditório e sentamos nas cadeiras juntas, segundos depois Nick e Shawn passaram pela mesma porta que tínhamos entrado mas eles sentaram do lado contrário de onde nós estávamos. 

Há uns cinco dias atrás, a convivência com Shawn estava um tanto complicada. Ele parecia não aceitar muito o fato de que iriamos nos separar, eu não iria desistir de seguir meus sonhos por causa dele. Eu o amo mas isso não iria mudar os planos que eu tinha feito para mim.

[...]

- Gostaria de chamar aqui na frente uma das nossas melhores alunas do colégio Pine Ridge, que foi escolhida por seus colégas de classe para ser oradora da turma. Senhorita Laura Martinez. - a diretora disse e eu levantei indo até onde ela estava.

- Bom dia a todos presentes. Fico feliz por ter sido escolhida para esse momento tão especial da nossa turma. Ter sido escolhida como oradora para representar todos os alunos é simplesmente um dos melhores momentos da minha vida. - comecei e abri um papel onde tinha uma colinha do meu discuso - Esse ano foi difícil para alguns de nós mas nosso trabalho em grupo como se fossemos um só ajudou a seguirmos em frente e chegar aqui. Nesse ano eu ri, chorei, ri e chorei ao mesmo tempo. Vimos nosso time perder e ganhar, vimos nossas lideres de torcida, nossos jogadores, o grupo dos matletas se esforçarem para fazer seu melhor e marcar o nome da nossa escola para sempre, e eu só posso dizer que conseguimos. Fizemos amizades que serão levadas para toda a vida, alguns amigos irão se separar mas tenho certeza que sempre estarão no coração. Tenho certeza que cada aluno de Pine Ridge aqui hoje terá um futuro lindo e brilhante pela frente. E com isso temos que agradecer a todos os professores, diretores, funcionários e as tias da cantina - alguns riram -, elas são as melhores. Muito obrigada a cada um por terem feito parte da nossa formação! Aos meus amigos e colegas eu desejo muito sucesso. - todos levantaram aplaudindo e eu fiz um gesto de agradecimento e voltei para meu lugar recebendo um abraço carinhoso da Caroline.
[...]

Depois da colação de grau e da clássica jogada dos capelos, depois dos meus pais emocionados e quase chorando, depois de muitos "parabéns por yale" eu finalmente estava livre para ir. 

- Laura. - virei para quem me chamava 

- Oi. - sorri 

- Seu discurso foi incrível. 

- Obrigada Shawn, fico feliz que gostou. - ele me abraçou me pegando de surpresa 

- Laura, não me deixa. Por favor.

- Shawn...

- Deixa eu terminar de falar - ele me interrompeu separando o abraço e me olhando nos olhos - Laura eu te amo, demorei anos para dizer e não quero te deixar ir. Fica comigo, eu prometo te fazer feliz. - coloquei a mão no rosto dele e fiz carinho 

- Shawn, eu te amo. Mas não posso fazer o que está me pedindo. Não posso ficar.

- Não pode ficar por mim? - as palavras que sairiam de minha boca machucaram tanto a mim quanto ele 

- Não. - neguei com a cabeça - Não posso ficar, nem por você. Desculpa. 

Ele tirou minha mão de seu rosto e saiu dali me deixando sozinha com a culpa que eu sentia. Me doía deixa-lo mas era necessário. Sei que o destino vai se encarregar de nos juntar novamente, um dia quem sabe.

{Dois dias depois...} {Shawn P.O.V}

Ela iria embora hoje, eu não queria nem levantar da cama minha vontade é de ficar aqui para sempre. Demorei tanto tempo para dizer o que sentia e ela continua querendo ir. 

- Shawn, tá acordado? - Aaliyah perguntou entrando no meu quarto e sentou na cama ao meu lado - Não fica assim, não gosto de te ver triste.

- Ela ta indo embora Aaliyah. O amor da minha vida está indo embora. 

- Pensa nessa ida como uma fase, ela está indo mas vai voltar. - ri pelo nariz 

- Ela não vai voltar. Consigo sentir isso. 

- Me diz o que a gente tem que fazer para você sair dessa cama e comer alguma coisa?

- Não tô com fome. Quero ficar aqui. - meu celular apitou uma notificação de mensagem e eu peguei para olhar e minha irmã saiu do quarto 

Lau: Não vem mesmo se despedir de mim? [08:34am]
Lau: Estou indo.[10:50am]
Lau: Eu te amo Shawn. [10:52am]

Levantei dá cama e olhei pela janela que dava para vê a frente de sua casa, Nick, Carol e Lisa estavam lá. Eles se abraçaram, o pai dela tirou uma foto desse momento. Se despediram mais uma vez e ela entrou no carro junto com os pais. Os outros acenavam para o carro que partia e quando desapareceu de vista Caroline parecia chorar no ombro de Lisa e Nick passava a mão em suas costas. 

Ela tinha ido. E eu a perdi.
 


Notas Finais


Where's fluffly?* é uma banda fictícia
Closing time* é uma música da banda SEMISONIC - aconselho vocês ouvirem, porque é linda.
Se alguma coisa tiver ficado confusa me digam, por favor.

<3<3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...