História O Melhor Ano da Minha Vida. - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Amor Doce
Personagens Agatha, Alexy, Ambre, Armin, Bia, Boris, Castiel, Charlotte, Dakota, Debrah, Iris, Kim, Leigh, Letícia, Li, Lynn, Lysandre, Melody, Nathaniel, Nina, Peggy, Priya, Professor Faraize, Professora Delanay, Rosalya, Senhora Shermansky, Violette
Visualizações 4
Palavras 677
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Escolar, Musical (Songfic), Romance e Novela

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Voltei com o episódio 5 da fic, espero que gostem!!! 👍

Capítulo 5 - Íris finalmente. 🚗🏢


Fanfic / Fanfiction O Melhor Ano da Minha Vida. - Capítulo 5 - Íris finalmente. 🚗🏢

Passamos 6h naquele mecânico, quando finalmente conseguimos ligar o carro. Nós aproveitamos e almoçanos com o mecânico,  o almoço parecia uma sopa bem esquesita e gosmenta. Logo depois partimos. Por sorte, o caminhão iria se atrasar, provavelmente iriamos chegar primeiro. 

Ao anoitecer,  entramos na cidade. Já estava escuro e não pude ver nada em minha rua. Sei, pelas luzes, que nossa casa eram um prédio pequeno. 

- chegamos- disse minha mãe com um suspiro. 

-E o caminhão?- perguntou minha tia. Nesse momento ouvimos a buzina do caminhao. Ele parou e começaram a retirar nossas coisas de dentro. Meu pai foi ajudar,  já era quase 21h quando terminou. Meu pai fez questão que colocassem os moveis nos seus respectivos cômodos. Já os quartos escolhemos. Meus pais ficaram com o do fundo, minha tia ficou com o perto da escada e eu fiquei com o da varanda. 

-mal vejo a hora de decora-lo- disse. 

- você tem razão,  acho que fará um ótimo trabalho. - disse minha mãe desempacotando uma caixa de lençóis.- espero fazer logo compras. Você precisa de roupas novas. 

- quando papai começa a trabalhar? 

- acho que nessa quinta-feira. 

- tão rápido. 

Finalmente fomos dormir. Já falei que é tão bom dormir?? É maravilhoso😍.  Acordei 10h no outro dia. Eu estava cansada. Eles já tinham arrumado toda a sala. Mamãe já estava na cozinha arrumando seus preciosos talheres. Ela gostava de colecionar, tinha de todos os tamanhos, cores, formas e categorias. 

- bom dia querida! 

- bom dia mãe. 

- tem suco na geladeira e seus macorons. 

- sobrou macarons? 

- claro que sim. Guardei para você. Já olho o jardim? 

- não, depois eu olho. Onde está o pai? 

- ele foi ao super mercado com a Agatha. 

- ah... 

- você quer ir comigo a feira comprar algumas coisas? 

- não, eu prefiro ficar aqui e organizar algumas coisas. 

- entao, está bem. Quer que eu traga alguma coisa, mesmo assim? 

- sementes de lírio branco.  Quero plantar algumas na minha varanda.

- claro. 

Minha mãe se arrumou e saiu. Eu fiquei no quarto arrumando algumas coisas e escolhendo a cor do meu quarto. Mamãe voltou logo, com um... RAPAZ??? 

- aqui está bom,  querido.- ela disse apontando para a mesa. O rapaz deixou as coisas que segurava na mesa. 

- ah Oliver,  venha conhecer Jade. Ele é o nosso visinho do lado. Me ajudou com as compras. 

- Olá. -ele me disse timidamente.

- oi.... - sem comentários... ELE É UM GATO!!!!!  

- aqui está os lírios que me pediu querida. 

- obrigada mãe.

- gosta de jardinagem Oliver? 

- sim, tenho que dizer que é uma ótima atividade. 

- com toda certeza. 

- porém prefiro plantar flores. Outras como árvores e vegetais dão um pouco de trabalho. 

- haha, é verdade, mas tenho que dizer que com bastante trabalho duro, elas ficam lindas. 

- tem razão. 

- quer ficar para o almoço Jade?- minha mae perguntou

- sinto muito, mas minha mãe me espera. Quem sabe outro dia. 

- tudo bem,  sempre será bem vindo. 

- obrigado Sra Citron,  até logo. - ele olhou para mim e deu uma piscadinha antes de sair. 

- ele é bonito. - disse minha mãe olhando para mim. 

- Mãe! 

- que foi? Na sua idade,  eu já estava fugindo com ele para algum lugar. 

- prefiro não comentar essa ultima frase. 

- hahahaha,  querida. 

Meu pai voltou do super mercado com as compras e foram terminar de arrumasse as coisas. Terminamos e fomos comer o jantar. Depois disso Fomos dormir. 

No outro dia, meu pai me ajudou com a parede de meu quarto, a cor que escolhi era salmão. Não achei minha mãe,  então fui até o jardim,  até porque,  ainda não tinha ido lá. 

- incrível.... 

O jardim era cheio de vaso, terra,  adubo, tinha até ferramentas para plantar. 

- gostou? - minha mãe estava em um canto lá no fundo

- como...? 

- um amigo deixou parte disso pra você,  ele mandou eu te entregar isso. Recebi um bilhete 

Um pequeno presente de boas vindas. 

Ass: Jade. 















Notas Finais


Obrigada por lerem e até o próximo capítulo!!! 😘😘🗼


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...