História O Melhor amigo do meu irmão ( Yoonmin) - Capítulo 16


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Namjin, Vhope, Vkook Bts, Yoonmin
Exibições 330
Palavras 1.024
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Famí­lia, Fantasia, Festa, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Aeeee coloquei mais um. Esse cap.está mais tenso... Espero.que gostem.

LEAIM AS NOTAS FINAIS PELO AMOR DE GDRAGOOOOOOOOOOON

Capítulo 16 - O Acidente...


Tae não recua e prossegue o beijo, então eles param por falta de ar, e Jungkook se desculpa.

- Desculpe eu não queria ter feito isso.

(É, né, depois que beija usa e abusa, quer pedir desculpas, esse Jeon Jungguk ta muito ousado mesmo em)

- Tudo bem eu gostei, sabe eu gosto do Yoongi, mas acho que agora nem mais meu amigo ele vai ser.

- O Yoongi é gay?

- Não, ele não é, mas mesmo assim eu gosto dele.

- Entendi, bom eu meio que sou apaixonado pelo Jimin, mas ele não quer nada comigo.

- Sério? Você gosta dele?

- Sim...

- Bom espera, ele não aparece a uma semana em casa, ele disse que ficaria na casa de um amigo, eu jurei que esse amigo era você, sabe quem é esse amigo dele?

- Não, acho que o único próximo dele sou eu não vejo ele com mais ninguém.

- Onde será que ele está?

- Eu não sei.

- Você pode tentar falar com ele pra mim? quero me desculpar com ele.

- Bom ele me disse o que aconteceu, eu não acho que talvez ele não queira falar com você.

- Por favor, tenta conversar com ele, eu sou humano sabe, eu erro...

- Entendo, bom eu posso mas não sei qual vai ser a reação dele, espero que não seja a pior.

- Obrigado.

- Vamos dormir?

- O que?

- Dormir eu estou morrendo.

- Sim claro vamos.

Eles então foram dormir em seus respectivos quartos.

- Taehyung não conseguiu pregar os olhos pensando em o que Jungkook fez, pensando em Hoseok o que ele faria para terminar, em Jimin e no seu possível filho...

Até que recebe uma ligação.

Ligação ON

Tae: Alô, Hiru demorou para me ligar porquê?

Hiru: Bom eu estou chegando em Seul.

Tae: Mas porquê você não me avisou?

Hiru: Eu avisei agora né... Acabei de sair do avião. Estou quase chegando, vou entrar em um ônibus, quando chegar na rodoviária eu te ligo. Tchau meu amor.

Tae: Ta bom, você me liga.

Hiru: Ok estou morrendo de saudades.

Ligação Off

Algumas horas se passaram e então Tae recebe outra ligação, era do celular de Hiru, mas não era ela.

Ligação ON.

Tae: Já chegou Hiru??

???: Taehyung?

Tae: Sim é ele, quem está falando?

???: Eu sou um enfermeiro, liguei para informar um acidente, com a moça. Deste aparelho, este foi o último número pelo qual essa jovem ligou, e está em discagem rápida. você conhece Ling Hiru?

Tae: Eu a conheço, por favor me explica que acidente é esse por favor. Só estava ela?

Enf.: Bom um ônibus que veio da rodoviária bateu e a moça estava com um bebê, acredito que deva conhecer a criança, o bebê está bem mas a moça não tanto.

Tae: Por favor onde ela está?

Enf.: No Hospital... Xxxxxxxxx

Tae: Eu conheço estou indo.

Ligação Off

Taehyung então completamente nervoso chama um táxi, e saí da casa de Jungkook sem fazer o menor barulho. Desesperado e muito preocupado.

Leva uns 30 minutos até chegar no hospital. Ele chega e vai a recepção.

- Oi, eu sou Taehyung, eu vim ver a paciente Hiru... Por favor onde ela está??

- O que você é dela?

- Sou... Ah o pai do filho dela... Por favor eu preciso vê-la

- Tudo bem, vem por aqui.

Taehyung então segue a moça até chegar no quarto 278.

- Taehyung?

Pergunta o enfermeiro.

- Sim.

- Fui eu quem falou com você no telefone. Ela perdeu muito sangue, e bom ela bateu a cabeça e está desacordada. Vamos terminar os exames para saber o que aconteceu realmente com ela.

- Eu posso vê-la?

- Claro, por aqui.

Taehyung foi até a cama de Hiru e a viu completamente machucada, e com fios ligados, soro e aparelhos ligados... Ele sentiu uma lágrima escorrer de seus olhos. Eis que então ele segurou a mão dela e disse.

- Você vai ficar bem, não se preocupa vou cuidar do nosso filho.

Então virou para o médico que agora havia vindo e perguntou de seu suposto filho.

- Mas e a criança, onde está? E como está?

- Sim ela está bem... É um menino lindo.

- Posso ver?

- Sim, ele está dentro desta sala.

Ele então entrou com Taehyung, e apresentou seu filho, que agora ele tinha a certeza de que era dele. Pois a criança era a cara dele quando era bebê.

- Esse é meu filho? Ele é lindo quantos mesês ele tem?

- Bom pelo que vi na certidão.
11 meses.

- Como é?

- 11 meses.

Taehyung então pensou, [ela já estava grávida quando saiu daqui], então segurou ele em seu colo e pediu suas coisas.

- O senhor já vai?

- Não eu vou ficar esperando mais notícias dela. Mas não quero ficar longe do meu filho. Posso leva-lo?

- Sim mas antes deve assinar um termo com seus dados e informações concretas...

- Tudo bem.

Taehyung terminou e foi para a sala de espera, ele nem ao mesmo sabia o nome de seu filho. Ele então pega a sertidão e lê.

O nome era, Kim Ling Taeheen. Taehyung havia dito a Hiru que quando tivesse um filho colocaria esse nome.

O menino era bem calmo e quando o viu não chorou e aparentou estar feliz.

Horas se passaram já eram 07:00 da manhã, Tae nem ao mesmo estava preocupado com a faculdade, seu filho dormia calmo em seus braços até que o médico vem falar com ele.

- Senhor Taehyung.

- Sim, como ela está?

- Bom sugiro que o senhor vá para casa qualquer coisa avisamos, sinto lhe informar mas, ela está em coma e sem previsão de acordar.

- Eu não acredito por favor, ela vai ficar bem?

- Acredito que sim.

- Tudo bem eu vou.

Taehyung saiu do Hospital muito triste e aos prantos. Foi então para sua casa, e tentar planejar algo para com aquele menino e se caso acontecesse algo com a mãe. Ele então recorreu a quem não falava com ele mas poderia ajudar...

MIN YOONGI.


Notas Finais


ENTÃO O QUE ACHARAM???
bom como todos sabem o próximo cap é o cap 17 é eu ficaria de colocar na segunda feira so que ai nessa segunda dia 28 eu fasso 17, é meu aniversário 0/ e bom achei que seria legal se eu meio que fizesse uma apresentação sobre mim, já somos 148, e não nos conhecemos assim eu acharia legal, vocês apóiam??? Se sim comentem e bom se quiserem fazer perguntas eu ficaria feliz em responder qualquer uma que seja.... Então galera é isso a propósito se caso eu realmente fizer minha apresentação eu já colocaria o capitulo 18 que já está escrito e engavetado comentem sobre essa idéia por favor, beijão amo vocêsssssssss


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...