História O melhor natal da minha vida - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, D.O, Personagens Originais
Tags Chanbaek, Chansoo
Exibições 38
Palavras 1.907
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Fluffy, Romance e Novela, Shonen-Ai
Avisos: Homossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Voltei! (ninguém liga)

Tem menção TaengSic aí, mas não vou falar muito porque faz parte de... é difícil não contar spoiler!
Então, eu tive coragem finalmente para postar e espero que gostem (já não disse isso no prólogo?). Nas notas finais, vou deixar o link do meu blog, onde estou postando também, uma vez por semana.

Então, espero realmente que gostem!

Capítulo 2 - Melhor natal da minha vida


Depois do almoço em família, fui para a sala do meu tio, ainda inseguro por causa do meu cabelo vermelho e me sentei no sofá, ao lado da minha prima Seungmin e do garoto bonito que havia me cumprimentado mais cedo.

Olhei para o celular dela e vi que estava escutando músicas.

— Você conhece Girls’ Generation? — perguntei, esperando um ‘não’ como resposta, e foi isso mesmo.

— Por acaso você disse Girls’ Generation? — o garoto perguntou, fazendo meus batimentos cardíacos acelerarem

— Sim? Então você... você conhece?

Ele apenas assentiu e eu comecei a rir. Boa, Chanyeol, agora ele vai pensar que você é retardado.

— Qual é sua bias? — perguntei, tentando voltar ao meu normal

— O quê?

— Sabe o que é bias? A sua favorita.

— Ah, Taeyeon, Seohyun, Hyoyeon, Yuri, até a Jessica.

— Sunny, Yoona e Taeyeon — falei, mesmo sem ele perguntar quais eram as minhas — Soonkyu é minha ultimate, foi meu primeiro amor

Ele riu, mas deve ter me achado mais retardado ainda.

— Eu também gosto de 2NE1 e Bangtan Boys

— Ah – fiz uma cara meio de reprovação, pois não gostava de nenhuma das duas — Biases?

— CL, Suga, Jimin e V

— Legal. Eu não gosto de bandas de meninos, mas curto Shinee, conhece?

— Sim, sim, gosto do Taemin.

— Eu não vejo graça nele, realmente.

Vi que minha prima se levantou e sentou no outro sofá, já que não gostava, preferia músicas americanas.

— Como é seu nome? — ele quis saber

— ChanYeol. Você acha que meu cabelo é feio?

— Seu cabelo é lindo, se meu appa deixasse eu pintaria também

— E como é seu nome?

— KyungSoo. Aquele cara que estava com você é seu irmão?

— Sim. Como se chama a sua irmã? Eu gostei dela.

— Kyunghwa, mas ela só é minha irmã por parte de pai. Você tem quantos anos?

— 17, e você? Gostei de você, não deixa o assunto acabar

— Eu tenho 15

— Novinho. Vamos escrever uma fanfic? Não? Tudo bem.

— Vamos.

Sua resposta me deixou ainda mais feliz. Eu acabara de conhecer a pessoa mais perfeita desse mundo!

— Por onde começamos... — falei batucando o lápis no papel

“Kim Taeyeon trabalhava em uma cafeteria junto com sua amiga Jessica, as duas eram amigas desde sempre. Num certo ponto da amizade, Jessica começou a sentir algo a mais por Taeyeon.”

— Eu adorei — ele riu — Seria lindo ver as duas se pegando

— Continue — entreguei o papel e o lápis para ele.

“— Taeyeon — disse Jessica guardando seu avental — Preciso te contar algo.”

Ele me devolveu o papel e eu passei os olhos por suas palavras. Que preguiçoso! Por que escreveu uma linha só?

Dei de ombros e continuei escrevendo.

“— Que coisa? É sobre seu namorado? Ele bateu em você outra vez? Por que não termina logo com ele? Se eu souber que algum dia ele te espancou de novo, vou chamar a polícia! — disse Taeyeon irritada.

— Não, não é nada disso. Já terminei com ele. Mas é que eu gosto de você”

Kyungsoo leu minhas falas e rabiscou a parte que dizia “mas é que eu gosto de você”.

— Quem te deu o direito de fazer isso? — eu disse calmo

— Não me leve a mal, se eu gostasse de alguém, com certeza não faria assim

— E o foda-se, cara? — peguei o papel da sua mão — Eu dei a ideia de escrever, então a desfaço também. Me procure quando quiser escrever algo realmente.

Eu me levantei e fui para o banheiro. Mas o que deu em mim?

Liguei para o meu namorado Baekhyun e disse que não queria mais ficar ali, estava muito entediado.

— Meu amor, você ainda não é maior de idade, então não pode ficar em casa sozinho. Mas se estivesse, eu pegaria um avião e iria para a sua casa

— Já até perdi as esperanças, Baek. Você está em Nova Iorque, não é tão simples.

— Nós ainda vamos nos encontrar, eu prometo.

— Obrigado, eu me sinto melhor assim. Está ocupado?

— Na verdade sim, me desculpe, mas vamos ouvir a nossa playlist de natal hoje à noite, pode ser? Se sua internet estiver funcionando

— Se eu não conseguir te ligar, você pode ouvir enquanto pensa na gente

Ele riu do outro lado da linha.

— Eu farei isso. Agora tenho que ir, tchau. Eu te amo e feliz natal.

— Feliz natal, eu te amo.

Mordi o lábio e encerrei a ligação. Pelo menos eu tinha meu namorado para me fazer feliz.

Abri a porta do banheiro e quase derrubei meu celular ao ver Kyungsoo me encarando.

— Acho que não deveria ser assim, Chanyeol. Eu fiz errado em... estava conversando com sua namorada?

— Não interessa — saí do banheiro, mas ele foi atrás

— Eu tenho uma namorada também, mas ela é virtual. A sua não pôde viajar com você?

— Kyungsoo, eu não quero conversar com você agora, tudo bem?

— Homens têm TPM também?

— E também não tenho tempo para brincadeiras. Por favor, quero que me deixe sozinho, eu vou ficar no quarto da Seungmin,

Ele deu de ombros e saiu. Eu andei pelo corredor até encontrar o quarto da minha prima. Entrei.

Fiquei brincando com uma pelúcia de coelho que tinha em sua cama e ouvi um barulho de papel. Engatinhei na cama e vi que tinha um papel passado por baixo da porta. Desci da cama e sorri um pouco ao ver do que se tratava.

“Chanyeol, eu não vou permitir que você amasse este papel, entendeu? Leia pelo menos uma vez antes de fazer isso. E me desculpe por antes, tudo bem?

P.s. Obrigado por tê-lo esquecido no banheiro.

Boa leitura, hyung.

Kim Taeyeon trabalhava em uma cafeteria junto com sua amiga Jessica, as duas eram amigas desde sempre. Num certo ponto da amizade, Jessica começou a sentir algo a mais por Taeyeon.”

— Taeyeon — disse Jessica guardando seu avental — Preciso te contar algo.

— Que coisa? É sobre seu namorado? Ele bateu em você outra vez? Por que não termina logo com ele? Se eu souber que algum dia ele te espancou de novo, vou chamar a polícia! — disse Taeyeon irritada.

— Não, não é nada disso. Já terminei com ele. Mas é que eu gosto de você

— Como assim, Jessica?

— É isso. Eu espero que não mude nada na nossa amizade.

— Jessica, a partir do momento que uma pessoa diz que gosta de outra, principalmente se for uma pessoa amiga, já muda tudo!

Jessica ficou quieta.

— Eu também gosto de você. Por favor, me diga que...

— Taeyeon... — Jessica se aproximou

— Eu não posso, você tem namorado

— Não ouviu o que eu disse antes? Terminei com ele

— Mas e se ele pensar que terminou para ficar comigo?

— E o foda-se, Kim Taeyeon? Eu não ligo para ele. Só quero estar com você

Taeyeon se aproximou e as duas se beijaram. Pela primeira vez em muito tempo, Jessica sentiu-se bem. Após o beijo, se olharam e sorriram.

— Prometa que vai estar sempre comigo? Não importa o que aconteça?

— Prometemos isso desde os treze anos, não vou quebrar a promessa.

E se beijaram novamente. Sabiam que aquilo ainda duraria muito, ou até que uma se cansasse da outra. Coisa que demoraria a acontecer.”

Sorri com aquilo, li mais duas ou três vezes e guardei o papel no bolso. Queria mostrar para Baekhyun, mas ele não gostava da sua diva Taeyeon com outra pessoa que não fosse ele ou Tiffany.

Saí do quarto à procura de Kyungsoo, mas minha prima disse que ele já havia ido embora, então a irmã dele apareceu.

— Kyunghwa, você estragou o plano! — Kyungsoo saiu de trás de um sofá.

— Você deveria ter visto a cara de tristeza dele quando eu disse que você tinha ido embora, Kyungsoo — Seungmin riu

Aquilo não era nada engraçado, eu estava triste porque queria agradecer Kyungsoo pelo texto bonito, e não teria como fazer isso se ele tivesse ido embora. Mas até me esqueci de agradecer quando ele sorriu para mim. Sua boca era bonita e tinha formato de coração. Seu rosto era infantil, não parecia ter quinze anos.

— Ouviu o que eu disse? — Seungmin estralou os dedos na frente do meu rosto

— O quê? Eu não ouvi — eu realmente não ouvi. Ou talvez eu estivesse pensando demais

— Sua mãe, seu pai e seu irmão foram para a casa dos seus outros tios, vão voltar mais tarde.

— Ah, tudo bem. Então eu vou ficar aqui?

— Você estava trancado no quarto e eles não quiseram incomodar

— Chanyeol, você quer comer comigo? — Kyungsoo perguntou

— Por que não? — dei de ombros. Eu já estava com fome outra vez mesmo.

• • •

— Uma vez eu estava no banheiro da escola e tinha dois meninos se pegando. Eu meio que gostei de ver aquilo

— Hum, entendi.

Eu realmente não queria demonstrar que era gay, senão ele pensaria que eu estava interessado nele. Quer dizer, talvez ele fosse diferente das outras pessoas, mas era melhor não arriscar.

— Vamos escrever outra coisa?

— Ah, estou sem criatividade

— Podemos escrever sobre pessoas sem criatividade

Ele riu.

— Melhor não — e voltou a mexer no celular

— Você disse que namorava virtualmente?

— Sim, eu namoro uma garota chamada Minjee há quatro meses. E quem é sua namorada que você estava conversando no banheiro?

— É... Baekhyun

— Isso é um nome feminino?

— Não...

— Um homem?! Então você é... — ele pegou o celular e pesquisou pelo nome — Ele? — me mostrou a foto

— Não é ele. No facebook o nome é Baek Bacon Hyun

Ele pesquisou por Baek Bacon e enviou solicitação de amizade para ele, me deixando com ciúmes. Do meu namorado e meu novo amigo.

— Você é gay? — perguntou enquanto passava as fotos do Baekhyun

— Não é meio óbvio?

— Ele é bonito

— Sim, claro

— Ele está te traindo — mostrou uma postagem com o nome de outra pessoa que não era eu

— Não, ele não faria isso comigo

Kyungsoo deu de ombros, mas eu fiquei preocupado com aquilo. Eu stalkeava Baekhyun toda hora, como estava me traindo e eu nem me tocava?

— Ele também gosta de SNSD. Acho que esse cara é bonito demais pra namorar você

— O que está insinuando? Saia do perfil dele agora!

Ele então bloqueou o celular e olhou para mim,

— Vi aqui que ele mora em Nova Iorque. Como assim? Eu não sabia

— Você não serve nem para escutar direito a conversa dos outros — cruzei os braços — Eu também namoro virtualmente

— Eu nunca namorei um homem

— Claro que não, você é homofóbico

— Ah, tá bom. Eu nunca fui homofóbico. E também não sou hétero

— Você namora uma garota

— Isso não faz de mim um hétero. Meu primeiro beijo foi com um garoto, não te contei isso porque pensei que acharia estranho, mas já que você também é

— Eu quero os meus pais, eles não voltaram ainda

— Não pense nisso, vamos...

— Chanyeol, você não tomou banho ainda? — ouvi a voz da minha mãe. Eu corei — Quem é ele? — apontou para Kyungsoo

— Primo da Seungmin. Eu não tomei banho porque não estou na minha casa

— Você quer ir embora?

— Não vá embora, Chanyeol — Kyungsoo pediu

— Eu não vou embora agora.

• • •

Depois de umas duas horas, o pai de Kyungsoo disse que o levaria embora, mas meu tio disse que daria um jeito para que nos encontrássemos no outro dia.

Eu dormi naquela noite pensando no dia incrível que tivemos, eu não me sentia assim há muito tempo. Sonhei com ele e a irmã dele, mas é claro que Kyunghwa estava lá apenas para disfarçar o que eu estava sentindo por Kyungsoo.

Quer dizer, é possível se apaixonar por alguém em apenas um dia?


Notas Finais


Gente, eu não shippo chanbaek nem taeny aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa pensa na dificuldade que tem uma pessoa que não shippa chanbaek nem taeny, mas precisa mencionar chanbaek e taeny

Sabe, eu nunca senti tanta dor, 2ne1 deu disband e eu escrevi isso muito antes :'''') doeu quando fui revisar

Aqui está o link http://micamifictions.blogspot.com.br/p/chansookyungyeol.html


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...