História O Melhor amigo do meu irmão ( Yoonmin) - Capítulo 22


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Namjin, Vhope, Vkook Bts, Yoonmin
Exibições 184
Palavras 1.282
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Famí­lia, Fantasia, Festa, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Postei e sai correndo, tava inspirada e foi. Beijão galero

Capítulo 22 - A verdade por trás dos fatos... Atitudes e descobertas


Hoseok vai para casa e lá ele encontra seu pai, e eles conversam e tudo mais, o pai de Hoseok sempre o apoiou com cada decisão dele, em ser gay e tudo mais, após uma tarde inteira de conversas Hoseok resolve ir deitar, e quando estava deitado ele pensa em tudo o que fez e resolve tomar uma atitude inesperada.

Já era noite quando ele resolveu ir ao hospital e fazer algumas perguntas. Chegando ao médico ele começa.

- Boa noite eu gostaria de saber a respeito da doação de sangue para a paciente Ling Hiru... Apenas parentes podem doar ou outros também?

- Qualquer um, você gostaria?

- Sim como eu faço??

- Venha vou explicar, você precisa preencher este formulário, e comparecer aqui a esse horário após 12:00 horas de jejum.

- Tudo bem Obrigado.

Hoseok terminou tudo e voltou para casa já que no dia seguinte precisaria ir até o Hospital para doar sangue. E assim fez ele faltou a faculdade para isso e foi até o Hospital.

Na faculdade...

Taehyung encontra Jungkook e eles conversam por um tempo até Jimin e Yoongi os virem Jimin iria até Jungkook com Yoongi mas desistiu após ver Taehyung.

Taehyung continua sua conversa com Jungkook, e ao ver Jimin diz.

- Eu não sei porque, mas queria, como o Jimin e o Yoongi ficaram sabendo de mim e do Hoseok.

- Ue você mandou uma mensagem não é?

- O que?

- Mensagem, o Jimin me disse que você mandou uma mensagem para ele e para o Yoongi ir até sua casa pra falar com eles.

- Não eu não mandei mensagem nenhuma. Não mandei não.

- Então, se não foi você.

- Foi o Hoseok.

- Provavelmente.

- Eu não acredito que ele teve a coragem de fazer isso comigo, foi por causa do Yoongi... Tenho certeza. Tudo por causa de ciúmes. Eu vou terminar tudo com ele hoje.

- Você tem certeza disso?

- Claro, ele arruinou minha vida. Olha o que ele fez.

- Taehyung você mentiu para o seu irmão, eu acho que o que ele fez não foi o pior de tudo não.

- Mas, ele não precisava fazer isso comigo. Ele tem ciúmes do Yoongi. Foi por causa dele.

- Você está com raiva do Hoseok?

- Não, eu gosto dele.

- Ah, sim.

- Mas como amigo, eu não sinto nada mais do que isso.

- Entendo. (Ficou foi feliz pra crlh)

- Mas vou conversar e tentar entender isso.

- Que bom.

Já era final de faculdade quando Taehyung vai para casa ele liga para Hoseok mas ele não atende nenhum dos telefonemas. Mas chegando em casa, a mãe de Hiru estava lá e conversa com Taehyung.

- Eu vou perder minha filha, Ah Taehyung eu posso ficar com Taeheen? Ele é o que sobrou dela.

- Ele não vai morrer, Naomi calma por favor.

- Ela precisa de doação, nem eu n você somos compatíveis eu não quero perder minha filha.

Eles ficaram conversando.

Enquanto no hospital...

- Então Hoseok, você pode ir, e se for ou não compatível nós ligamos.

- Obrigado.

Hoseok então vai para casa e conta para seu pai o que fez, e isso deixou o pai de Hoseok muito feliz.

A tarde passou e Hoseok recebe um telefonema.

Ligação on...

Enf: Sr. Jung gostaríamos de informar que seu sangue é compatível com o de Ling Hiru e será feita a transfusão em breve. Gostaria que comparecesse ao hospital.

Hobi: Tudo bem eu vou.

Hoseok se arruma e pede ao pai uma carona.

Chegando no Hospital a mãe de Hiru havia acabado de chegar, na sala ela ainda não sabia mas Hiru já estava bem e tinha recebido a transfusão.

- Quem é você?

Assim que chega na sala Hoseok é surpreendido por Naomi.

- Não entendi a pergunta.

- Estou perguntando quem você é, e o que faz aqui, veio ver a Hiru? Ela não está bem e não precisa de visitas agora me fala quem é você.

Hoseok estava sozinho, mas seu pai resolveu ir até ele e quando escuta Naomi falar ele se pronuncia e diz.

- Ele é a pessoa que doou sangue para sua filha, ele salvou a vida dela, o sangue dele é compatível com o dela, e prazer em te ver de novo Naomi.

A mãe de Hiru não sabia o que falar tudo o que saiu da boca dela foi.

- Hoseng ?? É você?

- É sou eu sim, quanto tempo em, eu acho que são 20 anos não é mesmo?

Então Hoseok não entende nada e pergunta.

- Gente o que está acontecendo?

E o pai dele diz.

- Hoseok essa é Naomi a mãe de Hiru, vulgo sua mãe.

E a Naomi então diz

- Hoseok é você? Como você está grande meu filho.

- Meu filho, o que não, não é possível eu não tenho mãe você não é minha mãe, não é.

Então o pai dele fala novamente.

- É meu filho essa é sim a sua mãe, eu não sabia que era a mãe de Hiru também. Mas não me surpreendo.

- Não eu não tenho mãe, ela não é minha mãe.

- Filho, por favor.

- Não me chama de filho você não tem esse direito, você não é minha mãe, eu não tenho mãe, ele foi tá ele foi pai é foi mãe, você não.

- Eu posso explicar.

- Não quero suas explicações, e não vou ser reconhecido como seu filho.

- Hoseok...

- Não fala comigo, eu apenas vim visitar a Hiru meu sangue foi compatível agora eu já sei porque, é só isso, não se dirija a mim.

Hoseok se manteve bem, não esboçou nem um tipo de emoção, então o médico apareceu.

- Boa noite, a Hiru acordou podem entrar pra ver ela.

- Eu vou entrar primeiro, eu estou no meu direto não é.

Hoseok fala, e depois entra no quarto.

Hiru ainda estava para acordar, ele pega sua mão e diz.

- Me perdoa tudo o que te fiz, eu sou uma pessoa má, você é minha irmã, e...

Hiru então acorda de vez e quando vê Hoseok sua reação foi.

- Hoseok, o que você está fazendo aqui, SOCORRO ALGUÉM ME AJUDA.

- Por Favor Hiru para. Não faz isso.

- O que você está fazendo aqui, porque você está aqui, você vai me matar, o que aconteceu? onde está meu filho?

Hiru estava completamente assustada e pedindo socorro, Hoseok tinha um passado pesado com relação a ela.

Flash back Hiru.

Era uma tarde e Hiru havia saído da casa de Taehyung e é surpreendida por Hoseok.

- Hoseok? Que susto o que faz aqui.

- Nós vamos conversar, vadiazinha.

- Hoseok o que você está fazendo?

- É o seguinte o Taehyung é gay e meu, e eu sugiro que você volte para a China e não retorne nunca mais do contrário você vai sofrer, ou até mesmo morrer, você está duvidando? Espera para ver.

- Eu não acredito em você eu não vou eu amo o Taehyung é eu vou ter um... Não te interessa eu não vou embora.

- Você não entendeu não é? Você embora e vai deixar o Taehyung sozinho, ele não gosta de você, eu tenho uma mensagem para provar isso.

As mensagens mostravam Taehyung se assumindo e dizendo não gostar de Hiru.

- Eu amo ele e ele também me ama.

- Vai sonhando, sugiro que vá ou do contrário vou tomar minhas providências.

Hiru por outro lado ficou com medo e resolveu ir.

Flash back off...

- Calma deixa eu explicar, para começar você sofreu um acidente e quase morreu, nem sua mãe nem o Taehyung consegui doar sangue para você, eu consegui, e seu filho está com o Taehyung.

- Você me doou sangue?

- Sim.

- Mas como se nem a minha mãe conseguiu?

- Hiru eu sou seu irmão de sangue. Por isso meu sangue era compatível.


Notas Finais


Hehe he eeee tá parei o que acharam???? Comentem ok ok beijin para vocês


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...