História O melhor amigo do meu irmão (Lysandre) - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Amor Doce
Personagens Alexy, Armin, Castiel, Debrah, Jade, Leigh, Lysandre, Melody, Nathaniel, Nina, Personagens Originais, Professor Faraize, Professora Delanay, Rosalya
Tags Fanfics Do Lysandre
Visualizações 36
Palavras 640
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Por favor comentem se vocês vão querer os personagens respondem ou não, eu to muito triste vocês não comentam nada o que custa só digitar algumas palavras pelo menos um "Oi"

Capítulo 11 - Tatuagens (parte 02)


Fanfic / Fanfiction O melhor amigo do meu irmão (Lysandre) - Capítulo 11 - Tatuagens (parte 02)

-Se perdeu o cú na minha cara Lysandre?- Perguntei brincando

-Oh, me desculpe... É que...- Ele disse gaguejando

-Calma Lys eu tava de zoas

-Ata... Bom eu vou dar licença para você fazer sua tatuagem- Ele ia saindo mais eu puxei a camisa dele 

-Você pode ficar aqui comigo- Eu disse, ele apenas acendiu com a cabeça

-E aí qual tatoo você quer e aonde- Carlos diz após terminar de retocar a minha tatuagem

-Eu quero aqui- Apontei para a traz da minha orelha- E eu quero 3 notas músicas

-Ei, você roubou minha ideia- Lysandre disse

-É que eu sei ler pensamentos, hahahahahaha 

-A deixa podemos fazer iguais, ai toda vez que nós olharmos no espelho e vermos as tatoos, vamos nos lembrar um do outro- Ele disse bem caminho

-Pode ser- Carlos fez minha tatoo. E após terminar ela fez a do Lys, eu ia saindo da sala quando

-Carlos, da uma retocada na minha tatuagem das costas por favor

-Hã?- Eu perguntei

-Eu tenho uma tatuagem nas costas

-Tá, eu retoco, tira aí a camisa- Carlos falou pegando algo na gaveta

Lysandre tirou a camisa e assim que eu vi aquelas costas com aqueles pares de asas eu quase babei

-Lysandre... Que corpo gostoso é esse- PUTA QUE PARIU NÃO ACREDITO NO QUE ACABEI DE DIZER. Ele corou

-Obrigado- Ele disse e se deitou de barriga para baixo, como eu queria ver aquela barriga dele para ver se ele tinha barriga tanquinho... Nicky o que você esta pensando deixa de ser pervertida

Assim que a tatoo dele acabou, eu ele praticamente brigamos para ver quem ia pagar mais ele insistiu tanto que eu acabei cedendo, nós estávamos no carro voltando para casa. Quando chegamos

-Puta que merda achei que o Lysandre tinha até te sequestrado- Castiel disse se levantando do sofá

-Avé Maria cheia de graça eu pedi café e me derão cachaça - Eu disse e eles riram

-Lys sua mãe ligou e disse para você retornar a ligação- Castiel disse enquanto ia para cozinha eu resolvi seguir ele para deixar o Lys mais a sós com sua mãe, não quero ouvir a conversa alheia

Fiquei uns 15 minutos na cozinha e assim que eu passei pela sala vi o Lysandre sentado de cabeça baixa e com a mão tampando o rosto

-O que foi Lys?- Eu disse me sentando ao seu lado

-Nada não- Ele diz levantando o rosto e dando um sorrizinho bem forçado

-Lysandre fala logo o que foi

-Eu não quero te meter nos meus problemas

-Lys você já me ajudou tantas vezes agora é minha vez de retribuir

-Não e na...- Não deixei ele falar nada puxei sua cabeça o fazendo deitar em meu colo- Você não vai me deixar em paz até eu te contar não é?- Apenas acendi- Quando eu morava no campo, desde pequeno as crianças me zuavam por causa de minha aparência, quando eu fiz 16 anos já estava cansado deles me atormentado e dei um soco na cara de um deles, então minha mãe me fez vir morar na cidade com o Leigh

-Nossa Lys- Eu disse indiguinada. As vezes as crianças podem ser tão más igual os adultos

-Desde aquela época nunca mais voltei lá, as vezes minha mãe vem me visitar. Mais eu não quero voltar lá e passar vergonha por não ter uma namorado ou algo assim, mais como eu vou conseguir uma namorada até amanhã a noite?

-Você quer que eu me passe por sua namorada?- Eu disse meio sem graça

-Você faria isso por mim- Concordei- Muito,muito obrigado Nicky- Ele disse e me abraçou- Bom não se preocupe Rosa, Leigh, Nathaniel, Armin, Alexy e concerteza o Castiel também vai

-Como você sabe que eles vão?

-Minha mãe me disse que a Rosa convidou todos eles para irem com a gente

-Ir aonde?- Castiel disse me dando um susto, PUTA QUE PARIU ESSE GAROTO PARECE O RASCUNHO DO MAPA DO INFERNO

-Para casa dos meus pais

-Ata eu vou- Castiel disse, logo fui tomar banho e dormir



Notas Finais


Por favor me digam o que vocês acham de eu fazer um personagens respondem?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...